Nada é 'inequívoco' no futebol do Sporting | Relvado
Lead: 

Esta segunda-feira, o Sporting voltou a realizar uma viagem ao passado.
Ao passado recente, sub

Esta segunda-feira, o Sporting voltou a realizar uma viagem ao passado. Ao passado recente, sublinhe-se. Todas as épocas é a mesma coisa. Trocas de jogadores, compras mais ou menos avultadas, mexidas profundas no plantel, esperanças renovadas, apelos ao redimensionamento da alma sportinguista.

O jogo com o Rio Ave, o primeiro em Alvalade para a Liga 2012-13, recuperou a sensação de ‘dejá vú’. Um novo Sporting demasiado velho. Um novo Sporting demasiado visto. Um novo Sporting demasiado igual ao ‘quase Sporting’. A imagem repetida de um Sporting incompleto e inacabado, por mais definitivas que possam parecer as obras de recuperação e ampliação do edifício do futebol leonino. Há qualquer coisa no ‘futebol do Sporting’ que ultrapassa a qualidade dos jogadores ou a falta dela. Pode ser o ambiente à volta da equipa. Um ambiente de desconfiança no reino do leão, que se mantém época após época. Com um presidente ‘quase presidente’, com um treinador ‘quase treinador’, com uma equipa ‘quase equipa’. O Sporting é um clube de projectos adiados.

O Sporting não tem um presidente inequívoco.
O Sporting não tem um treinador inequívoco.
O Sporting não tem uma equipa inequívoca.

São demasiadas sombras e o espectro de eleições antecipadas regressa, uma vez que o ‘caso Pereira Cristóvão’, a qualquer momento, promete fazer mais vítimas.

A internacionalização da ‘marca Sporting’ é uma boa ideia mas não chega. A ideia da captação de capital estrangeiro é uma quase inevitabilidade, tantos foram aqueles que, no passado, brincaram irresponsavelmente com o nome do Sporting e com a sua ‘marca’.

Perder em ‘casa’ com o Rio Ave não é um drama. Não seria nenhum drama se fosse uma derrota contra a corrente de um estatuto. O problema é que a derrota com o Rio Ave em Alvalade resultou, mais uma vez, de uma abordagem totalmente errada ao jogo e à competição. E isso dura há anos no Sporting, sem fim à vista. E o mais grave: até à imagem do ‘clube formador’ está a desaparecer.

(Rui Santos escreve de acordo com a grafia do português pré-acordo ortográfico)

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Rui Santos no Relvado 1 (fundo verde)
Taxonomia: 
Rui Santos

Caro Rui Santos!

<>???Se a arbitragem for tão implacável ou tão descarada como foi no último jogo do Dragão,nem um super Barcelona!..Além de que já vi grande exibições do Sporting,e muitas ao longo de 30 anos,e vi tanta arbitragens de critérios tão diferentes e nada salvou o Sporting!É claro que tenho que lhe dar razão sobre certos assuntos,mas são tão lógicos como óbvios!Não concordo por exemplo do que diz sobre a formação do Sporting,pois tem sido Campeão quase sempre e está a prová lo com a equipa B!Mas pronto,se tanto insiste!..

Apetece-me gritar...

Pertenço a um clube de imbecis. Continuam a fazer "merda" todos os anos e depois ainda criticam que tem a lucidez de dizer que o "rei vai nu". Defender este estado de coisas(Sporting atual) é próprio de quem não percebe nada de futebol. Devemos ser mais exigentes com quem dirige e resposabilizá-los pelas vergonhas que passamos. Já agora, digam que o culpado dos desaires da última década é do Rui Santos. ACORDEM Sportinguistas.

Sinais preocupantes se ficar tudo na mesma

Já é normal pegar-se num desaire do Sporting no inicio do campeonato e por tudo em causa. Isso aconteceu no ano passado se bem me lembro e as criticas também eram muitas (com o Rui Santos à cabeça, nada de novo).

No entanto preocupa-me a reação de Sá Pinto a este desaire. Espero que ele consiga ver que realmente o Sporting não esteve bem contra o Rio Ave e que é importante aprender com os erros. Caso tudo fique igual estou a prever um ano muito negativo para o Sporting.

E que erros são esses?
Consigo ver alguns mas não estou lá dentro para saber tudo o que se passa por isso admito estar enganado.

Primeiro erro chama-se Gelson Fernandes (não confundir com o Manuel Fernandes). A defesa é melhor sem dúvida mas o trabalho à frente da defesa é que está a deixar a desejar.

O Gelson até pode ser razoável mas não tem mostrado que merece ser titular no Sporting. Prefiro de longe o Rinaudo mas não estou certo de o Sá Pinto pensa a mesma coisa (o que me preocupabastante).

O que é certo é que esta defesa com o Rinaudo em forma a médio defensivo não precisa de mais médios defensivos mas sem o Rinaudo ainda assim seria preferível colocar o Adrien a médio defensivo. O Sporting não precisa é de dois médios defensivos para jogar contra equipas como o Rio Ave que toda a gente sabe como jogam antes de entrarem em campo.

Segundo erro: O Adrien não deve jogar a médio ofensivo. Para isso temos o Viola, o André Martins e o Labyad. O Adrien é um bom médio centro e deve jogar na posição 8 ou até 6 quand necessário mas nunca a 10.

Terceiro erro: O Sporting não pode entrar nos jogos a ver o que vai dar. Está provado que se sai mal com essa abordagem e no ano passado teve muitos exemplos, recordo apenas a final da taça de Portugal perdida nos primeiros minutos.

O Sporting precisa de se afirmar como grande clube, tem de entrar com tudo desde o primeiro instante. Tem de colocar os adversários logo em respeito não lhes pode dar a oportunidade de pensar que terão alguma hipótese sequer. E isto aplica-se em casa e fora contra pequenos e grandes. Pode não ganhar sempre mas por certo ninguém vai criticar os jogadores que desde o primeiro instante se esforçaram para ganhar.

Aliás este parece ser o discurso oficial do Sá Pinto mas depois no campo não se vê nada disto.

Quarto erro: Chega de dizer que se jogou bem porque se criaram muitas oportunidades. Jogar bem é ser eficaz e praticar um futebol agradável á vista. Isso não está a acontecer. Jogou-se mal e o futebol nã foi bonito e isso precisa de ser alterado com urgência. Espero não voltar a escrevere mais nada ...

Quem desejar pode acrescentar alguns erros a esta lista e eu tenho esperança que o Sá Pinto a veja e mude alguma coisa
.
Força Sporting
Que as criticas sirvam para aumentar a tua garra.

Sporting

Infelizmente a realidade do Sporting Clube de Portugal é tão difícil que 'vai ser preciso vender o clube aos chineses', como disse o jornalista Rui Santos num dos seus programas 'Tempo Extra'.
É, também, verdade que 'o problema é que a derrota com o Rio Ave em Alvalade resultou, mais uma vez, de uma abordagem totalmente errada ao jogo e à competição. E isso dura há anos no Sporting, sem fim à vista'.
Nos últimos anos, os dirigentes do clube, têm retirado prestigio ao SCP, uma instituição centenária com tradição na formação de jovens talentos.

Saudações Leoninas

Não sabia...

Que o Sr./Sra. Defensor-do-Rui-Santos, ou mesmo o Rui Santos com disfarce de pó de arroz, eram sportinguistas. Pelo menos já tem qualidades que lhe podemos encontrar.... Já agora, reveja a sua sintaxe: isso vai aí um jogo de vírgulas...

Se de facto for o Rui Santos

Se de facto for o Rui Santos aquela ultima frase explica ter sido dos que defendeu que o Luisão fez falta sobre o Ricardo no jogo do Título em 2005.

Lol, "Saudações Leoninas"...está explicado!

Enfim

Um grande vê-se pelo palmarés, e nunca perde estatuto. Más fases por todos já passaram, até o Benfica na década de 90 e até meio da anterior, o Liverpool agora, e alista continua... Ou já esqueceram?

As ciências exactas de RS

Este comentário é ridiculo. Um pequeno desaire do Sporting e aparecem logo os culpados, como se uma equipa de futebol fosse ciência exacta que tem de ganhar sempre. O Real Madrid também perdeu. O Porto empatou na primeira jornada, o Man United perdeu, etc, etc.

Muda-se o dia, muda-se a opinião...

Em futebol tudo é efémero, é certo e sabido. No Domingo este "doutor" do futebol (entre muitos que pontificam na nossa televisão) dizia que o Sporting tinha resolvido o problema dos centrais, que mostrava sinais "bastante positivos" no desenvolvimento do seu modelo de jogo. Vem a derrota e esquece-se o que tinha afirmado: assim vai o nosso país, haja memória!
Desde ontem que escrevi a minha opinião, que lesa sobretudo os automatismos ofensivos da equipa e às más decisões de Sá Pinto na leitura do adversário. O Sporting perdeu, e parece uma tragédia. A sede de sucesso que reina entre nós - sportinguistas - misturada com a comunicação social (nunca favorável), prepara-se, mais uma vez, para minar o campo de guerra de Alvalade. A equipa é muito jovem, e o factor pressão será preponderante para marcar o sucesso ou o insucesso da presente época. Deveria haver calma, mas o Sporting já começou o jogo de ontem sobre brasas.

Nota final: "E o mais grave: até à imagem do ‘clube formador’ está a desaparecer." (citação com erro de pontuação incluído). Gostaria que medissem a febre a este "doutor" do futebol, pois tais afirmações não são cabais de alguém no seu perfeito juízo. Num ano onde o plantel do Sporting A teve um aumento bastante significativo de jovens formados na academia; onde a renovação com Patrício é um claro sinal para o interior do edifício da formação ("o topo é o Sporting"); onde a tentativa de renovação com Adrian foi assumido com tanto afinco (espero que se concretize); quando há uma "fornada" de jovens jogadores na equipa B com tanta qualidade; quando a equipa principal é constituída por tantos jovens na casa dos vinte anos; afirmar tal coisa é não ter a mínima noção da realidade do Sporting e do futebol em geral. É por este género de afirmações que não compreendo como alguém com tão poucos conhecimentos de futebol jogado, que o grosso das leituras que faz sobre os assuntos relacionados com futebol são descabidos, que se cinge a falar sobre arbitragem, tem tanto espaço de antena nos meios de comunicação social. Aconselho-o vivamente, sr. Rui Santos, a dedicar-se a outros ramos do jornalismo, vá comentar política, porque futebol é um "ciência" que desconhece.

Cumps.

Aprenda a escrever português senhor David Leão

O senhor David Leão antes tentar corrigir erros de pontuação a outras pessoas, deve ter a certeza das correcções que faz e, mais importante, deve escrever correctamente. Não se emendam erros a outras pessoas se não se sabe escrever, como é possível perceber pela leitura do seu texto. O senhor escreve mal com erros de pontuação e sintaxe. Sabe o que significa sintaxe?
Vou corrigir apenas uma das muitas utilizações incorrectas da palavra 'onde', no seu texto. Aproveite o exemplo, senhor Leão, para de futuro não escrever com tão graves erros. No texto pode ler-se o seguinte: 'Num ano onde o plantel do Sporting A....'. O adv. 'onde' utiliza-se quando se pretende fazer referência a um lugar. Percebe?! Se não percebe aproveite para aprender agora e, também, com o jornalista Rui Santos que escreve correctamente português.

Saudações Leoninas

Defensor da dama desonrada

Meu caro senhor Defensor-da-honra-alheia,

A sintaxe deste, como de outros comentários que escrevi, é descuidada (seguramente), mas eu não tenho a responsabilidade de um jornalista quando publica uma notícia, nem faço edição de texto. Estes, efectivamente, têm a responsabilidade de não cometer erros de qualquer espécie. No caso do texto acima há esse erro, que mesmo depois do comentário não foi corrigido.

Relativamente ao erro que me aponta com tanto afinco, aconselho-o a uma pesquisa breve sobre o tema. A tendência generalizada entre jornalistas e outras pessoas que usam o português escrito como ferramenta de trabalho é para encurtar. Claramente se percebe, apesar de menos correcto, mas não errado, que "onde" é usado em vez de "no qual". Pelo que o erro gravíssimo que aponta não é um erro, porque ambas as formas são correctas.

Desta forma, nem se percebe a moralidade de vir em auxilio deste doutor da nossa praça, atirando balas de algodão. Se o senhor acha que o RS escreve bem português, que vivam os dois felizes com isso até o final dos vossos dias. Para vir com estes comentários, ou é o próprio Rui Santos disfarçado com pó de arroz, ou alguém que tem a puta da mania (passe o calão) que escreve melhor que os outros.

Aqui fala-se de futebol, que foi o que pretendi, e era aquilo que o senhor Defensor deveria fazer. Aí, poder-me-á fazer as criticas que quiser, agora sobre ortografia, ainda mais, críticas descabidas??? Quem é o senhor para me vir ensinar o que quer que seja? Pena é que sejamos do mesmo clube. infelizmente as várias espécies raras de doutores "relvanianos", tal como de velhos do Restelo, que pontificam e pontificaram no meu Sporting, levaram o clube a este estado de calamidade. Pelo que me quer fazer crer, também faz parte desse rol...

Homem de deus, será que não

Homem de deus, será que não consegue escrever alguma coisa com substância? Não disse nada que não se saiba e de jeito.

Um exercício muito difícil para o senhor Tom Sawyer

Os homens que se escondem atrás de figuras animadas para escrever/ dizer seja o que for, não podem nunca ser levados a sério. O mundo do senhor ' Tom Sawyer' é profundamente infantil, nota-se no comentários que faz aos artigos.
O senhor 'Tom Sawyer' nada escreve porque fundamentar opiniões dá muito trabalho, é preciso pensar e isso é muito difícil para si.

...

Aguardarei pela coragem de me responder.

Prezada MFPires (ou deverei

Prezada MFPires (ou deverei dizer Prezado Rui Santos?);

Escreve “Os homens que se escondem atrás de figuras animadas para escrever/ dizer seja o que for, não podem nunca ser levados a sério.” De seguida escreve “O senhor 'Tom Sawyer' nada escreve porque fundamentar opiniões dá muito trabalho, é preciso pensar e isso é muito difícil para si. “
Quanto à primeira, justifique a afirmação. Porque não pode alguém que escreve sob um nick, que grande parte o faz neste sítio, ser levado a sério?
Quanto à segunda, o facto de ter escrito a primeiro e não a justificar, coisa que lhe peço agora, demonstra que fundamentar também não é lá muito consigo. De resto, se me permite já agora, todos os seus artigos de opinião não seguem os princípios básicos de um texto argumentativo. Não incluem argumentos de autoridade, não incluem argumentos dedutivos, não incluem argumentos de analogia, não incluem argumentos sobre causas, não incluem argumentos de exemplos, só para citar alguns. E se por acaso usou um, é sempre, repito, muito mal usado. E como vê, argumentar não é dar palpites, não é conjetcurar sem fundamentar, o que senhor faz muito. Argumentar, como disse e bem, é pensar e pensar bem. E pensar bem implica necessariamente usar daqueles argumentos, caso contrário nem sequer é um texto argumentativo. Assim, o senhor que nunca faz uso dos argumentos supracitados, senão porque um lá lhe escapou muito mal formulado, não sabe, tal como me aponta a mim, pensar, pois é difícil pensar. Espero que tenha aprendido a lição. Olhe que é de graça.

Uma breve nota: em resposta ao senhor David Leão, o senhor afirma que o advérbio onde “utiliza-se quando se pretende fazer referência a um lugar” . Será só neste caso? Ora consulte o dicionário Houaiss e já agora as gramáticas da Doutora Maria Helena Mira Mateus, Celso Cunha e por fim Evanildo Bechara, e depois venha responder-me, Ok? Se pretender umas lições, dou-lhas de graça e com todo o gosto. Ah, esquecia-me: é bonito perguntar-se o que é a sintaxe quando comete erros de sintaxe como muitos outros jornalistas, e até mesmos escritores. Quer um exemplo? Dar-lho-ei se tiver a humildade de aceitar.
Saudações cordiais, e venham mais artigos de opinião para a gente se rir. Rir faz bem à sáude.

Mais um exemplo...

Aqui anda o Rui Santos disfarçado com pó de arroz??? Ou será o defensor da virgem ofendida???

tinham as melhores contratações

afinal a avaliação deste expert foi mal feita por incompetencia

Pela primeira vez concordo

Pela primeira vez concordo com Rui Santos. Faz-me confusão como é que o Sporting consegue fazer uma exibição de "tal categoria", que consegue no final do jogo em termos de estatisticas ganhar por muitos ao Rio Ave mas, depois no que é preciso, que é acertar na baliza, falharmos por muitos mesmos. Falta acertar no capitulo da finalização, em que Wolfswinkel nao tem estado bem. Para além disto, acho que Sá Pinto nao esteve bem ao colocar dois medios recuados frente a um Rio Ave a jogar com miudos de 19 e 20 anos. Devia ter colocado um meio campo muito mais ofensivo, pois via-se claramente que esta equipa do Rio Ave nao tinha muita organização de jogo, e como tal era facil arrancar uma vitoria desta equipa, mas nao, o Sporting fez a meu ver o mais dificil: perder contra uma equipa destas e, pior que tudo, perdeu em casa. Apesar de tudo isto, acho que temos um treinador com potencial e principalmente, com raça para poder dar a volta mas se nada mudar, vamos ter um ano igual ou pior que o ano passado(retirando a prestação na Liga Europa).

Saudações Leoninas

Concordo e não concordo...

Caro NCruz tem toda a razão em que falhamos imenso no capítulo da finalização e cada vez mais me convenço que por culpa do treinador, pois este deveria abordar mais esta temática nos treinos. Depois mais uma vez concordo nos médios recuados quando nós SCP deveríamos jogar com os médios muito mais subidos e mais ofensivos. Quanto a essa opinião do treinador, discordopor inteiro, nota-se a léguas que o Sá Pinto não tem dedos para esta guitarra. A cada dia que passa nota-se que ele é um treinador medíocre, é bom na motivação mas no mais importante é fraquíssimo, faz sempre as mesmas substituições e sempre ao mesmo. O Sporting está com problemas graves na direcção e na equipa técnica. SL

Tal pais', tal Sporting

Enquanto forem os clubes a servir os seus presidentes e nao o contrario, tal como na politica, nunca sairemos do marasmo e ostracismo. A responsabilidade do atutal estado de coisas, recai toda nos votantes, que aspiram a resultados milagrosos, sem perceberem que a construcao de uma equipa, demora anos, e so' depois se pode consolidar atraves de atitude honesta e profissional.
Fica aqui uma questao para quem tenha o minimo de bom senso; Quantos jogadores contratou esta epoca, clubes como: Real Madrid, Barcelona, M. United, Bayern de Munich Etc?

Man, uma mão cheia chega para as contratações, desses clubes e

são clubes, FALIDOS (sendo os mais ricos no panorama futebolistico)!!! LOL

Já cá no Condado Portucalense, os clubes nadam em dinheiro..., é o que se vê..., alguns até em falência técnica estão para vários exercicios económicos.
Mandei para apreciação um artigo das contratações de jogadores nas últimas 10 épocas/anos, vai cair para o lado, como é possivel este País de pobretanas, as centenas de jogadores e os milhões envolvidos em tal!!!

Uma VERGONHA...???!!!

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.