Má vontade contra o Porto | Relvado

Má vontade contra o Porto

 

Nestes dias o nosso seleccionador decidiu (e bem, acrescente-se) poupar 5 jogadores fundamentais contra o México. Toda a gente enalteceu a decisão que se caracterizou por sensata, apesar de estar em jogo o futuro de Angola e do México.No entanto, o destino prega partidas muito saborosas. Então não é que o Adriaanse foi acusado de falsear a verdade desportiva por fazer descansar os titulares com o Boavista antes da final da Taça? Na altura era falsear da verdade desportiva. Agora é defender os interesses da equipa...
vputin

FC Porto:

Comentários [33]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Também não é 2 pesos e 2 medidas???

quando se fala no meio campo da seleção que quando não funciona é os amiguinhos do Scolari, quando as coisas correm bem já é o meio campo do Mourinho????? Haja coerência, quando queremos criticar arranjamos sempre desculpas.. Força PORTUGAL...

bem..

o que terá uma coisa a ver com a outra....realmente são colocados aqui no relvado artigos muito estupidos....

Estás a falar do Presidente do Nacional certo?

Porque não vi mais ninguém criticar Adriaanse pelas suas escolhas. Embora alguns relvas de memória curta associem imediatamente críticas ao Porto, aos seus adversários directos.

Re: Estás a falar do Presidente do Nacional certo?

Não costumas ler jornais??

Má vontade....

Complexos,ou como disse um relvinha,uns pontinhos calhavam bem!

Há tantas situações

de 2 pesos 2 medidas que não vale a pena falar disso pois já á muito se percebeu que é tudo uma questão de cor. Basta ver as reacções do povo ao que PC disse em relação á seleção onde conseguiram ver farpas e maldade (já vi e revi as declarações e não consigo encontrar nenhuma provocação),e a reacção ás declarações de Scolari ao dizer que o Porto era muito longe, que os Portugueses tinham inveja dos brasileiros, etc... onde não faltaram pessoas para bater palmas. Até o Cruyff foi "apedrejado" por ter dito pura e simplesmente a verdade, mas agora já estou a fugir para outro tema que é o pseudo fanatismo patriótico. Voltando ao tema, das "bocas" de uns toda a gente se lembra, mas das "bocas" de outros toda a gente se esquece. Dos erros a favor toda a gente recorda, mas os contra ninguém viu. É assim e sempre será assim, pois o Porto é aquele clube que veio baralhar as contas no que toca ao maior clube do Futebol Português (que continua a ser o Benfica). Não vale a pena tocar no assunto pois isto é assim desde á muito tempo, e o melhor é que não impediu o Porto de continuar a ganhar titulos por isso, por mim, pode continuar. Este critério de 2 pesos e 2 medidas existe em todos os adeptos, inclusive portistas, e apenas resta aplaudir aqueles que conseguem por o clubismo de parte, e analisam as coisas com coerência, como eu procuro e tento fazer. Cumprimentos.

Re: Há tantas situações

Não nego que tentes ser imparcial,mas acho que essa do Porto ser atacado... O próprio Porto provoca esse mal estar, porque a sua lógica de afirmação com P.C. foi sempre no discurso do "Inimigo", "mouros", "Norte, Sul" e quejandos. Não achas que a insistência de P.C. sempre a atacar Scolari, sempre a questioná-lo acaba por gerar isso?????????? Scolari não ataca outros dirigentes, porque simplesmente eles não o provocam. P.C. é por natureza conflituoso, arrogante e provocador. Pode ter sido bom para o Porto mas foi mau para o futebol português. Não estou a dizer que não tenha havido 2 pesos e duas medidas em relação a Adriaanse e Scolari. Mas da parte de P.C. em relação á selecção o mesmíssimo se pode dizer. Criticou Scolari porque em 10 jogos contra Angola, tinha de ganhar 10, mas não veio dizer o mesmo em relação a Agostinho Oliveira que perdeu o Eurosub-21 em casa. Criticou Scolari por não dar espaço á juventude (Quaresma) e queria pôr lá Baía que tem 36 anos!!!!!!!!!!!! E muito mais se pode dizer... Discordo de ti, mas respeito a tua opinião. Não acho que sofres de clubite aguda. Cumps.

Re: Re: Há tantas situações

Antes de mais fanfutebol deixa-me comprimentar-te pela tua educação. Falando sobre a tua resposta: "O próprio Porto provoca esse mal estar, porque a sua lógica de afirmação com P.C. foi sempre no discurso do "Inimigo", "mouros", "Norte, Sul" e quejandos." Concordo contigo em parte, mas Scolari também usou essa mentalidade e não foi criticado ("O Porto é muito longe" "Você é do Porto" etc... - isto é gozar claramente com uma instituição que já levou o nome de Portugal muio longe, e assim já estou a tocar no tema do artigo). "Não achas que a insistência de P.C. sempre a atacar Scolari, sempre a questioná-lo acaba por gerar isso??????????" Pinto da Costa, antes de presidente do Porto, é português como todos nós, e tem o direito de criticar aquilo que todos nós criticamos, as escolhas de Scolari. Não é só PC que ataca, pois já são bastantes os ataques e provocações de Scolari ao Porto, e Scolari não é nenhum santinho. "Scolari não ataca outros dirigentes, porque simplesmente eles não o provocam." Scolari não teve o mesmo comportamento com os outros que teve com o FC Porto, e isto é um facto. "P.C. é por natureza conflituoso, arrogante e provocador. Pode ter sido bom para o Porto mas foi mau para o futebol português." A parte do conflituoso também é válida para Scolari, e concordo plenamente com o que disseste, agora não posso concordar com a parte do "ter sido mau para o futebol português", pois não fosse ele, este país tinha menos 6 taças internacionais. "Mas da parte de P.C. em relação á selecção o mesmíssimo se pode dizer." Embora não estar de acordo com a tua afirmação, pois PC limitou-se a criticar aquilo que todos criticaram (até Mourinho), houve uma abordagem claramente diferente de Scolari ao Porto em relação aos outros clubes. "Criticou Scolari porque em 10 jogos contra Angola, tinha de ganhar 10, mas não veio dizer o mesmo em relação a Agostinho Oliveira que perdeu o Eurosub-21 em casa." PC apenas e só falou na seleção naquele dia porque os jornalistas perguntaram. Claro que PC podia ter optado por estar calado, mas pediram-lhe uma opinião e ele deu. Ninguém foi perguntar ao PC o que achou sobre os sub21, por isso ele não falou e não estou a ver o PC a marcar uma conferencia de emprensa para criticar os sub21. Outra coisa fanfutebol, não compares as duas coisas, pois os adversários dos sub21 eram mais fortes que os dois que referiste dos A's, aliás, até me parece que os sub21 franceses são mais fortes que a França A. "Criticou Scolari por não dar espaço á juventude (Quaresma) e queria pôr lá Baía que tem 36 anos!!!!!!!!!!!!" Isto não é uma questão de idade, é uma questão de valor. Simão e Boa Morte não fizeram mais que Quaresma esta época para merecerem estar lá, e para aqueles que gostam de falar em maturidade, o Cristiano Ronaldo ao longo desta época teve bem mais exemplos de infantilidade e mau comportamento que Quaresma, e não é uma questão de valorizar o jogador, pois logo agora que Quaresma acordou o génio que há dentro dele o PC não o deixaria fugir (pelo menos por enquanto). Baía foi considerado o melhor guarda redes da europa em 2004 e muitos (não sei se tu foste um deles) acharam justo a sua não convocação, e o que é certo é que até agora Baía continua a ser pelo menos um dos 3 melhores GR portugueses e como tal, devia estar na Alemanha (não digo como titular). Quim (para não falar dos outros) não é superior a Baía. Aquilo que fizeram a Baía é uma injustiça terrivel e não é preciso ser portista para ver isto. Cumprimentos.

Re: Re: Re: Há tantas situações

Mantenho o que disse, mas respeito integralmente a tua opinião. Nunca pode haver em democracia unanimidade total. Sou pró-Scolari apesar de também discordar dele em algumas coisas, porque não há pessoas infalíveis, acima de discussão, nem a unanimidade é algo normal. Além do que não apoio Scolari por uma questão de ódio ao Porto, mas pelo seu trabalho. Parabéns pela tua forma de escrever, pela tua forma de falar de futebol e não de ódios, clubismos agudos, bairrismos e quejandos. Só não gosto dos que criticam Scolari motivados por ódios, invejas e por uma de criticar por criticar. Discordo em algumas coisas de ti, mas respeito integralmente as tuas opiniões porque és dos poucos que não tem palas a ver as coisas mesmo em relação ao teu clube. Cumps.

Re: Re: Re: Re: Há tantas situações

Bem fanfutebol, eu também critico o Scolari pelo seu trabalho, é claro que ás suas atitudes para com o meu clube não ajudaram em nada, mas sei separar as águas. O trabalho de Scolari pode-se dividir em fases: -Amigáveis antes do Euro 2004: Para mim aqui ele tem clara nota negativa: -Euro 2004: A equipa de Scolari é claramente a do 1º jogo, pois de resto foi uma adaptação da equipa de Mourinho. Um treinador que precisa de perder um jogo para perceber que Ricardo Carvalho, Deco, etc... tinham que ser titulares, desculpa-me, mas isto não é de treinador, assim como só no fim decidiu convocar Maniche (ainda pensou em não levar Maniche que naquele ano era um dos melhores médios da Europa). Na final, depois de ter empatado um jogo contra a Grécia e perdido outro, já devia ter percebido a táctica dos gregos e como pasar por ela, mas a verdade é que ele jogou sempre da mesma maneira, depois de já estar avisado. Portugal e 3 jogos nunca derrotou a Grécia pelo simples facto que o treinador Alemão dos gregos deu um banho táctico, não uma, mas 3 vezes no nosso selecionador. Por estes factos para mim também tem nota negativa, independentemente de ter chegado á final. -Qualificação para o Mundial 2006: Aqui Portugal teve sorte em calhar no grupo mais fácil do apuramento e mesmo assim ainda perdeu pontos contra equipas como o Lichenstein. Aqui não era preciso um treinador por aí além para qualificar Portugal para a Almenha. -Mundial 2006: Aqui sim, calo-me e espero para ver, mas aconteça o que acontecer será mérito de Scolari pois desta vez além de ter jogadores em má forma, não tem a papinha feita como em 2004, e por isso, o mérito será todo dele, e eu cá estarei para dar-lhe os parabéns e admitir que estava errado em relação a ele. Claro que o Scolari não é só defeitos, mas qualidades como treinador só lhe vejo uma, que é o ambiente de união que cria no balneário, mas em contra partida, é muito fraco como treinador propriamente dito. Existe uma diferença entre mérito da equipa (Euro 2004) e mérito do treinador (Leiria Porto e Chelsea de Mourinho, Austrália de Hiddink, etc...). Abraço.

haverá...

...algum comentário que não seja para falar do Porto?...

este comentário está...

...obviamente, deslocado...

o pinto da costa é um gajo muito esperto

esta filsofia do pinto da Costa sempre foi "contra tudo e contra todos" foi assim que ele fez virar o sul contra o norte e o norte contra o sul foi assim que o FCP passou de um clube regional para 1 clube mundial sem esta mentalidade coitado de nos. e eu que ate moro em lisboa ate percebo estas coisas.

Re: o pinto da costa é um gajo muito esperto

E eu que moro no Porto, nasci lá e sou benfiquista de 1700 costados nunca hei-de perceber essa mentalidade. Isso de Norte, Sul... O país povoou-se do norte para o Sul.Os habitantes do Sul não descendem dos mouros, que se piraram todos, mas do NORTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E já agora os alentejanos, algarvios também são mouros? Esse discurso confunde o Sul com Lisboa nada mais. Eu também não gosto da arrogância com que os lisboetas tratam as pessoas do Norte como eu acusando-os de parolos e otários. Mas não se pode generalizar nem entrar em ódios. Os clubes afirmam-se por si, não pelo ódio. O povo do norte é muito hospitaleiro, não s epode confundi-lo com os tipos tipo SuperDragões, uns broncos a toda a força. Sou tão contra a lógica de afirmação de P.C. contra o Benfica, como de Vieira contra o Porto. O futebol não é bairrismo. Cumps.

Re: Re: o pinto da costa é um gajo muito esperto

O bairrismo é salutar. Há força de tanto dizerem que não...parece que faz as pessoas pensarem que sim.

Re: Re: o pinto da costa é um gajo muito esperto

é engraçado seres lampiao e viveres la no porto enquanto que eu sou portista moro em lisboa. ta tudo trocado ehehe

Artigo=pontos

vputin nem pareceu teu, rapaz. A mim parece-me um artigo para os pontinhos, mas se não é, então desculpa lá. Mesmo assim, ainda bem que o puseste. Eu, nem nenhum meio de comunicação criticou o Porto. Agora os adeptos do Nacional e o seu presidente, claro, como já nos acustumaram. 1º A nossa selecção não tem inimigos, a não ser os Angolanos que podiam criticar, mas eles coitados não têm a nossa mentalidade para criticar. 2º O Porto trocou a equipa toda, e fez bem, para poupar para a Taça de Portugal. A selecção só poupou os amarelados, 5, que todas as selecções fazem. Fácil certo. É como o caso do Deco. Como eu digo, as pessoas em Portugal viram o Deco como portista e não como brasileiro, porque em matéria de naturalizar, nós devemos ser a selecção mais natural possível.

não foi uma questão de pontos

Nem nada que se pareça... A questão é que eu fui buscar uma recordação que é incómoda para alguns (não é obviamente o teu caso). Uma coisa muito importante é não esquecermos certas injustiças que são feitas ao nosso clube. Eu acho que quer o Adriaanse, quer o Scolari tomaram a decisão mais correcta. Mas apenas o Adriaanse foi acusado de falsear a verdade desportiva. E apenas porque estava em causa o Porto. Fica aqui um exemplo do que na altura foi aqui dito... Ps: Não compreendo a reacção de adeptos benfiquistas neste . Não eram visados por mim, nem indirectamente, mas a carapuça pareceu que serviu... Apenas me dirigi aqueles que na altura acusaram o Porto de falsear a verdade desportiva.

Benfica

A palavra mais dita neste site.

Talvez. Mas outra verdade é...

...que essa palavra na maior parte das vezes vem associada a escândalos financeiros, agressões e ameaças de morte em aeroportos, contas off-shores, populismos demagogos, insultos e má posturas dos seus dirigentes, calotes financeiros, fugas ao fisco, contratações falhadas, fracassos desportivos, etc etc etc. Será que isso é bom? fica a pergunta no ar.

Re: Artigo=pontos

la esta,no hino japones o alessandro santos e o zico estavam a cantar o hino...japones.isto é que é. se o deco tivesse sido do slb nunca haveria tanta polemica,o melhor jogador portugues de sempre nem sequer nasceu em portugal.

Re: Artigo=pontos

"1º A nossa selecção não tem inimigos, a não ser os Angolanos que podiam criticar, mas eles coitados não têm a nossa mentalidade para criticar. " o seleccionador angolano oliveira gonçalves , disse na conferencia de imprenssa , que compreendia as opções de scolari e se tivesse no lugar dele fazia excatamente o mesmo !!

Re: Re: Artigo=pontos

Não me lembrava, mas lá está o que eu digo

Muito simples

Como diz o ditado: ninguém bate em cão morto. Quem é superior é um alvo a abater, seja o FCP que ia em primeiro, bem como o seu Presidente Pinto da Costa, o melhor dirigente desportivo de sempre em Portugal .

Tadinhos

E eis que voltamos à vitimização... Não será mais consentâneo com os grandes valores Portistas - que contrastam com os ridículos e estúpidos valores do Benfica -, a tal mentalidade vencedora e a dinâmica de vitórias (não são palavras minhas) estar orgulhosamente só, contra tudo e contra todos? Estas CONSTANTES queixinhas relativamente à diferença de tratamento não batem certo, digo eu... Sabem o que é que eu acho que é má vontade? É em 2002, com Oliveira à frente da Selecção, PERDERMOS com os E.U.A. e a Coreia e Pinto da Costa não dizer nada. Em 2006, com Scolari à frente da Selecção, GANHARMOS contra Angola e Irão, Pinto da Costa dizer que "Cumprimos a obrigação, em 10 jogos temos obrigação de ganhar 10, ganhávamos só com o Deco" e os adeptos Portistas acharem que o seu Presidente se limitou a constatar factos. Ainda que tivéssemos nascido ontem e acreditássemos nas boas intenções (lol) do Senhor, gostaríamos seguramente de ter ouvido Pinto da Costa dizer em 2002, no mínimo, "Não cumprimos a nossa obrigação, em 10 jogos temos obrigação de ganhar 10, ganhávamos só com o Figo. Não ganhámos, é chato..." Eu traduzo: em 2002, perdemos escandalosamente e ele não disse nada. Em 2006, ganhámos, como devíamos, e ele constatou o facto. Como diria o Tim, tens o mundo ao contrário. Que ninguém se lembre de questionar a diferença de atitude do Senhor num período de 4 anos e jure a pés juntos que PC está apenas numa fase da sua vida em que gosta de constatar factos, assim como quem vai à mercearia comprar pão, isso sim parece-me má vontade...

mas nao sao os jornalistas que pergutam o pinto da

costa sobre o mundial? Entao ele iria ficar calado? O que ele disse nao é vetrdade? Nao é facil ganhar ao irao,mexico e angola?

mas o pinto da costa tem que falar do mundial

2002 porque?entao foi culpa do pinto da Costa? Entao e o euro 2000 que Portugal foi 3º graças ao baia,jorge costa e sergio conceiçao ja ninguem diz nada? Que mania que voces tem de falar mal dos portistas é claro que o scolari nao brincou com o slb nem com o scp por isso para voces pouco importa,desde que ele seja contra os portistas voces ate ficam contentes

Mais uma do famoso relva...

...que no artigo "Scolari é diferente da Selecção?" disse e passo a citar: "O Scolari qualificou-se para o Euro2004 e fomos à final." Já lhe tinha dito que com este tipo de afirmações tinha perdido toda a credibilidade mas ele não liga ao que eu lhe digo...paciência...já fiz a minha parte... Mas para deixar bem claro, caso ele ainda não tenha atingido, devo recordar-lhe que este scolari nunca nos qualificou para o Europeu, visto sermos o país organizador, e graças à Nossa Senhora do Caravagio ainda bem que era assim pois com os resultados e as exibições que fizemos antes do Euro bem que nunca tinhamos lá estado se fosse preciso a qualificação. Não precisa de agradecer pelo esclarecimento, tente da próxima vez informar-se melhor...

Re: Tadinhos

Até tu próprio nesta frase: "Em 2006, ganhámos, como devíamos" acabas por imitar PC mas em modo reduzido. Enfim...

Re: Tadinhos

"É em 2002, com Oliveira à frente da Selecção, PERDERMOS com os E.U.A. e a Coreia e Pinto da Costa não dizer nada." Pinto da Costa criticou em 2002 a má presença de Portugal na Ásia. Já agora não venhas com o Oliveira, pois a carreira de António Oliveira não se resume a um mundial, só para dar um exemplo, esqueceste-te que o Oliveira qualificou Portugal para o Mundial 2002 sem fazer contas, num grupo infinitivamente mais dificil que o de Scolari para o 2006, e sim, se usam o argumento da qualificação para o 2006 em favor de Scolari, ninguém me impede de o usar para Oliveira em 2002. Em 2006, com Scolari à frente da Selecção, GANHARMOS contra Angola e Irão, Pinto da Costa dizer que "Cumprimos a obrigação, em 10 jogos temos obrigação de ganhar 10, ganhávamos só com o Deco" e os adeptos Portistas acharem que o seu Presidente se limitou a constatar factos. Mas não são factos?! Não é preciso ser portista para ver que Pinto da Costa não disse nenhuma mentira, e só alguém com muita imaginação é que viu criticas e farpas na seleção. Provavelmente já vens com a teoria do Artmedia, por isso apenas digo-te: Portugal tem a obrigação de derrotar essas seleções 10 vezes em 10 jogos, assim como o Porto tinha a obrigação de derrotar o Artmedia 10 vezes em 10 jogos. Diferenças?! A seleção cumpriu a sua obrigação, o Porto não. Cumprimentos.