Processo Queiroz: Madaíl "lamenta tudo o que está a acontecer" | Relvado

Processo Queiroz: Madaíl "lamenta tudo o que está a acontecer"

 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) “lamenta tudo o que se está a passar” com o processo de Carlos Queiroz, suspenso por um mês pelo Conselho de Disciplina (CD) desse organismo e por seis pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP).

Em causa está o comportamento de Queiroz no estágio da Covilhã para o Mundial: o CD suspendeu o selecionador por insultar elementos da brigada da antidoping que ali de deslocou e ilibou-o da acusação de obstrução à realização de controlos, mas a ADoP avocou o processo e suspendeu-o por perturbação da ação dos seus elementos.

“Lamento tudo o que se está a passar”, disse o presidente da FPF, Gilberto Madaíl, quando questionado sobre a sua posição relativamente à ausência de Carlos Queiroz.

Nos jogos de apuramento para o Euro2012, com o Chipre, sexta feira em Guimarães, e dia 07 de setembro, em Oslo, com a Noruega, a seleção portuguesa é orientada por Agostinho Oliveira. Queiroz falha depois a receção à Dinamarca (08 de outubro) e a visita à Islândia (12).

“Posteriormente (ao Mundial) vieram factos de que não tínhamos conhecimento e situações de alguma delicadeza que se passaram e que agora vamos procurar resolver sempre de acordo com os regulamentos da FPF e de acordo com a própria lei. É isso que não podemos apressar mais ou apressar menos. É isso que temos tentado resolver e o Conselho de Disciplina foi o mais rápido possível neste caso. Agora, surgiram mais desenvolvimentos que já saíram na imprensa mas não fomos notificados”, disse.

O presidente da FPF disse estar com a seleção, que hoje iniciou o estágio, em Guimarães, para “transmitir toda a nossa confiança nesta nova fase, nesta nova campanha que se inicia para o Europeu 2012”.

“A FPF lamenta tudo isto que está a acontecer. Queria relembrar que a análise relativamente ao Mundial de 2010 foi feita a 14 de julho e nessa altura tirámos as conclusões. Tinham sido cumpridos os objetivos mínimos: apuramento e passagem à fase de grupo. Depois queríamos ir o mais para a frente possível, mas isso não aconteceu. Mas tudo ficou resolvido do campeonato do Mundo”, afirmou.

Madaíl, numa curta declaração, disse ainda que o caso em torno de Queiroz “não vai prejudicar nada”.

“Temos jogadores com muita tarimba e capacidade e jogam em automático. Sim, sinto que passam por cima disso (a ausência de Queiroz), concluiu Madaíl.

 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

 

Foto: ©FPFFrancisco Paraiso

 

 

Seleção:

Comentários [5]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Boas caros relvas…

Não havia melhor altura para regressar. Adorei as melhorias, parabéns à edição. P.S.: Mudei de nick porque me esqueci da pass do antigo e não consigo solicitar uma nova. Se a Susana ou companhia me puderem ajudar agradecia, senão mantenho este. Cumprimentos

Este é que já devia

ter saltado fora à muito...

Ultimamente andam a sair-lhes muitos tiros pela culatra...

...quem vai sofrendo com balas perdidas e tiros nos pés é a Nação, e a Selecção Nacional... Tenham vergonha, energúmenos!

que vergonha Madail...

.... que estratégia cobarde e sem nexo... Antes de mais, nunca gostei do Queiroz para seleccionador portanto não tenho porque o defender. Mas depois de perder com a futura campeã do Mundo, da FPF anunciar que cumpriu os minimos, o que se passa para uma atitude tão baixa pela federação? quer despedir CQ então que lhe pague o que deve e pronto

Depois do abandono do Deco,

Depois do abandono do Deco, Simão e Paulo Ferreira, para quando o abandono do Madaíl e seus comparsas?