Que fazer com os comprados no ano passado? | Relvado

Que fazer com os comprados no ano passado?

 

Freddy Guarin, que representava o Saint-Étienne, já estava na Europa e foi contratado, como outros, para ser trinco. As diversas tentativas de Jesualdo Ferreira de o colocar a trinco saldaram-se por fracassos rotundos, aliás o mesmo acontecendo quando chamado para outros lugares do meio campo. Esta pré-época já teve diversas oportunidades mas com maus resultados, não mostrando categoria para fazer parte do plantel! Nem se entende em que lugar possa ser útil!Tomás Costa ao invés, tem tido muito menos oportunidades, parecendo pertencer aos "patinhos feios" de Jesualdo! Mas, a verdade é que as suas participações são sempre positivas! Sendo médio direito, já foi utilizado como defesa lateral de ambos os lados, trinco e médio esquerdo, sendo que muito raramente e nunca nesta pré-época jogou no seu lugar de origem! Voluntarioso, lutador, rápido sem bola e a fazê-la movimentar, imprimindo sempre velocidade ao jogo da equipa, com bastante qualidade de passe e alguma capacidade de remate, Tomás Costa é um jogador que me parece justificar maior atenção! Mas o treinador não me parece, a exemplo de outros, gostar dele!Por mim, teria mandado embora Guarin e ficado com Tomás Costa, nesta altura com condições para ser titular, enquanto outros seguem o seu processo de integração. Mas se era para não o meter a jogar para quê ficar com ele? Que pensam os relvas?dragao13

FC Porto:

Comentários [33]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Guarin emprestava ao Sporting

Que precisam mais dele do que nós.Este Guarin merece ser estudado,porque nasceu para jogar a médio,mas não percebe a posição,lol.

Simples:

Tomás - claramente deve ficar. Polivalente, lutador, enérgico. Guarín - não obrigado, não me parece que passe do que é actualmente - um jogador "bonzinho". Mingos

Off-Topic! Benfica no Liedson!

Glória aos verdadeiros! http://www.youtube.com/watch?v=UOozNfQ6vgM Saudações Leoninas

Benfiquistas

Estes não são só os dois sócios mais conhecidos do Benfica,. São muito mais que isso. Estes homens são todos os benfiquistas ou seja, todos os benfiquistas são assim. São o protótipo, o molde, a matriz da verdadeira essência benfiquista. Qualquer benfiquista ou é um barbas ou um máximo.

Re: Que fazer com os comprados no ano passado?

O Tomás Costa pode ser prestável, é voluntarioso, tem humildade e mostra esforço em campo. Demonstra que quando entra, tenta ajudar a equipa. Tenta pressionar, tenta sair com a bola, tenta puxar a equipa e fazer a sua parte. Não é que seja nenhum talento do outro mundo no campo, mas por vezes o carácter e o perfil de um jogador pode suplantar-se à sua qualidade. No Porto quer-se jogadores com humildade, que suem a camisola, que incorporem a metodologia e façam parte do grupo, que sejam mais um elemento na união do grupo. Por isso merece a oportunidade. O Guarin é fazer-lhe um embrulho bonito com um lacinho e mandá-lo para o Turquemenistão. Não tem qualidade para estar no Porto. "Guarins" vai o Porto buscar ao São Pedro da Cova às dúzias. E ao conservarmos o Guarin no plantel, estamos a comprometer aquela posição de campo para quando fôr preciso. É despachá-lo.

Off-Topic O CATIA

Entam temos o jogo de apresentação da naval e não esta aqui o resultado! Naval-Nacional Volta SUZANA

off.topic: recordar super Mário Jardel!

Um grande vídeo com momentos extraordinários de Jardigol ao serviço do FC Porto! Atenção ao minuto 1.28 para um dos melhores golos de sempre, um remate de primeira, seguido pelo célebre golo de letra! Ao minuto 2 temos o excepcional golo marcado ao benfica, após parar a bolo de peito! E ainda há quem diga que o homem não tinha técnica. Grande Jardel!! http://www.youtube.com/watch?v=bbu5_5GJE20

Maior do Porto e do Jardel

Este Mário tinha técnica, tinha faro, tinha tudo, só não tinha cabeça, ou melhor, perdeu-a. Para mim o maior erro do Porto e a desgraça do Jardel foi não ter regressado ao Dragão depois da Turquia (onde, se calhar, nunca deveria ter posto os pés). Uma das coisas que não perdo-o àquele gajo de Palmela (vocês sabem de quem eu estou a falar) foi não ter querido o Jardel no plantel quando ele tinha tudo acertado para o regresso. Talvez ele não se tivesse transformado num triste caso de miséria humana e nós poderíamos continuar a ter o nosso grande goleador. Para mim foi o maior atacante que vi de azul e branco. Tinha o jogo de cabeça do Walsh, o talento para o golo do Gomes e era muito melhor de pés do que queriam fazer crer. Lembro-me da tristeza que fiquei quando ele assinou pelo Sporting e do desapontamento que tive com o Pinto da Costa por preterir o Jardel e continuar com aquele homenzito como treinador (vocês sabem a quem me refiro).

Os760 mil contos mais bem gastos de sempre

Eu sei que é um lugar comum, mas para mim foi dos melhores pontas-de-lança que vi jogar. Simplesmente inacreditável. PS: Aquele Drulo...meu Deus! Cumps

Re: off.topic: recordar super Mário Jardel!

Grande avançado ...

Re: off.topic: recordar super Mário Jardel!

Se calhar os mais novos não sabem, mas este grande Jardel chegou a marcar 7 golos numa partida da Taça de Portugal. Fala-se muito de Liedson, Cardozo e até Lisandro, mas ponta-de-lança como este não houve igual no futebol português dos últimos 20 anos.

Re: off.topic: recordar super Mário Jardel!

http://www.youtube.com/watch?v=Dgl6_Ep5LbA Aqui estão os 7 golos, em 45 minutos.

Re: off.topic: recordar super Mário Jardel!

é caso para perguntar se o JVP era como um Pai para Jardel dentro do campo, então o que seria o DRULO? Cumps

Re: off.topic: recordar super Mário Jardel!

eu lembro-me desse jogo. até marcou um grande golo :P

O que fazer com eles?

Ficar com eles, eles passam o ano a treinar, e todos os fins de mês recebem o ordenado chorudo que o FCP lhes paga. Quem é prejudicado? Isso só os administradores do clube o sabem. Ponham os olhos em Adriano. Está lá, recebe, mas o FCP anda á procura sde avançados!!!

Re: O que fazer com eles?

È isso aí.

Re: O que fazer com eles?

Meu caro, uns mais que outros mas todos os clubes têm os seus "Adrianos". Quanto ao Tomás Costa, no ano passado fez uma série de jogos.

tanto um como o outro

não tem futebol para o 11 titular do FCP. o melhor lugar desempenhado pelo Guarin é o banco. enquanto o do Tomas Costa é o de longe do arbitro visto ter queda para receber cartões. o Tomas é mais polivalente que o Freddy mas a verdade é que tanto um como o outro não são grande espingarda... acho que são soluções de recurso. apenas isso.

A virtude está sempre no mesmo sítio!

Apesar de jogarem os 2 no meio, são jogadores com rotinas e talentos bem diversificados... A meu vêr, Tomás Costa até teria de ser titular para que o 4-3-3 de Jesualdo melhorasse! Qaunto ao Freddy, pelo que tenho visto, não passa de um daqueles jogadores fetiche de Jesualdo, como o são o Mariano ou o Helton por exemplo... Pode tornar-se desesperante vêr o Guarín a jogar... Os passes disparatados e as bolas perdidas sucedem-se a um ritmo avassalador e sobretudo quando vemos o jogo ao vivo, nos apercebemos facilmente da sua dificuldade em entender as movimentações quer dos companheiros, quer dos adversários, desmascarando que se perde completamente no terreno de jogo e que só um "GPS" topo de gama o fará ganhar um rumo! O Freddy, apesar de melhor tecnicista do que se possa pensar, até hoje só deu á equipa poder de choque e agressividade e do seu afamado potente pé direito, só se viu aquele livre que tem tanto de belo como de efémero! Tomás é de outra casta, tem a "Mística Portista e tripeira cravada dentro de si... Encara cada lance como se fose o último, corre até as suas pernas baquearem, seja em que posição do campo... sem birras, sem quebras de confiança e sem torcidelas de nariz! O futebol é feito de especialistas e não de polivalentes e acho que o usso que o Senhor Fessor lhe dá, só o tem sub-aproveitado! Ele é um box-to-box de grande nível, e a sua tenra idade inspira uma margem de progressão considerável! Foi o melhor jogador do torneio Clausura há 2 épocas, jogou a extremo, a médio, a lateral esquerdo e direito e a trinco,sem nunca comprometer apesar de nunca ter brilhado... O Lucho brilharia a lateral direito? Será que não teria comprometido?? Nunca saberemos, porque provavelmente irá jogar sempre na sua posição! A continuar com o 4-3-3, a meu vêr, é urgente deslocar o Raúl para a direita do meio-campo e colocar o Tomás no seu lugar, pois pode não ter a magia do Belluschi, mas defende melhor, é mais rápido, mais alto, mais forte, mais raçudo e tem grande capacidade de passe, o que traria muito mais confiança e liberdade ao tridente ofensivo... Além do mais o Tomás é um jogador de primeiro toque, o que encaixa que nem uma luva nas transições rápidas do Jesualdo... E apesar de ser admirador do seu futebol, o Belluschi só as emperra! A febre consumista faz com que, ao se comprar jogadores novos, esqueçamos os antigos, como se já não servissem e isso por vezes só traz dissabores! Tomás é um mistério para mim... tem a "marca Jesualdo" e nunca foi considerado um caso sério por ele... O homem que queria que o Porto fosse constituído por homens altos, robustos, inteligentes e com raça, descura assim o jogador que melhor encarna o conjunto dessas características no plantel, e logo no meio-campo que por ter só 3 homens se torna a zona mais fulcral do nosso futebol... São virtudes... ou falta delas!!! Cumps, M16

Segunda Vaga para a BIMBALHADA- Pérolas p/ PORCOS!

E chegamos à Maioridade XVIII-CHAGAS BIMBAS!!! (ChegueiCagueiEFui-me, 0 pontos (Desinteressante) , ontem às 18:27) Reabrem-se e continuarão sempre abertas as «FERIDAS nunca CICATRIZADAS das CHAGAS BIMBAS…???!!! E não são só cinco (5) como as CHAGAS de CRISTO, são muitas mais???» “AS CHAGAS que nunca CICRATIZARAM e se MANTÊM e continuam a prevalecer no denominado de JOGO do PONTAPEIO da BOLA no Campeonato cá destes Índigenas” continuam a ser transcritas em diversos Capítulos/Versões!!! Começou no capítulo 15, vai até ao Versículo da Bíblia do Desporto Falcatruado…??? Nos 14 anteriores foi a SAGA dos BIMBOS de dezanove anos… de TRAVESSIA do DESERTO…???!!! Essa Saga começou no último Campeonato ganho ainda na década de Cinquenta, mais concretamente «Época de 1958/59 e foi até 1977/78»!!! Janeiro de 1981 – Eliminatória da Taça de Portugal, «Heróis MAIORES os jogadores do Cabeça Gorda, que eliminaram o Penafiel do Treinador-Jogador António Oliveira e que talvez por isso aceitasse ir para os «Leões», convidado pelo Presidente João Rocha??? Outro jogo a destacar o Sacavenense que sem treinador (!) foi aa Afonso Henriques eliminar o Vitória de Guimarães por 2 a 1! E sem treinador porque Vítor Godinho, que fora «estrela» no Belenenses, se demitiu à partida por se sentir desautorizado. Adanjo, seu pupilo, que não convocara, surgiu, para espanto seu no autocarro da Rodoviária… que conduziria a equipa até ao Minho (chamado pelo Presidente do Belém…) Ficou o Adanjo pois Presidente é… saiu o Godinho. E os de Sacavém seguiram em frente. Artur Jorge que andava lá pelas “Terras da nossa Nacionalidade” pouco mais disse que isto: «Estamos todos desolados…» … Era mesmo um Poeta este…, só que de poucas palavras eloquentes (Ao Tempo)!!! (Grizada; Risada; seguida de Tri-Lol-Lol-Lol)!!! Fevereiro de 1981 – Juca, seleccionador Nacional, decidiu colocar João Alves do Benfica no lote dos seus «proscritos». Diria: «Condescendi até poder, mas tudo tem limites. Afastar João Alves da Selecção foi um dever de consciência, pelo respeito que tenho pelos outros jogadores e por mim próprio. Todos sabem que ele manifestou-se contra o facto de não o ter designado «Capitão da Selecção?», mas fê-lo de forma a criar um ambiente que de modo algum se poderia admitir». Três dias passaram, com Valentim Loureiro como mediador, fumariam o cachimbo da paz, num PACATO RESTAURANTE de… E tudo sanado, com beijinhos??? Ao estilo das gentes da “Cosa Nostra”…???!!! P.S. – Os Restaurantes, já andavam na ordem do dia, ainda não se falava dos famosos… E daqueles ali do CANAL CAVEIRA (esses viriam a ser mais para árbitros e fiscais-de-linha)!!! Ai Futebol Português o que te fizeram…??? Março de 1981 – Terceira candidatura à Presidência dos Índios/Lampiões de Fernando Martins, que dizia a quem o quisesse escutar «Desta vez é para ganhar, à terceira será de vez!!!» Nada tenho contra o Ferreira Queimado, até nos damos lindamente, mas as coisas não andam como podiam e deviam andar. O Benfica corre o risco de ver fugir-lhe o Sporting». Este é que é o Clube Mais Velhinho cá do rectângulo à beira-mar plantado: É o Ginásio Clube Português e não precisou de andar a falcatruar a história «”(não precisou do Pai do Toppo-Giggio Português, um tal de Rui Guedes, que encontrou uma acta em que o F.c.p., foi fundado em…)”» No clube Índio/Lampião a história é a mesma, (aldrabices e mais aldrabices…) “Mas existe quem acredite que as datas da fundação dos ditos Clubes é aquela (a falcatruada à frente da cara de todos…), o que fazer…???!!! E aos 18 dias do mês de Março de 1981, se comemorou o 106º aniversário, uma prenda de sonho tiveram as gentes do Ginásio, pois Juan António Samaranch, Presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), deslocou-se a Lisboa para entregar a Taça Olímpica ao Presidente do Clube que foi o pioneiro da coisa Desportiva, em Portugal, e que era (e é) «Instituição de Utilidade Pública». Olímpicamente ficou também e o que ainda mais valorizava a homenagem, era o facto de Portugal ainda não ser País de grandes tradições Olímpicas, no respeitante a Medalhas - E a Taça Olímpica era como que um Prémio NOBEL num País de Analfabetos… do Desporto Olímpico!!! Abril de 1981 – Andavam os do Clube dos Índios/Lampiões, na esperança de realizar um sonho: «Chegar a uma Final da Taça das Taças!!!», só que pelos ajustes não esteve o Carl Zeiss (de) Jena, que na primeira mão no seu Estádio denominado de: Ernst Abbe venceu o Benfica por 2 a 0. Segunda mão em Lisboa no Estádio da Luz, foi o adeus do Benfica à final da Taça das Taças. Lajos Baroti o treinador dos Índios/Lampiões desolado dizia palavras cruas, agrestes e magoadas: «Que lástima, que lástima.» Humberto Coelho ainda incrédulo: «Como é que estas coisas são possíveis? Durante 90 minutos, um vendaval de oportunidades, mas sempre a infelicidade…» Maio de 1981 – Meias-finais da Taça de Portugal, ditou uma ida do Vitória de Setúbal (que contava agora nas suas fileiras com Octávio Machado um jogador proscrito do F.C.Porto), às Antas em que o treinador do Clube dos BIMBOS era Hermann Stessl que vaticinaria: «Temos de estar atentos, somos favoritos, …mas já têm morrido de dia muitos guardas-nocturnos???» Rodrigues dias treinador Setubalense, de crista levantada: «Não nos deixamos intimidar com ambientes fabricados…???!!!» O F.C.Porto acabaria por eliminar o Vitória de Setúbal por 2 a 1, mas ao intervalo perdia. Octávio Machado (mais tarde o MALVADO, mudam-se os tempos, mudam-se os lugares e os dizeres…) de regresso às Antas, só que do outro lado da barricada, não esteve com papas na língua: «Já tinha avisado os meus colegas, que só pela violência o F.c.p., nos ganharia.» No final, recusou cumprimentar Rodolfo e explicou porquê: «Só costumo dar uma oportunidade a alguns indivíduos. Foi o caso do Rodolfo a quem aguentei muitas atitudes incorrectas enquanto fui jogador nesse Clube de BIMBOS, e dando como exemplo o jogo do Campeonato Nacional no Bonfim quando o F.c.p. lá foi jogar, cumprimentei-o e fui covardemente agredido pelas costas. E eu que fui um dos que mais o ajudou na sua recuperação, “Mas o RODOLFO NÃO tem RECUPERAÇÃO POSSÍVEL». P.s. – Coisa de colegas BIMBOS… O futuro nos reservaria??? Morreu Borges Coutinho e luto se fez no Clube dos Índios/Lampiões deste “HOMEM” se leria: - Nas duas últimas décadas do Futebol Nacional, foi um Dirigente: «Sereno, Cordato, Sensato, Lúcido, Educado, Inteligente, Generoso, Humilde dos poucos que pastaram por esta paróquia que mereçam ser RELEMBRADOS!!!» Fernando Gomes, vai para a sala de operações em Gijon. Os médicos descobriram-lhe a razão do padecimento: fibras motas numa perna, devido a infiltrações de cortisona. Gomes confessa: «Sempre pensei poder vir a jogar num Real Madrid ou pelo Barcelona, mas… Em Gijon, tive a rotura parcial do tendão de Aquiles, fui operado, submeti-me a acupunctura, radioterapia, fisioterapia e tratamentos anti-inflamatórios – para nada. Mas posso sair paguem os 25 mil contos ao Gijon que foi o valor da minha transferência. Não engano ninguém gostaria de ir para o Clube BIMBO, mas se aparecer o Sporting ou o Benfica a quererem contratar-me não deixarei de ser o mesmo Profissional». Em dia de consagração do Benfica como Vencedor do Campeonato Nacional Época de 1980/81, jogando na Luz, as águias quais milhafres, golearam os de Setúbal por um concludente 5 a 1. Mas a festa teve final infeliz. Sangue, Suor e Lágrimas empanaram o fulgor ao que se esperava fosse tempo de júbilo. Pedras, Garrafas, vidros estilhaçados de carros da “Bófia” ficaram como despojos de uma GUERRA escusada e estúpida. Com dezenas de feridos. Os dirigentes do Clube dos Índios/Lampiões desmultiplicaram-se em juras e trejuras de que não tinham pedido intervenção policial, da parte da polícia apenas rumores de que a ofensiva se devera a «legítima defesa» depois de um agente ter sido atingido por uma garrafa…???!!! César Oliveira???, que estivera lá, na cratera do Vulcão, levou o caso à Assembleia da República, denunciando: «O desejo concreto de bater e aleijar que pude testemunhar por parte de policiais do Corpo de Intervenção igualaram ou excederam até as mais violentas repressões policiais de que me recordo durante o Regime FASCISTA do SALAZARENTO e do Marcelo Caetano. Dir-se-ia que estes indivíduos/policias impedidos de malhar/bater pelo Regime Democrático, conquistado com o 25 de Abril, manietada que estava a sua fúria repressiva e recalcados que foram dos seus instintos animalescos/primários, cultivados no hábito da violência organizada, estes elementos da P.S.P. e sobretudo do seu CORPO de INTERVENÇÃO, libertaram-se das regras Democráticas e deram largas aos seus velhos desejos de SETE ANOS!!! As do regresso ao dia 24 de Abril de 1974 e anteriores em que estes formatados/lavados ao cérebro das forças de segurança, tudo se resolvia com o a lei do cassetete, destes defensores da ordem e dos bons costumes… “MEROS PORCOS e AINDA ZUNEM ALGUNS POR AÍ!!!” Junho de 1981 – Para a nova época, o S.C.P. contratou o Inglês Malcolm Allison. Final da Taça de Portugal, o F.C.Porto chegou a colocar a hipótese de não se deslocar ao Jamor, alegando falta de… segurança, mas segundo o Chefe do Departamento de Futebol Teles Roxo deixou-se de pensar nisso quando o presidente da F.P.F. garantiu «todas as medidas de segurança.» Apesar de tudo se houver incidentes espero que Romão Martins tenha a coragem de nos acompanhar na viagem de regresso. Para o Benfica a dobradinha com 3 golos de Nené e não existem registos de desacatos, pudera com a vitória dos Índios/Lampiões sobre os BIMBOS!!! Se tivesse sido ao contrário…??? Julho de 1981 – Jorge Nuno Pinto da Costa denuncia: «Foi a Direcção do F.C.Porto que não permitiu o regresso/ingresso de Oliveira e Gomes às Antas, não sou candidato à Presidência Portista???, e se quisesse sê-lo já o o tinha sido…» João Rocha contratou o guarda-redes da Selecção Húngara, Ferenc Meszaros a pedido de Malcolm Allison, que dizia ser um jogador fabuloso!!! Agosto de 1981 – Os dirigentes do Fluminense acusaram o Belenenses de terem tentado sequestrar Garrinchinha, filho do mítico Garrincha. O emissário do Belém ao Brasil negou e garantiu ter acertado tudo com o presidente do «Flu». Andava Folha num virote. Convite daqui (F.C.Porto), convite de acolá (S.L.Benfica), acerto e desacerto. Os dirigentes do Benfica, dizem ter chegado a acordo com o presidente do Boavista Taveira da Mota. O jogador, apesar disso, comprometia-se com o Clube BIMBO. Taveira da Mota acusou Américo de Sá presidente Portista de «comportamento hipócrita». Gaspar Ramos ameaçou: «O Benfica vai buscar o Costa se não conseguir o Folha. E o protocolo existente com o F.c.p. de não aliciarmos jogadores de um lado ou de outro a partir de hoje ponto final!!!» Andava-se neste impasse, quando aparece Valentim Loureiro, ex-presidente do Boavista, que se uniu a Taveira da Mota, para a ida de Folha para o Clube dos Índios/Lampiões, porque Américo de Sá o rejeitara para Presidente da Liga! (Mas o Mundo dá muitas voltas… e num futuro próximo, sabe-se o que aconteceria… “O Major Valentão das Batatas”, não chegou lá desta vez, chegou…) Depois de interceder para a ida do Folha para o Benfica, num golpe de rins (como tantos outros a que iríamos assistir) Valentim Loureiro passou ao ataque a Taveira da Mota, acusando-o de ter passado a «vida a beijar-lhe a mão», à espera de lha poder… cortar! «Não sou lunático, sonhador, bajulador, megalómano, complexado…» Preparava, assim, terreno, para novo assalto à presidência do Boavista. Taveira da Mota disse considerar-se admirado pelos «ataques depois de ter sido do bolso dele que saiu o dinheiro para pagar todas as dívidas do Boavista» e tentou minimizar os remoques do Major: «Valentim Loureiro há muito que não vinha nos jornais e aproveitou, agora, para aparecer». Teles Roxo, também ao ataque: «Só o sr. Taveira da Mota dá cambalhotas como o Folha». Bibliografia, Jornais à época!!! Jadscl

off toppic:vejam mas é o jogo do Braga

http://www.justin.tv/tv_desporto1

E chegamos à Maioridade XVIII-CHAGAS BIMBAS!!!

Reabrem-se e continuarão sempre abertas as «FERIDAS nunca CICATRIZADAS das CHAGAS BIMBAS…???!!! E não são só cinco (5) como as CHAGAS de CRISTO, são muitas mais???» “AS CHAGAS que nunca CICRATIZARAM e se MANTÊM e continuam a prevalecer no denominado de JOGO do PONTAPEIO da BOLA no Campeonato cá destes Índigenas” continuam a ser transcritas em diversos Capítulos/Versões!!! Começou no capítulo 15, vai até ao Versículo da Bíblia do Desporto Falcatruado…??? Nos 14 anteriores foi a SAGA dos BIMBOS de dezanove anos… de TRAVESSIA do DESERTO…???!!! Essa Saga começou no último Campeonato ganho ainda na década de Cinquenta, mais concretamente «Época de 1958/59 e foi até 1977/78»!!! Janeiro de 1981 – Eliminatória da Taça de Portugal, «Heróis MAIORES os jogadores do Cabeça Gorda, que eliminaram o Penafiel do Treinador-Jogador António Oliveira e que talvez por isso aceitasse ir para os «Leões», convidado pelo Presidente João Rocha??? Outro jogo a destacar o Sacavenense que sem treinador (!) foi aa Afonso Henriques eliminar o Vitória de Guimarães por 2 a 1! E sem treinador porque Vítor Godinho, que fora «estrela» no Belenenses, se demitiu à partida por se sentir desautorizado. Adanjo, seu pupilo, que não convocara, surgiu, para espanto seu no autocarro da Rodoviária… que conduziria a equipa até ao Minho (chamado pelo Presidente do Belém…) Ficou o Adanjo pois Presidente é… saiu o Godinho. E os de Sacavém seguiram em frente. Artur Jorge que andava lá pelas “Terras da nossa Nacionalidade” pouco mais disse que isto: «Estamos todos desolados…» … Era mesmo um Poeta este…, só que de poucas palavras eloquentes (Ao Tempo)!!! (Grizada; Risada; seguida de Tri-Lol-Lol-Lol)!!! Fevereiro de 1981 – Juca, seleccionador Nacional, decidiu colocar João Alves do Benfica no lote dos seus «proscritos». Diria: «Condescendi até poder, mas tudo tem limites. Afastar João Alves da Selecção foi um dever de consciência, pelo respeito que tenho pelos outros jogadores e por mim próprio. Todos sabem que ele manifestou-se contra o facto de não o ter designado «Capitão da Selecção?», mas fê-lo de forma a criar um ambiente que de modo algum se poderia admitir». Três dias passaram, com Valentim Loureiro como mediador, fumariam o cachimbo da paz, num PACATO RESTAURANTE de… E tudo sanado, com beijinhos??? Ao estilo das gentes da “Cosa Nostra”…???!!! P.S. – Os Restaurantes, já andavam na ordem do dia, ainda não se falava dos famosos… E daqueles ali do CANAL CAVEIRA (esses viriam a ser mais para árbitros e fiscais-de-linha)!!! Ai Futebol Português o que te fizeram…??? Março de 1981 – Terceira candidatura à Presidência dos Índios/Lampiões de Fernando Martins, que dizia a quem o quisesse escutar «Desta vez é para ganhar, à terceira será de vez!!!» Nada tenho contra o Ferreira Queimado, até nos damos lindamente, mas as coisas não andam como podiam e deviam andar. O Benfica corre o risco de ver fugir-lhe o Sporting». Este é que é o Clube Mais Velhinho cá do rectângulo à beira-mar plantado: É o Ginásio Clube Português e não precisou de andar a falcatruar a história «”(não precisou do Pai do Toppo-Giggio Português, um tal de Rui Guedes, que encontrou uma acta em que o F.c.p., foi fundado em…)”» No clube Índio/Lampião a história é a mesma, (aldrabices e mais aldrabices…) “Mas existe quem acredite que as datas da fundação dos ditos Clubes é aquela (a falcatruada à frente da cara de todos…), o que fazer…???!!! E aos 18 dias do mês de Março de 1981, se comemorou o 106º aniversário, uma prenda de sonho tiveram as gentes do Ginásio, pois Juan António Samaranch, Presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), deslocou-se a Lisboa para entregar a Taça Olímpica ao Presidente do Clube que foi o pioneiro da coisa Desportiva, em Portugal, e que era (e é) «Instituição de Utilidade Pública». Olímpicamente ficou também e o que ainda mais valorizava a homenagem, era o facto de Portugal ainda não ser País de grandes tradições Olímpicas, no respeitante a Medalhas - E a Taça Olímpica era como que um Prémio NOBEL num País de Analfabetos… do Desporto Olímpico!!! Abril de 1981 – Andavam os do Clube dos Índios/Lampiões, na esperança de realizar um sonho: «Chegar a uma Final da Taça das Taças!!!», só que pelos ajustes não esteve o Carl Zeiss (de) Jena, que na primeira mão no seu Estádio denominado de: Ernst Abbe venceu o Benfica por 2 a 0. Segunda mão em Lisboa no Estádio da Luz, foi o adeus do Benfica à final da Taça das Taças. Lajos Baroti o treinador dos Índios/Lampiões desolado dizia palavras cruas, agrestes e magoadas: «Que lástima, que lástima.» Humberto Coelho ainda incrédulo: «Como é que estas coisas são possíveis? Durante 90 minutos, um vendaval de oportunidades, mas sempre a infelicidade…» Maio de 1981 – Meias-finais da Taça de Portugal, ditou uma ida do Vitória de Setúbal (que contava agora nas suas fileiras com Octávio Machado um jogador proscrito do F.C.Porto), às Antas em que o treinador do Clube dos BIMBOS era Hermann Stessl que vaticinaria: «Temos de estar atentos, somos favoritos, …mas já têm morrido de dia muitos guardas-nocturnos???» Rodrigues dias treinador Setubalense, de crista levantada: «Não nos deixamos intimidar com ambientes fabricados…???!!!» O F.C.Porto acabaria por eliminar o Vitória de Setúbal por 2 a 1, mas ao intervalo perdia. Octávio Machado (mais tarde o MALVADO, mudam-se os tempos, mudam-se os lugares e os dizeres…) de regresso às Antas, só que do outro lado da barricada, não esteve com papas na língua: «Já tinha avisado os meus colegas, que só pela violência o F.c.p., nos ganharia.» No final, recusou cumprimentar Rodolfo e explicou porquê: «Só costumo dar uma oportunidade a alguns indivíduos. Foi o caso do Rodolfo a quem aguentei muitas atitudes incorrectas enquanto fui jogador nesse Clube de BIMBOS, e dando como exemplo o jogo do Campeonato Nacional no Bonfim quando o F.c.p. lá foi jogar, cumprimentei-o e fui covardemente agredido pelas costas. E eu que fui um dos que mais o ajudou na sua recuperação, “Mas o RODOLFO NÃO tem RECUPERAÇÃO POSSÍVEL». P.s. – Coisa de colegas BIMBOS… O futuro nos reservaria??? Morreu Borges Coutinho e luto se fez no Clube dos Índios/Lampiões deste “HOMEM” se leria: - Nas duas últimas décadas do Futebol Nacional, foi um Dirigente: «Sereno, Cordato, Sensato, Lúcido, Educado, Inteligente, Generoso, Humilde dos poucos que pastaram por esta paróquia que mereçam ser RELEMBRADOS!!!» Fernando Gomes, vai para a sala de operações em Gijon. Os médicos descobriram-lhe a razão do padecimento: fibras motas numa perna, devido a infiltrações de cortisona. Gomes confessa: «Sempre pensei poder vir a jogar num Real Madrid ou pelo Barcelona, mas… Em Gijon, tive a rotura parcial do tendão de Aquiles, fui operado, submeti-me a acupunctura, radioterapia, fisioterapia e tratamentos anti-inflamatórios – para nada. Mas posso sair paguem os 25 mil contos ao Gijon que foi o valor da minha transferência. Não engano ninguém gostaria de ir para o Clube BIMBO, mas se aparecer o Sporting ou o Benfica a quererem contratar-me não deixarei de ser o mesmo Profissional». Em dia de consagração do Benfica como Vencedor do Campeonato Nacional Época de 1980/81, jogando na Luz, as águias quais milhafres, golearam os de Setúbal por um concludente 5 a 1. Mas a festa teve final infeliz. Sangue, Suor e Lágrimas empanaram o fulgor ao que se esperava fosse tempo de júbilo. Pedras, Garrafas, vidros estilhaçados de carros da “Bófia” ficaram como despojos de uma GUERRA escusada e estúpida. Com dezenas de feridos. Os dirigentes do Clube dos Índios/Lampiões desmultiplicaram-se em juras e trejuras de que não tinham pedido intervenção policial, da parte da polícia apenas rumores de que a ofensiva se devera a «legítima defesa» depois de um agente ter sido atingido por uma garrafa…???!!! César Oliveira???, que estivera lá, na cratera do Vulcão, levou o caso à Assembleia da República, denunciando: «O desejo concreto de bater e aleijar que pude testemunhar por parte de policiais do Corpo de Intervenção igualaram ou excederam até as mais violentas repressões policiais de que me recordo durante o Regime FASCISTA do SALAZARENTO e do Marcelo Caetano. Dir-se-ia que estes indivíduos/policias impedidos de malhar/bater pelo Regime Democrático, conquistado com o 25 de Abril, manietada que estava a sua fúria repressiva e recalcados que foram dos seus instintos animalescos/primários, cultivados no hábito da violência organizada, estes elementos da P.S.P. e sobretudo do seu CORPO de INTERVENÇÃO, libertaram-se das regras Democráticas e deram largas aos seus velhos desejos de SETE ANOS!!! As do regresso ao dia 24 de Abril de 1974 e anteriores em que estes formatados/lavados ao cérebro das forças de segurança, tudo se resolvia com o a lei do cassetete, destes defensores da ordem e dos bons costumes… “MEROS PORCOS e AINDA ZUNEM ALGUNS POR AÍ!!!” Junho de 1981 – Para a nova época, o S.C.P. contratou o Inglês Malcolm Allison. Final da Taça de Portugal, o F.C.Porto chegou a colocar a hipótese de não se deslocar ao Jamor, alegando falta de… segurança, mas segundo o Chefe do Departamento de Futebol Teles Roxo deixou-se de pensar nisso quando o presidente da F.P.F. garantiu «todas as medidas de segurança.» Apesar de tudo se houver incidentes espero que Romão Martins tenha a coragem de nos acompanhar na viagem de regresso. Para o Benfica a dobradinha com 3 golos de Nené e não existem registos de desacatos, pudera com a vitória dos Índios/Lampiões sobre os BIMBOS!!! Se tivesse sido ao contrário…??? Julho de 1981 – Jorge Nuno Pinto da Costa denuncia: «Foi a Direcção do F.C.Porto que não permitiu o regresso/ingresso de Oliveira e Gomes às Antas, não sou candidato à Presidência Portista???, e se quisesse sê-lo já o o tinha sido…» João Rocha contratou o guarda-redes da Selecção Húngara, Ferenc Meszaros a pedido de Malcolm Allison, que dizia ser um jogador fabuloso!!! Agosto de 1981 – Os dirigentes do Fluminense acusaram o Belenenses de terem tentado sequestrar Garrinchinha, filho do mítico Garrincha. O emissário do Belém ao Brasil negou e garantiu ter acertado tudo com o presidente do «Flu». Andava Folha num virote. Convite daqui (F.C.Porto), convite de acolá (S.L.Benfica), acerto e desacerto. Os dirigentes do Benfica, dizem ter chegado a acordo com o presidente do Boavista Taveira da Mota. O jogador, apesar disso, comprometia-se com o Clube BIMBO. Taveira da Mota acusou Américo de Sá presidente Portista de «comportamento hipócrita». Gaspar Ramos ameaçou: «O Benfica vai buscar o Costa se não conseguir o Folha. E o protocolo existente com o F.c.p. de não aliciarmos jogadores de um lado ou de outro a partir de hoje ponto final!!!» Andava-se neste impasse, quando aparece Valentim Loureiro, ex-presidente do Boavista, que se uniu a Taveira da Mota, para a ida de Folha para o Clube dos Índios/Lampiões, porque Américo de Sá o rejeitara para Presidente da Liga! (Mas o Mundo dá muitas voltas… e num futuro próximo, sabe-se o que aconteceria… “O Major Valentão das Batatas”, não chegou lá desta vez, chegou…) Depois de interceder para a ida do Folha para o Benfica, num golpe de rins (como tantos outros a que iríamos assistir) Valentim Loureiro passou ao ataque a Taveira da Mota, acusando-o de ter passado a «vida a beijar-lhe a mão», à espera de lha poder… cortar! «Não sou lunático, sonhador, bajulador, megalómano, complexado…» Preparava, assim, terreno, para novo assalto à presidência do Boavista. Taveira da Mota disse considerar-se admirado pelos «ataques depois de ter sido do bolso dele que saiu o dinheiro para pagar todas as dívidas do Boavista» e tentou minimizar os remoques do Major: «Valentim Loureiro há muito que não vinha nos jornais e aproveitou, agora, para aparecer». Teles Roxo, também ao ataque: «Só o sr. Taveira da Mota dá cambalhotas como o Folha». Bibliografia, Jornais à época!!! Jadscl

Tomás Costa...

Tem a vantagem de ser polivalente, pode jogar na posição de Meireles, a lateral direito, médio interior direito... Sinceramente gosto deste jogador, tem raça, tem qualidade de passe(ainda pode melhorar é certo) parece-me faltar-lhe um pouco de cabeça não no sentido profissional mas no sentido de abordagem ao jogo, por vezes parece perdido em campo e faz faltas completamente absurdas e desnecessárias... Guarin, confesso que não sou apreciador das qualidades de Guarin, preferia 1000 vezes que Paulo Machado tivesse ficado, além de ser Português tem mais qualidade que o Colombiano, que apesar de parecer melhor nesta pré-epoca continua a revelar os mesmos defeitos de sempre principalmente o terrivel hábito de complicar o que é simples... Esta vai ser uma época decisiva para os 2, acredito que se não jogarem muito até Janeiro um dele poderá sair para jogar mais... Cumps

Re: Tomás Costa...

completamente de acordo. pena não ter pontos. cumps

Re: Tomás Costa...

Antes não estivesses domingos9 era sinal que tinhamos ali 2 craques do melhor... Cumps

Re: Tomás Costa...

Tomás Costa não é um craque mas tem muitas virtudes, que tu referiste. Um jogador para ser um grande jogador não precisa de ser "craque". Olha o exemplo do Raul Meireles, não é daqueles jogadores que seja um prodígio de técnica, mas para mim é um enorme jogador. Eu tenho fé no Tomás Costa. Já no Guarin... nem vou falar.. lol cumps

Re: Tomás Costa...

Comentário moderado com "Interessante"! Parece-me que tens razão! Se Jesualdo dedicasse ao Tomás Costa um décimo do tempo que gasta com outros ele progrediria muito!

Re: Tomás Costa...

Já o podia ter feito na época passada em vez de dar minutos ao Tarik que era claramente uma carta fora do baralho ou até ao Andrés Madrid... Cumps

Adriano: E agora???

Após um silêncio de mais de um ano, Adriano aceitou falar a Record para abordar a sua situação no FC Porto. "Continuo a treinar-me sozinho, durante a tarde, no centro de treinos do Olival", revelou, explicando depois que ainda não é o momento certo para falar abertamente sobre os motivos que levaram à sua exclusão do plantel portista: "Essa pergunta tem de ser feita aos dirigentes do FC Porto, porque quando eu decidir falar... saiam da minha frente. Vou soltar tudo o que me vai na alma, vou contar tudo o que tem acontecido. Só estou à espera que chegue a hora certa." Aos 30 anos, Adriano deixa escapar que a sua saída de cena, após dois anos como melhor marcador do plantel, deve-se sobretudo a "problemas com o líder da equipa técnica". Sem querer adiantar mais nada quanto a essa questão, o avançado foi confrontado com o facto de ter sido acusado de recusar boas propostas, tendo preferido ficar a treinar-se sozinho no FCPorto. "Vocês [jornalistas] dizem isso porque só ouvem uma das partes", disse, acrescentando por fim que tem várias propostas em análise.

Re: Adriano: E agora???

Para quê o comentário se já está tudo lá em cima?


www.casasdeapostas-portugal.com