Um cacto no Jardim do futebol português | Relvado
Lead: 

Braga-Jardim-Sporting-Domingos: o percurso da falta de ética. Despenalizada.

 

O Sp. Braga apresentou Leonardo Jardim como seu treinador para as próximas três épocas.

 

Jardim é assim o técnico pré-anunciado. Jardim já era o treinador do Sp. Braga antes de o ser, aliás como aconteceu com Domingos Paciência e o Sporting.

 

O futebol português não deve fechar os olhos a estas situações, que concorrem para suscitar muitas dúvidas sobre processos similares a este. A ética faz bem ao futebol, como se pode entender através dos exemplos que nos chegam de Inglaterra.

Um futebol sem ética é um futebol sem virtude.

 

Percebemos todos que, em plena campanha eleitoral, a candidatura de Godinho Lopes apostara na contratação de Domingos Paciência, à data treinador do Sp. Braga.

 

Não poderia haver confirmações oficiais, Domingos tinha contrato com o emblema bracarense, a época achava-se num momento particularmente sensível, o Sporting ainda iria jogar em Braga. Com as eleições ‘resolvidas’, Godinho Lopes não pôde confirmar a ‘promessa’ (dissimulada’), seguiu-se o jogo do gato e do rato entre a SAD leonina e a CMVM, num processo de espelhos e enganos que o ‘Mercado’ engoliu.

 

Não se pode afirmar que estas danças e contradanças tiveram consequências ao nível da ‘verdade desportiva’ (porventura nunca se saberá), mas aquele Braga-Sporting da última jornada da Liga não foi -- isso é certo -- um grande modelo de competitividade da parte da equipa minhota. Domingos Paciência, ainda como treinador do Sp. Braga àquela data, estava a defrontar a sua futura equipa. O que vai na cabeça de um técnico nessas circunstâncias? Mais do que isso: que efeito tem essa conjuntura, de um lado e do outro, na cabeça dos jogadores?

 

Tudo ‘normal’, pois.

 

António Salvador também não esteve bem neste processo.

 Primeiro, porque perdeu -- por culpa própria -- o treinador que levou o Sp. Braga à sua primeira final europeia.

Em segundo lugar, porque a confirmação de Leonardo Jardim (LJ) no lugar de Domingos Paciência é também a confirmação de que aquilo que havia sido noticiado no final do ano passado -- e desmentido -- tinha razão de ser.

 

 

Cronologicamente, para a ‘história do futebol português’:

  • Dezembro de 2010 -- Pinto da Costa elogia Leonardo Jardim;
  • Janeiro de 2011 -- LJ é apontado ao Sp. Braga;
  • Fevereiro de 2011 -- LJ rescinde com o Beira-Mar;
  • Maio de 2011 -- LJ é dado como certo no Sp. Braga;
  • Junho de 2011 -- LJ é apresentado no Sp. Braga.

 

Confirma-se agora que antes de o Sporting se enamorar por Domingos Paciência, já o Sp. Braga se ‘apaixonara’ por Leonardo Jardim. Esta pausa é talvez a forma considerada mais consentânea para amenizar o impacto de uma decisão contaminada.

Com todos os desmentidos e para ‘salvar a face’, António Salvador deveria ter ‘abortado’ a ‘operação’. Uma ‘operação’ que não honra (eticamente) nenhuma das partes.

Um ‘cacto’ no Jardim do futebol português ou os espinhos da falta de ética que não provocam qualquer... ‘doença de pele’. Federação calada. Liga calada. E ‘siga a banda’!

 

(Rui Santos escreve de acordo com a grafia do português pré-acordo ortográfico)

 

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Taxonomia: 
Rui Santos

Omissões

É certo que quer a Direcção do Sporting quer a Direcção do Sp. Braga estiveram mal e não agiram com a ética desejável.
Mas não é menos certaque o Rui Santos violou a ética que tanto apregoa ao esquecer-se de referir a contratação do Jorge Jesus pelo benfica nas mesmas circunstâncias em que o Sporting contratou o Domingos.
Mas mais grave ainda, foi o facto de o Braga de Jesus ter aberto deliberado as pernas quando recebeu o benfica e perdeu (exclusivamente pelas incompreensíveis opções do seu treinador) . Já o Braga de Domingos deu luta e perdeu com honra.

É isto uma noticia

Costumo estar de acordo com os comentários do Sr Rui Santos, mas este é completamente descabido.
Podemos expecular acerca desta contratação, o facto de estar anunciada antes de estar consumada pode sempre levantar dúvidas acerca do profissionalismo deste treinador e o Domingos deveria de ter sido mais protegido neste processo.
Quanto aos jogadores do Braga, quanto mais este facto poderia ter servido como uma força extra pois queriam mostrar que são melhores do que o clube que o seu treinador irá treinar na próxima época.
Quanto ao Pinto da Costa, é uma não noticia pois ainda à pouco tempo ouvi uns comentários dele a dizer que o Jorge Jesus era um treinador competente, será que o JJ será o treinador do Sporting a partir do Natal?
A CMVM só se pronuncia acerca de transacções consumadas ou por propostas concretas, e não porque este ou aquele candidato a presidente deu um nome de treinador se for eleito.
Continue com o bom trabalho, mas com comentários que realmente tragam algo de novo e positivo ao nosso futebol.
Futebol este que todos dizemos que está mal, mas que leva 3 equipas às meias finais da Liga Europa, um Braga que ganha ao Liverpool, podemos discutir os orçamentos de uma e outra institução mas seria de rir o que uma equipa gasta e o que a outra não tem para gastar.
Temos uma época do Benfica que só por ter um Super Porto é que não foi melhor, pois esteve em 2º no campeonato ganhou a taça da liga e ficou nas meis finais de uma grande competição Europeia.
Tivémos o Porto que cilindrou tudo por onde passou, com uma época de sonho em que tudo ganhou e tem meia Europa atrás dos seus jogadores.
Qual é que foi o último clube francês que ganou uma Competição Europeia?
Nos últimos 10 anos a liga Portuguesa tem mais competições Europeias que a Liga Italiana, e dizem que isto está mal?
Orgulhem-se do que fazemos bem e do facto de com muito menos orçamento fazermos mais e melhor que muitas ligas Europeias.
Isto sim seria um bom comentário, com uma detalhada análize do que nós fazemos e o que outras ligas fazem e os dinheiros que se gastam para o fazer.
Obrigado

Menos

"Temos uma época do Benfica que só por ter um Super Porto é que não foi melhor, pois esteve em 2º no campeonato ganhou a taça da liga e ficou nas meis finais de uma grande competição Europeia."
Bem menos! Mas então quer dizer que, afinal, o SLB esteve bem?!
Primeiro: um bom (muito bom, aliás!) Benfica não teria ganho o campeonato no ano passado.
Segundo: 2º no campeonato com um dos piores SCP de sempre.
Terceiro: Campeões que ambicionaram cegamente mudar esta era de hegemonia do FCP, achando que conquistar um bicampeonato chegaria... Não houve bicampeonato, mas sim uma "manita". Isto para além de ver o rival a ganhar o campeonato na Luz.
Quarto: Não gabes a Europa... Caíram na Liga Europa com o Braga (ou se calhar com um "Super" Braga;) ) E foi a segunda queda! Porque antes tinham caído da Champions. Equipa de pote 2 a vir em 3º... Naõ me lembro de isto ter acontecido antes (com portugueses). Ah! E não foi pior porque houve milagre em Lyon...

Para além disto, gostei do comentário.
Mas aqui entre nós, confessa lá, és adepto do glorioso;)

Talvez...

Quando faz referencia ao facto de o sporting-braga ter sido disputado num ambiente e em condições menos proprias devido à existencia de um acordo do domingos com o sporting eu penso sinceramente que isso nao tem efeito nenhum. Na cabeça do treinador não esta com certeza a ideia de facilitar a vida ao futuro clube até para evitar esse tipo de especulações e na cabeça dos jogadores muito menos. Penso que se especula demasiado acerca do estado animico em situações destas. É inegavel que os jogadores sao seres humanos e tem sentimentos mas acima de tudo são profissionais por isso nao vejo motivos para jogadores profissionais deste nivel serem afectados por noticias de que o treinador vai treinar outro clube, ou que a direcção vai mudar etc..

Rui Santos

É mesmo disto que portugal precisa. Alguêm que conte as verdades e não deixe o adepto andar enganado. Precisavamos de alguem assin era na politica.

Rui Santos é genial

Excelente opinião,directo e conciso.Sou admirador de Rui Santos e não sou o único,muitos amigos meus tb partilham da opinião que o senhor é um verdadeiro raciocinador do futebol,continue por favor.

E mais...

Estando de acordo com algumas coisas que aqui foram apontadas, como por exemplo, a introdução do nome de Pinto da Costa numa cronologia que se não entende - embora o objectivo esteja bem à vista - , o apontar de menos profissionalismo a Domingos Paciência, e por extensão a todos os seus jogadores, no jogo da última jornada do campeonato, mercê de um já pretenso acordo entre treinador e o SCP, há uma outra questão que salta à vista, lido bem lido o texto do Sr. Rui Santos, e que é a sua - aliás, já habitual - falta de objectividade.
Com efeito, anuncia o prezado cronista a determinada altura da sua brilhante prosa que terá o Sporting aldrabado a CMVM, que, candidamente, se terá deixado iludir sem estrebuchar.
Além de tal afirmação ser leviana, visto não ter o sr. Rui Santos quaisquer meios de prova, que a sustentem a não ser o habitual diz que disse dos jornais ou as suas suposições pessoais, no mínimo, trata-se aqui de uma mera subjectividade e de o mover de um processo de intenções em tudo criticável. E o pior é que já não é a primeira vez que o faz publicamente, vide Tempo Extra de 29/05/2011 (ou 22/05/2011, não sei precisar a data com exatidão).
Vamos ver agora - e aqui está a parcialidade que refiro acima - se acrescentará RS algo ao texto que ontem escreveu àcerca de Fábio Coentrão: é que o SLB informou ontem a CMVM que não tinha em sua posse quaisquer proposta para a compra do passe do jogador, uma situação em tudo idêntica à que se verificou em relação ao SCP e ao treinador Domingos Paciência, e que ele tão prontamente apareceu a criticar, tomando as suas convicções pessoais, como verdades absolutas e incontestáveis.

Para rir!

Pois claro Sr Rui Santos! Transparente e correcta foi a contratação do Jorge Jesus pelo slb... Sim , esse clube que é um exemplo da verdade desportiva! Esse mesmo que defrontou o Estoril no Algarve em 2005, o que tinha ricardo costa no CD da liga de clubes e que "queimou" dois atletas fundamentais a cada um dos adversários no ano passado, por conta de acontecimentos em túneis, ou, mais recentemente, o clube que contratou o central jardel na véspera de defrontar a sua então equipa... Mas claro, como o SC Braga não ganhou (para seu desespero) ao SCP, já foi um mau exemplo de competitividade. Seguramente o Sr Rui Santos deve ter visto um Braga ultra-competitivo na final da Liga Europa, mas como não era ante o SCP...

Respeitavel Rui Santos

Nao sei porque sera que sempre que se fala do Pinto da Costa causa tanto incomodo .Todos Nos sabemos que o Sr Pinto da Costa nao e nenhum predestinado ,tal como o LFV , acho muito bem que o Sr Rui Santos mantenha a sua posicao em relacao ao fetido do futebol Portugues.Continue assim Sr Rui Santos porque a muitas pessoas como eu que agradece estes comentarios.

LOl

o Pinto da Costa não é nenhum preDestinado???? então quem será???? não me diga que são meia duzia de jornalistas e comentadores que daqui a uma dezena de anos ninguem conhece ou se conhecem é por dizerem mal do Melhor Presidente do Futebol Mundial!!!

Pois é

Fez-me lembrar um amigo que saiu-se com esta: "Sócio?! Eu? Enquanto tiver lá o Pinto da Costa, nem pensar!"
Realmente, se Pinto da Costa não serve, quem servirá? O homem só construiu este FCP Imperial, que hoje conhecemos.

Ditado antigo

Este texto ilustra bem um velho ditado "Ver mosquitos em Braga".
Férias Rui Santos férias e já, senão ainda vai começar numa caça aos "gambosinos" e alimentar substancialmente a "silly season".

O que é certo...

...é que quando isto acontece com o Benfica, cai o carmo e a trindade. Já no ano passado o Sporting contratou o Paulo Sérgio ao Guimarães quando ainda havia algo por disputar. Refere-se o facto, mas o alarido é mínimo...

Importa tornar as coisas claras!

Entende-se que os clubes não possam esperar pelo fim de uma temporada para contratarem treinadores que são pretendidos, de forma a assegurar a época que vem, mas tem de haver limites e, se não existem, então é preferível que as coisas se passem ás claras do que neste jogo de mentiras e meias verdades!
António Salvador esteve muito mal! Pouco paciente e muito volátil nos seus amores e desamores, tratou de preparar a saída de Domingos Paciência, que tinha dado ao Braga a sua melhor classificação de sempre, indo contratar Leonardo Jardim. Acabou por perder o homem que levou o Braga à sua primeira (única?) final europeia e que, mais do que isso, conseguiu que as pessoas da cidade dos arcebispos se unissem ao clube mais representativo da terra. Arrependeu-se mas Domingos não lhe perdoou a traição!
Leonardo Jardim também se portou mal! É que mal assinou com o Braga despediu-se do Beira Mar, deixando o clube de Aveiro sem treinador como se o facto de ser treinador de um outro clube na temporada seguinte o dispensasse de cumprir o contrato que tinha assinado.
Godinho Lopes, como outros candidatos, também quis ter um trunfo eleitoral e foi tratar de assegurar um técnico de uma equipa que competia com a sua directamente. Mau e a mostrar que não recuará para chegar aos seus intentos.
Domingos Paciência reagiu à forma como foi (mal) tratado por António Salvador e comprometeu-se com o clube de Alvalade. Tentou sempre deixar o problema de lado e concentrar-se na tarefa de fazer o melhor em Braga e levou o clube a uma final europeia, algo impensável antes dele! ´Não creio que tenha feito bem em ligar-se ao Sporting naquela altura e nem no fim da temporada, mas isso é outra coisa.
Rui Santos portou-se também mal pois faz um artigo em que se misturam alhos com bugalhos não explicando as coisas convenientemente: por um lado mete na cronologia um elogio de Pinto da Costa a Leonardo Jardim, eleogio que fez a outros treinadores já mas que nada tem a ver com as contratações de treinadores pelo Braga e Sporting. A necessidade de meter o Porto e o seu presidente em todas as confusões faz com que Rui Santos perca o senso e a objectividade! Mas pior ainda é colocar em causa a honra profissional de Domingos Paciência, deixando nas entrelinhas que ele teria feito um "jeito" ao Sporting no último jogo, sem referir o aspecto (será que o considera despiciendo???!!!) de o jogo decidir apenas um 3º lugar e de o Braga ir jogar, três dias depois, uma final europeia, algo de inédito e onde, obviamente, os jogadores e até os adeptos já tinham a cabeça! Realmente mau!
Mas é bom que se estableçam regras claras e simples para estes casos! E se não é possível que os treinadores, como os jogadores, só assinem um contrato depois de terminado o anterior, é melhor que isso seja claro e não escondido!

Pinto da Costa elogia Jesus..

Pinto da Costa elogia Mourinho..

Pinto da Costa elogia Domingos..

Inventa lá uma "cronologia" qualquer para estes factos..

As palavras do Pinto da Costa

As palavras do Pinto da Costa têm sempre um grande peso pelo que vejo... nestas trocas e baldarocas de treinadores também dá para incluir o Jesus antes de ir para o Benfica que deu uns pontos preciosos ao clube que ia representar quando defrontou o Braga...

Não concordo

António Salvador tem sido um gestor extraordinário no Braga, mas a gestão deste caso correu-lhe bastante mal. A partir de de terminado momento, abdicou da continuidade de Domingos em prol de Leonardo Jardim. A eliminação da Champions, mas, sobretudo, o mau campeonato vaticinaram o fim do percurso de Domingos na cidade dos arcebispos. Esta decisão revelou-se prematura, pois Braga e Domingos conseguiram dar a volta por cima, tanto no campeonato como na Taça UEFA. E, subitamente, o Jardim "Cinderela" retornou ao borralho (fazendo Domingos percurso inverso).

Entretanto, as eleições do Sporting "fizeram" o resto. Estando Domingos livre para negociar o seu futuro, chegou a acordo com Godinho Lopes. Candidato e treinador fizeram apenas pela vida.

As alusões feitas por Rui Santos são essencialmente circunstanciais. O mal-estar de Salvador redunda em simples azia. Se houve repercussões no desenlace do campeonato? Eventualmente. Somos seres de carne e osso e é impossível quantificar o impacto relativo (pessoalmente, atribuo a derrota do Braga mais a uma natural falta de concentração perante a final da Taça UEFA, do que a condicionamento do seu líder técnico).

Em todo o caso, esmiuçar este caso é cair na especulação. Cinjamo-nos ao essencial: ao descartar Domingos e elevar Jardim, António Salvador arriscou e "perdeu" (resta, obviamente, saber o desempenho do novo treinador - mas a fasquia está muito elevada). Pelo contrário, o trunfo Domingos foi "ouro sobre verde" para Godinho Lopes, "agarrando" um treinador que, noutro contexto, seria cobiçado por meia Europa.

Endhoscopy

Já que se fala em cronologias...

Em Março, quando Godinho apresentou a sua candidatura e "anunciou" ter já treinador escolhido, já se sabia quem seria o vencedor das eleições?
O novo presidente só o foi às 6 da madrugada - 5 minutos antes e o eleito era outro, tal como o treinador.
Por isso, alicerçar um raciocínio com base num presente circunstancial, não passa de exercício demagógico. Em nome da ética que o sr Rui Santos diz defender, GL deveria ter chamado Domingos e dizer-lhe..."olha, afinal ganhei e em defesa da ética, para que depois não venham dizer que, na última jornada, houve marosca, já não assinamos o contrato" - seria isto que Rui Santos pretendia?
Rui Santos deveria penitenciar-se pela insinuação -porque o é- que deixa no ar relativamente a possível conduta menos própria de treinador e jogadores do Braga nesse último jogo. O que escreveu, da maneira que o escreveu, é uma imbecilidade que Domingos e jogadores do Braga de forma alguma merecem.

Desculpe, mas...

.... NA sua cronologia aponta :

•Dezembro de 2010 -- Pinto da Costa elogia Leonardo Jardim;

Não percebo a referencia a Pinto da Costa neste contexto e noticia.... ele falou de Leonardo jardim como já comentou outros treinadores

o Trauma habitual

Kiko, é o trauma habitual de Rui Santos..
Nada de novo deste senhor..

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.