Seleção olímpica: segundo jogo, segunda vitória | Relvado

Seleção olímpica: segundo jogo, segunda vitória

Jogo aberto e agradável na vitória por 2-1 contra as Honduras.
 
Seleção olímpica, três jogadores
FPF

A seleção portuguesa de futebol voltou a ganhar nos Jogos Olímpicos. Depois da Argentina, as Honduras: triunfo por 2-1 na segunda jornada, no jogo disputado neste domingo. Jogo aberto, agradável, e vitória justa para o conjunto liderado por Rui Jorge.

No entanto a seleção americana marcou logo aos 32 segundos: cruzamento, espaço concedido por Esgaio e Elis atirou com sucesso. Portugal, como habitual nesta equipa, não se desorientou. Partiu para a frente, foi construindo o seu jogo, e aos 20 minutos a cabeça de Tobias Figueiredo empatou. E Portugal insistia. Bruno Fernandes rematou com perigo três vezes, sempre sem conseguir o que queria. Salvador Agra apareceu sozinho em frente ao guarda-redes mas deixou a bola fugir. Mais certeiro foi Gonçalo Paciência, aos 35', que num ressalto marcou.

O primeiro tempo já havia sido agradável e com três golos, mas a segunda parte foi mais aberta. Bruno Fernandes voltou a tentar, André Martins também. Mais tarde, na mesma jogada, três situações claras de golo (!). Nem André Martins, nem Salvador Agra, nem Gonçalo Paciência bateram Luís Lopez. Mané estreou-se no torneio, também quis marcar, mas atirou ao lado. A seleção das Honduras também soube atacar, sobretudo por Lozano, o elemento mais presente. Os americanos pressionaram um pouco mais e Salas esteve perto do golo. Quando Pité e Francisco Ramos entraram, os dois jovens apareceram igualmente na partida e deixaram Luís Lopez atento. Lozano, de cabeça, quis reagir. Nos descontos Bruno Fernandes ainda tentou uma quinta vez, mas nada. Pité também não conseguiu.

Tanta oportunidade após o intervalo, zero golos. Mesmo assim são seis pontos para Portugal. Falta um para assegurar a presença nos quartos-de-final. E até pode perder contra a Argélia na última ronda mas aí seria preciso fazer contas aos golos. Isto, numa altura em que ainda não se sabe o resultado do Argentina-Argélia (caso empatem, o apuramento chega já hoje).

Seleção:

Comentários