Sporting: Tiago pendurou as luvas | Relvado

Sporting: Tiago pendurou as luvas

Guarda-redes anunciou o final da carreira, ao fim de 17 anos nos leões. Vai continuar em Alvalade co
 

O guarda-redes Tiago anunciou hoje o fim da sua carreira, depois de 17 temporadas ligado ao Sporting, mas vai permanecer no clube como treinador de guarda-redes da equipa de juniores.

"Estive muitos anos neste clube com muito orgulho, que representei com toda a minha força. Estou um pouco triste, mas todos sabem que um dia acaba. Chegou a hora de pendurar as luvas, é triste, mas vou começar com outros projetos ligado ao clube", disse.

O guarda-redes, de 37 anos, esteve 17 épocas no Sporting, clube ao qual chegou em 1995, tendo sido contratado ao Lourinhanense.

Durante a sua ligação ao clube foi duas vezes emprestado ao Estrela da Amadora, nas épocas 1999/2000 e 2000/2001, tendo conquistado pelo Sporting um campeonato, três Taça das Portugal e quatro Supertaças.

O guarda-redes termina a carreira, mas vai continuar no clube, assumindo as funções de treinador de guarda-redes da equipa de juniores.

"Vou treinar os guarda-redes dos juniores. Já vinha a pensar em mudar de vida, entrar em outro projeto. No Sporting falaram comigo e eu disse logo que sim. Vou tentar fazer o melhor que posso e sei para ajudar o Sporting", referiu.

Tiago considerou que o melhor momento da sua carreira foi a conquista do título, na época 2001/2002, elegendo como o momento mais triste a derrota na final da Taça de Portugal frente à Académica (0-1), no passado domingo.

"Esperava acabar de outra maneira, mas não foi possível. Para o ano vão surgir títulos e eu vou estar cá para festejar com eles", defendeu.

Na hora da despedida, o guarda-redes deixou elogios ao técnico Ricardo Sá Pinto, que estava na sala acompanhamento pelos dirigentes Luís Duque e Carlos Freitas, bem como o médio André Martins.

"O plantel tem qualidade e está bem orientado. O Sá Pinto é um grande treinador e um grande homem. Desejo sorte e penso que a equipa vai conseguir títulos na próxima época", disse, referindo que o balneário fica bem entregue a jogadores como Carriço ou Rui Patrício.

O guarda-redes disse ainda que Sá Pinto e Domingos tinham métodos diferentes de trabalho, referindo que o atual técnico conhece melhor a realidade do clube.

"O Domingos treinava de uma forma e o Sá Pinto de outra. Penso que o Sá Pinto percebe melhor o que é o Sporting, sabe liderar um grupo, tem qualidades e eu confio. Acho que fez um excelente trabalho", defendeu

Tiago confessou que gostava de ter jogado mais nas épocas em que esteve no Sporting, mas garantiu que sempre deu tudo para ajudar o clube e colegas, lembrando as muitas pessoas com quem trabalhou.

"Tive muitos treinadores de guarda-redes e uma pessoa aprende com todos. O Meszaros foi o que me marcou mais, porque me ensinou os primeiros passos, mas todos foram importantes. Como colega falo do Rui Patrício, que o vi crescer e chegar ao nível a que chegou", concluiu.

Sporting:

Comentários [1]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Este gajo teve....

..uma dos melhores empregos do mundo. Apesar que não chegou perto do catedrático Hilário :).