Os vícios de Vítor Pereira | Relvado

Os vícios de Vítor Pereira

Com um treinador competente, teríamos largas possibilidades de sucesso nas principais competições.
 
Vítor Pereira em treino do FC Porto (dezembro 2012)
FRANCK FIFE/AFP/Getty Images

Tenho insistido na tese de que a falta de opções de Vítor Pereira (VP) é uma mera desculpa para o descalabro em que ele transformou este FC Porto. O que se observa é que ele não rentabiliza as que tem, sejam muitas ou poucas, transformando esse problema num não-caso. É inútil reclamar-se por mais alas, por mais jogadores para o meio-campo, ou até por mais laterais, se aqueles que existem no plantel (ou existiam) são ignorados e desprezados recorrentemente, sendo o jogo de segunda-feira com o Sp. Braga um bom exemplo disso.

Ainda estávamos em 1.º lugar e eu já alertava para a necessidade de gerir os principais elementos do meio-campo, tendo em vista a fase decisiva da época. A verdade é que VP continuou a insistir nos mesmos de sempre, mesmo quando era visível a queda física e consequentemente a queda qualitativa dos jogadores e da equipa. A equipa foi-se tornando mais lenta, mais previsível, mais facilmente anulável pelos adversários.

O resultado de tudo isso foi a eliminação da Champions, o fraquíssimo jogo de Alvalade que nos custou a liderança e mais alguns desaires, mesmo que alguns pudessem deixar de o ser se a pontaria de Jackson fosse mais afinada…

O jogo de segunda-feira, tal como já disse, é um bom exemplo. Com dois extremos no banco, VP voltou a preferir colocar Defour na ala, voltou a insistir no centro em Lucho, que infelizmente já não pode dar mais do que aquilo que tem dado, voltou a insistir num jogo previsivelmente lento e afunilado, tendo em conta as características dos jogadores apresentados.

Podemos questionar se jogador x ou y que estão no banco têm ou não qualidade, é certo. E na minha opinião é aqui que se constata que VP ou percebe pouco de futebol ou tem muita pouca coragem. Numa equipa rotinada no 4x3x3, numa equipa que se quer rápida a trocar a bola e a desferir os ataques, é exasperante observar as opções tomadas jogo após jogo e que têm abalado por completo com a identidade do FC Porto.

Na segunda-feira, a 1.ª parte foi a pobreza futebolística a que já nos habituamos. O coitado do “Iniesta” fez umas jogatanas na ala e de repente foi transformado em extremo. Sobre o Lucho nem é preciso bater mais no ceguinho. O Jackson lá na frente, de goleador e de 4 o 5 oportunidades por jogo de repente mal toca na bola. Na 2.ª parte, só a entrada de Atsu mudou por completo a dinâmica da equipa para melhor. Passámos a ter um jogador a dar largura e profundidade ao ataque, um jogador a desequilibrar, um jogador a pôr em sentido o flanco direito do Braga. E o ganês nem fez nada de muito extraordinário, mas a sua presença e o seu estilo de jogo foi o suficiente para alterar a partida.

Mais tarde, VP, em desespero, lembrou-se que tinha Kelvin no plantel, mete o puto e de repente este decide a partida com 2 golos. Podemos pensar que foi um tiro de sorte, e se calhar até foi, mas é precisamente para isso que temos outros jogadores do plantel.

O que também podemos pensar é que se Izmaylov não tem sido expulso a meio da semana, se calhar na segunda-feira não tínhamos ganho o jogo…

Como Kelvin, que agora surge, tivemos nas últimas semanas o aparecimento de Castro, que é lançado na Madeira, é lançado para a Taça da Liga, e faz aquilo que outros jogadores dessa posição não vinham fazendo, ou seja, dar força, velocidade e alegria ao meio-campo e ao jogo do FC Porto. Até marcou um golito para amostra..

É caso também para recordar outras opções que foram desprezadas e que poderiam ter sido úteis nesta temporada, como por exemplo Djalma, de que eu já falei diversas vezes e que sempre defendi ser um jogador que poderia ser importante, ainda para mais capaz de ocupar a posição de defesa-direito; Miguel Lopes, que apesar de muito achincalhado era outro jogador capaz de render ou Danilo ou Alex Sandro; até Kléber, que de titular e a marcar golos no início da época passada, passou a ser um jogador fraco psicologicamente e sem confiança. VP nunca foi capaz de o recuperar. Sem falar sequer de outras opções e de outros jogadores que poderiam ter sido recuperados, como Fucile e que tanta falta faria.

VP não soube gerir as opções ao seu dispor, estourando física e psicologicamente com o núcleo duro da equipa. Não soube rentabilizar a malta mais nova, não foi capaz de no momento em que a equipa estava em alta, introduzir jogadores na equipa que fossem úteis e que permitisse igualmente que os jogadores nucleares fossem descansando. A equipa arrastou-se para um ponto de não retorno, indo acabar a época provavelmente com a sensação de que se deitou tudo a perder de forma estúpida.

Se relativamente à LC e Taça é evidente a incompetência e o falhanço total de VP, em relação ao campeonato há quem defenda a tese de que os pontos feitos por VP seriam os suficientes para ser campeão noutra temporada. Quanto a isso, também o disse em tempo útil, i.e., com o FC Porto em 1.º lugar, que considerava este campeonato um dos mais fracos de sempre - continuo com essa opinião e por isso não me iludo com as referências estatísticas. A diferença de FC Porto e Benfica para todos os restantes é enorme. O Sporting é aquilo que sabemos, o Sp. Braga, a 3.ª melhor equipa e que habitualmente rouba pontos aos grandes, tem 3 derrotas e 1 empate com FC Porto e Benfica, as restantes equipas passam por imensas dificuldades.

Este campeonato é fraco, está nivelado por baixo. Há a incrível possibilidade de duas equipas fazerem na mesma temporada aquilo que apenas três fizeram em 75 anos de história de campeonatos nacionais.

A época ainda não está terminada, mas eu há muito que já tirei as minhas conclusões. Com um treinador competente, teríamos largas possibilidades de termos sucesso nas principais competições, com VP arriscamos-nos seriamente (basta o Benfica não tropeçar) a falharmos todos os objetivos a que nos propusemos.

Somos Porto, mas isto não é Porto...

PS - No mesmo sentido, dê-se todo o mérito a Jorge Jesus, que com mais limitações no plantel desde o início da época tem conseguido fazer precisamente o oposto de Vítor Pereira, ou seja, rentabilizar e potenciar os recursos ao seu dispor e quando não os tendo, improvisar, adaptar e até recrutar com eficácia jogadores da equipa B. Foi a estrela do último campeonato conquistado pelo Benfica e este ano está perto de o voltar a ser.

FC Porto:

Comentários [12]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Competente não chega....

Ainda seria preciso algo mais para o FCP ser campeão.....

http://pantominocracia.blogspot.pt/2013/04/porto-hipocrisia.html

Os vícios do cara-de-apalermado..., sãon mais que conhecidos é

mais que INCOMPETENTE!!! LOL, só MERDA.

Já o disse muitas vezes

Espero que o VP continue ao comando do FCP.

Sempre consegui ver para além dos resultados, e por isso fui contra algumas chicotadas que já vi acontecer no Benfica. E olhando para lá das estatísticas: viva o VP :)

Bom, este Artigo revela que o

Bom, este Artigo revela que o adepto Portista tem um grau de exigência elevada, não só quer ver a sua equipa ganhar, mas também pretende vê-la ganhar bem e jogar melhor!

Começando pela questão da rotatividade, e sem com isto pretender defender VP, durante esta temporada desportiva surgiram recorrentes lesões musculares e outras, desde Maicon (está na 3ª lesão), Fernando (2 X), Alex Sandro (cerca de mês e meio), Defour (cerca de 1 mês), Moutinho (que muito, muito raramente se lesiona), James (cerca de 2 meses), Atsu (mês e meio na CAN), entre outros lesionados, mas, convenhamos foi uma época atipica em termos de lesões, e esse factor impediu uma maior e saudavel rotatividade.

Porém identifico que VP não estará talhado para fazer crescer/potenciar jovens promessas, Iturbe, Kelvin, Sebá, o Castro (que já não será um jovem) mereceriam talvez mais oportunidades, mas VP insistiu num nucleo duro composto por 13/14 jogadores. Curiosamente VP que cumpre o seu processo de crescimento na Formação Porto, não revela engenho para potenciar ou lançar jovens, como Jesus, Jesualdo ou Paulo Bento.

Quanto aos objectivos desta temporada:

Na Liga dos Campeões o objectivo passava por ultrapassar a fase de Grupos, objectivo cumprido, após os 1/8 chegar onde fosse possivel, o supostamente o"acessivel" Málaga, teve talvez uma abordagem displicente (não é normal nesta casa), se tivemos uma 1ª mão excelente, um jogo extraordinário (mérito de VP), pecou o jogo no Dragão pela escassa finalização, face a um dominio absoluto (os Espanhois fizeram um remate?). Em Málaga, a entrada nem é má, mas a abordagem ao jogo e as incidências do mesmo (sofrer 1 golo ao fechar a 1ª parte, Moutinho recidiva perto do intervalo e sai, recomeço e Defour expulso, quem aguenta?) eliminaram o Porto.

Na Taça de Portugal uma incompreensível gestão do Plantel, isto na 3ª eliminatória e tendo como adversário o Braga, a aposta nesse jogo nas segundas linhas (a pensar em Paris, quando o Porto estava já apurado na Liga dos Campeões) revelou-se desajustada e custou-nos a eliminação da 2ª prova mais importante, aliás, ainda não digeri essa eliminação, e sobretudo a gestão do onze para esse jogo!

Finalmente, Campeonato. Ora bem, estamos na 25ª Jornada, sem qualquer derrota, com alguns pontos cedidos por culpa própria, mas seria justo relevar que este Porto de Vitor Pereira é o 4º melhor Porto neste século XXI à 25ª Jornada, deixo os registos à 25 ª Jornada com as temporadas mais pontuadas:

12/13 63 pontos (58-12) Tr Vítor Pereira!

11/12 60 pontos (56-17) Tr Vítor Pereira!

10/11 71 pontos (58-09) Tr Villas Boas!

03/04 65 pontos (56-15) Tr Mourinho!

02/03 66 pontos (54-19) Tr Mourinho!

O que concluimos: Vítor Pereira consegue o 4º melhor registo pontual Porto neste século, atras de Villas Boas (menos 8 pontos), e bem perto das 2 temporadas de sonho de Mourinho (respectivamente menos 2 e 3 pontos). Será o Porto que está mal, ou o adversário que está muito, muito bem? Este Benfica de Jesus teria "só" uma pontuação superior às 2 temporadas de Mourinho!

Como já aqui escrevi, nesta recta final o unico objectivo do Porto, é justamente definir estes 5 jogos que restam como autenticas finais, e exigem-se apenas e só 5 vitórias!

Para terminar, os Treinadores no Porto cumprem ciclos curtos, 2/3 anos, a excepção foi Jesualdo que cumpriu a 4ª consecutiva, é expectável Vítor Pereira mesmo ganhando o Campeonato (probabilidade reduzida) que esteja mesmo de saída, e Ivic, Carlos Alberto Silva, Robson, Oliveira ou Adriaanse foram Campeões e sairam na temporada seguinte.

O Treinador que desejo e provavelmente Pinto da Costa também? Não, não vou cometer um sacrilégio, mas... Que se lixem os preceitos religiosos, desejava ver Jesus no Porto, e por razões várias: Ter um Treinador competente, com um grau de exigencia competitiva elevado para com os atletas, depois, quebrar um ciclo de 4 anos no nosso adversário directo, este Benfica é Jesus, muito provavelmente ficará em "cacos" após a sua saída, finalmente a ultima razão a potenciação e rentabilização de jovens atletas por parte de Jesus!

O vitinha nao esta a fazer

O vitinha nao esta a fazer uma mau campeonato, ate porque nao perdeu ainda e 6 empates nao pode ser considerado mau. Nao daria muita importancia ao score porque este ano a qualidade das equipas decaiu, naoha um fosso demasiado grande do benfica e porco para as restatnes equipas. Ate o braga e sporting estao abaixo doutras epocas. O problema é que nao se sente o trabalho do tecnico, o futebol praticado pelo porto nao é muito atrativo e tem falhado nos momentos cruciais, dando a ideia que o tecnico nao consegue fazer passar uma mensagem clara. Falhou cedo a taca de portugal, e falhou com estrondo na champions (a fase de grupos foi acessivel) perdendo com uma equipa claramente inferior mas que conseguiu superar-se.
Ha tecnicos que com as suas mais valias conseguem fazer vencer, e é isso que nao se sente no tecnico portista, nao é audaz, é limitado ao seu sistema, seu nem por isso ele apenas pegou num modelo ja inplementado ha anos, nao teve ousadia de fazer algo diferente e optou pelo caminho mais facil... mas tambem o mais limitado. O porto nao tem um tecnico que resolva, tem apenas um tecnico que cumpre minimamente.

Quanto ao sonho JJ, nao ira para o porto, so se o benfica quisesse despedir o tecnico coisa que nao antevejo. Nem é que o porto tenha ou nao capacidade de pagar 4 milhoes anuais por um treinador (10X mais que vitor pereira) mas como o proprio JJ disse nao faria sentido sair do benfica para ir para o porto porque ja estava no top e nao quer andar para tras (palavras dele!),

JJ so nao continuara no benfica se do estrangeiro chegar uma proposta choruda, e pode chegar, ele ja anda a ser observado.

Vou tentar explicar-te e

Vou tentar explicar-te e ponto por ponto para me entenderes, e deixar-te a minha leitura da coisa, que taé poderá estar inviesada, mas é sobretudo factual e racional.

1º O Benfica despedir? O Benfica quer renovar, e o Jesus não o quer fazer, aliás o contrato cessa em Junho. Porque não renova Jesus? Provavelmente recorda-se do apoio que teve em V Conde quando perdeu o Campeonato passado, numa altura em que o Vieira tentava contratar Rui Faria em Madrid!

2º Paradigmático o Benfica estar refém de Jesus, e não o Treinador dependente do clube!

3º O legado desportivo de Jesus é pesado (sobretudo a nível Europeu), isto é, quem o substituir terá de ter aracaboiço para tamanha empreitada!

4º Estes ultimos 4 anos do Benfica, são de Jesus, tem a sua inteira responsabilidade, porque a Estrutura é a mesma de Quique e Companhia (só mudaram mesmo as moscas)!

5º E aqui entra Pinto da Costa, é conhecida a sua ligação a Jesus, e desde os tempos do Felgueiras em 1996, aliás, Jesus só não treinou o Porto em 09/10, porque Jesualdo havia ganho 1 Campeonato, 1 T Portugal e chegado aos 1/4 da L Campeões em 08/09 (golo de CR no Dragão), seria quase que uma ingratidão não renovar com Jesualdo e este cumpriu a sua 4ª época consecutiva no Porto!

6º Pinto da Costa, cumprirá expectavelmente o seu ultimo mandato como Presidente do Porto, naturalmente pretende sair de forma gloriosa, e continuar esta senda de vitórias destas 3 decadas. Daí, estratega como todos sabemos que é, PdC retira ao Benfica o Treinador que criou um ciclo vitorioso (só igualavel aos idos anos 80, sobretudo em termos Europeus), interrompe esse mesmo ciclo, e contrata um Treinador que repito, apesar de boçal, tem uma qualidade inquestionável, e potenciar esse Treinador numa Estrutura como a do Porto irá conferir e acentuar o ciclo hegemónico Porto, e isto porque Pinto da Costa quer sair em Glória!

»JJ so nao continuara no benfica se do estrangeiro chegar uma proposta choruda, e pode chegar, ele ja anda a ser observado»

Estou sempre a aprender, então o Jesus tem sido observado por outros Clubes (tal como os jogadores?), mas para quê? Avaliam esses clubes a sua postura no banco, se serena ou mais agitada? lol

Alguem que aponte

esta profecia do Chibanga e a guarde à dos "buraquinhos todos fodidos" e à do "Jesus é despedido nas primeiras jornadas"

Obrigado!

* enviesada

* enviesada

off. Página sobre Mourinho

Para todos os fã de José Mourinho apresentamos uma página a ele dedicada, que pretende ser a mais completa sobre toda a sua carreira, incluindo passagens por sporting e barcelona como treinador adjunto de Bobby Robson U. Leiria e SL Benfica. Destaque naturalmente para Porto, Chelsea, Inter e Real Madrid.

Outros capitulos: capas, trofeus, presidentes, polémicas, etc

"The Jose Mourinho History Book"

Obrigado.

http://www.facebook.com/pages/The-Jose-Mourinho-History-Book/10463932973...

Bom artigo

Equilibrado e acutilante.

Bem...

...bom artigo. Não subscrevo todas as opiniões do escriba (regressou este nick, foi?)...mas pelo menos, leu-se bem. O que, nos tempos que correm neste relvado...é sempre de relevar...