Queixas e queixinhas | Relvado

Queixas e queixinhas

 

Evidente que é muito fácil analisar o golo quando visto na TV, mas por outro lado pensa-se que os mesmos que criticam esse erro do árbitro possivelmente cometeriam o mesmo erro caso estivessem dentro do campo ou nas bancadas. Escrevi (erro), mas quanto a mim até nem houve erro, simplesmente o árbitro não teria visto aquele flash a alta velicidade com que o golo foi marcado.
Repare-se que a maioria dos jogadores do Sporting que estavam dentro da grande área, eles próprios não protestaram o golo marcado com a mão, isto porque lhes pareceu ser marcado legalmente.Das dua uma: ou as pessoas se mentalizam de que os erros dos árbitros fazem parte do jogo, ou então mudem-se as leis de forma a confirmarem-se os golos por vídeo antes destes serem legalizados pelo árbitro! Enquanto isto não acontece, o melhor a fazer é aceitar com democracia as regras actuais vigentes no futebol que temos.
ciclone

Sporting:

Comentários [214]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Os choradinhos da normalidade

Se formos a ver bem qual é o jogo da 1ª e 2ª liga que não tem casos? Vamos culpar o àrbitro por um erro que para o bem e para o mal é normal, e humano? Não me parece. Se todos os clubes que se sentissem prejudicados apresentassem queixa, o Estado era obrigado a baixar as medias para entar em direito! Cumps a todos e um resto de um bom dia! Sem casos preferencialmente :)

Re: Os chamados "erros grosseiros"

são humanos, no sentido que que são praticados por seres humanos -mas não não normais e, na maior parte das vezes, também não são casuais. Prefiro falar de competências -e será (apenas) incompetente um árbitro cujos erros maiores penalizam sempre a mesma equipa? Sabes, sou dos que acredita que o "Apito Dourado" tem efectivo conteúdo -poderão ou não comprovar-se os indícios, mas isso é outra questão.

Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

o João Ferreira nem consulta o auxiliar... Adeptos de outros clubes que defendem arbitragens deste calibre só lhes desejo metade do que já nos aconteceu a nós para verem o que é bom para tosse... Já agora também gostava de saber o que tens a dizer sobre a expulsão do João Alves e das queixas do João Ferreira à PSP por causa do João Alves quando o próprio agente ficou perplexo com essa decisão do árbitro... Sem dúvida o J.Ferreira agiu de boa fé nesta arbitragem e o sorriso no fim do jogo demonstrou isso mesmo! Curioso é o facto deste lance ser duvidoso e nos inúmeros fora de jogo mal assinalados não houve dúvidas quanto à marcação...sendo que as regras dizem claramente que em caso de dúvida deve-se beneficiar o ataque em lances de fora de jogo! Parece que em caso de dúvida em favor do Paços beneficia-se o Paços, em caso de dúvida em favor do Sporting, beneficia-se o Paços!Muito bem...é esse o espirito! Claro que para os adeptos dos outros clubes dá um jeitão estas arbitragens e ainda mais jeito dá que os adeptos Sportinguistas "comam" e calem. Não me lembro de uma situação idêntica em relação ao FCPorto, mas lembro-me do "escândalo" que foi o golo do Guimarães na Taça e dos queixumes dos Benfiquistas! O Sporting teve 3 jogos para a Liga e ainda não teve uma única arbitragem decente! Façam-se queixas, façam-se queixinhas, porque enquanto as coisas estiverem mal tem de haver quem se mexa para corrigi-las! Mas o que vejo é o Sporting a queixar-se há anos e sugerir soluções, para depois virem chico-espertos(LFV) tentarem vir recolher louros de um "trabalho" que não é o seu e os adeptos desses clubes a ir atrás como se fosse o seu próprio clube o bastião da verdade desportiva, quando têm como presidentes dois dos maiores mafiosos no ramo! Quanto ao Pinto da Costa não é novidade para ninguém(julgo) que o homem tem culpa no cartório, mas esse pelo menos nunca andou a fazer propaganda como defensor da verdade futebolistica! Ninguém tem o direito de "calar" quem se sente injustiçado, como tal remetam-se ao que vos compete e não andem com tantos lamentos acerca da posição dos Sportinguistas face à arbitragem! Alguém me pode explicar ainda porque não tomaram posse os novos elementos da Liga?!

Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

Deixa lá que o Porto e Benfica, mais dia menos dia, serão concerteza eles tb penalizados pelas arbitragens. Isso faz parte do futebol.

Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

continuam a mandar pedras ao lfv e a defender diplomáticamente o pc...estes lagartos...anti-benfiquismo primário...cumps

Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

Defender o PC?Onde o fiz?Diplomático?Sou sempre com alguém que o merece... Quantos a vós galinhas, o que sofrem é de um ingenuidade primária...são comidos por qualquer "chico-esperto" com dois dedos de testa e depois pavoneiam-se como se tivessem o rei na barriga... Anti-benfiquismo?chama-lhe o que quiseres, já que já deu para ver que o vosso significado para anti_benfiquismo é: Anti-benfiquista - adepto de futebol não benfiquista que não aceite o que nós Benfiquistas lhes dizemos sem o questionar e que não repita 20 vezes por dia "O Benfica e o maior do mundo!"

Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

galinhas!!!!!...hehehe...tiveste bem...no meio de tanta parvoice disseste uma coisa engraçada...hehehe...cumps

Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duv

Parvoice tanto pode ser de quem escreveu ou de quem não soube ler portanto...

Re: Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duv

já percebi que és uma pessoa mto inteligente...ficas é um bocadito toldado qdo falas no benfica...no seu presidente e adeptos...é uma pena..mas tu fazes-te...cumps

Re: Re: Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance

Idem...

Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance

hehehe...tá bem...cumps

Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

Ninguém tem o direito de "calar" quem se sente injustiçado, como tal remetam-se ao que vos compete e não andem com tantos lamentos acerca da posição dos Sportinguistas face à arbitragem! Eu por acaso discordo, acho que só tem direito de reclamar, quem também aceita quando é beneficiado. E nesta matéria, o Sporting, tal como todos os outros, só reclama, quando lhe convém!

Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

Mas quem é que reclama quando é beneficiado?!Isso seria no mínimo ridículo...isso compete aos clubes que são prejudicados, ou não?

Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

Para um clube diferente, parecem demasiado iguais aos outros...

Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

ahahahhahahaha

Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duv

Tens razão...o Sporting deve começar a reclamar dos jogos em que supostamente é beneficiado, porque assim, para além de arder com os pontos em que é prejudicado, também fica a arder que os pontos que lhe possam ser tirados!Tens um ideal de justiça interessante...

Re: Re: Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duv

Vocês falam mais do assunto "diferente" do que nós sportinguistas...

Re: Re: Claro...e por ser um lance tão duvidoso...

E nesta matéria, o Sporting, tal como todos os outros, só reclama, quando lhe convém! Então qual é o problema aqui? Estavas à espera que o Sporting fizesse uma exposição à liga quando fosse beneficiado? Quanto muito, a equipa que foi prejudicada contra o Sporting que o faça.

Eu acho que ainda deviam tirar um ponto ao SCP!

Analisavam a falta que originou o golo irregular na Madeira, que era ainda mais fácil de ver do que a mão de Ronny, já que o árbitro estava mesmo em cima do lance e tiravam os dois pontos, que o Sporting obteve a mais nesse jogo. Depois, analisavam este golo com a mão, que estou em crer que o árbitro não viu por estar longe do lance, logo não apitou e deixou seguir e davam um ponto ao Sporting pelo empate. Em suma, o Sporting ainda fica a dever um ponto à Liga... Agora fora de brincadeiras, devo dizer que este João Ferreira até não me parece mau árbitro. Existem muitos que são bem piores, tipo Elmanos e outros que tais, e como tal, prefiro acreditar que o árbitro foi infeliz, não viu o lance e como tal, deixou seguir, como qualquer outro faria. O que me choca é que este árbitro, depois das polémicas escutas, tenha sido indigitado para dois jogos grandes, em dois fins de semana seguidos, em especial, depois de também no Bessa não ter sido totalmente feliz. A culpa é para mim, de quem os nomeia, que não tem pinga de bom senso! De resto, aposto que se o lance fosse a favor do Paços, não só o Sporting não ia pedir para lhe tirarem a vitória, por ter sido obtida injustamente, como o Record não iria chamar de "aldrabice" o resultado. Enfim, se o que se passou neste fim de semana em Alvalade, tivesse sido em Setúbal ou em Aveiro e ninguém falava disso...

Re: Eu acho que ainda deviam tirar um ponto ao SCP

Um erro do árbitro e pouco mais a dixer.

Eu repito mil vezes se for preciso

A arbitragem de um jogo pode e deve ser analisada sob o ponto de vista do critério adoptado para esse jogo! Tanto que assim é, que nós aqui no Relvado e não só... criticamos muitas vezes a arbitragem por causa da "dualidade de critério"! Certo? A falta que toda a gente diz que o Paraty não assinalou ao Nani foi EXACTAMENTE igual ou semelhante a muitas outras que o Paraty NÃO assinalou a outros jogadores! Por acaso aquela terminou em golo... mas o golo não derivou directamente do lance. Já contámos... e houve mais 6 toques na bola, para além de estarem na jogada ainda DOIS defesas... e o GR! Digo de outra forma: o que foi permitido ao Nani naquele lance na Madeira foi permitido a muitos outros jogadores, exactamente por causa do "critério largo" adoptado pelo Paraty! O lance do Ronny, ontem, deu DIRECTAMENTE golo... e só a ele foi permitido tal tipo de lance! Ali não houve mais critério nenhum a considerar... Mas falemos do Paraty: vejo jogos dele há muito tempo, mas desde aquele lance Ricardo/Luisão que estou mais de olho nas suas actuações! Estive atento ao jogo do Benfica com o Rio Ave, por exemplo. Lembras-te do lance que anulou ao Rio Ave a o golo que permitiu a seguir ao Benfica? Critério laaaaaaaaaaargo... Vi ao vivo em Coimbra, para a Taça, o jogo Académica vs SCP. O critério foi tão laaaaargo que o Moutinho levou três valentes cacetadas, teve sempre de ser assistido e ele nunca marcou falta! Parava depois o jogo para entrar a equipa médica... Vi o jogo com dois relvas: Cláudio Simões e Dilbert! Pergunta-lhes como foi... Resumindo: o Paraty tem quase sempre um critério largo... assim um pouco como acontece com o MUITO ELOGIADO Pedro Henriques!... Se quiserem continuar a dizer que os lances são iguais, eu continuarei a defender o contrário até à exautão... Cumps

Re: Eu repito mil vezes se for preciso

critério largo não significa deixar passar faltas evidentes como a do Nani. A opinião pública tem no geral essa ideia, da falta de coerência sportinguista quanto aos 2 casos, até o jornal Abola goza com isso num apanhado diário que faz em cartoon

Re: Re: Eu repito mil vezes se for preciso

Rapaz, estou bloqueado no msn?! Ricardo_Chaves@hotmail.com

Re: Eu repito mil vezes se for preciso

Tens razão, o Sporting nunca foi beneficiado e se formos a ver, nesse jogo, se calhar até deviam castigar o gaijo que sofreu a falta do Nani! Até te digo mais, provavelmente o presidente da AG do teu clube, deve ter-se enganado no que queria dizer...

Re: Re: Eu repito mil vezes se for preciso

Também sei ironizar, Ricardo... mas não vou por aí! Apresentei um conjunto de ideias a sério... se queres brincar, brincamos noutra altura! Também o sei fazer... Queres ver? o Rogério de que falas... ainda me telefonou há pouco a ordenar-me o que eu devia escrever! Mas eu respondi-lhe que eu penso pela minha cabeça, por mais oca que seja... :) Cumps

Ah ok, tu repetes mil vezes se for preciso...

Nesse caso, a falta que existiu, deixa de ser falta, só porque noutros lances, o árbitro também não assinalou! Amigo, das duas uma, ou é falta, ou não é e neste caso, acho que é nítido que é falta. Por muitos milhares de vezes que digas, que o árbitro deixou passar impunes, outros lances da partida, iguais aquele, isso não significa que o golo não seja precedido de falta. Quanto à teoria do nº de toques é quanto a mim, patética... De resto, se assim fosse, nesse caso, o João Ferreira não errou neste fim de semana, porque provavelmente o árbitro se o Liedson metesse um golo com a mão, poderia deixar seguir, utilizando um "critério largo". PS - Quando defendes o auxiliar do SCP-UDL da época passada, estás a querer dizer que estava um jogador do Sporting para lá da linha de golo e a impedir a visão do auxiliar? É que nesse caso, é fácil, o auxiliar tem que ver a bola dentro da baliza, porque esta está para cá do poste e é pouco provável, que exista algum jogador dentro da baliza ou fora do terreno de jogo, que lhe dificulte a visão. Seria um fotógrafo?!

E já que falaste no Rogério Alves...

Como citaste o Presidente da AG do meu clube (calculo que saibas o cargo que ocupa na sociedade...), aqui te deixo um esclarecimento dele: ROGÉRIO ALVES: "TRATOU-SE DE UM ERRO GROSSEIRO" Face à forma como foram reproduzidas as declarações que o presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Rogério Alves, prestou, em directo, à estação radiofónica Antena 1, o dirigente pretende clarificar o seguinte: "Não existe, obviamente, nenhuma comparação paralela entre o erro cometido pelo árbitro no jogo do Sporting – Paços de Ferreira e aquele que poderá ter sido cometido no jogo que nos opôs ao Nacional. É que, no jogo com o Paços de Ferreira tratou-se de um erro grosseiro, determinante em absoluto no resultado e, portanto, até pelas circunstâncias em que ocorreu, indesculpável. Faltas como as que terão ocorrido no jogo com o Nacional são discutíveis, frequentes e não determinam, só por si, o resultado de um jogo. O que aconteceu com o Paços de Ferreira, mesmo admitindo que é um erro involuntário, não deixa de ser, ao mesmo tempo, um erro grosseiro e de muito difícil aceitação". Rogério Alves concluiu que "é absolutamente ilegítimo tentar estabelecer qualquer paralelo entre o que aconteceu num jogo e o que aconteceu no outro. São, por isso, totalmente legítimas as atitudes que os responsáveis da SAD do Sporting entendam tomar em defesa dos direitos do Clube face a tudo o que ocorreu no passado sábado e que, como foi sublinhado, não se esgota no erro monumental que esteve na origem do golo sofrido". * * * * Está descansado... não fui eu que lhe telefonei... mas se calhar ele lê o Nelson Pires do Relvado! :P Cumps

Re: E já que falaste no Rogério Alves...

Nelson, nesse caso, eu só tenho a dizer duas coisas: - A mão do Ronny foi igual a tantas outras mãos na bola e seguramente que não se falaria nesse erro, se a falta fosse a meio campo e não desse em golo. - O erro grosseiro do árbitro, de que falam desta vez, é tão grosseiro, como aquele que daria o golo ao Leiria, sendo que o erro do pretenso fora de jogo, é segundo o vosso critério um erro normal. Mas continuo na minha, se o Sporting fosse mesmo forte nesse jogo, ganhava por 2 ou 3 e o Paços, nem com o golo ilegal lá ia!

Re: Re: E já que falaste no Rogério Alves...

Não penso assim... até porque normalmente para se saber se uma bola entrou na baliza ou não é preciso ter uma linha como referência... linha essa que está no chão (óbvio... lol) e que "exige" uma boa colocação do árbitro assistente. Basta lembraras-te daquele remate do Petit e da "defesa" do Baía... Já uma mão na bola... caraças... para além de até ser das coisas que mais citamos quando comentamos jogos... e o ano passado o Sporting até teve vários penalties contra por causa de lances desses... assim como teve outros que foram julgados como "bola na mão"... mas que foram vistos... há imagens no Youtube que mostram o pessoal na bancada a fazer o gesto que tinha sido com mão... e para isso não é preciso ter uma linha como referência. Insisto na ideia que há lances mais difíceis de analisar do que outros... há erros mais grosseiros do que outros... e o do golo de Ronny é um desses... dando-se a desgraçada coincidência de não ter sido visto pelo João Fereira e pelo seus auxiliares. E mais curioso... Ricardo... é que ele nem os consultou! Aquilo é que foi "uma certeza"! Vê a INTENCIONALIDADE e a OSTENSIVIDADE do lance... http://www.youtube.com/watch?v=PsphRXJ_xQQ&mode=related&search= (tira o som, porque isto foi feito por alguém que acha bem este tipo de roubos, o que não é o teu caso) Cumps

Eu explico, Andebol

Vamos lá então: a questão não é deixar de ser falta, analisando nós agora o jogo e isolando o lance. A questão é que, naquele jogo e dentro daquele contexto e dentro do critério que um árbitro adopta, aquele lance não foi analisado como sendo falta. Como acontece imensas vezes! Por um critério... Mas se o árbitro parasse o jogo e marcasse a falta... ok, tudo bem... siga... mas "vamos lá ver como vai ele analisar lances semelhantes"... é o que diria qualquer adepto de qualquer clube! Mas ao não parar o jogo... como antes já tinha acontecido em alguns lances que EU marcaria (para ambos os lados, mas eu não era o árbitro)... e ao não marcar outros que aconteceram depois no resto do jogo, temos de olhar para aquele lance, QUE POR ACASO DEU GOLO... (se não desse ninguém falaria dele, não é?) com os mesmos olhos críticos com que olhamos para todos os outros semelhantes! Temos de olhar para ele no contexto global do jogo e da aplicação dum critério... Logo, as mil vezes em que eu poderei dizer o mesmo é para dizer que se consideramos o lance precedido de falta, então teremos de dar o mesmo ênfase a TODAS as vezes que isso aconteceu! Quanto ao número de toques... meu caro... foi apenas para mostrar UMA das diferenças entre os dois lances: um não deu golo directamente... a jogada seguiu... o outro, a infracção em si... é que deu o golo directamente! Se achas ridículo... é o teu critério! Eu analiso assim a diferença entre factos distintos que por acaso tiveram o mesmo desfecho: o golo! "Precedido" significa que tens de vir atrás à procura de algo. "Marcar com a mão" é um acto directo! Agora outra coisa: dizes que o golo com a mão deixaria de ser um erro porque o Liedson também o poderia fazer e o João Ferreira permitiria dentro do tal critério largo! A diferença, meu caro, é que eu tenho factos reais para documentar o tal critério largo do Paraty DURANTE O JOGO e analisado a posteriori... e tu apenas tens algo imaginário e rebuscado que não aconteceu... e se acontecesse seria 100% ilegal, ao contrário de um lance disputado entre dois jogadores que pode ou não ser interpretado como falta! Marcar um golo com a mão será e é sempre ILEGAL... não há critério nenhum que possa aplicar-se aí... porque o FACTO é OBJECTIVO, não carece de interpretação como um contacto entre jogadores! CARECE É DE SER VISTO... E BEM VISTO! Quanto à questão do jogador estar ou não dentro da baliza para tapar a visão ao auxiliar, no SCP vs União... é claro que não! Mas tu estás a partir do princípio que o auxiliar estava alinhado com a bandeirola de canto... o que não aconteceu! Não tenho provas (fotos), mas a nítida sensação que tenho das inúmeras repetições que vi do lance é que o auxiliar estava aí a um metro, pelo menos, da linha de fundo! E se fores ver a imagem que postaste ali mais abaixo, vê onde está o último jogador do Sporting... imagina o auxiliar a um metro da linha... e depois imagina que aquilo aconteceu num segundo! :) Cumps