Portugal ou Portusil? | Relvado

Portugal ou Portusil?

 

_fido_fm_ diz: "cada vez mais a
solução para os clubes com pouco poder financeiro é a compra de jogadores
brasileiros. E no plantel dos clubes começamos a ver uma percentagem
mínima de jogadores lusos. Não será discriminação aos jogadores portugueses a
contratação de tantos brasileiros!? Muitos destes brasileiros adquirem a
nacionalidade portuguesa, podendo assim jogar pela Selecção nacional. Não acham
isto uma falta de respeito para com os jogadores portugueses? Houve
a naturalização de Deco, mas ele há muito tempo que jogava em Portugal! No outro
dia estava aqui no Relvado.com alguém a defender a naturalização do
Liedson. O que acham destas naturalizações?"

Seleção:

Comentários [30]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Portugal

O Benfica nos quatros canais, afinal quem é o maior.

off-topic: Miguel Sousa Tavares in A Bola

Perdoem-me o copy paste mas penso que este artigo do MST poderá ser um bom ponto de partida para uma discussão.

28/03/2006

«1- Nunca assisti, e seguramente nunca irei assistir em dias da minha vida, a
um jogo em que o Sporting perca e a culpa não seja do árbitro. Sucedem-se os
presidentes, os dirigentes, os treinadores e os jogadores, e a culpa dos
maus resultados nunca é deles, mas sempre dos árbitros. Já faz parte da
cultura sportinguista, está de tal maneira entranhado naquelas almas que já
nem se dão conta das figuras ridículas, às vezes mesmo patéticas, que fazem.
A única vez, nos últimos anos, que alguém desafinou na orquestra caíram-lhe
todos em cima indignados. Foi quando Filipe Soares Franco se lembrou de
dizer o que toda a gente, menos os sportinguistas, tinham visto: que, no
derby lisboeta do ano passado, não foi o Luisão que fez falta sobre o
Ricardo, mas o Ricardo que saiu em falso a uma bola alta - coisa que não é
assim tão rara.

Agora, a propósito do jogo da Taça com o FC Porto, lá veio o Ricardo dizer
que só não ganharam porque "não nos deixaram ganhar". O árbitro, pois claro.
Até podia ser que fosse verdade que o árbitro os tivesse prejudicado, mas
nem assim isso teria impedido que o Sporting pudesse ter ganho, bastando
para tal que tivesse jogado mais ao ataque e não apenas no sistema Liedson
resolve, que parece ser o único que conhece; ou que tivesse procurado e
criado mais oportunidades de golo, em lugar de se limitar a esperar por um
erro do adversário, conforme sucedeu; ou, mais simples ainda, que o João
Moutinho tivesse convertido o penalty que o Baía defendeu ou que o próprio
Ricardo tivesse conseguido defender apenas um dos cinco penalties
convertidos pelos portistas. Mas não: a verdade fica melhor servida se se
disser que foi o árbitro que não os deixou ganhar.

E, então, o que fez de tão terrível o árbitro, Olegário Benquerença? Não
assinalou um canto a favor do FC Porto na primeira parte e um a favor do
Sporting na segunda; deixou passar um lance duvidoso do Tonel sobre o
McCarthy na área sportinguista, que eu não acho que tivesse sido suficiente
para penalty, mas que, ao contrário não deixaria de ter sido reclamado como
tal pelos sportinguistas; deixou passar uma mão do Pepe que seria penalty,
se de facto ocorreu dentro da área, mas que é precedida imediata mente de
uma falta do Polga sobre o McCarthy, que permite lançar o contra-ataque;
mostrou e bem o segundo amarelo ao Caneira, quando ele, já tudo sanado,
resolveu ir meter-se numa discussão entre o Rodrigo Tello e o Raul Meireles,
tendo todos logicamente visto o cartão; e expulsou o Bosingwa por uma falta
que ele não cometeu. Eis tudo. É preciso lata, descaramento e total falta de
desportivismo para vir dizer no fim que foi o árbitro que não os deixou
ganhar. A obsessão pelos árbitros é tamanha, entre as gentes do Sporting,
que, ainda o jogo da Taça mal tinha acabado e já os dirigentes
sportinguistas se estavam a queixar do próximo árbitro, para o jogo do
campeonato, em casa e contra o pobre Penafiel! Faz-me lembrar a anedota
daquele anarquista que a cada país que chegava perguntava: "Há governo? Se
há, eu sou contra."

2- Quando me acusam de ser um portista faccioso, eu rio-me por dentro. É que
eu, pelo menos, não escondo que sou portista e é nessa exclusiva qualidade
que aqui escrevo. Mas o que dizer dos supostos imparciais e independentes
que também escreveram que o Sporting tinha justas reclamações da arbitragem
de Olegário Benquerença? Eu, pelo menos, reconheço que o jogo não valeu
nada, o Porto não jogou nada e, mais uma vez, Adriaanse demonstrou uma total
falta de ideias e de estratégia para ser capaz de ganhar um jogo importante.
Mas eles acaso viram um Sporting dominador, a jogar bem, a criar
oportunidades e a não ganhar por culpa do árbitro? Porquê que aos
protagonistas do FC Porto nunca ninguém se lembra de perguntar se têm
queixas da arbitragem e aos do Sporting são todos questionados sobre isso: o
presidente, o vice-presidente, o candidato a presidente, o director do
futebol, o adjunto, o treinador e os jogadores, só faltando o massagista e o
roupeiro? Porquê que, quando eles se queixam que ficou um penalty por
marcar, ninguém tem coragem de lhes lembrar que a jogada começa numa falta
que ficou por marcar contra o Sporting? Porquê que, quando o Ricardo diz que
não ganharam porque não os deixaram, ninguém tem coragem de lhe dizer que se
ele tivesse conseguido defender um dos penalties, como o Baía fez, podiam
ter ganho? Porquê que quando o Paulo Bento tem o desplante de se queixar da
inferioridade numérica, ninguém se atreve a lembrar-lhe que ela durou
exactamente um minuto de jogo jogado?

E o que dizer da miserável história inventada pelo Record da bola
supostamente atirada pelo Baía à cara do Ricardo? Olhem bem para a
fotografia: vê-se a mão do Baía em posição de quem acabou de lançar a bola
devagar na vertical para que o Ricardo a agarre tranquilamente; e vê-se o
Ricardo de braços caídos e a desviar a cara. Das duas, uma: ou o Ricardo não
tem reflexos para agarrar uma bola que qualquer criança agarraria e então
não se percebe que seja um guarda-redes tão extraordinário como dizem que é,
ou então fez de propósito para fazer passar por agressão o que só com toda a
má-fé do mundo pode ser visto como tal. Mas, pelos vistos, houve quem
quisesse ver isso mesmo. É gente que, do futebol só gosta de inventar casos
e suspeitas e suscitar lamúrias e queixumes de maus perdedores. É a gente
que tem dado cabo do futebol português.

Ainda bem que eu nunca serei presidente do FC Porto. É que se o fosse, acho
que um dia acabava por perder a paciência e retirava a equipa das
competições. Deixava os cavalheiros e os regeneradores a falar sozinhos e a
dividirem entre si os campeonatos, como nos tempos do antigamente, de que
eles têm tantas saudades.

3- E assim, estudadamente, vai-se preparando o ambiente para o
Sporting-Porto de 8 de Abril. Vai-se preparando o ambiente propício à
nomeação de um Lucílio Baptista ou semelhante. Há duas coisas que eu seria
capaz de apostar acerca desse Sporting-Porto que aí vem: uma, é que o FC
Porto não vai acabar o jogo com onze jogadores; outra é que, se o Sporting
não ganhar, todo o seu povo vai atribuir as culpas ao árbitro.

Na Luz, depois de perder com o Benfica, ouvi Co Adriaanse dizer uma coisa,
com a qual nem sequer concordei, mas que, de forma alguma me irritou: que o
Benfica tinha ganho porque tinha sido melhor. Quando será que ouviremos os
grandes senhores do Sporting algum dia dizerem coisa semelhante?»

Impressionante a moderação negativa

Antes do jogo do Porto-Sporting, num ano de Relvado tinha recebido apenas 2 vezes moderações negativas.

Depois do Porto-Sporting já recebi pelo menos umas 8.

Terei mudado?

Já chega, não? Vamos à poesia!

Batem leve, levemente,
Como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
E a chuva não bate assim.

É talvez a ventania:
Mas há pouco, há poucochinho,
Nem uma agulha bulia
Na quieta melancolia
Dos pinheiros do caminho...

Quem bate, assim, levemente,
Com tão estranha leveza,
Que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
Nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía
Do azul cinzento do céu,
Branca e leve, branca e fria...
-Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho,
Passa gente e, quando passa,
Os passos imprime e traça
Na brancura do caminho...

Fico olhando esses sinais
Da pobre gente que avança,
E noto, por entre os mais,
Os traços miniaturais
Duns pezitos de criança...

E descalcinhos, doridos...
A neve deixa inda vê-los,
Primeiro, bem definidos,
Depois, em sulcos compridos,
Porque não podia erguê-los!...

Que quem já é pecador
Sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
Porque lhes dais tanta dor?!...
Porque padecem assim?!...

E uma infinita tristeza,
Uma funda turbação
Entra em mim, fica em mim presa.
Cai neve na Natureza
- e cai no meu coracão!

acho que deviamos unificar os paises

acabavamos com o hino nacional...

..e eramos candidatos ao campeonato do mundo...

...já que venderam tão barato o vosso orgulho nacional por causa do deco ...porque não vender o resto?

...é que uma prostituta não deixa de ser prostituta só por ir com um homem...um ou 11 é a mesma coisa...

não é assim suas prostitutas de clube?

Naturalização

naturalização sim

banalização não.

ou seja...
É importante saber distinguir estes dois pontos. Liedson é um bom jogador sim, assim como é Pepe, que também já foi alvo de louvores e pedidos. Neste momento na selecção temos Pauleta, N.Gomes e Postiga, com os sub 21 H.Almeida e porque não Vaz Tê a espreita, ou seja o futuro estará assegurado, é preciso é saber trabalhar estes jogadores. O mesmo digo de Zé Castro, José Fonte entre outros que com o tempo rapidamente se tornarão em bons jogadores, mais uma vez, se lhes derem oportunidades e se forem bem "trabalhados".
Se Portugal aposta forte nas camadas jovens é importante fazer bom uso delas.

No caso Deco...
Parece-me diferente. A selecção precisava urgentemente dum jogador com as suas caracteristicas. Juntou-se a essa necessidade de Portugal o fantástico jogador que este é e por isso mesmo joga hoje na selecção nacional.

OFF-TOPIC

Nojento é antes de um jogo que só começa ás 19:45, ter de enfardar ás colheradas 7 horas seguidas de SLB nos 4 canais!
Por favor não fiz mal a ninguém para ter ligar a televisão e ver sempre O Benfica.
E depois que os portugueses não são doentes da bola! São pouco são!

isto passa...

Nao te preocupas a euforia sera menor as 21h30...

Re:

Arranja TvCabo ou... mulher.

ops

mas [pelo menos falam da tua equipa tambem!!!

;)

Re:

desliga a tv,não há para aí mulheres...

Grande

Parabens

parem com essas cenas...

o deco novamente na conversa?? será q este tópico tb veio no dia certo para aqui?? isto é de loucos!! passar bem...

Sobre a polémica do dia

Que me desculpe o autor do artigo mas não estou virado para discutir este tema proposto.
Acabem de vez com esta polémica, estéril, de qual "era o clube mais fascista no antes-25 de Abril".
Todos os clubes tinham elementos nomeados pelo regime e "desgraçado" daquele que se opunha a isso. O Salgueiros pagou forte por apoiar o General Norton de Matos.
Ninguém pode viver, pode ser adepto deste ou daquele clube, com o estigma de que o seu clube era o "eleito do Estado Novo". Até porque isso é uma falácia (mentira).
Como nenhum alemão pode viver com o estigma de que o seu avô foi SS ou membro das juventudes hitlerianas.
Numa coisa o antigo regime é igual a este, salvo as diferenças de comunicação entre hoje e antigamente, fala-se demasiado de futebol - os noticiários abrem com notícias de futebol, passam 20m a falarem do mesmo e ninguém discute o essencial da vida neste País - criar condições para o País sair da cauda do pelotão da Europa.
O EngºSócrates agradece como Salazar agradecia!
E agora vou trabalhar porque se houve tempo em que o salário estava garantido, agora está dependente do que fizer no dia a dia.

Previsível!!

Desculpem o Off-topic mas não aguentei!!
Ontem antes do jogo Leiria-Boavista, adeptos das duas equipas envolveram-se em confrontos!!!Adeptos da União de Leiria tiveram de receber tratamento hospitalar!!
Acabei de ver o resumo do jogo na RTP. Em relação aos desacatos NEM UMA PALAVRA!!!!!
Na quinta feira, à chegada a Setúbal com as camionetas em andamento e ainda nas estradas de acesso ao estádio , os adeptos do Vitória de Guimarães eram insultados com palavras e gestos!!!
Não houve notícia de desacatos de qualquer tipo quando os vitorianos sairam das camionetas!!!
Após o final do jogo os adeptos do Vitória sairam do estádio entrando de imediato nas camionetas que se encontravam estacionadas a 10 metros da saída da bancada onde fomos colocados!!!
Com as camionetas em movimento, 3 delas foram apedrejadas!!!
A polícia identificou os responsáveis!!
Mais uma vez NEM UMA PALAVRA!!!!
Já sei o que os adeptos do sofá que comem a merda toda que lhes servem vão dizer!!
"É bem feito!!".
É que o mais certo é da próxima vez que o Setúbal cá vier haver problemas!!
Aí, já será notícia de primeira página novamente!!
E aí lá vêm os adeptos de sofá dizer "lá estão aqueles arruaceiros outra vez!!".
Só tenho pena é que as pessoas sejam tão BURRAS que deixam a comunicação social moldar-lhes o cérebro conforme lhes apetece!!!
Também gostava de saber porque é que quando são uns a provocar desacatos a coisa é logo notícia de abertura de telejornal e quando são outros nem uma referência existe!!!!
Passem bem!!!

Re:Previsível!!

Por isso é que o Pinto da Costa diz o que diz e tudo o mundo ouve, aceita, acredita.
Somos todos uns ímbecis

Re:Previsível!!

Porque a RTP está em Lisboa, logo é natural haver mais simpatia e mesmo pessoas oriundas dessa zona, e claro, pode ser filtrado...ou se quiseres uma frase mais simpática: optaram por não mostrar, por ter temas mais pertinentes...
Desde sempre que é assim.Na RTP já ouvi dizer que a Norte se fala muito mal, quando é justamente a SUL que acontece: o NOrte tem razões históricas para falar o português que "phala", a sul, são mesmo dislates linguísticos.E isto, se passa amiúde como uma "verdade", e na televisão do Estado...A ignorancia repetida várias vezes, se assume como verdade aos incautos.
Queres melhor do que isto ?

Re:Previsível!!

Perdão, a RTP tem duas sedes uma em Lisboa e outra no Porto!
Por isso arranja uma desculpa melhor.

Re:Previsível!!

No porto?"Aquilo" dizes?
Sim, é uma producção de programas, que ocupam todo o horário nobre!!
Desculpa?
Nisso tens razão, deviam pedir desculpa.

tomem

acho que deviamos unificar os paises
Por noko (http://thebestofnoko.blogspot.com/) , Terça, 28 de Março de 2006 às 14:57 (Pontuação: -1, Despropositado)
acabavamos com o hino nacional...

..e eramos candidatos ao campeonato do mundo...

...já que venderam tão barato o vosso orgulho nacional por causa do deco ...porque não vender o resto?

...é que uma prostituta não deixa de ser prostituta só por ir com um homem...um ou 11 é a mesma coisa...

não é assim suas prostitutas de clube?
 

Aproximadamente 70% do plantel do Sporting...

...é constituído por jogadores Portugueses, talvez o clube da SuperLiga com menos estrangeiros ao seu serviço!

Mais um EXCELENTE EXEMPLO de um EXCELENTE CLUBE, o NOSSO SPORTING!!

acho que deviamos unificar os paises


acabavamos com o hino nacional...

..e eramos candidatos ao campeonato do mundo...

...já que venderam tão barato o vosso orgulho nacional por causa do deco ...porque não vender o resto?

...é que uma prostituta não deixa de ser prostituta só por ir com um homem...um ou 11 é a mesma coisa...

não é assim suas prostitutas de clube?
 

nao falas do nelson do slb?

"que venderam tão barato o vosso orgulho nacional por causa do deco ...porque não vender o resto? "

Eo nelson do slb que é caboverdiano e naturalizou tuga pra jogar na nossa selecçao?

Tens memoria fraca.

Infraestruturas e Prospeccao

E clara a falta de infraestruturas de varios clubes nacionais e a falta de prospeccao nas camadas inferiores do nosso campeonato.
Todos os anos alguns bons valores aparecem nesses campeonatos e nao sao aproveitados.
Para mim nao passa de facilitismo e premios de alguns empresarios para comprar jogadores brasileiros de media qualidade.

Estatisticas de nacionalidade dos jogadores da 1 Liga:
  Portugal 263 (51,8%)
  Brasil 151 (29,7%)
  Argentina 15 (3,0%)
  França 12 (2,4%)
  Senegal 8 (1,6%)
  Angola 7 (1,4%)

Ridiculo o numero de jogadores Brasileiros no pais, e a desculpa da facilidade da lingua nao me convence, pois o jogadores dos Palops tambem tem essa vantagem e nao sao tao numerosos quanto isso, alem do mais conhecem as equipas.

liedson?

está tudo doido?

e talento?

É naturalmente Lei Bosman

Bem como , é naturalmente, a facilidade da língua e valor barato de aquisição, com uma qualidade aceitável.
Quanto a naturalização, não foi Carmen Miranda um icone Brasileiro sendo Portuguesa?Porque não um jogador naturalizado, uma vez não haver igual para a posição?
Claro é, que se for em catadupla essas ocorrências, ai sim ,começa a ser contra natura e sim prejudicial aos jogadores Lusos.
Como diriam: uma andorinha não faz a primavera
Eu acrescento : se for um ninho delas ai de certeza já passou de 21 de Março..

Re:É naturalmente Lei Bosman

O pior e a lei de igualdade de direitos com que faz que o jogador deixe de ser considerado estrangeiro em Portugal.

Re:É naturalmente Lei Bosman

A Carmen Miranda nunca foi icone nenhum. Há,claramente, uma utilização incorrecta do vocábulo. Carmen Miranda nasceu em Marco de Canaveses mas chegou ao Brasil com MESES de idade, tendo sim, a naturalidade portuguesa foi contudo toda a vida brasileira.
Quanto ao assunto aqui referido, sou completamente comtra a naturalização massificada de estrangeiros para jogarem na nossa selecção. Fazer formação para quê ? Entre outros males..

Re:É naturalmente Lei Bosman

O velho do restelo, e suas correcções e tristezas , denoto que são uma constante!!É algum fetiche?!
Ao caso Carmen Miranda, é obviamente alguém com uma educação Portuguesa, como era prática na altura, mesmo vivendo no Brasil.
Pese embora, ainda criança, haja ido para o Brasil, a sua casa respirava " Portugal".
Ela , como outros milhares que foram à procura de uma vida melhor, ou fugindo de um estado repressivo .
Não aceitar esse facto, é denunciar alguma sobranceria.
Pelo que vejo, nesta resposta purista com uma intenção de perfeição, é justamente o erro que relato: sobranceria.
Desculpa que te diga, é bom ser um pouco aberto e humilde.É regra geral um traço social Português, mas claro, não de todos, há sempre excepções, como se pode constatar.

Re:É naturalmente Lei Bosman

A sua falsa humildade e ENORME pretenciosismo é que me dá uma certa dó.
Tal como desconhecia o significado do vocábulo "icone" escrito, vamos lá chamar os bois pelos nomes "para armar ao pingarelho" a resposta até que é coerente pois demonstra mais um punhado de imprecisões e correspondente ignorância.Mesmo a expressão"velho do Restelo" tem outro sentido que não aquele que me quer atribuir partindo do presuposto que não é elogio o que pretende.Deve ter lido isso num rodapé de uma resvistinha qualquer, e pronto, lá deve ter achado que ficava bem.
É "invencionite" toda a sua prosa referente à Carmen Miranda bem como anacrónica.As razões da emigração para o Brasil são outras bem distintas do que as que inventa, quanto ao ambiente educacional na sua casa é outra ficção.
  Tenho sérias razões para desconfiar que saiba quem foi na realidade Carmen Miranda e em que área se distinguiu (não jogava futebol...). Há "sites" biográficos sobre a sra...pode dar-lhes uma consulta e candidatar-se a guionista de novela brasileira (não deixe é de aduirir um diccionário).