Jota de jogão e FC Porto goleia | Relvado

Jota de jogão e FC Porto goleia

Três golos de Diogo Jota, a figura da vitória portista contra o Nacional.
 
Diogo Jota apresentado no FC Porto
fcporto.pt

O FC Porto ganhou com tranquilidade num terreno que é quase sempre complicado, o do Nacional. Na goleada deste sábado por 4-0 um jogador destacou-se claramente: Diogo José Teixeira da Silva, ou Diogo Jota, que marcou três golos na primeira parte. Um feito raro no nosso campeonato e inédito para o jovem português. E, pelo menos durante horas, FC Porto, Benfica e Sporting têm 16 pontos cada e todos são líderes.

Os portistas entraram bem, rápidos, esclarecidos, e aos 10 minutos Diogo Jota já tinha apontado o seu primeiro golo; boa combinação com Herrera. André Silva e Diogo Jota deixaram entretanto novas ameaças até que, aos 37', estes dois jogadores criaram o segundo golo, novamente marcado por Jota. Em cima do intervalo, assistência de Layún e Diogo Jota a completar a sua noite fantástica, de cabeça.

O FC Porto realizou uma primeira parte de alto nível e não abrandou no início do segundo tempo. Diogo Jota quase marcou pela quarta vez mas, pouco depois, André Silva fez o 4-0, depois de um cruzamento de Otávio. Depois a agitação abrandou e só em cima dos 90 minutos voltaram a haver situações de registo. Três: Tobias Figueiredo foi expulso (segundo amarelo), Layún acertou na barra e Roniel poderia ter reduzido - uma das raras oportunidades de golo para os madeirenses ao longo do jogo, o que resume aquilo que o Nacional (não) fez.

FC Porto:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Estou feliz de ter encontrado

Estou feliz de ter encontrado um local bonito دانلود آهنگ جدید , Eu sou um amante do futebol e música iran music دانلود آهنگ شاد , آهنگ حامد همایون ,I ouvir música durante um jogo de futebol
 دانلود آهنگ های محمد علیزاده Memorial Day para o sucesso

Não há fome que não traga fartura

Não consigo entender as variações de qualidade do jogo do FCP.
Se é verdade que uma equipa joga mais ou menos por aquilo que a outra deixa ou não jogar, também é verdade que se joga bem e perde, não deixa em nós uma vazio, uma decepção de quem não foi defraudado pelo espectáculo.
Espera-se que o jogo de hoje sirva para que treinador e jogadores não sejam displicentes no início das partidas e depois andem, nos minutos finais, em desespero de causa atrás do prejuizo, como foi o pobre jogo da semana passada em Inglaterra.