Mais uma vez a falta de pontas-de-lança | Relvado

Mais uma vez a falta de pontas-de-lança

 

Será que algum dos avançados indicados acima será capaz de se transformar sequer num "matador" contra equipas pequenas (como era apelidado Pauleta)?Não deveria a FPF identificar alguns jogadores-chave para o futuro de Portugal nessa posição (Hugo Almeida, Cícero, Vaz Tê, Targino, etc) trabalhando com eles e com os clubes, para tentar melhorar o seu jogo de área?Parte II

Seleção:

Comentários [4]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Pontas de lança?

Tiago Targino-V.Guimarães:Possante, rapidissimo e com garra.Foi uma vergonha mal ter jogado no 2006de esperanças, porque penso que aqui mora um diamante a lapidar. Furtado-CSKA Sofia:Ja considerado idolo em Sofia, é segundo rezam os jornais desportivos esguio, rapido e com grande apetencia para o golo, tendo sido ja o melhor marcador do campeonato Bulgaro!Pena jogar longe, parece que uma penunbra tapa o bom miudo que o F.C.Porto produziu, mas que na altura de elevar aos seniores, preferiu o Brono Moraen...enfim. Ricardo Vaz Tê-Bolton:Dia-apos-doa ganha o seu espaço numa das equipas que se tem revelado ao longo destes ultimos 5anos em Inglaterra.Rapido comos os 3restantes, marca golos de belo efeito, este miudo que jogou de Rio de Mouro.Mais um ano e talvez ganhe espaço proprio na frente de ataque do Bolton(se la andar...) Não chegam?Pena tarem tapados porque aqui estou certo que vivem jogadores com muito valor, e com uma coisa que falta aos nossos pontas de lança(para alem daquele instinto matador):a VELOCIDADE.Essa que faz de Henry para mim o melhor ponta de lança do mundo.

O comentário feito aqui há 3 dias

A culpa é do Sporting (aestevao, 1 ponto , Sexta 14, às 8:47) A sério. Se o Aurelio Pereira tem treinado mais a finalização com o Cristiano R., agora tinhamos aí uma versão dois do Tierry Henry, só que com melhor jogo de cabeça e com mais velocidade. Quanto a jogar sem um especialista na finalização, acho que não haverá muitas equipas no mundo q o façam. Será preferível jogar com um mau do q não jogar com nenhum, pois corre-se o risco de grande confusão táctica como já se viu nos poucos minutos em q Ronaldo jogou ao meio n'Alemanha. Quanto a mim Hugo Almeida, Nuno Gomes e Postiga, mas principalmente João Tomás terão agora uma luta entre eles para segurar a titularidade. Mas o q eu gostava era de ver a Federação ou os clubes a contratarem grandes pontas de lança do passado para formarem escolinhas específicas para a posição.

A federação ???

Não deveria a Federação identificar alguns jogadores-chave para o futuro de Portugal na posição de ponta-de-lança? - Não é a federação que deve fazer a "matéria-prima", isso é trabalho dos clubes, a federação tem é que ver quais são os jogadores existentes nos clubes e aproveitá-los o melhor possível. Nestes últimos anos, a federação através dos seus seleccionadores têm feito um trabalho notável, muitos jogadores enquanto jovens mostram um enorme potêncial mas quando chegam á idade de jogar na equipa principal de seus clubes, estes não dão muitas oportunidades preferindo-os a algumas "vedetas" das quais algumas bastante duvidosas que vêm de fora. O mal está na mentalidade geral que pretendem fazer um bom "cozido á Portuguesa" no "micro-ondas", ou seja, fazem projectos imediatos e nunca a médio e longo prazo. Não temos pontas-de-lança em quantidade mas que os temos, temos ! É necessário é abrir os olhos e apostar nos jovens e não descartá-los quando chegarem á idade da sua afirmação, é necessário calma e tranquilidade. Em relação ao Helder Postiga, se ele não se preocupasse tanto em se atirar para o chão, provavelmente marcaria mais golos, em relação a Hugo Almeida, não teve muito tempo de se afirmar no Porto mas no Boavista mostrou ser capaz de dar conta do recado, pode ser que uma viagem á Alemanha lhe faça bem e possa mostrar o seu potêncial... a qualificação para o Europeu começa já em Setembro e estou certo que ele será convocado.

A solucao

nao passa por jogadores ja formados, mas sim pela formacao de formadores, quero dizer com isso, que os jogadores nao devem ser classificados nas escolinhas pelas suas aptidoes fisicas, mas sim pelas suas aptidoes tecnicas. Os professores das nossas escolinhas seguem um processo simples para a formacao do jogadores, se ele eh alto vais para defesa, se ele eh rapido e tecnico vai para avancado, e desta forma nao sao criados os Pontas de lanca que necessitam ser altos para disputar a bola com os defesas e nao temos jogadores com capacidade finalizadora, tipo um Jardel, um Van Niltelroy ou um Trezeguet. Eu sou da opiniao que um ponta de lanca nao precisa ser um primor tecnico, vejam o Vieri ou o Crouch, precisa conseguir ganhar bolas de costas para a defesa e oferece-las a um companheiro, desmarcar-se dos defesas para rematar ah baliza e claro ter "SANGUE FRIO" para dar a estocada fatal.