Cobardia sobre Proença impõe combate contra a impunidade | Relvado
Lead: 

Os árbitros têm um poder inusitado, absolutamente inadequado a uma indústria em que circulam milh

A agressão a Pedro Proença é um acto gratuito de cobardia, a todos os títulos condenável, que a todos deveria fazer reflectir.

A agressão acontece num sítio público, num centro comercial em Lisboa, onde o cidadão Pedro Proença se preparava – dizem as notícias – para jantar.

Quer dizer que o agressor, adepto do Benfica – segundo reportam, igualmente, as notícias – sabia das consequências que o seu acto lhe podia acarretar. O combate à impunidade é uma das tarefas mais prementes que se coloca às sociedades modernas, e não apenas, evidentemente, ao 'mundo do futebol'.

Fez bem o Benfica em condenar o incidente. Agora são as autoridades e os tribunais a terem de cumprir o seu papel. Estas agressões não podem ficar impunes. Aliás, esta agressão é mais um sinal da impunidade que grassa no País, a todos os níveis. Entre outras ameaças, todas no sentido do menos respeito dos seres humanos perante os seus semelhantes.

Uma Federação e uma Liga podem achar de somenos importância adiar a implementação das medidas que visam punir o arremesso de objectos para o(s) relvado(s). Entre a capacidade de alterar os regulamentos (endurecendo as penas) e a sua aplicação, um halo de preocupante ineficácia.

Se a polícia e os tribunais forem condescendentes perante diversas formas de violência, a sociedade corre o risco de se transformar numa 'selva urbana'. É preciso estugar o passo à lei do… ‘vale tudo’. Sem medo.

(Rui Santos escreve de acordo com a grafia do português pré-acordo ortográfico)

Rui Santos no Relvado 1 (fundo verde)
Taxonomia: 
Rui Santos

Jogo de interesses e influências

Qualquer agressão é condenável. Mas eu pergunto, porque é que quando houve a agressão ao árbitro assistente protaginizada por um sócio do clube do sistema(Benfica) em pleno Estádio da Luz (Sr Bigodes) não teve a mesma posição de condenação. Apoiou com o seu Presidente a servir de testemunha e colocou vergonhosamente o seu staff jurídico para defender o agressor, e nada aconteceu a este e ao clube do sistema(Benfica). Agora o que irá acontecer?

Rui Santos

Acontece ainda pior noutros paises.

Criminosos à solta, NÃO!

Há que de uma vez por todas colocar justiça para com este tipo de energumenos que andam por aí à solta.

De resto nem se compreende o porquêe de um adepto do Benfica fazer uma cena destas, já que é do conhecimento público que este mesmo árbitro há meia duzia de dias atrás prejudicou grandemente o adversário nº 1 do SLB.

3 grandes penalidades claarissimas não assinaladas a favor ddo FCC, é por demais gravoso para que possa ter passado despercebido.

Não basta ficar feliz só porque se ganhou o jogo, como que dizendo, tudo está bem quando acaba bem. Nada disso! Há que atacar pelos meios legais quem faz uma arbitragem daquelas prejudicando gravemente um dos clubes presentes em campo.

Gostaria de vêr o sr. ciclone

Gostaria de vêr o sr. ciclone a arbitrar o jogo se calhar não conhece as leis do jogo.
Criticar é muito fácil fazer é mais dificil.

Palavras, leva-as o vento.

Só acreditarei nas boas intenções da direção do Benfica se cassarem o cartão de sócio à azémola. Agora, se se ficarem pelas palavrinhas, não passa de ruído em cima do muito que cobre o futebol.

Profissionalização

De uma vez por todas, façam da arbitragem uma profissão. Chega de amadorismo.
Como pode um árbitro estar preparado para o futebol profissional, se treina apenas uma vez por dia com umas corridinhas à volta do campo??
Quer dizer, os jogadores têm treinos diários e bi-diários e depois entram em campo e têm que se sujeitar a um árbitro amador, muitas das vezes cometendo erros grosseiros por falta de preparação física e técnica!
O Futebol Português só irá evoluir quando a arbitragem for profissionalizada, para de uma vez por todas, os adeptos fanáticos se deixarem destas atitudes. Eu lamento, como é óbvio, mas tantos erros para o mesmo lado, quando se vê clubes a estarem envolvidos em actos ilícitos e sem qualquer tipo de penalização, portanto, profissionalizem a arbitragem, para se acabar de vez com o amadorismo e possíveis suspeitas.

O sr, Rui Santos não atina...

É evidente que o futebol é uma indústria de milhões, mas a arbitragem não tem culpa disso...

O futebol resolve-se com golos e os golos são um bem escasso, (tal como o dinheiro, nos nossos dias), esse é o problema. Podemos é claro, com o meios apropriados prevenir o fora-de-jogo mal assinalado e esclarecer a bola que entra ou não entra - mas ficam de fora dezenas de situações em que prevalece a subjectividade do árbitro...

Podem ser mudadas algumas das regras, par haver mais golos e atenuar o peso daquele subjectividade (que não é tão evidente em outras modalidades) mas pouco mais se irá conseguir com outros meios.

O que me dá vontade de rir é esta frase: "As suas decisões(dos árbitros), boas e más, são pouco ou nada escrutinadas.". O sr. Santos com certeza não vê televisão e aqueles programas "desportivos" em que parte substancial do tempo é dedicado a passar uma e outra vez os "casos da semana" ao ralenti, sem que por vezes os intervenientes se entendam quanto a saber se a decisão do árbitro foi boa ou má!

Estes programas, conduzidos frequentemente por gente que não conhece as regras do jogo e que no futebol reage "ao cheiro", demonizam, na realidade, os árbitros junto dos adeptos do clube "prejudicado". E, se em Portugal ninguém conhece Jorge de Sena ou Nuno Gonçalves, toda a gente conhece o Lucílio, o "Gel" Proença e o João "Pode Ser" Ferreira... Ponham-se portanto a pau!

Talvez fosse bom que algumas pessoas vissem ou revissem o sr. Brian Clough a falar deste tema (vejam do minuto 4 em diante e tenham paciência mas não estou para formatar o link):.
http://www.youtube.com/watch?v=oqAZsoF-ghw

Qualquer agressão é lamentável

mas convém, antes de mais, de não distinguir esta agressão se a mesma for do foro privado de Proença e não tiver nada a ver com a sua posição de árbitro de futebol com tantas outras que, infelizmente, ocorrem no dia a dia.

Se a agressão tiver origem na base da posição de Proença enquanto árbitro, a situação é um pouco diferente, tanto mais que não ocorreu no calor de um jogo, pois se assim fosse agredir um árbitro, um adepto ou um jornalista é exactamente igual. Nesta caso pode até haver premeditação e isso agrava a moldura penal. Creio que este individuo deve ser punido, mas não exemplarmente, porque as leis fizeram-se para serem cumpridas e não há na lei nenhuma menção a moldura penal exemplar. Quando ainda esta semana a um violador não foi aplicada a medida de prisão preventiva, está tudo dito.

Esta é a última vez que escrevo neste espaço do relvado, dado que o Sr. Rui Santos não se digna a responder a um ou outro comentário dos users, o que revela a sua total indiferença para a sua opinião.

É um sinismo o que se está a

É um sinismo o que se está a fazer em redor de todo este caso do Pedro Proença!!!É pena os clubes em situações bem mais graves que estas não fazerem o mesmo, como foram no ano passado os actos vergonhosos que aconteceram na luz e no dragão......a questão é que este tipo de agressões resulta dos incitamentos extremistas praticados pelos presidentes dos clubes incutindo a rivalidade facciosa e exacerbada, pois são estes (presidente do Benfica e do Porto) os principais causadores destes actos que vêm para a comunicação social repugnar e esqueçem-se que são eles que provocaram tudo isto.

Vai curar a dor de dentes a sombra da bananeira

Todo e qualquer tipo de violência é de criticar, seja qual for o seu clube.
É certo que o Sr. Proença tem andado em campo nos últimos anos a delapidar o Benfica de pontos pelos quais lutou. Enquanto que o Sr. Proença descansa a sombra da bananeira, os adeptos do Benfica lamentam-se do péssimo trabalho feito por esse senhor, que tem afastado o Benfica dos títulos e disputa de outras provas, beneficiando sempre o mesmo clube.

Mas nada justifica a agressão, o Sr. Proença devia ser julgado pela sua péssima actuação na tentativa de ser o arbitro (imparcial) de um jogo de futebol. Mas se esta agressão foi cometida, como se diz, por um adepto do Benfica, pela qual foi detido e será julgado, não é uma agressão cobarde, pois deu a cara, não é impune e irá assumir as responsabilidades pelo que faz.

A agressão é considerada um acto cobarde, mas cobarde são aqueles que :
- atacam em grupo, de cara tapada e de impunes a comitiva do Benfica e dos seus adeptos
- atiram sem serem punidos, bolas de golfe aos jogadores do Benfica, durante o jogo
- são pagos para escrever noticias a denegrir a imagem do Benfica e provocar a discórdia no seio do plantel
- andam durante anos a atacar o Benfica, apenas porque tem antigas contas a ajustar com o presidente LFV.

Será que esse Sr. Proença vai levar tantos pontos quantos os que já tirou ao Benfica ?

Eu Acrescentava...

...a emboscada a uma equipa de Hóquei Patins do Futebol Clube do Porto, do qual resultou traumatismo crâneano a um jogador (agressão com taco de basebol).

...assassinato de um adepto de outro clube (Sporting) numa final da Taça de Portugal.

...invasão de campo e agressão a um fiscal de linha no estádio da Luz.

...incendiar autocarros de adeptos do Futebol Clube do Porto.

...apedrejamento de autocarro do Clube e carro do Presidente do Futebol Clube do Porto.

...claques ilegais

.....agressaõ a um árbitro num centro Comercial em Lisboa.

.....

Não são outros quinhentos

é curioso que todos os factos indicados, que são totalmente lamentáveis e de condenar (justiça em cima deles), mas que com mais ou menos gravidade foram cometidas pelo clube associado a corrupção. Agressão a adeptos, apedrejamento da comitiva do clube, navalhadas, agressões a árbitros, agressões a treinadores, agressões a jogadores, agressões a jornalistas, ...............

Devem ser ignoradas ? Ou devem ser igualmente condenadas ? Não existe diferença nenhuma. Justiça em cima de todos esses casos. Quem não gosta de futebol, que apenas vá ao estádio para praticar vandalismo, deve ser corrido do estádio (Já existem leis para isso).

Agora, não são esses actos de vandalismo, que podem branquear as ajudas dadas pelos árbitros ao clube da fruta. Em tudo se exige justiça, transparência e que as leis sejam respeitadas.

Agredido por um adepto do Benfica.....???????

Frase mais rídicula.....
Como é que sabem que determinada pessoa é adepta do Benfica? Podem-me explicar?
Será que o agressor antes de lhe dar as cabeçadas informou-o que era adepto do Benfica?
Ou Mostrou-lhe antes o cartão de Sócio?
Lembrem-se que até o nosso presidente já foi sócio do fcp....(cavalo de Tróia - Esta é só para os mais inteligentes...lol)

Boa noite, Na minha opinião

Boa noite,
Na minha opinião esta agressão, foi mais a nível pessoal.... qualquer desentendimento entre estes dois senhores, porque não vejo motivo, nesta altura do campeonato para tal agressão, se tivesse sido quando este senhor apitou no dragão e marcou um penalty contra o SLB (simulação de lisandro lopez) ainda tinha alguma justificação, embora sendo sempre de condenar tais atitudes.

Árbitro Pedro Proença agredido à cabeçada por adepto benfiquista

O individuo foi identificado e há testemunhas que o conhecem. Para quê então tentar dissimular e tapar o sol com a peneira dizendo que poderá ser ou não um adepto benfiquista e que não há certezas e BLA-BLA-BLA.
E`um adepto benfiquista sim. O que me leva a pensar se isto não faz já parte da estratégia do Benfica para a próxima época, a intimidação dos árbitros pela violência.
Agora pensem?!!!

Árbitro Pedro Proença agredido à cabeçada por adepto benfiquista

Enfim o que dizer disto, só há uma coisa a fazer é condenar e punir o responsável por isto.
Agora, toda a gente viu e há testemunhas de que foi um adepto benfiquista que perpetuou a agressão. Não sei como há pessoas que vem para aqui com teorias de que era um adepto portista disfarçado de benfiquista. Rio-me de tal cegueira e idiotice, simplesmente porque seria uma nódoa ou uma falta grave para qualquer portista, a de fazer-se passar por um adepto de tal clube. Querem teorias da conspiração? Ouçam esta!
Depois de um ano em que não ganharam nada, depois de terem prometido mundos e fundos aos adeptos benfiquistas, em que foram humilhados no seu próprio terreno em que viram o FC Porto distanciar-se cada vez mais em títulos internacionais e nacionais, em que a IFFHS coloca o Porto como o terceiro melhor clube do mundo e ao Benfica atribuem um 41 lugar. Assim todas as mentiras começam a cair por terra e a frustração e inquietação apodera-se dos adeptos benfiquistas e da sua direção. Em desespero e com medo de terem mais uma época de terror como a de 2010(2011, tentam já condicionar a arbitragem através destes actos violentos.
Poderia ser uma boa teoria não?

Arbitragem

Fui durante 25 anoos árbitro, e sei o que isso custa,a ignorancia e a falta de formação de certas pessoas, que deveriam ser banitas das bancadas do futebol, e neste caso presos com uma pena bem pesada.
Parra Casimiro

A verdade

É que nenhum clube ou istituicao devia sair impune de barbara atitude.
TODOS deviam intervir TODOS deviam ententder que nao é um ato de um tipo de um clube é pela pornografia que o futebol portugues se tornou e a anarquia que o futebol portugues vive que fazem tipos de tao pouca inteligencia ter este tipo de atitudes por mim a UEFA devia tomar uma atitude em relacao ao futebol Portugues como uma troika.

Negligenciando!?

Diversas investigações em biologia demonstram que um batráquio colocado num recipiente sob a mesma água de seu habitat natural (lago), fica imóvel durante todo período em que a água é fervida. O batráquio não reage ao gradual aumento de temperatura (do ambiente) e falece quando fervida a água. Inchado e feliz!
Porém, outro batráquio colocado sob o mesmo recipiente com a água já fervilhando, salta de imediato para o seu exterior. Meio fervido, porém ainda vivo!
Por vezes somos batráquios escaldados. Não compreendemos as mudanças. Pensamos e estamos em plena serenidade, ou imaginamos que o mal acabará por passar – é só uma contenda temporal!
Estamos prestes a falecer, contudo, continuamos flutuar, firmes e imperturbáveis, numa água que se aquece a cada minuto. Acabamos por falecer, inchadinhos e felizes, sem termos compreendidas as vicissitudes em nosso redor.
Os batráquios queimados não apreendem que para lá de sua eficiência, também precisam de ser eficazes (agir correctamente). O repto maior, está na humildade enquanto acto de consideração pelo pensamento do próximo.
Há batráquios queimados que ainda crêem que o fundamental é a obediência, e não proficiência (habilitação): manda quem pode, obedece que tem juízo. E nisso tudo onde está a realidade?
É melhor sair chamuscado de uma conjuntura, mas vivos e habilitados para agir com competência.

Saudações

Concordo com o Sr. Rui Santos

Concordo com o Sr. Rui Santos e sou mais objectivo ainda noutro factor que leva á violência. Quando os árbitros Duarte Gomes e João Ferreira usam de um certo autoritarismo "protegido" pelo apito, a coisa pode-se tornar mais feia ainda. Quando tem que partir dos desportistas, dirigentes, árbitros,...o exemplo e o não inequívoco á violência, eis quando assistimos um Duarte Gomes ou um João Ferreira a provocarem alguns desportistas! Duarte Gomes já o havia feito em Alvalade e depois fez no Dragão...a forma como ele vai ao encontro com o Belluschi é provocatória, e a coisa não descambou porque o Belluschi ficou-se pelo estilo "luta de galo". Nas imagens é nitido que o Duarte Gomes caminhava para um lado, e depois de ouvir Belluschi fez aquela cara de mauzola e vai ao encontro do Belluschi. Inicialmente não é Belluschi que o provoca, mas sim o contrário, e quando assim é, estes árbitros não tem lugar no desporto! O outro caso é o do João Ferreira na Supertaça Candido Oliveira do ano passado frente ao benfica, em que perante o pedido de explicações do Álvaro Pereira, por o árbitro não ter expulsado o Aimar, ou pelo menos o amarelo, João Ferreira, inadmissivelmente amarra o Alvaro Pereira pelo pescoço! Eu pergunto o que lhe aconteceu? Ficou 1 mês sem arbitrar. E se o Álvaro tivesse respondido á agressão? Ficava 1 ano suspenso? E se fosse o Álvaro a amarrar o árbitro pelo pescoço voluntariamente? Ficaria 2 anos suspenso? 3 anos? Felizmente para o Porto, o Álvaro e o Belluschi não responderam á letra pelas provocações que foram alvos, mas que alguns deveriam parar para pensar na sua forma de estar no futebol, isso deviam!

Foi pago pelo Porto

Aonde isto chegou... As guerras entre os clubes dá nisto pá... o gajo foi pago pelo fcp para dizer que era do slb !!!

pois

se calhar é o Porto que lhe paga o cartao de socio á nao sei quantos anos do benfas, nao otario? eu posso fazer como voces fizeram com o vice do benfas, que disseram que foi agredido a mando do Porto e que curiosamente ainda nao apresentou queixa, dizendo que este gajo foi mandado pelo benfas e trata-se de pura coação, uma vez que o proença disse em voz alta para o gajo parar que era do benfas, e é verdade, é socio do benfas á muito e espoliou 3 penaltis ao Porto na supertaça. justiça justiça era dar a este arbitro a eusebio cup pelo que ele tem feito pelo benfas.

e tu ?

foste pago por quem para escrever esta estupidez ?

O Sr Rui Santos em vez de...

se preocupar com as novas tecnologias no futebol deveria ter perdido mais do seu tempo para pressionar para a criação de um tribunal do desporto. É óbvio que todo este tipo de situação é devido à classe dirigente com responsabilidades que de alguns anos para cá tem promovido esta situação de ódios com a declarações e provocações habituais de ódio que levam o adepto comum a este extremo. E os bois tem nomes:
Pinto da Costa: ao longo dos seus 30 anos de presidência foi sem qualquer duvida o principal provocador e agitador de massas com o seu discurso bacoco, refugiando-se num regionalismo inexistente em Portugal para obter todo o tipo de benificios à conta de um sucesso mais do que duvidoso como confirma o caso Guimaro, Calheiros, apito dourado, etc...
Valentim Loureiro: uma das cabeças da medusa e um dos exemplos da falta de escrúpulos desportivos. Em qualquer país civilizado estaria preso por mais de 10 anos.
Vale e Azevedo, Fernando Martins e Damásio pela falta de dignidade demonstrada no exercício dos seus poderes confrontando os seus rivais da forma mais vil e cobarde!
José Roquette e Dias da Cunha pela falta de capacidade de resolução dos problemas do futebol em Portugal pelo simples facto de em certo período da sua presidencial se terem pensado que estrategicamente o Porto seria o parceiro ideal para a solução de todos os problemas quando já todos sabíamos quem era PC e seus capangas e como se viu nos anos do "sistema".
Sucessivos presidentes da FPF e da LPFP pela forma como tem metido o futebol num buraco maior pela incapacidade como lidaram com o apito dourado ou os problemas nos túneis e afins.
José Eduardo Bettencourt: a face visível da incompetência tanto na gestão do próprio clube mas principalmente na gestão externa do clube onde não teve a inteligência para justificar a saída de um símbolo do Sporting promovendo uma onda de ódio que poderia ou poderá ter ainda episódios de violência, depois de lavar as mãos que nem Pilatos.
E finalmente Vieira, um aprendiz de PC apanhado em escutas e que promove uma claque ilegal e com grande parte de seu nucleo duro nos calabouços de Campolide e onde devido ao seu discurso a roçar o violento analfabeto tem criado esta mentalidade benfiquista do conflito quando são apenas reverso da mesma moeda.
No fundo seria um tribunal desportivo, dedicado e dirigido apenas e só para estas situações e também para a grave questão do doping que se criaria um maior sentimento de verdade que teria claramente dividendos no resultado final da verdade desportiva. Enquanto se manterem estes pintos da costas e vieiras sem qualquer tipo de controlo e regulação haverá sempre quem interprete estas aberrações de forma factual e que gajos como o Proença, de certa forma vitimas destas bestas, sejam sempre vitimas fáceis de todos e quaisquer actos censuráveis e condenáveis.
Saudações Leoninas

Concordo com tudo o que escreveu, mas...

quase que acaba por desculpabilizar a azémola do CCC (o agressor) que, afinal, é maior e, com certeza, vacinado.

Amnésia selectiva

Até estou inclinado a concordar em tese com o que escreve, mas e aquele moço de farto bigode que foi para África a modos que algo "apressado".......

...devido aos problemas com a

...devido aos problemas com a justiça que tinha na sua actividade profissional de despachante. É que isso da amnésia selectiva é algo que não me assiste.

Caso de Policia.....ou talvez não.

Todos temos telhados de Vidro.
Pedro Proença já veio a terreiro proclamar-se adepto confesso do clube seguido pelo seu agressor. Como tal não vejo motivação desportiva para a agressão. O mesmo árbitro já deu até provas em campo da sua costela benfiquista pelo que, a existir um motivo desportivo para a agressão, esse só pode ser ora porque prejudicou os seus rivais menos do que era esperado ou porque beneficiou o SLBenfica menos do que lhe fora pedido.
Sou por isso daqueles que acreditam mais terem existido motivos pessoais para este acto que não deixo de intitular de covarde e gratuito.
Mas estas pessoas que gravitam à volta do Futebol sujeitam-se a este tipo de coisas. Para atingir determinado fim vendem-se e quando chega a hora de pagar, depois de mostrarem sinais exteriores de riqueza e de ostentarem a sua vaidade, esquecem-se daqueles que os fizeram ascender na sua vida pessoal. Quem nos garante que o agressor não é mais um do séquito de LFV, como aquele que fez uma "esperinha" no Aeroporto ao agente daquele ex-guarda-redes do Vitória de Setubal que muitos quiseram indicar como potencial reforço do FC Porto?
O que terá ficado Pedro Proença a dever à nação benfiquista para ser agredido por um dele(s)?
Para não variar isto vai ficar em aguas de bacalhau pelas nossas Autoridades e nunca chegaremos a saber as verdadeiras motivações por trás deste episódio.
Siga a Marinha !

Ao contrario do que têm

Ao contrario do que têm comentado, penso que o Benfica fez bem em condenar este acidente publicamente.
Infelizmente vivemos numa sociedade onde "Grupos Organizados" formam-se cada vez mais em claques desportivas. O comportamento deste jovem delinquente, infelizmente, pode ser o exemplo para muito outros.
As equipas Portuguesas devem condenar qualquer acidente deste tipo em prol do desporto.

Simplesmente deplorável.

Agora gostava de saber o que está a acontecer neste momento e quais as sanções que os nossos "bons" juízes vão aplicar ao energúmeno que cometeu tal acto de desumanidade! É que as notícias que se apressaram a relatar o caso, nunca referiram o que aconteceu ao individuo, ficou detido pelas autoridades, vai ficar preso, ou mais uma vez, vamos ter um juíz de instrução criminal com a habitual benevolência para com estes criminosos? Por aquilo que se tem visto, inclino-me mais para a segunda hipótse. Não tarda nada, aí está o fulano a beber uns copos com os amigos e a gabar-se do feito! E é claro, que provavelmente se sente com toda a legitimidade para a seguir "aviar" outro!

É assim mesmo..

Oh amigo, se o senhor agredir o vizinho do lado, sabe o que lhe acontece??.. Nada, o seu vizinho apresenta, se apresentar queixa por ofensas corporais e o quadro penal não é muito rigido quanto a isso...e imagine que por acaso tem vestida a camisola do Barcelona!!... Tungas, interditem o estádio do Barcelona!!???

Então e os outros?

«Fez bem o Benfica em condenar o incidente». Só o Benfica deve condenar o incidente ? 'Então e os outros ? A violência é um problema que só diz respeito ao Benfica ?

Pedro Proença

Fica bem ao Benfica?!?!.. talvez não!!..Porque ficamos com duas impressões: primeiro, o fez porque o arbitro é adepto do Benfica, e em segundo, porque sabe que o mesmo arbitro prejudicou o Porto claramente. Ficaria bem ao Porto, porque foi prejudicado no ultimo jogo apitado pelo Pedro Proença. Ao invés não fez nada e isso é pactuar com o agressor!!! Logo..
E depois, pune-se os clubes porque os adeptos mandam objectos para o relvado??.. Mas que culpa tenho eu que um energumeno mande objectos para o relvado?? E depois?? Sou eu que não posso ver o próximo jogo num lugar que paguei para todos os jogos???
Isto é um problema civil, meu caro e não um fenomeno desportivo.

"Ficaria bem ao Porto, porque

"Ficaria bem ao Porto, porque foi prejudicado no ultimo jogo apitado pelo Pedro Proença. Ao invés não fez nada e isso é pactuar com o agressor!!! Logo.."

Como? Desculpa que te diga mas tentar colar o Porto a este acto deplorável é além de malicioso, disparatado.

Ficaria bem ao Porto porque..

Porque apesar de tudo, foi agredida uma pessoa do Futebol e como tal deveria, do meu ponto de vista, ficar do lado da "vitima", não é disparatado, não é malicioso e muito menos é tentar "colar", no sentido de responsabilizar, o Porto.
Seria desta forma que os socios, os adeptos e as pessoas reconheceriam que não são inimigos, mas apenas adversários.

Colar o Benfica

a este mesmo acto deplorável, é igualmente malicioso e disparatado.

O Benfica pelas chamadas de

O Benfica pelas chamadas de atenção da própria ERC, em relação aos conteúdos da Benfica Tv, tem muito mais a fazer para acalmar os ânimos em torno do futebol, do que simplesmente um mero comunicado, que vale o que vale quando não vai de encontro às acções praticadas!

Com o devido respeito

Acho que esse metodo irrepudiavel se eh que realmente o fazem (nao vejo esse canal embora ja tenha visto essas decraracoes por aqui mais vezes).

Mas nao achas que um adepto de um outro clube qualquer poderia ter vestido a camisola do benfica dado umas cabecadas no arbito, so para que o clube Lisboeta entre em problemas?

Ha realmente provas quem eh este agresor? Se sim condena-se o individuo e mete-se o mesmo numa jaula, senao poderemos estar aqui a especular uma noite inteira e nao chegar a lado nenhum. Eh que quando se entra no campo sa suposicoes isto da pano para mangas, e que mangas.

Para mim um problema ainda maior eh sabendo que as provas existem e entertanto nada eh feito. E olha que nao eh so do futebol que eu falo.

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.