Sporting goleia e está com pé e meio nas meias-finais | Relvado

Sporting goleia e está com pé e meio nas meias-finais

O Sporting derrotou o Penafiel por 4-0 em jogo da Taça da Liga e está praticamente apurado para as m
 

A formação de Alvalade responde de forma sólida face à crise directiva que o clube atravessa, depois da demissão de José Eduardo Bettencourt da presidência, conquistando o segundo triunfo sucessivo na Taça da Liga e isolando-se na liderança do Grupo D com 6 pontos, mais três do que o Penafiel.

A passagem às meias-finais é dado quase garantido e o treinador Paulo Sérgio atesta que se trata de "um resultado muito bom", frisando ainda que serve para “desanuviar o ambiente” e que "as vitórias trazem confiança" para os próximos embates. O técnico diz-se "satisfeito com a resposta do grupo".

Ficha de Jogo

João Pereira marcou o primeiro tento do jogo logo aos 44 minutos, contando com o contributo do guarda-redes Márcio Ramos que não fica bem na fotografia em virtude do lance. O guardião pacense começou a partida no banco, mas foi chamado ao jogo logo no arranque do encontro, depois de Willian, o habitual  titular, se lesionar.

Grimi, André Santos e ValdésO segundo golo foi marcado por Jaime Valdés, já no segundo tempo, por intermédio de uma grande penalidade "arrancada" por Liedson.

Depois veio o "bis" de Alberto Zapater que entrou a 10 minutos dos 90 para o lugar de Vukcevic. Paulo Sérgio atesta os elogios "amplamente merecidos” ao jogador que ainda não conquistou os adeptos leoninos, salientando ademais a sua “qualidade de carácter”.

Além dos quatro golos marcados, o Sporting enviou mais três bolas ao poste e Paulo Sérgio congratula-se que os seus jogadores souberam "ser pacientes, por vezes até irritando os adeptos". O técnico admite que "aqui e ali sentiu-se alguma falta de alegria" devido ao momento que o clube atravessa e diz ainda que o seu onze falhou "alguns passes na tentativa de jogar nas costas do adversário".

A partida significou a estreia de José Garrido no comando técnico do Penafiel, após a demissão de Lázaro Oliveira. Uma estreia azarada, diga-se, com Garrido a lamentar o “erro do guarda-redes” Márcio Ramos e a “influência" que teve no desenvolvimento do encontro, e queixando-se também da circunstância de ter "um jogador limitado fisicamente, já depois de ter operado as três substituições".

Apesar da derrota o Penafiel ainda mantém uma vã esperança de apuramento para as "meias", somando 3 pontos. Já afastados da próxima fase estão Naval e Estoril-Praia que empataram a 2-2 no outro jogo do Grupo nesta ronda.

 

Sporting:

Comentários [11]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Erro

ao colocar o post. as minhas desculpas.

Ao cuidado da Edição

"o guarda-redes Márcio Ramos que não fica bem na fotografia em virtude do lance. O guardião pacense começou "

Alguém me esclarece se o Sporting ontem estava a jogar contra o Paços ou o Penafiel?!A mim e à edição que parece que também estão um bocadito trocados...

Eles ficam tão vidrados nas

Eles ficam tão vidrados nas derrotas do Sporting que depois andam a sonhar com o adversário várias semanas...

Márcio Ramos....

..tem claramente a escola de g.r do sporting :).
Apenas vi a primeira parte,uma perda de tempo.

Eu fui esperto... Cheguei ao

Eu fui esperto... Cheguei ao café aos 15 minutos da segunda parte... ;)

Ó Paulo Sérgio...

E não é que quando os jogadores resolvem experimentar outras posições em campo até se dão bem??
Um conselho, meu "amigo": Tu que já disseste que não vale a pena inventar, fica em casa, pá, a ver um filmezito com o Cabral e o Sérgio Cruz, e deixa os jogadores entregues a si... Vamos ver no que dá, até final da época?...

P.S.: Tiraram um grande golo ao Valdés, como fizeram ao Cristiano Ronaldo no jogo contra a Espanha. Depois ainda nos espetaram com um golo de penalty para possíveis discussões futuras...

Concordo

à excepção do PS. Eu não sou nem perto admirador do Duarte Gomes...mas a verdade é que num penalty não há lei da vantagem. Imagina que ele não marcava o penalty e que o Valdés eventualmente falhava o golo? Ficavamos a reclamar a grande penalidade não assinalada. Assim...o ábritro seguiu as regras e o Valdés acabou por marcar à mesma...

Quanto ao Paulo Sérgio...estava bem era na caminha...e cheira-me que há problemas com o Saleiro.

Eu não estava a ouvir o jogo,

Eu não estava a ouvir o jogo, apenas a ver, por isso não posso precisar se o árbitro já tinha apitado ou não. Mas sou sempre da opinião de que os infractores devem ser penalizados o máximo possível. Neste caso, tão rápido, eu considerava o golo; se a bola não entrasse, obviamente que marcava o penalty - não considero isto ridículo, sinceramente. É a mesma coisa da invasão da área na marcação de um penalty - se a bola entrar e for um defensor contrário a cometer a infracção, manda-se repetir o dito cujo?...

Em relação ao saleiro, ó pá, nisto estou sempre com os treinadores: Porra, só jogam 11... somos a equipa que utilizou menos jogadores no campeonato, até ao momento; mesmo assim, há quem faça birras... :p

Um abraço!

Sim

Apitou antes do Valdés marcar o golo. Também concordo em parte com o que dizes, mas neste caso ele seguiu a lei e por isso não tenho nada a dizer. Se a lei está mal feita?!...provavelmente está, como tantas outras.

Relativamente ao Saleiro...claro que os jogadores têm que aceitar as decisões do treinador. Mas há limites...eu vou a quase todos os jogos...e os jogadores aquecem por baixo da minha zona, pelo que estou atento sempre que alguém sai po aquecimento. O Saleiro chega a estar a "aquecer" 40 minutos pa entrar a 2 ou 3 do fim, ou nem isso. Jogos sucessivos a acontecer isto...é normal que um jogador se sinta irritado, se até um adepto se sente. Este jogo com o Penafiel era claramente jogo para dar minutos aos menos utilizados...sendo Saleiro um deles, tal como o Torsi...e até o Tales, que até ao momento ainda não vi jogar.

Abraço

Não me apetecia muito estar a

Não me apetecia muito estar a discutir a suposta estratégia que estará por detrás desta súbita mudança de mentalidade do treinador Paulo Sérgio, apenas porque tenho receio de dar um nó na cabeça e já não conseguir trabalhar mais, hoje... :p

Desde aquela brilhante tirada do "Já percebi que o melhor é não inventar." que s epercebeu que estávamos perante uma metamorfose do ingénuo Paulo Sérgio que, entretanto, em matéria de 2 ou 3 meses, se terá apercebido dos verdadeiros segredos do futebol e tornado num expert na matéria.
Desde aí, se reparares, o homem escala sempre o melhor onze (com 1 ou 2 intromissões "à ganda maluco") e retarda qualquer substituição até o jogo estar resolvido. Das duas, uma: ou ainda vai a tempo d efazer merdinha, mesmo tarde e a más horas, como aocnteceu frente ao Paços, ou o jogo fica resolvido, sim, mas para o adversário, como aconteceu frente ao Guimarães... Frente ao penafiel, nada de novo: 2 "maluqueiras" (ah, homem!!") - Tiago e Grimi - com os restantes 9 melhores e substituições tarde, não fosse o Penafiel chegar ao 2-2, coisa que Paulo Sérgio estaria à espera, de certezinha absoluta...
saleiro é daqueles que vai ser sempre fodido por este cagão. Vai aquecer eternamente até o menino olhar para o cronómetro, apertar os tomates e pensar "Foda-se, vou arriscar!" - 2 minutos depois, o árbitro apita para o fim do jogo e o Sérgio pensa "Fiz bem eu não meter o miúdo" ou, em alternativa "Fiz bem em não queimar o miúdo"...

Percebeste alguma coisa, meu caro? Eu também não, mas já queimei os fusíveis para o resto do dia... Eu sabia... :p

Um abraço!

Epa

também não queria que torrasses a mioleira a pensar naquele nabo lol.

Eu não o compreendo nem de perto...mas acho a tua ideia muito provável...enfim..o que acontece é que ele atingiu o seu patamar de incompetência...e nós temos que o aturar pelo menos até Março. Depois a ver se finalmente cai em Alvalade um paraquedista que perceba de gestão e de futebol ao mesmo tempo...para voltarmos a ter vontade de ir à bola, porque, por muito que custe admitir, os últimos tempos têm sido um martírio.

Abraço e bom trabalho:P