Portugal e a Europa | Relvado

Portugal e a Europa

 

Não aceito que se fique exclusivamente pelo factor desportivo. A análise deve ser estendida para o contexto europeu tendo em conta a campanha dos portugueses nas últimas provas internacionais, quer ao nível dos clubes quer ao nível da Selecção...
Phoenix

Seleção:

Comentários [7]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Gil Vicente na 3º divisão

E que leve o benfica junto.

Nulo, se te referes a nós, portugueses

Ou quase nulo - e nem precisamos de saír daqui, do Relvado, para perceber a minha razão. NÓS SOMOS DO CLUBE! A ideia de "sermos da selecção" (também) não passou de um slogan usado no Euro 2004. Simples e eficaz...entre a juventude. Um slogan a que muitos aderiram porque não sentiram o "SEU" clube em causa; e, também, por "moda", por ficar bem. Lê no Relvado os comentários ao "caso Mateus" -quantos Relvas tiveram a preocupação de olhar para as consequências internacionais?- atenta em comentários a jogos e jogadores na selecção, onde é claro o pendor clubista em muitas das análises... Sai do Relvado, vai até Barcelos, houve a opinião das pessoas - o nosso clube, o nosso bairro é que é! (O mais ou são afrontas do Pinto da Costa ou daqueles "tipos lá em Lisboa"). E há tantos, tantos, que ficam hipocritamente contentes com as nossas derrotas...

Não exageremos

Este é um site de futebol, eu gosto de futebol (se não gostasse não andava aqui a fazer "posts") mas não é o futebol "uma das melhores campanhas de marketing do nosso País". O futebol, como desporto e ao mesmo tempo negócio, é muito recente - existe desde o último quarto do século XIX, mas só a partir da década de 80 (digámos até 90) do século XX se tornou um produto apetecível para os investidores. E muitos desses investidores são gente do sub-mundo dos negócios que aproveita esta actividade para lavar dinheiro. As melhores campanhas de marketing do nosso País têm de ser canalizadas para actividades que criem emprego (muito emprego) e exportem produtos para equilibrar as contas do Estado. Entre essas actividades estão o vinho (parabéns à Casa do Douro que vai fazer 250 anos) quer o chamado vinho do Porto, da Madeira, vinhos de mesa de qualidade, o turismo alargado a regiões não litorais, a aposta nas novas tecnologias (das quais a Irlanda é um grande sucesso) não apenas em anúncios do Governo mas em projectos concretos. Para terminar deixo uma pergunta. A Austria e a Irlanda são muito pobres em futebol comparados connosco, mas em qual economia gostariam de viver, a nossa ou a deles?

Re: Não exageremos

Á volta de uns 5 anos foi feito um estudo acerca do valor da marca Portugal, era negativo, ou seja, de um modo geral se um consumidor estrangeiro reparasse que determinado produto era de origem portuguesa, esse produto desvalorizava de imediato, por outro lado se fosse p.ex. de origem italiana valorizava logo um tanto. Sim, temos grandes marcas portuguesas, de prestígio, mas não temos a imagem de um país que as contextualize. Um país inovador, moderno, desenvolvido. Claro que a ideia de depender economicamente do futebol é absurda, mas penso que devemos e muito ao futebol o facto de se ter ouvido o nome de Portugal - em europeus e mundiais - ligado a profissionais criativos, ganhadores e ambiciosos. Não quis fazer do futebol a solução dos problemas do país, apenas apontar que o país nos últimos anos tem beneficiado bastante com a projecção do nosso futebol contrastando com a má imagem (e consequente prejuízo) que resultaria com o possivel afastamento das provas internacionais. Respondendo à tua questão: para irlandas e companhias, quando se tem bons gestores e se pensa a longo prazo os resultados aparecem :) Cumps.

Re: Não exageremos

Levas hoje o pontinho que falhou ontem. E não é favor, nem compensação: é merecimento pelo teu comentário.

como ficara???

eu acho k isto n vai acontecer pois eu axo k seria mto mau a nossa seleçao sem participar no europeu,clubes mundialmente conhecidos como o benfica,etc sem participarem nas competiçoes europeias sinceramente axo k isto n vai acontecer e k se vai arranjar 1 soluçao sem se recorrerem a castigos,pois se isso n acontecer axo k vai haver clubes com mta falta de dinheiro

Ummm..........

Não será o futebol uma das melhores campanhas de marketing promocionais do nosso país? Eu acho que é mesmo a mais importante. Mais visiblidade na Europa só estou mesmo a ver "caso Mateus".................... e o vinho do Porto.........e as lãs da Covilhã..........e o Queijo Limiano (Não há quem confunda aquela forma atarracada) :) Cumps a todos