Vamos analisar a Inglaterra à lupa | Relvado

Vamos analisar a Inglaterra à lupa

 

Ainda faltam uns dias para o Inglaterra-Portugal, mas acho que já ninguém pensa noutra coisa. Proponho uma análise à equipa de Inglaterra. Pontos fortes e fracos. Quais são as armas inglesas que temos que tentar eliminar e em que zonas do campo é que Portugal pode descobrir o caminho para a vitória?

Seleção:

Comentários [19]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Inglaterra..

Um pais que acha superior a todos os outros..um pais que mete nojo pela sua incôerência..um pais que acha que pode fazer tudo e ninguém lhe pode fazer nada!Mas lá dentro..no relvado..se não houver ajudas do trio que está lá para fazer cumprir as regras dum jogo de futebol..vai sentir a nossa garra..a nossa determinação..vai ver uns herois a correr feitos malucos na busca dum sonho..até nos podem ganhar..mas que vão ter que suar..isso podem ter a certeza..so tenho medo dos livres inventados á entrada da area!E os seus adeptos irão estar em maior numero..mas os milhares de portugueses..muitos ou poucos que lá estarão serão juntamente com os jogadores os representantes de muitos milhões que cá sofrem e sonham por mais uma vitoria!

epa mas nao é so os ingleses que tem a mania

que sao superiores a outros,os francesces,holandeses,alemaes,americanos etc todos tem mania que sao superiores a outros agora os portugueses pensam ao contrario :)) somos inferiores a outros, o que é estrangeiro é que é bom :))) é ou nao é verdade?

Re: epa mas nao é so os ingleses que tem a mania

tens toda a razão...

A Inglaterra?

Bom, acho que é uma selecção muito forte, com um futebol bem ao estilo inglês: uma defesa forte, geralmente bem organizada, um meio-campo bastante forte, com jogadores bons tecnicamente e fisicamente, que com os remate de alguns dos seus jogadores (Cole, Lampard, Beckam) vão fazer a vida negra ao Ricardo. No ataque, têm boas opções, podendo jogar com Crouch e Rooney lado a lado, ou apenas com um deles, sendo que qualquer uma das opções dará muitas dores de cabeça a Portugal. Portugal, deve continuar a jogar com confiança e tranquilidade, e vão ser necessárias algumas jogadas explosivas como as de Rui Costa em 2004. Será difícil, mas não impossível!!!!

O desejável

É que haja fair play, e um árbitro não tendencioso... Se forem reunidas estas condições, poderemos discutir à lupa, a melhor equipa Portuguesa que irá defrontar um conjunto de nomes mediáticos.

Artilharia do meio-campo

Gerrard, o "Petit" da Inglaterra guarda as costas dos artilheiros: Joe Cole, Lampard e Beckham. A defesa é forte no centro mas nem tanto nas alas. O ataque é perigoso mas não tem sido muito venenoso. Crouch é energético mas não muito forte em técnica e Rooney recupera da lesão provocada por... Paulo Ferreira. Este seria um jogo em que daria jeito ter extremos em boa forma.

Uma Inglaterra diferente,

Vamos nós apanha no Sábado. Ericksson mudou o estilo que agora é menos britanico pois já não conta com 2 pontas de lança fixos. E apesar de não ter dado grande resultado contra o Equador em termos exibicionais, Ericksson vai manter pois sabe que é a unica forma de contrariar o meio-campo portugues. Vai ser uma luta interessante a meio-campo. Penso que Portugal terá de ter especial atenção ás bolas altas (por isto digo que Costinha faz mais falta que Deco neste jogo) e á meia distancia de Lampard, Beckam e Gerrard. Em relação aos pontos fracos da Inglaterra em penso que é a defesa. Alias apesar de lá constarem grandes nomes ainda não á grande ligaçao entre a defesa nem da defesa com o meio campo sem ser com a subida de laterais. Ou seja se Portugal pressionar alto o meio-campo deles não vai poder construir em condições. Outro ponto negativo e algo surpreendente é que a Inglaterra apesar ter excelentes executantes a defender, é nas bolas paradas contra que passa mais dificuldades. Temos de explorar a marcaçãod e cantos ao máximo pois eles demonstram ai alguma fragilidade. Quanto ao resto, ninguém duvide. É 50/50, e ganha quem tiver mais sorte...

Fábio_SCP...

...,num artigo que eu fiz, tu diseste que eu tinha feito plágio, portanto, quero falar contigo, se tiveres mail, adiciona braga_campeao@hotmail.com.......

Vai ser um encontro "amigável"

Colegas de equipa nos respectivos clubes, adversários nas respectivas Selecções. Cristiano Ronaldo vs Rio Ferdinand, Gary Neville e Wayne Rooney. P.Ferreira, R.Carvalho e Maniche vs John Terry, Joe Cole e Frank Lampard. Podia incluir aqui também Figo vs Beckam. Depois de uma boa laranjada, toca a despachar os beefs, para a seguir saborearmos uma paella ou um croissant. FORÇA PORTUGAL

correcção..

o choppinho (se passarem o gana) é que vai jogar com o vencedor do jogo entre a paella e o croissant. Depois nós é que jogamos com a seleção apurada

Os livres do Bekchan,...

...os cabeciamentos de Peter Crouch, e os contra ataques de Ashley Cole...

Desiquilibrada

Olhando para a equipainglesa,facilmentesevê que o meio-campo é de enorme qualidade: Lampard, Gerard, Beckham e os seus lances de bola parada, Joe Cole, e outros. Muito cuidado com os remates de longe. A defesa é igualmente sólida e experiente. habitualmente é um sector onde os ingleses costumam ter grandes dificuldades, mas desta vez estão bem servidos. Na baliza é que não sei: James era um desastre, e Robinson não me parece muito melhor. Uma lacuna a apostar. Ataque: sem Owen,a coisa complica-se. A Inglaterra já não tem um matador como era Shearer: Rooney não está na sua forma plena, Walcott é ainda muito jovem, e Crouch muito trapalhão, embora temível no jogo pelo ar. Isso é visível pelas dificuldades de concretização dos ingleses. Não tanto pelo número de golos marcados, normal, mas pelo desperdício e pela forma como os tem de marcar, que passa pelos livres do "Spice boy" e pelo génio de Cole ou Lampard.

Inglaterra

Confesso que não tenho visto + de 5 minutos os jogos de Inglaterra. Se olharmos aos nomes... Beckham, Lampard, Gerrard, Terry, Ferdinand, Rooney assustam sem dúvida. Contudo, contra a Suécia vi a defesa inglesa aos papeis em alguns lances. Lampard e Gerrard são jogadores muito parecidos, logo não rendem tanto. Miguel deverá conseguir travar Joe Cole enquanto Nuno Valente deverá travar Beckham. Rooney ainda não está a 100%.

Acessível

Na minha opinião esta equipa da Inglaterra, à imagem da Holanda, está menos forte tecnicamente e psicológicamente do que aquela que defrontámos no Euro 2004. Também apresenta duas baixas de vulto Gary Neville e Michael Owen como nós. O seu futebol apresentado até agora em prova não me espantou, bem pelo contrário, quando se tem um meio campo daqueles é quase obrigatório fazer melhor. No jogo contra o Paraguay praticamente só criaram a oportunidade do auto-golo de Gamarra. Contra a Trinidade e Tobago também não criaram muitas opurtunidades tendo conseguido o triunfo com golos perto do fim. Frente à Suécia apresentaram lacunas na defesa apesar de terem sofrido o empate nos últimos minutos. Nos oitavos de final poderiam muito bem ter feito as malas pois o Equador conseguiu criar algumas oportunidades de perigo, nomeadamente uma bola à trave a meio da primeira parte. O ponte forte sem dúvida o meio campo, rápido, eficaz e letal. Até agora resolveram praticamente todos os jogos. O ponto fraco o ataque, Michael Owen está lesionado, Peter Crouch longe de ser um bom ponta de lança, batido constantemente em velocidade, pouco técnico mas forte no jogo aéreo, Wayne Rooney vem de uma lesão que condicionou as suas capacidades, mesmo assim é preciso tê-lo sempre em vista, Theo Walcott muito jovem não deverá ser opção. A defesa oferece segurança mas temos de saber explorar as alas, porque Ashley Cole é um jogador que sobe bastante e temos de conseguir aproveitar para criar desiquilibrios na defesa. Na direita, no último jogo Eriksson adaptou Owen Hargraves na lateral o que pode ser também uma vantagem visto ser o lugar onde actua Cristiano Ronaldo. Penso que será um jogo muito equilibrado com o vencedor a ser encontrado nos últimos minutos, espero que seja uma vez mais a nossa selecção.

Re: Acessível

Gary Neville estara de volta para o nosso jogo. Apenas um comentario

Re: Re: Acessível

Ai sim, ouvi dizer que estava em dúvida.

Re: Re: Re: Acessível

Ve o Link http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/football/world_cup_2006/teams/england/5118108.stm

Depende da Tactica

Se a Inglaterra jogar com 2 avancados Roonie e Crouch, acredito que ira nos facilitar a marcacao na defesa, pois havera sempre a tentacao da bola longa para Crouch, e isso facilita a nossa defesa. Mas Erickson ira querer garantir posse de bola e provalvelmente ira utilizar a mesma tactica do ultimo jogo com 5 medios e um avancado, desta forma ira tentar "jogar" com as mesmas armas que Portugal. Neste caso a qualidade de passe, posse de bola, circulacao serao fundamentais para ganhar o meio campo e abrir brechas na defesa inglesa. A meu ver a defesa inglesa, apesar de composta de grandes nomes, nao esta entrosada. O meio campo tem a notoria falta de um medio defensivo de raiz, sendo composto por Carrick (medio defensivo), Lampard (muito apagado a jogar a medio defensivo), Gerard ( o dinamo) Joe cole (medio interior direito)e Beckham (medio esquerdo). Sendo constante as perdas de bola e os passes errados. Em resumo quem ganhar a batalha do meio campo tem possibilidades de ganhar o jogo.

Re: Depende da Tactica

BEm, se realmente ele optar por essa táctica similar à nossa, só espero que use o Crouch como ponta de lança. É que desde os jogos benfica-liverpool que fiquei com a sensação que este é o gajo ideal para avançado da equipa adversária daquela por quem puxo.