Madail ‘atira-se’ a Platini - agora é mais fácil, não é? | Relvado
Lead: 

Madail ‘atirou-se’ a Platini, depois do presidente da UEFA ter prognosticado uma final entre Alem

Gilberto Madail ‘atirou-se’ a Michel Platini, depois do presidente da UEFA ter prognosticado uma final entre Alemanha e Espanha.

Platini não é ingénuo nem os consumidores do futebol devem ser ingénuos, porque é na ingenuidade dos incautos que muitos ‘responsáveis’ assentam as suas patranhas.

Platini sabe o poder que tem. E sabe que as suas opiniões, em forma de ‘mero prognóstico’, podem gerar ‘bolsas de influências’, designadamente no ‘universo dos árbitros’.

Gilberto Madail tem razão de fundo: nem aqueles que se acham ‘todos-poderosos’ podem esquecer-se das funções que desempenham.

Aqui, no solo pátrio, os ‘responsáveis’ -- quando se dirigem ao público -- vestem a camisa que mais lhes convém. Platini também pode dizer que falou como ex-jogador ou como ‘homem do futebol’, e não como presidente da UEFA, mas esse é o argumento útil e irresponsável.

Enquanto presidente da FPF, e beneficiário de milhares de euros de ajudas de custo, Madail nunca teve a coragem que por ora parece querer exteriorizar. E talvez se tenha sentido ‘desprotegido’ por Platini. Acerto de contas? Se não é, parece. Estes ‘assomos de coragem’, quando são um oásis no deserto ou quando não correspondem a posturas de coerência, perdem significado. Agora é mais fácil, não é?

Mas repito: Platini sabe o que quis alcançar quando fez o ‘prognóstico’...

(Rui Santos escreve de acordo com a grafia do português pré-acordo ortográfico)

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Taxonomia: 
Rui Santos

Concordo com o Madail

Não sou suspeito acerca do Sr. Madail porque nunca fui grande admirador das suas qualidades enquanto presidente da FPF, mas neste caso concordo e sublinho plenamente a sua posição, mesmo se Portugal não estivesse já entre as equipas que disputam os quartos de final do Euro. Já relativamente à Champions deste ano, o mesmo Platini veio dizer que gostaria de uma final Barcelona-Real, que justamente não se veio a verificar.
Teorias da conspiração há muitas, e por mais que aqui escrevamos mundos e fundos, julgo que não temos dados para saber até que ponto o futebol é um desporto limpo, mas avaliando pelas decisões dos últimos anos de UEFA e FIFA, o futebol está cada vez mais podre e cheio de interesses sórdidos. Começando pela FIFA e as estranhas relações com o Qatar (país sem futebol ao qual foi entregue a organização de um mundial, onde por acaso Portugal já ganhou um mundial de sub-20), Rússia (potência em ascensão onde reina o crime e corrupção), e afins. Para quem não se recorda, até mesmo o Blater foi acusado (verbalmente) de corrupção pelo presidente da federação de futebol do Qatar. Estranho, hein!
Platini é outra rés, é um homem do futebol que foi subindo passo-a-passo, ganhando poder, até chegar ao que é hoje. Sou completamente contra as ideias de Platini, pessoalmente acho que cada vez que abre a boca pouco ou nada de interessante de lá sai. Desde terem acabado com a Taça das Taças, o novo modelo de Taça Uefa, até finalmente chegarmos aquilo que já começou a anunciar no ano passado - acabar com a liga Europa e passar tudo para uma única competição do género Europa championship. será que é interessante ver o Barcelona contra o FC Vorskla Poltava?
Quantos às arbitragens no Euro, Platini veio falar cedo demais, dizendo que a implementação dos 5 árbitros estava a ser um sucesso: Os Penaltis por assinalar contra a Espanha e o golo fantasma da Ucrânia, veio manchar a verdade desportiva: Será Espanha estaria a estar a hora a vangloriar-se da sua superioridade perante das restantes equipas??? Nunca iremos saber, mas passaria um bocado pior do que aquilo que passou ninguém poderá negar! Será que o Sr. José Maria Villar também tem dedo nisto???

Pois,

Agora atira-se ao Madail pq segundo consta já não se pode atirar em demasia ao conteudo das
garrafas de Chivas Regal...:-(

Completamente de acordo

Creio não deixar muitas dúvidas o propósito das declarações deste ex-presidente da FPF . Platini não o apoiou para a recandidatura do lugar que tinha na UEFA . Mesmo que não fosse verdade , mostrou ter falta de caráter , coragem e verticalidade aquando exercia essas funções .

"Borrou a pintura"!

Caro Rui Santos, estava finalmente de acordo consigo, no seu artigo anterior "Silêncios comprados...", e "desata a escrever", e tinha logo de "borrar a pintura". As afirmações do Madail são justas e racionais, a diferença? Madail hoje sente-se apenas mais liberto ou independente para fazer tais afirmações, elementar caro Watson?

Ou este artigo sobre Madail foi escrito pelo BRILHANTE Prof Flop Queiroz? Inclino-me mais para a velha, gasta e "bolorenta" versão "da porcaria da FPF", mas repito, ainda bem que a "porcaria da FPF" e estes jogadores, correram com o Prof Flop Queiroz, hoje estariamos a torcer pela Grécia ou pela Espanha neste Europeu!

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.