Sporting: Abrantes Mendes também avança | Relvado

Sporting: Abrantes Mendes também avança

O antigo dirigente apresentou as suas ideias para o clube esta sexta-feira à noite. Carlos Lopes é o
 

Abrantes Mendes assumiu-se esta sexta-feira como candidato à presidência do Sporting sem revelar a sua lista e “sem ter dinheiro para pagar a grandes agências de comunicação”, mas com a convicção, de que, desta vez, “vai ser para ganhar”.

“Nas últimas eleições de 2006 concorri e tive um quarto dos votos [contra Soares Franco], com poucos meios e com o coração a falar mais alto do que a estratégia, mas agora vai ser mesmo para ganhar”, disse o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, que acrescentou ter informações que o levam a dizer que é o “alvo a abater” das outras candidaturas.

A alusão à falta de dinheiro para pagar a grandes agências de comunicação visou a candidatura de Godinho Lopes: “Pretendem apresentar o mundo das falácias, o mundo das aparências e não o mundo das realidades. Sei que vou ser alvo de forças poderosas no sentido de desvirtuarem as minhas palavras, mas comigo só há uma linguagem, sou frontal, transparente, não dou facadas nas costas”.

Admite ser “politicamente incorreto” e relança o desafio aos sócios para “perceberem que o que está em causa é a opção pela mudança ou pela continuidade, que foi aquilo que tiveram até hoje”.

Não quer fazer promessas, mas garante que vai escolher “o momento próprio” para lançar as propostas que tem “para o futebol, o ecletismo, os treinadores, os jogadores, os investimentos e a organização global do clube”.

"Os leões não se assustam"

O peso do passivo consolidado, que ronda os 295 milhões, não mete medo: “Os leões não se assustam. Dentro do campo são onze contra onze de cada lado. Os outros não mordem. O que faz falta ao Sporting é atitude. Aliás, já se viu alguma por parte dos jogadores no último jogo com o Benfica”.
Sobre os trunfos já lançados por outros candidatos, Paulo Futre, Zico e Rijkaard, Abrantes Mendes promete responder à altura: “Esperem pelo debate de sábado na SIC. Se eu dissesse aqui o que vou dizer amanhã, seria alvo de contra informação para deturpar as minhas palavras. Estejam atentos ao debate, que tenho algumas surpresas para vocês”.

Uma das coisas que tem faltado ao Sporting, no entendimento de Abrantes Mendes é “blindagem e um olhar para dentro de si próprio” para detectar quais “as insuficiências e as anomalias” que não permitem que o clube siga um “caminho linear e unívoco em direção ao futuro”.

“É preciso limpar a casa. Esse é o grande desafio, definir o que está mal dentro de casa. Os regimes não caiem por culpa de fatores exógenos, mas sobretudo porque o poder não sabe os erros em que está a incorrer”, observou Abrantes Mendes, alegando que falta ao Sporting e ao país “massa crítica”, o que faz com que as pessoas “metam a cabeça na areia”.

Sobre os 100 milhões que Godinho Lopes diz ter garantido para investir no Sporting, limita-se a dizer: “O meu caminho é o da verdade, da honra, dos princípios e da ética. Eu digo a verdade, nunca menti. Os senhores jornalistas estão desafiados a apontar-me uma mentira que tenha dito”.

Carlos Lopes é o mandatário

O mandatário da candidatura, Carlos Lopes, justificou a razão de ter dado o apoio a Abrantes Mendes: “O Sporting precisa de grandes referências e estas têm sido esquecidas pelas sucessivas direcções. Abrantes Mendes não vai fazê-lo porque tem uma visão larga para o meu clube”.

Sporting:

Comentários [6]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Dia 26 de Março, qualquer um

Dia 26 de Março, qualquer um menos o Godinho Lopes!
É outro cotonete igual ao anterior.
Só para verem, tem o apoio do Rogério Alves e do Ricciardi, o gajo do BES!
Com este presidente vamos continuar amarrados à banca, numa presidência em tudo igual à anterior, sem ambição, uns coitadinhos.

Não se fiem nos Duques e nos Freitas, que esses não fazem milagres.
Também só ganharam quando se investiu na equipa, com jogadores caros como Schmeichel, André Cruz, João Pinto, Jardel, entre outros.
Sem investimento e amordaçados pela banca do Ricciardi, não vamos a lado nenhum.
Tudo menos Godinho. Acreditem em mim, pelo bem do Sporting!

Bruno Carvalho parece...

..ter algo diferente dos outros,mas não me parece que a escolha de Inácio tenha sido feliz.

Para um Portista espero que o lagarto escolhido seja o Dias Ferreira.

LOLADA

cumps

andor

m..............

Atenção a Abrantes Mendes, um rato sabido da velha escola

este aqui não papa grupos: é um olho no burro e outro no cigano!
http://arttedofutebol.com/wp-content/uploads/2010/08/S%C3%A9rgio-Abrante...

vai para o cara....lhi----nho

mete-te na tua vida