Treinadores devem ter carta branca? | Relvado

Treinadores devem ter carta branca?

 

Shore Veiga diz: "na época passada
Paulo Assunção não teve possibilidades de mostrar o seu valor no FC Porto por
culpa de Del Neri que incrivelmente não viu nele qualidades e foi afastado do plantel. Nesta época, Co
Adriaanse, depois de alguns jogos para esquecer, resolveu apostar no trinco com resultados bastante positivos, o que prova que Pinto da Costa tinha acertado quando o foi buscar ao Nacional. Também existem casos em que os presidentes obrigam os treinadores a aceitarem os jogadores como aconteceu quando Mourinho chegou ao Porto e quis dispensar Ricardo Carvalho. Que fazer nestes
casos? Os presidentes ou se quiserem as SAD's devem dar razão ao treinador, mesmo que não concordem, tirando o jogador do plantel ou devem obrigar o treinador a recuar?"

FC Porto:

Comentários [24]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Eu acho que os treinadores devem ter carta...

Carta de treinador habilitado para treinar na primeira Liga! Coisa que alguns, não têm e como tal infringem os regulamentos...

Re:Eu acho que os treinadores devem ter carta...

Estarás a falar do Carlos Pereira?

Re:Eu acho que os treinadores devem ter carta...

É pá, nada me move contra o Carlos Pereira ou o Paulo Bento, os quais até admiro, diverte-me é que um clube com princípios tão distintos, se veja na circunstância de inscrever um treinador como adjunto e vice versa...

A vocês que tanto primam pelo cumprimento dos regulamentos, não vos custa ver isso?

A não ser que afinal não exista nenhuma ilegalidade e seja eu que não estou devidamente eslcarecido, já agora agradecia a tua ajuda. É que no Andebol por exemplo, eu como técnico de Nível II, posso (pelo menos dantes podia-se) ir para a Primeira Liga, desde que me comprometa a realizar todos os testes e acções de formação que se realizem, para atingir o Nível IV ou V necessário...

Vem nos Regulamentos

Exacto!

Vem isto escrito nos Regulamentos... basta ir verificar no site da Liga (eu fiz o download de três regulamentos para poder consultar quando necessário):

- Todos os treinadores que possuam um determinado nível de
habilitação, conforme Regulamento de Formação de Treinadores de
Futebol da F.P.F., e que manifestem documentalmente a sua
vontade de se inscrever no curso relativo ao nível seguinte, poderão
ser inscritos como se efectivamente já o detivessem.

- Tal inscrição deverá ficar suspensa caso tais treinadores não
venham a inscrever-se e a frequentar o referido curso, quando o
houver, na área do seu domicílio profissional.

- Todos os treinadores que possuam um Certificado de Habilitação
idóneo, como treinador, devidamente emitido por uma Federação
filiada na FIFA, deverão ser reconhecidos como tal pela Liga
P.F.P..

- Compete à Comissão Executiva a análise e deferimento, caso a caso,
das situações previstas nos números anteriores.


Como vês... não há nenhuma ilegalidade... mesmo que o Paulo Bento fosse inscrito como treinador principal! E cada caso pode ser analisado separadamente de qualquer outro...

Mas o SCP pode ter preferido inscrever o Carlos Pereira para evitar "lamúrias, queixas, perdas de tempo e chatices". E como podem estar um treiandor e um treinador-adjunto (em vez de um delegado) no banco... "problema resolvido"!

O Sporting preocupa-se com a legalidade... mas este está muito longe de ser um problema sério do nosso futebol! Não é isso que vai alterar a verdade desportiva, por exemplo! :)

Cumps

Re:Vem nos Regulamentos

Nesse caso, acho que o Paulo Bento deveria ser inscrito como treinador principal, mas isso é mesmo uma questão de promenor...

Só um reparo

Apenas um pequeno grande reparo: Paulo Assunção foi para o F.C.Porto apenas para evitar que o jogador joga-se no Sporting.

Mais, "segundo reza a história", o Nacional e o Sporting já tinham um pré-acordo estabelecido para o venda do jogador, mas éis que o "todo-poderoso" Pinto da Costa sobrepõe-se a todos, e resolveu intrometer-se neste assunto.

Para ajudar, temos que o presidente do Nacional é um homem sem palavra nem personalidade, que preferiu dar o dito-por-não-dito (leia-se, faltou à sua palavra) e resolveu vender o jogador ao F.C.Porto.

O Sporting "chamou a atenção" do sr. eng. Rui Alves de que existia um compromisso assumido com o Sporting, e que o Sporting estava a cumprir com tudo o que estava estabelecido, faltando apenas a entrega do valor acordado e a assinatura final do contrato. Mas na sua magnificiência, o sr. eng. presidente do Nacional disse que fazia o que queria e que o Sporting agiu de má fé !?!?

E o Paulo Assunção era tão desejado pelo F.C.Porto, que Pinto da Costa nem as boas-vindas lhe deu, dispensando-o imediatamente para um clube grego.

Essa é a verdadeira história do Paulo Assunção. Não se trata de uma casmurrice de DelNeri, mas sim uma atitude pouco digna de dois presidentes sem escrúpulos.

Saudações leoninas

Thy NightWolf

ok...

...deste a versão leonina, onde está a garantia que é a verdadeira?...tambem conheço uma versão diferente.Mas não vou voltar a mexer num assunto que esta encerrado.

PS: No Sporting, já trabalham ao fim-de-semana ou ainda não?

Então toma lá mais uma versão Tito...

A verdadeira história

O Sporting, através das vias normais e devidamente representado, apresenta uma proposta ao Nacional da Madeira para a aquisição do passe de Paulo Assunção. O Nacional aceita e o negócio torna-se público.

Entretanto, aparece António Araújo, dito empresário de futebol e sócio de Reinaldo Teles em actividades "diversas" na cidade do Porto. Mas Araújo não é só empresário de Paulo Assunção: é empresário, segundo se diz, de uma série de brasileiros futebolistas e brasileiras para futebolistas da Região Autónoma da Madeira.

De seguida, o Sporting, que chegara a acordo com o Nacional e com o ... jogador, embica com as sucessivas - ao jeito Tomasson - exigências de Araújo, que demonstra ter um poder extraordinário sob ... Paulo Assunção.

O jogador, assim, vê-se obrigado a assinar com o Porto, juntando-se a dois jogadores que, da Madeira, se mudaram para as Antas, sempre com o mesmo empresário a intermediar: Pepe e Rossato.

Rui Alves, o "quinhentinhos", Presidente do Nacional e proprietário de um negócio igual ao negócio de Araújo e Reinaldo, em pleno centro do Funchal - "Fugitivo" de seu nome -, junta-se a Pinto da Costa e Reinaldo Teles, no Porto, proclamando inocência e acusando o Conselho de Administração do Sporting de incompetência. Entre outras banalidades, disse: "é um facto que chegaram a acordo comigo! Mas, primeiro e como fez o Porto, deviam ter chegado a acordo com o jogador ou o seu empresário!". Isto é, na opinião do candidato a Presidente da Liga, actuar de forma ética é atacar o jogador, fazer-lhe a cabeça e, no fim, chegar a acordo com o clube...

No meio disto, o Sporting decide desistir da contratação de Adriano. Como é óbvio, não conseguiram, seriamente, encarar Rui Alves. Nem os bons ofícios de Peseiro, perfeito conhecedor dos "metideros" nacionalistas, conseguiram convencer os administradores do Sporting a fecharem os olhos à situação. Peseiro bem sabia o que dizia: com Adriano tinha sido campeão e ganahava a UEFA, isto, está claro, se tudo corresse de feição...

Adriano terá sido o grande responsável? Em parte foi. "Devia ter aceite Araújo como empresário", dizem-nos conhecidas personalidades madeirenses. Hoje estaria noutro lugar - talvez no Porto? - e não de volta a casa. Mas Adriano tem tanto de bom jogador como tem de inteligência. Não passou procurações nem deu familiares em garantia... E eu que tanta força fiz para que viesse para o Benfica!

PS 1 - Araújo, Pinto da Costa e Rui Alves hão-de encontrar-se algumas vezes mais. Se tudo correr bem, será na sala de audiências do Tribunal Criminal de Gondomar. Todos são arguidos do apito dourado, sendo que Araújo é o angariador de cacau, café, leite, bananas e afins, produtos bem apreciados pela arbitragem nacional.

PS 2 - Lembram-se do que é que Alberto João Jardim disse na véspera de uma decisiva assembleia geral do Marítimo? A verdade é que depois de uma conversa com o verdadeiro dono da Madeira - não é Ramos, nem Berardo, nem Pestana, nem nada que se pareça e também é arguido do "apito dourado" -, Jardim fechou a matraca. É que ainda há quem o cale!

NB - uma nota de alegria: Vieira, o Presidente do Benfica, sempre se recusou a negociar com Rui Alves. Mesmo quando teve tudo para contratar Adriano e Rossato, negou-se a pagar comissões e afins. Negou-se, do mesmo modo, a negociar jogadores dentro de casas de putas, que, ao fim e ao cabo, são as não rameiras em negócios de rameiras.

Já agora uma curiosidade: Rossato, nessa época, foi para San Sebastian e Paulo Assunção para Atenas. Quanto pagaram - e a quem pagaram - Real Sociedad e o AEK Atenas - se bem que neste caso houve empréstimo -, pelos passes?

in ndragheta

Re:Então toma lá mais uma versão Tito...

clubite aguda

Re:ok...

Claro que trabalham. Vais ver o fruto desse trabalho mais logo no Bessa :)

Saudações leoninas

Thy NightWolf

P.S. - não queria desenterrar o "caso" Paulo Assunção, mas também o que foi escrito aqui sobre a sua ida ao F.C.Porto não é verdade.

Re:ok...

Pergunta isso ao Paulo Assunção, que deu uma enterevista "praticamente" como jogador do Sporting! :)

Para mais... a "palavra dada" só serve de segunda a sexta?

O que sabemos é que, à conta disso, o Sporting ficou sem o Assunção... e sem o Paulo Adriano! :)

Cumps

Carta branca...

Como os tempos mudam!...
Antigamente dizia-se "carta de alforria"!!!

Nem o Seleccionador nacional

Nem o Scolari pode convocar todos os jogadores, pois, segundo uma história bastante difundida, não pôde nem poderá convocar o Baía, porque este foi testemunha abonatória do António Oliveira no processo judicial contra a Federação Portuguesa de Futebol.

Os treinadores quando chegam a um clube têm que trabalhar com o plantel estabelecido pelo clube. Muitas vezes os clubes dão abertura ao treinador, para que escolha ou indique mais alguns jogadores. Outras vezes o treinador opta por afastar alguns jogadores e para isso tem poderes. No entanto, não tem plenos poderes, mesmo porque o seu cargo está sempre em risco e os casos em que o treinador cumpre o seu contrato até ao fim são raros. Por isso ficaria inviável o clube ceder a todos os gostos dos treinadores sempre.

Outra razão é o facto de que os bolsos dos administradores muitas vezes "coçam" e daí sempre cai bem comprar e/ou vender um jogador aqui e ali para que possam enriquecer, muitas vezes ilicitamente, com as comissões nas transferências (quanto a isso é claro que não há provas, pode até ser folclore, mas é o que se diz que ocorre...). Nestes casos, o treinador por vezes termina por ser um "bode expiatório" para quando as coisas dão errado. Os adeptos ficam com a falsa impressão de que o treinador escolheu os jogadores (às vezes muito ruins), quando na verdade muitas vezes não têm quase nenhum poder nas contratações. Quem não se lembra na última época quando entraram e saíram vários jogadores e logo em seguida o Fernandez foi demitido?

Re:Toma lá um interessante virtual

Referes coisas importantes.Os treinadores na maioria das vezes não escolhem os jogadores..

Etc..

Off Topic: Quero que esse labrego do noko

...venha agora falar em verdade desportiva;

19' Auri faz falta merecedora sobre Jorginho na área do Setúbal?

JORGE COROADO

19' Ao tocar no pé esquerdo de Jorginho no interior da área de grande penalidade e sem jogar a bola, Auri fez falta merecedora de grande penalidade que o árbitro, perto da jogada, assim não julgou. A falta era apenas e só merecedora de sanção técnica.

SOARES DIAS

19' Era grande penalidade contra o Setúbal, porque Auri derrubou Jorginho. Lance passível de grande penalidade que o árbitro não assinalou.

ANTÓNIO ROLA

19' Jorginho, dentro da área de grande penalidade, foi rasteirado por Auri. Grande penalidade contra o Setúbal que ficou por sancionar.

ROSA SANTOS

19' Um lance em que o árbitro António Resende errou, pois Auri fez falta para grande penalidade sobre Jorginho.
---------------------------------------

82' Ricardo Chaves devia ter visto cartão vermelho, em lugar do amarelo exibido, por falta sobre Ivanildo?

JORGE COROADO
82' Ricardo Chaves projectou-se de alguma distância com o pé direito firme, atingindo Ivanildo com a sola da bota na curva do pé. Devia ter sido considerada entrada violenta e punida com cartão vermelho.

ROSA SANTOS
82' A falta de Ricardo Chaves sobre Ivanildo era merecedora de cartão vermelho e não de cartão amarelo.

SOARES DIAS
82' O árbitro mostrou cartão amarelo mas devia ter mostrado cartão vermelho, porque Ricardo Chaves atinge Ivanildo com a sola da bota

ANTÓNIO ROLA
82' Sendo uma entrada perigosa sobre o adversário e tendo em conta a boa condução do jogo por parte do árbitro, aceita-se a exibição do cartão amarelo.

Re:Off Topic: Quero que esse labrego do noko

Quando um comentário apelida outro relva de labrego no título e é moderado com oportuno, acho que está tudo dito...

Re:Off Topic: Quero que esse labrego do noko

Claro e isso é tudo o que interessa do off-topic ne?

clap clap clap!

Continua!

Relatividade pura

Por vezes erras por vezes não.

Mourinho queria dispensá-lo,posteriormente levou-o para o Chelsea Fc.

Irónico..

Abraços

Re:Relatividade pura

É verdade! Até os burros mudam de opinião.

PC comprou-o...

Para não ir para o Sporting, tal como fez com o Rossato para não ir para a Luz. Se o comprou foi porque vi algum valor no jogador. Não se vi o PC intressado no Carlitos ;)

O Papa nunca se engana! Viva o Papa!

Nem foi ele que foi buscar a correr esse craque chamado Marco Ferreira, que O Jogo se fartou de dizer que interessava ao Benfica...

Aliás, o Papa é tão infalível, que a nível de jogadores pseudo-roubados ao Benfica, se encontram esses casos de grande sucesso, como Cândido Costa, Maciel ou Jankauskas. Para já não referir os nomes de Sousa, Panduru ou Pedro Henriques...

Enfim, o Papa é muito bom, porque não se interessou pelo Carlitos. Aliás, nem foi ele que lhe ofereceu luvas para o jogador sair no fim da época com o contrato na mão e livre para assinar pelo Porto, como contou o jogador aos jornais. Não, não foi o Papa que fez isso!

Também não foi ele que resolveu ir buscar o Del Neri para substituir Mourinho e que era segundo ele o substituto ideal, que mais tarde resolveu despedir no período experimental e sem pagar nada, mas pelo qual teve que pagar mais tarde uns milhões de Euros de indemnização...

Também não foi o Papa, que foi buscar o Fernandez, este sim é que afinal era a primeira para substituir Mourinho, mas no início da época não pode vir, porque estava à espera de uma chamada para seleccionador espanhol! Nem foi o Papa que o despediu pouco depois, pagando-lhe mais uns milhõezitos de Euros de indemnização...

Também não foi o Papa que foi descobrir o Couceiro, a quem afinal até já tinha oferecido uma gravata do FCP há mutio tempo, provavelmente a prever que este fosse o susbsituto do Mourinho! Também não foi esse Papa, que o mandou para casa, passado menos de 6 meses...

Também não foi o Papa, que disse que afinal de contas, era Adriaanse o seu preferido para substituto natural do Mourinho...

Também não foi o Papa que permitiu que CADA UM dos admnistradores da SAD do Porto, recebesse em média durante o último exercício, um SALÁRIO MENSAL de quase 50 mil Euros. Eu repito: cada um, por mês recebeu quase dez mil contos, entre salários e prémios...

O Papa é muito bom, porque honra lhe seja feita, conseguiu ir buscar uma das poucas pessosas que o podia salvar e que curiosamente também era cobiçado pelo Benfica: Mourinho! Antes de Mourinho, o Papa tinha entregue o futebol entregue a esse génio chamado Octávio e depois de Morinho é o que se tem visto...

Viva o Papa, o homem que nas últimas quatro épocas contratou e vendeu mais de cem jogadores. Jogadores belíssimos, como Quintana, Pavlin, Alessandro... viva o Papa!

EU GOSTO DESTE PAPA!

Como ousais falar em vão no Santo Padre

Papa só há um e não deverias evocar o seu nome em vão ou por motivos tão fúteis!

Reza duas avé-marias, um pai nosso e ouve a Rádio Renascença durante uma semana, para te penitenciares!

Re:eu tambem gosto de ver...

...galinhas como tu mais precupadas com os outros clubes do que com o proprio.

Viva o Papa! Viva Veigaristas!! Viva as off-shores!! Viva os negocios imobiliarios do vieira!!