Sá Pinto um símbolo do clube... qual clube? | Relvado

Sá Pinto um símbolo do clube... qual clube?

 

Na minha humilde opinião, o Liedson, por exemplo, devia ser mais idolatrado do que o Sá Pinto, aliás, do que dez Sá Pintos! Tenho pena que jogadores como Carlos Xavier, Oceano, Balakov, e outros, não tenham o protagonismo que este indivíduo teve.Na minha opinião, mais depressa Sá Pinto seria um símbolo do Benfica, porque no fundo fez aquilo que todos desejamos, vingou-se do ex-treinador do SLB Artur Jorge e por pouco não lesionava Liedson...Andebol é que é!

Sporting:

Comentários [68]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Re: É um artigo interessante...

Sem dúvida pertinente a tua observação, não tenho dúvidas que JVP é o maior símbolo do Benfica nos últimos 15 anos e que até Simão fez muito mais pelo clube do que Rui Costa. Sinceramente percebo que idolatrem o Rui Costa, mas não percebo como não o fazem a JVP, por exemplo. E digo mais, Nuno Gomes fez muitíssimo mais pelo clube do que o Rui, mas o público tem gostos estranhos e às vezes cai-lhes no goto um jogador, que muitas vezes nem sequer tem valor. Não é o caso do Rui Costa, mas na minha humilde opinião, é o caso do Sá Pinto, que foi um jogador banalíssimo. O Paulo Bento, em 2 anos de jogador no Sporting, ganhou muito mais títulos e fez muito mais que ele e era muito mais jogador, se é que é comparável...

Re: É um artigo interessante...

Tanto o Bento como o Sá ganharam os mesmos títulos à excepção da supertaça em Paris já que o Bento ainda não sonhava com o Sporting. Diz-me uma cena sabes em que canal dá o jogo de Portugal em futsal?

Re: É um artigo interessante...

Não faço a mínima, mas acho que os jogos têm dado na Eurosport.

Re:dá na Eurosport 2

Re: É um artigo interessante...

Pois, andei à procura em tudo o que é canal e nada. Vou lá ver na programação do eurosport vê se diz alguma cena. Thanks!

Já repararam que foi por causa do relvado...

..que o Liedson levou na boca ?lol,"nós" já começamos a mandar alguma coisa :). Sá Pinto foi um grande jogador do sporting,não o podemos negar.Como já afirmei por diversas vezes,não tem claramente perfil para assumir tal cargo,numa SAD profissional.Nem secalhar para porteiro,quanto mais para Director Desportivo. Agora o que Liedson fez(mandar calar os adeptos),tb não se faz!! O adepto paga,pode reclamar ,assobiar,apoiar,os jogadores "só" têm que dar o litro. Principal culpado,JEB!

Re: Sá Pinto um símbolo do clube... qual clube?

Eu gosto do Sá Pinto. Tem um tempero fodido e que não o beneficia, mas odeia que o apunhalem por trás e lhe faltem ao respeito. O que fez ao Seleccionador foi gravíssimo, um erro que lhe manchou o nome, e acredito que o fez por ser ainda bastante inocente e irascível. Sentiu-se injustiçado (não interessa se o foi ou não) e cegou. Não vejo paralelo nisso, com o que aconteceu no balneário com o Liedson. Pelo que tem saída nas notícias, o Liedson faltou-lhe ao respeito, foi provocador e armou-se em campeão e o Sá tratou de o colocar na ordem da pior forma (mas o princípio era o correcto, a parte da violência é que lhe tirou a razão). Creio que ainda é respeitado em Alvalade. Daqui a uns largos anos, há-de o Liedson estar no caralho mais velho no corno da selva amazónica e a cagar para o Sporting, e o Sá andará por cá e por perto do clube que representou com brio e pelo qual tem estima (apesar de, de génese, ser adepto do Porto).

Bem também não exageremos...

Lesionar o Liedson? LOL Quanto ao assunto em si, um simbolo não tem que ser um exemplo de perfeição mas também não pode ter atitudes como o Sá Pinto teve, para mim esta historia já vem de longe... Já vem de um celebre jogo do Sporting em que Liedson e Sá Pinto ficaram de costas voltadas por causa da marcação de um penalty nesse jogo ficou bem mostrada a arrogância de Sá Pinto(personagem que eu nunca simpatizei sou sincero). Posso estar enganado mas não me parece que este conflito tenha aparecido neste jogo, é algo com marcas Passadas... Para mim Sá Pinto não é simbolo do Sporting, jogadores como Damas, Oceano, os Violinos, Yazalde, entre outros que além de representarem o clube dentro das 4 linhas com dignidade a cima de tudo representaram-no fora delas com correcção... Cumps

Re: Bem também não exageremos...

Pois eu lembro-me bem de outros símbolos do meu clube que foram muito maltratados e até desprezados. Jordão Iordanov Paulino Cascavel Beto Cherbacov Manuel Fernandes E mais alguns... Sá Pinto era um guerreiro no campo, e foi por isso que conseguiu o carisma que tem ( ou tinha) De resto, eu conheci-o em míudo já que fizemos a preparatória juntos. Era um puto enfezado que ia para os treinos no Salgueiral, mas já tinha problemas de comportamente e agressividade... Todos que o conhecemos ou conhecíamos sabem disso.

Estava a ler o artigo...

...e a pensar, concordo com tudo o que está escrito. Mas quando leio o último paragrafo, que Sá Pinto deveria ser um ídolo do SLBenfica por ter vingado os encarnados em relaçao a Artur Jorge, mudei de opinião. Artur Jorge é uma das pessoas mais pacificas que existe no futebol português, não merecia o que aconteceu. Trata-se um homem de carácter. O SLBenfica ainda se desculpar do que aconteceu há 15 anos é que é ridículo. Quanto a Sá Pinto, espero que nunca mais volte a ter qualquer cargo no futebol.

Segundo consta o Sá Pinto pediu ao rui dos tuneis.

...que lhe arranje um emprego como steward no túnel da vergonha..

Re: Segundo consta o Sá Pinto pediu ao rui dos tuneis.

Parece que o Sá Pinto ia beber uns canecos com o Guarda Abel quando ainda jogava no Salgueiros. Citando o Ricardo Araújo Pereira, que hoje esteve mais uma vez em grande: "Apesar de tudo, não concordo que a escolha de Sá Pinto para aquele lugar tenha sido disparatada. Sá Pinto tem perfil para dirigente. Infelizmente é para dirigente do Porto." Outra coisa, já foste à casa iluminada?

Re: Segundo consta o Sá Pinto pediu ao rui dos tuneis.

É mais como jogador do Fóculporto, já que esses é que andam a distribuir fruta nos stewards...

Re: Segundo consta o Sá Pinto pediu ao rui dos tuneis.

O teu clube esta enterrado em MERDA até ao pescoço! CORRUPÇÃO, PUTAS, ESPANCAMENTO DE JOGADORES, JORNALISTAS, ETC ETC... A "Cosa Nostra" ao lado parece brincadeira de criancas! A lista é longa e conhecida... Por amor de Deus! GANHA VERGONHA NA PUTA DA CARA!!!!! E vai enfiar-te num buraco bem fundo.

Confesso que me deu gozo!

Pouco ou nada me importa quem é que o Sporting escolhe como ídolo! É um problema do clube e dos seus adeptos e não me diz respeito! Mesmo considerando ídolo um jogador formado no FC Porto! Mas, há uns anos atrás, Sá Pinto, de acordo com as múltiplas atitudes de indisciplina e má educação que teve durante a sua carreira, agrediu o seleccionador nacional de futebol, um grande senhor da modalidade chamado Artur Jorge, o primeiro treinador português a ser campeão da Europa! Os adeptos do Sporting, na sua esmagadora maioria, trataram de branquear um acto daqueles, absolutamente inqualificável, pondo-se ao lado do seu jogador e atirando-se ao seleccionador como se este é que tivesse provocado o Sá Pinto! Quando, há algumas semanas atrás, vi a nomeação de Ricardo Sá Pinto para director de futebol do clube verde e branco, logo pensei que, dado o seu passado de indisciplina, algo iria acontecer! Hoje, dá-me um certo gozo ver aqueles que tanto apoiaram o Sá Pinto contra o Artur Jorge, a aplaudirem a saída de Sá PInto do Sporting!

Re: Confesso que me deu gozo!

Muito bem visto, dragão. A mim, contudo, faz-me de facto alguma confusão toda esta berraria sobre Sá Pinto, um personagem manifestamente menor do imaginário futebolístico português. No auge do maior delírio, terá ocorrido ao presidente do Sporting estancar a fúria de alguns exaltados com a nomeação da figura em questão para director desportivo do clube. Imaginou, popr certo, que tudo se resolveria com um simples acto de gestão e que a turba iria acalmar. Como eloquentemente se demonstrou, esta continua longe da serenidade e nada se resolveu. Antes pelo contrário. Porque a José Eduardo Bettencourt não ocorreu vasculhar o curriculum da criatura. E os antecedentes contam, entre outras prodigiosas façanhas, com essa épica e corajosa agressão ao então seleccionador nacional e um apoteótico cartão vermelho para despedida de uma carreira exemplar de garra e dedicação ao clube. Como também não lhe ocorreu que o mesmíssimo Sá Pinto, após a sua chegada triunfal de San Sebastian, anunciou à Nação que era "dragão" desde tempos imemoriais, confissão que, de resto, em pleno “Jogo Falado”, Jorge Nuno Pinto da Costa não deixou de repetir. Com o dom da previsibilidade que o seu presidente sempre guardou, o FC Porto não concedeu maior importância do que a devida aos amores do jovem e, sensatamente, não o contratou. Mas, tal como após o caso com Artur Jorge, também agora Sá Pinto parece não ter aprendido nada com a vidinha. Na altura, coadjuvado pela própria direcção do Sporting, e com um contrafeito doutor Roquete à cabeça, lá apareceu a vitimizar-se numa espécie de conferência de imprensa, com ar de ofendido, através da leitura de um comunicado lamúrias e próprio de bandidos não assumidos. Agora, num renovado esforço literário, escreve uma carta à família, queixando-se por, em seu entender, não ser respeitado. Nem rufia consegue ser. Os rufias, ao menos, só raramente invocam sentimentos por terceiros.

Re: Confesso que me deu gozo!

Estou totalmente de acordo com o que escreves! Aliás o sr Ricardo Sá Pinto vem agora marcar uma Conferência de Imprensa para a próxima segunda feira. São se esperar mais algumas declarações bombásticas!

Contra factos não há argumentos !

O Sá Pinto tem um longo curriculum de violência e seria de espantar que ele, agora como director desportivo, tivesse uma postura diferente. Tal como diz o ditado, burro velho não aprende línguas, e Sá Pinto, já à muito tempo que não tem idade para aprender "línguas". Se é ou não símbolo do Sporting, não sei. Lembro-me muito bem de o ver a jogar mas nunca o vi como jogador fulcral e imprescindível no Sporting. A única coisa que admirava era entrega ao jogo que por vezes, chegava a ser demasiada acabando por ferver em pouca água o que acabava por ser prejudicial. Os nomes mencionado são de facto de jogadores que marcaram imenso o clube e Liedson, por aquilo que já fez e os anos que já está no Sporting, é sem dúvida um dos grandes nomes do clube estando, inclusive, o seu nome associado a algumas conquistas do clube. O que se passou é uma pena ! Eu, como Portista, não fico feliz com cenas destas num clube como o Sporting. São situações completamente despropositadas. O futebol não é isso ! O futebol deveria ser o que se passa dentro das quatro linhas.... infelizmente, a nossa realidade é diferente.

Re: Sá Pinto um símbolo do clube... qual clube?

Não percebo o porquê de todos apoiarem o Liedson neste conflicto com o Sá! Quanto a mim as culpas repartem-se, apesar de a maior responsabilidade ir para Liedson que tinha mais era que respeitar o representante máximo do SCP no Balneário! Mais que Moutinho ou Carvalhal era Sá Pinto quem responde pelo SCP. Pelo que saíu na imprensa, para mim não me restam dúvidas que o brasileiro é que despolou isto tudo por não respeitar Sá Pinto, que por sua vez esteve muito mal por partir para vias de facto. Agora espera-se o pior, haverá aqueles que penderam para o lado de Liedson, outros para o lado do Sá... Resta ver se Carvalhal e quem o procede na hierarquia leonina conseguem tomar pulso do balneário e impedir uma divisão do grupo. Apesar do mau feitio, Sá Pinto tem carisma leonino e certamente forte apoio de alguns jogadores. Esperar pra ver...

Pessoal, já leram esta notícia no jornal A'Bola?

Toda a verdade de uma noite escaldante Por Rui Baioneta e Eduardo Marques As palavras que trocaram Liedson e Sá Pinto antes de o director apresentar o pedido de demissão... Estádio José Alvalade, Lisboa, 20 de Janeiro de 2010. Em campo Sporting e Mafra, equipas que disputam a passagem aos quartos-de-final da Taça de Portugal. Os leões ganham por 4-1 e o jogo está perto do fim. A noite tem tudo para acabar em festa para os homens de Alvalade. Minuto 83: Adrien atrasa a bola para Rui Patrício. O guarda-redes tenta enviar a bola para o meio-campo, mas falha o pontapé. E sai uma rosca. A bola sobe e o chinês Zhang, atento, salta mais alto que Rui Patrício, colocando o resultado em 4-2. Os adeptos não perdoam o falhanço do guarda-redes. Uns apupam, outros assobiam. Sentado no banco de suplentes, Liedson não fica indiferente. E faz um comentário para o lado. «Nossa, os adeptos não perdoam mesmo nada...», disse. Sá Pinto está a escassos metros do luso-brasileiro. O director para o futebol profissional dos leões ouve o desabafo do levezinho e reage. «Vê lá como é que falas dos adeptos. São eles que te pagam o ordenado. Se não fossem eles não eras a estrela que és. Deves ter a mania que és o dono do clube», terá dito. Liedson manteve-se calmo mas não deixou Sá Pinto sem resposta. «Dono do clube? Eu? Você é que deve ter a mania que é o dono do clube», respondeu. O Mafra faz um golo pelo meio, novamente através de Zhang (90+2), e o jogo chega ao fim. O Sporting apura-se para os quartos da Taça de Portugal. Nesta fase regista-se um novo desaguisado entre Sá Pinto e Liedson. Quando os jogadores se dirigiam para o balneário, o então director para o futebol pede aos atletas que agradeçam ao público o apoio dispensado. A maioria acatou com naturalidade, Liedson terá torcido o nariz, alegando estar incomodado com alguns assobios oriundos das bancadas. A cena decorre e, pouco depois, os jogadores descem as escadas de acesso ao balneário. Os dois trocam algumas palavras. O ambiente está aparentemente sereno, a missão dos leões foi cumprida com sucesso. Os jogadores preparam-se para tomar o retemperador duche. Sá Pinto, entretanto, pede a atenção de todos e inicia aquela que seria uma pequena reunião. O director desportivo falou naquilo que apelidou de «falta de respeito» por parte de Liedson. O luso-brasileiro voltou a responder. «Falta de respeito? Eu não lhe faltei ao respeito», disse. O caldo entornou-se a partir deste momento. Sá Pinto aponta o indicador ao avançado, este afastou-lhe a mão e o director passou das palavras aos actos, atingindo Liedson com três socos que lhe deixaram marcas no rosto. Os presentes também reagiram de imediato e tentaram separar a briga. Um dos mais decididos a acabar com a triste cena foi Polga. O brasileiro meteu-se no meio dos dois e nesta altura, de cabeça completamente perdida, Sá Pinto ainda terá tentado dirigir-se ao campeão do Mundo, tendo sido agarrado por alguns dos presentes. Carlos Carvalhal terá assistido a tudo. Naturalmente incrédulo e sem conseguir reagir.

Re: Sá Pinto um símbolo do clube... qual clube?

de facto este clube esta um pouco carente de referencias, sendo que por exemplo o indisciplinado liedson, que ate nem demonstra grande afinidade com o clube a menos que este sirva os seus totais interesses, como por exemplo pagarem 2 milhoes se quiserem que ele renove, ou ficar no brasil contra ordens do clube ou fazer birras para nao marcar penalties ou fazer birras que mais vale nao jogar se o tecnico nao mudar para o sistema que ele prefere etc... foi ainda esta semana considerado como um dos maiores jogadores de sempre do sporting, batendo a mitica barreira dos 100 golos do peyroteo (considerado o eusebio do sporting) , (vejam so a amelia do nuno gomes há quantos anos ja bateu essa barreira e nem consta no top 10 do benfica), tornando-se dos melhores avancados da historia do clube. Estas embirracoes de grandeza aliadas a uma fraca humildade em reconhecer que nao sao tao grandes assim como acreditam fazem o sporting nunca passar deste nivel mediano. Ja o sa pinto, que nem teve uma carreira tao brilhante assim onde de facto o que se recorda deste jogador sao mais os maus momentos do que os positivos, e tambem digamos, como jogadore era fraquinho apenas compensava na raça e vontade e isso as vezes ate o prejudicava ,mas e tambem considerados por sportinguista como uma das grandes figuras do sporting... PS:o sporting carece de uma extruturas para o futebol, esta rodeado de bananas, so um artista colocaria um neurotico sa pinto a gerir um plantel, tal como so um banana de um presidente permite que um jogador do sporting seja apresentado oficialmente ao clube por um menbro de uma claque, e se chegue ao chiqueiro de colocar um cachecol alusivo ao benfica (alusao pejurativa) numa apresentacao aos sportinguista.

Toda a verdade de uma noite escaldante

Por Rui Baioneta e Eduardo Marques As palavras que trocaram Liedson e Sá Pinto antes de o director apresentar o pedido de demissão... Estádio José Alvalade, Lisboa, 20 de Janeiro de 2010. Em campo Sporting e Mafra, equipas que disputam a passagem aos quartos-de-final da Taça de Portugal. Os leões ganham por 4-1 e o jogo está perto do fim. A noite tem tudo para acabar em festa para os homens de Alvalade. Minuto 83: Adrien atrasa a bola para Rui Patrício. O guarda-redes tenta enviar a bola para o meio-campo, mas falha o pontapé. E sai uma rosca. A bola sobe e o chinês Zhang, atento, salta mais alto que Rui Patrício, colocando o resultado em 4-2. Os adeptos não perdoam o falhanço do guarda-redes. Uns apupam, outros assobiam. Sentado no banco de suplentes, Liedson não fica indiferente. E faz um comentário para o lado. «Nossa, os adeptos não perdoam mesmo nada...», disse. Sá Pinto está a escassos metros do luso-brasileiro. O director para o futebol profissional dos leões ouve o desabafo do levezinho e reage. «Vê lá como é que falas dos adeptos. São eles que te pagam o ordenado. Se não fossem eles não eras a estrela que és. Deves ter a mania que és o dono do clube», terá dito. Liedson manteve-se calmo mas não deixou Sá Pinto sem resposta. «Dono do clube? Eu? Você é que deve ter a mania que é o dono do clube», respondeu. O Mafra faz um golo pelo meio, novamente através de Zhang (90+2), e o jogo chega ao fim. O Sporting apura-se para os quartos da Taça de Portugal. Nesta fase regista-se um novo desaguisado entre Sá Pinto e Liedson. Quando os jogadores se dirigiam para o balneário, o então director para o futebol pede aos atletas que agradeçam ao público o apoio dispensado. A maioria acatou com naturalidade, Liedson terá torcido o nariz, alegando estar incomodado com alguns assobios oriundos das bancadas. A cena decorre e, pouco depois, os jogadores descem as escadas de acesso ao balneário. Os dois trocam algumas palavras. O ambiente está aparentemente sereno, a missão dos leões foi cumprida com sucesso. Os jogadores preparam-se para tomar o retemperador duche. Sá Pinto, entretanto, pede a atenção de todos e inicia aquela que seria uma pequena reunião. O director desportivo falou naquilo que apelidou de «falta de respeito» por parte de Liedson. O luso-brasileiro voltou a responder. «Falta de respeito? Eu não lhe faltei ao respeito», disse. O caldo entornou-se a partir deste momento. Sá Pinto aponta o indicador ao avançado, este afastou-lhe a mão e o director passou das palavras aos actos, atingindo Liedson com três socos que lhe deixaram marcas no rosto. Os presentes também reagiram de imediato e tentaram separar a briga. Um dos mais decididos a acabar com a triste cena foi Polga. O brasileiro meteu-se no meio dos dois e nesta altura, de cabeça completamente perdida, Sá Pinto ainda terá tentado dirigir-se ao campeão do Mundo, tendo sido agarrado por alguns dos presentes. Carlos Carvalhal terá assistido a tudo. Naturalmente incrédulo e sem conseguir reagir. E eu pergunto, como é possível numa instituição como a instituição Sporting, sabes-se tanta coisa cá fora? É que é ao detalhe, não são pormenores...razão tinha o Paulo Bento... é só Bufos lá dentro...

Re: Toda a verdade de uma noite escaldante

N'A Bola são 3 socos, no jornal I são 2, n'O Jogo é 1. Os jornais sabem algumas coisas, o resto é escrita criativa!

Re: Toda a verdade de uma noite escaldante

O Sá deve ser um excelente pugilista,então envia 3 socos e o Levezinho nada :).

Re: Toda a verdade de uma noite escaldante

É, o levezinho assim fazia de saco de pancada. Acredito mais num soco só, mas bem dado... :)

Re: Toda a verdade de uma noite escaldante

(nandojorge, 1 ponto , hoje às 17:58) N'A Bola são 3 socos, no jornal I são 2, n'O Jogo é 1. Os jornais sabem algumas coisas, o resto é escrita criativa! coitado do levezinho..mamou 6 bujardas então... no mínimo... fica bem

símbolos

Como não percebo a Idolatração ao Sá Pinto, é da mesma maneira que nunca percebi ao Damas. Tanto um como outro, em termos desportivos foram muito iguais. Quanto ao amor ao clube o Damas quando veio de Espanha só não foi para o Benfica porque o Benfica não quis. O Sá Pinto quando veio de Espanha regressou ao SCP porque o FCP não quis. Comparar estes dois “ídolos” com um Manuel Fernandes é uma autêntica Injustiça. O Damas que os adeptos do SCP Veneram foi sempre um mau carácter, bem pio que este Sá Pinto.

Re: símbolos

Fodasse fank não é verdade! Desculpa lá mas o Damas foi e é um grande símbolo. Se calhar pagou as favas de termos uma massa adepta complicada que tem dificuldades em perceber o que é o Sporting! O episódio dos assobios antes da sua saída para Espanha revelam isso mesmo, não se perdoa a mínima coisa em Alvalade. cumps

Re: símbolos

Lamento dizer mais é verdade, o Damas foi o meu 1º Idolo. O Damas morava na estefania falei tantas vezes com ele na altura eu também era atleta do SCP o pai sim era uma pessoa com caracter e grande Sportinguista. O Damas não, por acaso vi o ultimo jogo antes de ele ir para Espanha foi contra a Academica deu 3 frangos.

Sa Pinto ...

era um idolo para muitos pela garra contangiante com que jogava , com que defendia a camisola. Era o tipico jogador com coraçao de adepto. Muitos diriam : " Este gajo faz exactamente aquilo que eu faria ... ". Inquestionavel valor futebolistico , sem ser nenhum craque , Sa Pinto sempre se mostrou um homem volatil. Todos nos erramos , muitos de nos somos reincidentes , mas , temos acima e tudo , de perceber que lugar ocupamos , ou , corremos o risco de pisar a fronteira , invadindo a liberdade dos outros e , violar os direitos alheios. Sa Pinto errou , é um facto. Tera a sua razao , acredito. Liedson nao tera sido 100 % inocente , o que eu tambem aceito. Nao interessa neste momento saber quem errou mais ou menos , quem foi mais ou menos responsavel. Interessa saber sim , porque razao algo tao simples como opinioes divergentes sobre um certo assunto ( ao que parece banal ) , acaba em confronto fisico. O erro podera ter sido cometido desde o inicio , com a escolha de Sa Pinto para D.D. Erro de casting. Nao procuraram saber os antepassados do mesmo no clube , o historico nas suas varias passagens pelo clube. Parece-me que as pessoas procuram o mais facil , o que mais lhes convem , o que lhes parece correcto , mas , ao faze-lo , descuram pormenores que mais tarde se revelam preciosos. Eu fui um dos que aplaudiu o regresso de Sa Pinto ao Sporting e ao cargo em questao. Pulso firme , garra , dedicado , devoto e acima de tudo amante de um clube que diz ser o do seu coraçao. Fiquei triste ao saber que Sa Coraçao de Leao se virou contra os seus , contra os seus guerreiros , que consigo tentavam elevar o nome do Sporting ao patamar que este merecia , merece e continuara a merecer. Foi um rude golpe para este homem de caracter elouquente ( quer se queira quer nao ) , mas , ao mesmo tempo de caracter irascivel. Sao vertentes comportamentais que nao pactuam com o estatuto que ocupava nem com os ideais desportivos e directivos de clube. Espero que da proxima vez que necessitem de um homem para ocupar um cargo destes , pensem bem ... mais com a razao do que com o coraçao. Espero que nomes como Balakov , Iordanov , Carlos Xavier , Venancio entre outros , passem a figurar como possiveis escolhas. Nao cometamos erros grosseiros como aquele com o Iordanov , que tanto deu ao clube. Nao podemos esquecer o que nos torna unicos e especiais em relaçao aos outros adeptos ... SPORTING HOJE , AMANHA ... SPORTING SEMPRE !! Saudaçoes Leoninas