Há grandes jogadores que não são de selecção? | Relvado

Há grandes jogadores que não são de selecção?

 

dragao13 diz: "tenho, ao longo dos
anos, verificado que existem alguns jogadores que, quando passam dos seus clubes
para a selecção nacional, rendem muito menos! Lembro-me, por exº, do
portista Fernando Gomes, bi-bota de ouro, um caso claro de sub-rendimento na
equipa das quinas. Mais recentemente Rui Costa e Sá Pinto nunca atingiram na
selecção o rendimento que conseguiam nos clubes, pese embora uma ou outra
prestação algo melhor. Hoje em dia o caso mais flagrante será o de Simão
Sabrosa que quando alinha por Portugal passa sempre ao lado dos jogos!
Porque será que isto acontece? Será que jogam em posição diferente do que estão
habituados? Sentirão mais a responsabilidade? Ou não se sentem tão
motivados?"

Seleção:

Comentários [37]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

..

para o simao è normal, nao tem os penatlies que tem no benfica lol

rui costa?

acho que entramos na 5ª dimensao

João Vieira Pinto

Ao longo dos anos que representou a selecção jogava bem, e essencialmente, marcava muitos golos.

Já no Benfica...

Experiência

Isto é uma experiência a ver se é publicado.

Mais uma artigo a menosprezar o Rui Costa ........

Desisto ! Mais uma vez , Parabéns susana ! Fiquem assim ... Com Turbulencia :

"Há coisas que são para serem vividas num momento e se não forem aproveitadas poderão nunca mais ser sentidas ...
... Nesta vida !
Coloca-se a capa e fica-se assim ...
... No Vazio !
De repente , aparecem recordações ...
Nasce a esperança ...
(Re)Descobre-se o toque ...
A esperança transforma-se então em objectivo ...
Deixa-se fluir apenas porque se luta para conhecer o verbo ...
... Aceitar ...
Sente-se novamente o sabor ...
Tão doce !
Liberta-se a capa ...
Olha o belo do sorriso ...
Ups ... Hora de adormecer ?
Que é que isso quererá dizer ?
Veste-se a capa e adormece-se ...
Sonha-se ...
Acorda-se ...
Cai-se assim novamente ... no vazio !
Que se passou ?
... Nasceu um Sol novo ...
Um novo ciclo dispontou ...
Um ciclo vazio ...
Sem esperança e cada vez com menos objectivos ...
Mas espera ...
Amanhã irá nascer um novo Sol !
Há esperança !
Um novo ciclo irá se abrir ...
O vazio pode-se preencher !
É então hora de sorrir e esquecer uma dúvida ...
... «Que esperança é essa que irá nascer ?»
Uma que já sabemos que vai morrer quando a Lua disser, «Ora boa noite!» ?
O vazio acaba sempre por voltar !
Que equilibrio estranho que existe nesta nossa bolinha mágica ...
Tudo é leve e pesado ... Confuso e ... Não há nada que não se resuma a uma eterna verdade perdida dentro de uma grande mentira ..."

by Pascoal

Re:Mais uma artigo a menosprezar o Rui Costa .....

Rui Costa foi um dos jogadores mais influentes da selecção nacional nos últimos tempos, também não percebo o porquê de se dizer isso dele...mas o relvado.com tem destas coisas.

Tu dizes que não estão motivados?

Quem é que não está motivado para representar o seu país?Wake up!!

Re:Tu dizes que não estão motivados?

Não afirmei! Simplesmente aceitei que em alguns casos possa ser uma possibilidade!
Percebes a diferença?

off topic: Até o senhor Koeman.

Koeman e o golo que não foi em Alvalade: «É uma falha absurda»
[ 2005/11/05 | 13:38 ] Ricardo Gouveia

Ronald Koeman não viu o jogo entre o Sporting e a U. Leiria, de sexta-feira à noite, mas ficou surpreendido com as fotografias publicadas nos jornais de hoje que mostram Ricardo a afastar uma bola do interior da sua baliza, num lance que que o técnico holandês classificou, entre sorrisos, como «claríssimo» e «absurdo».

«Não vi o jogo, mas vi nos jornais hoje a fotografia do Ricardo com a bola. Se fosse por pouco, podia ser um erro, mas com quase dois metros não sei o que se passou porque foi claríssimo. É uma falha absurda», referiu sorridente.

Um caso polémico que vai servir de argumento para os defensores da implementação de tecnologia ao serviço da verdade desportiva. «Há várias situações no futebol, como o fora de jogo, que podem suscitar erros. Eu sou partidário que se utilizem coisas para que não haja dúvidas. Mas o golo de ontem foi tão claro que...não sei o que se passou», comentou o técnico holandês.


Fonte: MaisFutebol

_____________________

Porque será que os treinadores têm de falar das arbitragens de outros jogos onde não está a sua equipa presente?
Já não chega os dirigentes?
É um erro grave, mas que deve ser comentado e resolvido por gente indicada para esses assuntos.
O senhor Koeman deve ter sido questionado por os jornalistas, mas podia ter-se simplesmente calado.
E também podiam perguntar-lhe o que achou da entrada de Fábio Felicio...
Este mais um que escapa a um castigo.

Re:off topic: Até o senhor Koeman.

Está certo, vamos todos calar-nos e fingir que nada se passou...

Re:off topic: Até o senhor Koeman.

parece k este palerma so compra guerras com os outros , a arrogancia subiu-lhe a cabeça
esqueceu-se de comentar as arbitragens dos ultimos jogos do sporting bem como das ridiculas entradas do petit e companhia e agora vem cagar postas de pescada dum jogo k n viu
haja paciencia para aturar estes emigrantes de merda

Re:off topic: Até o senhor Koeman.

« (...) haja paciencia para aturar estes emigrantes de merda »

?! xenofobia não se faz favor !! A ver se a relva ao menos não apanha esse fungo .. OK ?

Re:off topic: Até o senhor Koeman.

n generalizei

so falei desse palerma pk o pouco capital de simpatia k ele tinha no inicio perdeu-o qd ganhou ao porto e agora acha-se o maior do mundo

é ridiculo e fica-lhe mal

ele k opine sobre os seus jogos e mainada

andar armado em ressabiado é conduta propria de idiotas

Re:off topic: Até o senhor Koeman.

n generalizei
so falei desse palerma pk o pouco capital de simpatia k ele tinha no inicio perdeu-o qd ganhou ao porto e agora acha-se o maior do mundo
é ridiculo e fica-lhe mal
ele k opine sobre os seus jogos e mainada
andar armado em ressabiado é conduta propria de idiotas

Re:Ès mesmo lagarto :)

Queres desviar os olhares é?Ninguém esquece aquele "golo" do renato!!

Re:Ès mesmo lagarto :)

Sim, sou mesmo sportinguista, com muito orgulho.
E eu também não me esqueço do golo e espero que muitos também não o façam, mas não foi disso que eu estava a falar, apenas me referi ao facto de os treinador virem falar de lances que por muito absurdos que possam ser, não diz respeito à sua equipa.
E falei de outro lance que também não devia ser esquecido, já que Fábio Felicio podia ter lesionado gravemente Moutinho.

Re:Èpa chega de polémica..

Relaxa e ouve tango por uña cabeza do Carlos Gardel :)

Abraços

Re:Èpa chega de polémica..

Quem?
Não conheço.

Sabes o que é curioso?

Referes jogadores que nos clubes rendem muito,exº Fernando Gomes,Simão.

Já reparaste no presente?

Postiga,Ricardo,Hugo Viana..

Não rendem nos clubes e vão á selecção..

Caricato,sem dúvidas

Abraços

Re:Sabes o que é curioso?

Claro que isso é interessante, mas as suas prestações na selecção estão muito perto das que têm tido nos clubes! A diferença é a teimosia do Scolari!

Re:Tens razão!!

Estava a pensar o mesmo!!

Inexplicavel

Rui Costa?!?!?! Nem merece comentários essa afirmação! Rui foi só um dos melhores jogadores a envergar a camisola das quinas!!!!!!

Também ñ me parece que Sá Pinto tenha sido um falhanço pois quer nos tempos de Antonio Oliveira a seleccionador nacional quer nos tempos de Humberto Coelho ele foi um dos principais elementos da Selecção Nacional, produzindo optimas exibições e marcando golos, alguns deles bastante importantes até surgirem as lesões que o fizeram entrar na fase descendente da sua carreira. Quanto muito pode-se dizer que nunca foi aquele verdadeiro crack ao serviço da Selecção mas isso é perfeitamente normal visto que tinha de divdir destaque com Luis Figo, Rui Costa, João Vieira Pinto, Sergio Conceição ou Paulo Sousa por exemplo.

Quem nunca se revelou na Selecção foi por exemplo Domingos, Rui Barros ou mesmo Simão Sabrosa, embora este ainda vá a tempo de se impôr.

dragao 13...acorda pa vida...

Dragão13 acorda pa vida...
queres ver q um jogador q rende a 300% no clube e a 500% na selecção é o Postiga? Ou será que me devo referir a mais alguém? Talvez ao Hugo Almeida? São jogadores que rendem zero no clube e zero na selecção.
Quanto ao Rui Costa, qualquer pessoa que goste de futebol só pode elogiar o seu futebol...foi o motor da selecção durante anos. Distribuia jogo como ninguem, marcou os golos mais importantes da nossa selecção. Mas ainda devias ser uma criança e não te deves lembrar da campanha para o Mundial 98, para o Euro 2000, para o Mundial 2002...
Não teve tão bem na campanha para o Euro 2004, mas foi igualmente importante...e no Euro 2004 não foi o jogador de outros tempos. Mas o tempo passa, os jogadores tÊm a fase ascendente e depois descendente. Rui Costa será sempre lembrado como o grande mágico...quais Decos, quais mágicos... Rui Costa é só um e mais nenhum...
Dragão 13 acorda pa vida...

Re:dragao 13...acorda pa vida...

Sabes? Eu lembro-me bem de assistir aos jogos do Mundial de 66 e de vibrar com os feitos da nossa selecção e com as exibições produzidas!

Mas não quis fazer comparações clubistas já que o artigo que escrevi apenas pretendia promover a discussão em torno dos motivos pelos quais alguns jogadores produziam menos na selecção que nos clubes!

Além de ter 52 anos, filhos talvez com a tua idade e de ver futebol há mais de 40 anos e habituado a esquecer o clube ao pensar nele, também sempre me habituei a pensar pela minha cabeça e a tentar evtar ideias feitas!

Não vou responder às parvoíces clubistas que disseste com o Hélder Postiga e o Hugo Almeida, mas quanto ao Rui Costa, até por não jogar, na selecção, na mesma posição que jogava em Itália (mais como 10, mais solto, mais à frente e logo atrás dos pontas de lança) mantenho, com base em quase todos os jogos que o vi fazer na selecção que nesta, o seu rendimento foi muito inferior e não foi o elemento em destaque, na maioria dos jogos!

Rui Costa foi grande

Não posso concordar nem um pouco sobre o que dizes em relação ao Rui Costa. Pelo que nos é dado a rever pela RTP Memória(porque a memória nos atraiçoa), é tão nítido que até cega, que Rui Costa foi muito superior a Figo nos seus primeiros anos de selecção. Na campanha para o Euro 96 e na fase final, Rui era a torre de controlo e derramava prodigios em cada momento de jogo. Penso que terá sido por essa altura que atingiu o auge. Lembro-me de um comentador da BBC dizer: "Rui Costa é poesia em movimento". Lembro-me de Cruyff afirmar que o Barcelona precisava de alguém com capacidade de liderar todo o jogo ofensivo e que esse alguém era Rui Costa e que durante o Euro96, comentou que o Barcelona tinha perdido uma grande oportunidade.

Quem não recorda as grandes exibições na campanha para o Mundial 98, em que se não fosse a ausência de um bom ponta de lança, a deixar a cargo dos dois pequenos Pintitos o trabalho de finalização(e ainda o seco no bigode do poeta Artur que excluiu um deles), e um repulsivo Marc Batta, teriamos certamente feito história nesse mundial, com o séquito enorme de emigrantes em França e vários jogadores no pico das suas carreiras(Figo em 2 anos tinha evoluido drasticamente e nessa altura é que era realmente o melhor jogador do Mundo e não no Euro2000 ou em 2001 onde a sua aceleração já estava em decréscimo)

Euro2000. Portugal-Inglaterra, a reviravolta, a poesia de Camões revivida. Ainda hoje quando revejo esse jogo, não entendo porque a maioria dos louros recairam sobre Figo. Rui Costa é nesse jogo o símbolo perfeito do ultimo dos 10 genuinamente português. Sempre disponivel, sempre a comandar o jogo, transportando a bola como só ele sabia, sempre de cabeça erguida, desde a nossa zona defensiva(o Vidigal estava para destruir e para dar a bola no pé farol de Rui)até às assistências para golo. Magnifica exibição. Para mim Rui só não foi mais falado, porque "perdeu" os seus melhores anos numa equipa apenas razoável quando o seu real sangue futebolistico, como o apelido "principe de Florença" o comprova, devia ter reinado bem antes em San Siro, para onde se transferiu já na fase descendente da carreira.

  Em breve a selecção ficará orfã do que poderiamos produzir como ninguém na Europa, culpa da endémica mania de nos colarmos às doutrinas da europa rica: o Dez.

Tudo o que é talento com capacidade de drible, deslocado desde cedo para extremo. Depois é tarde para readaptações. Digam extremos brasileiros e argentinos de nivel mundial actualmente? Pois é, rareiam...agora digam 10 desses paises...aos montes. E na Peninsula Ibérica onde se levou a doutrina dos extremos ao limite, mesmo quando "noutras" europas se tentam retomar tempos antigos com o 9 e meio? Extremos de nivel mundial? Cristiano Ronaldo, Joaquin, Simao, Figo, Vicente, Quaresma, Reyes...paro antes que me falte a saliva. E 10 na Peninsula? A juntar ao lobo Ibérico, daqui a uns poucos de anos, deixarão a Iberia mais pobre...Procuram-se soluções urgentemente...fazer a dispersão da espécie no seu habitat natural? Juntar em cativeiro temporariamente para que se reproduzam? Bem...esta está excluida...juntar Rui Costa e Valeron é um bocado contra-natura e cativeiro é totalmente avesso à liberdade tão essencial a estes individuos ...talvez quando a clonagem for prática corrente, esteja resolvido o problema...Adiante...Eis que alguém arquitectou uma solução temporária: há um sub-continente onde a espécie, após anos e anos de selecção natural, se aperfeiçoou e adaptou completamente ao meio, isenta às mudanças profundas do outro lado do Mundo...América do Sul...de lá se mandou vir Deco...e aqui está para já, numa reposição breve se não se tomarem outras medidas.

Na Peninsula havia talento para furar esquemas defensivos não so usando as linhas mas também o meio, e não captar isso foi o erro capital que nos fez chegar a esta situação.

Re:Rui Costa foi grande

A tua resposta ao meu artigo é, de facto muito interessante! Não tanto pela tua opinião em relação ao Rui Costa na equipa das quinas que é, apenas, diferente da minha, mas pela questão dos números dez na actualidade!

Creio que essa questão dos dez em alguns países da Europa e particularmente no nosso, daria um artigo interessante para propor aqui no relvado.com e acho que nem é tarde nem é cedo para o enviares.

Estou de acordo contigo quanto à falta de extremos e abundância de 10 nas equipas brasileiras e argentinas. E que aqui pela Europa o 10 é algo de raro e cada vez mais. Diria mesmo mais: nos países europeus, nos últimos anos apenas conheço três verdadeiros 10: Zinedine Zidane, Rui Costa e Pavel Nedved e todos estão em fim de carreira!

Mas também não conheço nenhuma selecção europeia que utilize esquemas de jogo em que a presença de um número 10 seja muito importante, talvez com excepção da França.

Portugal, na minha opinião, e sobretudo nos anos que referes, não jogava com um número 10 em campo. O que mais se lhe aproximava era João Pinto, que estava como segundo ponta de lança, Rui Costa tinha uma posição, na selecção, que era bem mais recuada e com mais obrigações defensivas do que em Itália. Daí talvez o seu menor fulgor na selecção!

Esclarecimento: o que penso do Rui Costa

Rui Costa foi um excelente jogador de futebol, sem qualquer dúvida! Penso que a sua carreira não atingiu o nível e o reconhecimento que poderia ter tido por ter ficado demasiado tempo numa equipa de segundo plano, a Fiorentina, claramente pequena demais para o seu talento!

Tudo isto não impede que ache que o Rui Costa, não teve, na selecção, as prestações que teve ao nível dos clubes! Apenas recordo um jogo com a Irlanda, decisivo para um apuramento, em que Rui fez uma exibição excelente selada com um golo e a partida inicial do Euro 2000 em que também esteve em muito bom plano. Fora esses dois jogos, e admito que possa haver mais alguma partida que eu não recorde, as suas prestações foram de nível inferior!

Não pretendo denegrir nem enaltecer a figura de Rui Costa, não é esse o objectivo do artigo, apenas pôr um assunto em discussão que não se refere apenas ao Rui Costa, mas a uma situação que me parece verificar-se algumas vezes.

Infelizmente há aqui, no relvado, uns tantos companheiros que vêm sempre ataques, conspirações e outras coisas negativas, sempre que alguém tem uma opinião diferente da deles!

Que sejam muito felizes e passem bem! O melhor da democracia é todos poderem ter a opinião que quiserem!

Re:Esclarecimento: o que penso do Rui Costa

Eu nao vejo nisso um ataque a ninguem e nao acho q alguem tenha q se insurgir contra essa opiniao de forma indignada. E a maioria das vezes até concordo com as tuas opinioes, mas com esta não concordo mesmo, porque acho que Rui teve um papel importantissimo na selecçao(que desempenhou com igual mestria ao dos clubes por onde passou) até ao euro 2000. Depois disso, é inegavel que já nao era o mesmo. No Euro96 entao, foi sem duvida o melhor da equipa, um dos melhores do Europeu(unico portugues da equipa tipo) e apesar da democracia, só o Paulo China pode dizer que nessa prova Figo foi superior;).
Cumps

Re:Esclarecimento: o que penso do Rui Costa

Não me referia a ti, claro! De resto temos todos o direito de termos e defendermos as nossas opiniões!

eu assim de repente

Recordo-me igualmente do Rui Barros que foi titular da Vecchia Signora no final dos anos 80, inicio dos anos 90 e na selecção raramente produzia muito.

Mas há outros casos: o Paulo Ferreira na selecção tem tido falhas que não tem ao nível de clubes, quer no Porto, quer no Chelsea.

A meu ver, isso tem a ver com as condicionantes próprias da estrutura da selecção.

No caso do Simão, o Benfica e a sua estrutura estão pensados em função das suas características.

Na selecção não será tanto assim...

Uma nota final quanto ao Rui Costa.

Eu compreendi a tua intenção dragão 13.

Comparaste o nível exibicional na Fiorentina e no Milão com o da selecção.

E tirando alguns momentos a selecção, por norma ficou a perder.

Mas cometeste um crime de lesa majestade...

Criticaste o menino bonito da luz, e logo vieram muitos relvinhas a dizer que era mais um artigo só para dizer mal do Rui Costa...