FC Porto vence Marítimo com autogolo de Salin | Relvado

FC Porto vence Marítimo com autogolo de Salin

Dragões sofrem para se manter vivos na corrida pelo título.
 
André André (FC Porto)

O FC Porto recebeu e venceu o Marítimo no este domingo, por uma bola a zero. O golo foi obtido através de um autogolo do guarda-redes dos insulares, Salin, aos 22 minutos de jogo. Cruzamento de Layún, remate de primeira de André, a bola vai à trave, bate nas costas de Salin e entra na baliza.

Com esta vitória na estreia de José Peseiro, os dragões passam a somar 43 pontos, e mantêm acesas aspirações na luta pelo título. Os dragões estão ainda a três pontos do Benfica, e a cinco dos líderes, o Sporting.

De notar a substituição de Moussa Marega aos 32 minutos por Diallo. O jogador manifestou não estar a sentir-se bem na partida. Jogador que foi dado no dia seguinte como novo reforço dos... dragões.

O jogo foi no entanto de serviços mínimos para os azuis-e-brancos, tendo efetuado uma exibição sofrível. Por várias vezes o Marítimo poderia ter alcançado o golo do empate, mas não foram felizes.

José Peseiro tem muito trabalho pela frente. Nomeadamente em recuperar o aspeto anímico da equipa.

FC Porto:

Comentários [9]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

O Golo foi do Andre filhos da

O Golo foi do Andre filhos da puta benficistas egonorantes

LOLOLOLOL... Carrega Josue...

LOLOLOLOL... Carrega Josue...

Muito há a fazer

O FCP ganhou ontem mas ainda não convenceu. A táctica perniciosa Lopetegui está arreigada nos jogadores e que é urgente erradicar. Snr. Peseiro. Tem muito e muito trabalho pela frente, nomeadamente na ingenuidade dos passes, na facilidade de perdas de bola, nas faltas escusadas e em zonas proibidas, nas recuperações de bola, nos remates à baliza e no rendilhado da troca de bola sem progressão. Também, quando é que dão um banho de banco ao Aboubakar. O que é que ele faz lá? Boa sorte é o que lhe desejo.

" Pré-época em fins de

"

Pré-época em fins de janeiro

Mudar de treinador não é uma solução milagrosa para passar a jogar bem. Não é por acaso que são raras as equipas que ganham alguma coisa quando mudam de treinador a meio da época. Porquê? Porque se há uma mudança de treinador, é porque o modelo de jogo não está a funcionar; assim sendo, há que mudar. Mas quando se pega numa equipa a meio da época, quase sem tempo para treinar, é extremamente difícil apresentar mudanças.

Ao fim de três treinos, José Peseiro já quis introduzir coisas novas na equipa. Manteve as peças, mas tentou mudar a matriz e a dinâmica. Mas esta tentativa de aproximar a equipa do 4x2x3x1 correu mal e resultou numa má exibição do FC Porto. Felizmente, a nossa bola na trave bateu nas costas de Salin e entrou, ao contrário do remate à trave por parte do Marítimo.

Sem dúvida que o importante era ganhar. E assim será em cada jogo até ao fim da época. Para já, a primeira conclusão: José Peseiro precisa de um médio-ofensivo até ao fim do mês. Tentou colocar André André nessa posição, mais perto de Aboubakar, mas André André não pode jogar com 3.º médio neste esquema. Ficou claro que a SAD precisa de dar um médio criativo a Peseiro até ao fim do mercado.

Notou-se alguma intenção de acelerar a transição da equipa. O problema é que isso resultou numa avalanche de erros. Passes falhados, muita precipitação no início de construção, passes absurdos de 40 metros quando tinham linhas de apoio por perto. Além disso, o FC Porto tentou atacar mais pela zona central e menos pelos corredores: a antítese do que fazia Lopetegui. Era simplesmente impossível, ao fim de três treinos, mudar processos que foram trabalhados durante ano e meio.

O FC Porto estava tão ocupado com a tentativa de assimilar os novos processos que não aproveitou a forma como o Marítimo jogou: foi a equipa que jogou com a linha defensiva mais subida no Dragão nos últimos tempos. Mas a equipa quase nunca foi capaz de meter bolas nas costas da defesa. Por outro lado, a arbitragem foi simplesmente escandalosa, desde os bandeirinhas ao árbitro Jorge Ferreira.

Benfica x Arouca, 23-01-2016
Jorge Ferreira já o conhecem: é o árbitro sobre o qual Jorge Jesus sabe «muita coisa do ano passado». Um dos lances com Maxi Pereira é simulação. Old habits die hard, não é Maxi? Nos dois outros lances o defesa atira Maxi ao chão, sem jogar a bola. Isto surge no dia seguinte a mais uma vassalagem de Vítor Pereira ao Benfica. Sorte bem diferente teve o Benfica no seu jogo frente ao Arouca.

Os árbitros assistentes também foram uma nódoa, em particular Inácio Pereira. Quem é Inácio Pereira? Um árbitro que em 2013 foi de internacional às... distritais. Acabou por se manter na categoria AAC1, após a controvérsia sobre o sistema de classificações. O outro auxiliar era Paulo Vieira. Um árbitro tão bom que, em 2014/15, acabou a época a apitar no campeonato distrital da 1ª Divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo. E acabou o jogo a levar no nariz, pois aos 90'+3 minutos ele, enquanto árbitro auxiliar, decidiu assinalar um penalty que mais ninguém em todo o estádio viu. Ontem também via foras de jogo que mais ninguém via.

O FC Porto jogou mal, muito mal, mas voltaram a estar servidos todos os ingredientes para o FC Porto tropeçar na estreia de José Peseiro. Que faz o FC Porto e a sua SAD? Nada. Silêncio total. Não há portista que se identifique com isto, mas esta parece ser a postura oficial do FC Porto para este tema. Voltámos a ser bons rapazes, um clube adorado por tudo e por todos, até mesmo por Carlos Pereira, o presidente do Marítimo"

os corruptos e caloteiros das antas

precisaram comprar 2 jogadores ao maritimo para ganharem com um auto golo... fraquitos, não jogam nada
OHOHOH

Aprenderam a lição

Os de carnide fazem dessas há decadas

olha o jacó, o papagaio

com o dedos no cu
OHOHOH

Fdx

Já pisei merda

Ontem fomos vitimas de uma

Ontem fomos vitimas de uma arbitragem encomendada... Três fora de jogo mal(bem) tirados, em que dois deles, nos colocava de frente, só com o G.R...

Dois penaltis claros por assinalar a favor do Porto, fora faltas sobre o Bramido à entrada da grande área do Marítimo que o lacaio fez o "favor" de não marcar...

Com um árbitro assim, não vale a pena estar aqui a tentar explicar as mudanças que se fizeram sentir no modelo de jogo do novo timoneiro do Dragão...

Não tenho dúvidas nenhumas que este campeonato está VICIADO pelo Carnide... Nenhumas...

Cambada de corruptos...