Erro grave de Pinto da Costa | Relvado

Erro grave de Pinto da Costa

 

É necessário recuperar a raça do Grande Porto. Não se podem fazer exibições tão más e ficar-se satisfeito. Este ano é um castigo ver este Porto fraquinho. O grande culpado é Jesualdo, não tenho dúvida! É urgente ir ao mercado buscar um médio de qualidade.
VivaFCP1

FC Porto:

Comentários [161]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Re: LOL

Caro amigo, A tua argumentação é interessante e eu não tenho como dizer que estás a faltar à verdade porque estou a pisar terrenos que não domino. Apenas disse, e mantenho, é que tudo não passam de estórias que fui ouvindo com o tempo e de toda esta discussão só concluo que cada um puxa a brasa à sua sardinha. Mais argumento menos argumento, há linhas de defesa de cada uma das "teses" que dão realmente que pensar de que lado está a razão. No entanto, prefiro não me alongar muito mais no assunto, até porque certamente saberás que nunca me dirigi ao Benfica como "o clube do regime" nem sublinhei um único comentário de quem tenha dito algo do género. Participei na discussão com alguma ironia porque achei o artigo demasiado pretensioso, mas a intenção não era estar tanto tempo a discutir isso porque não tenho conhecimentos suficientes na matéria. Tenho sim é um grande amor na vida que é o futebol e, esse, faço questão de o manter bonito na minha cabeça, jogado de forma limpa e junto à relva. Claro que, enquanto adepto, entro em muita discussão sobre a envolvência do jogo, é inevitável e, sem sal, até o futebol bonito faz menos sentido. Mas evito-o ao máximo... Um forte abraço e obrigado pelo teu tempo.

Re: LOL

Parece que qualquer argumentação que não coloque o Benfica como clube do regime, são textos líricos, pelo que à falta de provas (?!) o Benfica só pode ser o clube do regime!!? Porquê? Ora, porque o Porto depois de dez anos de democracia voltou a vencer, e vinte anos depois do 25 de Abril dominou... Argumentos mais parôlos que estes parece-me não existirem (com o devido respeito). cpts

Re: LOL

Perdoa-me mas esse é só mais um comentário vazio acerca deste assunto. "...dá a sensação que vocês precisam mesmo de acreditar naquilo que está aí escrito. Nós não, sabemos bem aquilo que foi a ditadura de Salazar no que diz respeito ao futebol." Se sabes bem explica-te! Se não pretendes falar sobre o assunto abstém-te de comentários como o primeiro que fizeste em resposta ao Rooster. Desta forma não estás mais do que a passar uma imagem de claro mau-estar relativamente ao que acabaste de ler...

Re: LOL

Ainda estou para perceber a tua atitude em relação a mim. Às vezes, pareces-me um CR9 mais refinado e equilibrado, mas com a mesma vontade de te virares contra mim seja qual for a opinião que eu tenha. Se defendo o Porto ou critico o Benfica, lá vens tu discordar; se critico o Porto e elogio o Benfica, ficas muito ofendido a dizer que não gostas de hipocrisias. Decide-te ou então diz logo de uma vez qual é a tua azia em relação a mim. De qualquer forma, creio que a resposta que dei ao GVF serve também para te responder a ti. Abraço

Re: LOL

Tudo bem, é a tua opinião. Abraço

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

O texto é mito esclarecedor, mas contém algumas falhas graves. Esta, por exemplo: "Pelo contrário, o F.C.Porto tem a grande maioria dos seus adeptos concentrados na região norte, pouco conhecida pelo combate democrático". Se falarmos do Porto, então não há cidade que tenha combatido mais pela democracia. Era o símbolo do liberalismo, como mostrou no cerco de 1833, revoltou-se contra a ditadura militar em 1927, e era o bastião contra os radicais do PREC em 1975. E convém lembrar que na cintura de Lisboa podiam ser anti-Estado Novo, mas queriam fazer outra ditadura, de ideologia contrária.

Chama-se a isto

dar pérolas a porcos.

Nunca me ri tanto na vida!!

Caralho! Isto é que foi vê-los a fugir dos pingos da chuva! E afinal descobriu-se que o clube do regime era o Porto!! Hahahahaha!!!! Nem uma linha vou escrever acerca deste texto desesperado, ridículo, de fuga para a frente. Apenas lamento o facto da mediocridade da tentativa de apagar a História. Não a apagam. Jamais. E a tentativa desesperada de o fazer, destapa todos os esqueletos que têm no armário ao longo das décadas de Salazar e centralismo. em vez de escrever, deixo aqui uma entrevista ao mítico CAPITÃO da equipa do benfica, Mário Coluna: Benfica era o Clube do Regime… o testemunho é de Mário Coluna A RTPN decidiu realizar o último programa do “Trio da Ataque” a partir da estação ferroviária do Maputo em Moçambique. Naturalmente tratava-se de um momento oportuno para, em termos de homenagem, se recordarem algumas glórias do Futebol Moçambicano que fizeram carreira e sucesso em Portugal, das quais se destacaram Eusébio e Mário Coluna. Ambos os jogadores são figuras incontornáveis e “responsáveis” dos sucessos e êxitos do Benfica na década de 60/70 e da Selecção Nacional, nomeadamente o 3º lugar alcançado por Portugal no Mundial 66. A presença ao vivo de Mário Coluna no referido programa, proporcionou ao moderador, Hugo Gilberto, o ensejo de o entrevistar e recordar a sua passagem pelo nosso Futebol. Ficamos a saber que Mário Coluna era um jogador com grande personalidade e um líder inquestionável dentro do campo, sendo por esse facto capitão, de tal forma, que os colegas de equipa e da selecção não o tratavam por “tu”, mas sim por Senhor Coluna. Grande surpresa para mim foi ouvir, de uma lenda viva do nosso futebol, a confirmação do “respeito” que lhe mereciam as forças vivas do antigo regime ditatorial de Salazar. Se alguma duvida ainda houvesse, Mário Coluna, encarregou-se de as desfazer. Foi com muito orgulho que confirmou o “respeito” do anterior regime ao Benfica, ao ter sido convidado pessoalmente por Salazar para cortar a fita de inauguração da Ponte Salazar (agora 25 de Abril) em 1 966, uma das obras mais emblemáticas do anterior regime, pois tratava-se à data da 5ª maior ponte suspensa do mundo. Estiveram então presentes nessa inauguração os três grandes pilares do regime: Américo Tomas, António Salazar e o Cardeal Manuel Cerejeira. O seu testemunho histórico, fica para a história. De viva voz foi a confirmação, às gerações seguintes, porque razão o Benfica era o Clube do Regime o que lhe permitiu durante décadas consolidar a sua supremacia no Futebol Português. Por ironia ou não, quando a ponte mudou de nome, de Salazar para PONTE 25 de ABRIL, simultaneamente mudaram-se as vontades e aquilo que era a vontade do Regime deixou de o ser porque a Democracia impôs a legitimidade desportiva e enterrou definitivamente a burla que os tentáculos musculados da PIDE (Policia Politica) impunham a todos os níveis e em todos os quadrantes da vida social e da sociedade, nomeadamente desportivos. Obrigado SENHOR MARIO COLUNA pelo seu testemunho histórico. O seu testemunho será contado aos nossos filhos e aos nossos netos quando nos perguntarem, inocentemente, porque é que o Benfica há muitos anos atrás ganhava quase sempre. Carlos Daniel, Jornalista

Re: Nunca me ri tanto na vida!!

Porra, que argumento mais fraquinho. É tudo o que tens para justificar essa absurda treta do "Benfica clube do regime"? Terem convidado o Coluna? Que piada.

Re: Nunca me ri tanto na vida!!

tens razão! É "só" o capitão da melhor equipa de sempre que o benfica conseguiu produzir, nos seus anos mais áureos, a dizer, na 1ª pessoa, que o benfica era o clube do regime. Que treta, de facto!

Re: Nunca me ri tanto na vida!!

Sai mais uma posta de pescada de quem não viveu nessa época e se acha o dono da verdade. Onde é que o Coluna disse de viva voz que o Benfica era o clube do regime?

Re: Nunca me ri tanto na vida!!

Nas palavras do antigo capitão da selecção (que em 66 conseguiu o feito hístórico de na sua primeira presença no Mundial chegar ao 3º lugar - hum, será que isto também tem alguma coisa a ver com o tal convite da fitinha?) em parte alguma se ouve dizer que o Benfica foi o clube do regime, meu caro. Fala do respeito que o Estado tinha pela instituição Benfica, valorizando publicamente o contributo do clube na exaltação da Pátria, e ainda manda umas bicadas à questão colonial e procura recordar o que foi a selecção daquele tempo e do esforço que o Benfica fazia para se bater com equipas milionárias da Europa, tendo em conta que, para a altura, era um clube pobre (há coisas que não mudam). Penso que ainda levanta a questão do Eusébio e do seu impedimento de sair de Portugal, devido aos antigos regulamentos da UEFA e FIFA. Tão somente isto. Agora...explica-me lá como é que vocês conseguem deturpar desta forma as palavras do coitado do homem, que passa de símbolo de uma geração e de um momento da nossa História, a aríete do FCP na demanda contra "o clube do Regime"?

Re: Nunca te riste tanto na vida?

O teu argumento é o antigo capitão do Benfica ter ido cortar a fitinha da ponte...afirmando, e bem, o respeito que o Estado Novo tinha pelo Benfica (e não o contrário como seria expectável)? Ok, está explicado...ou então não. Recorda a data: 1966! Uma altura em que é certo e sabido o encosto que o Estado Novo já dava a instituições respeitadas pelo e do povo, de forma a acalmar a sublevação comunista, bem como a inquietação nas colónias. Perdoa-me, mas esse teu argumento não é válido. Para todos os efeitos, há anos que ouvimos falar das manobras obscuras do teu clube e vocês também se recusam a encarar tais factos como argumentos válidos. Abraço.

Re: Nunca me ri tanto na vida!!

E pronto a tesão dos gajos,lá se foi mais uma vez. Parabéns pela pesquisa(nada de blog's).

Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

Não é de estranhar que salazar tenha sido eleito o Maior Português, pois é um dado aceite que o benfica é o maior clube em número de adeptos com 3.5/4M em Portugal. Logo, é uma conjugação perfeitamente natural. Não deixa de ser curioso que sejam os putos de 20/30 de anos a tentar contrariar um facto plenamente aceite por quem viveu esses tempos de luta anti-fascista, inclusive os próprios benfiquistas.

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

Salazar foi eleito o maior português por muitas coisas...mas olha que o futebol pouco teve a ver com isso, meu caro amigo. Aliás, tentares justificar essa eleição (desprovida de um forte conteúdo justificativo, aponte-se) mediante uma associação com o futebol, e em particular com o Benfica...não te parece um pouco desonesto em termos daquilo que representa a nossa memória enquanto Nação? Para todos os efeitos, estás a recair no mesmo erro de muitos benfiquistas, ao afirmar que o sucesso do Porto se deve única e exclusivamente à corrupção. Acreditas que o FCP só lá vai com joguinhos de bastidores e colinhos...ou manténs alguma margem de manobra no que concerne à vontade, à garra, ao espírito, ao talento dos jogadores e à gestão do teu clube? Não me leves a mal, mas essa associação entre Regime e Benfica é rídicula...e ainda mais ridículo é insistirem nessa tecla como forma de procurarem minimizar o que esse Benfica fez pelo futebol português e pelo nosso país...exactamente da mesma maneira que outros que tais o fazem com o Porto. Abraço.

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

A eleição do Salazar como o Português de mais destaque foi e contínua a ser mal interpretada na minha opinião. Uma figura pode destacar-se por bons ou maus motivos e verdade seja dita o Salazar foi das figuras de maior destaque em Portugal, apesar de que por maus motivos. Na minha óptica votaria sempre no Infante Dom Henrique, porque se existiu alguém que "deu nome" a Portugal, foi o dito, mas compreendo a importância dada por muitos a Salazar, pela importância do que fez(negativamente) no país.

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

Para mim tinha sido D. João II...mas taco a taco com a tua escolha. :) E mesmo estas nossas predilecções tiveram coisas boas...e coisas más, tal como Salazar. Acredito que Salazar foi escolhido pela proximidade da sua figura, pela proximidade da sua memória...mas mesmo essa convém que seja destrinçada também pelo bem que fez, e que não foi pouco. À sua maneira, Salazar foi dos poucos que melhor conseguiu perceber a essência do povo português, ainda que depois a tenha interpretado de forma dúbia. Para todos os efeitos, a Salazar se deve a primeira grande reforma agrária do país; a introdução definitiva da industrialização, o reequilibrar das finanças e da nossa economia; a autonomização nacional e a desistência das amarras comerciais que tinhamos com Espanha e Portugal, para não falar do restauro monumental de grande parte do nosso parque patrimonial (ainda que com erros grosseiros em alguns casos), entre outros casos. Não creio que o povo português seja tão limitado que, no geral, tenha utilizado tal eleição para premiar alguém que fosse de tão má memória. Quer dizer, se calhar até é...mas recuso-me a acreditar nisso, pois não abonava muito relativamente ao futuro do nosso país. Abraço.

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

"a introdução definitiva da industrialização". Não concordo nada com essa parte. Salazar deu algum alento à CUF e pouco mais. Um dos seus pecados económicos foi exactamente a escassa aposta na indústria e a excessiva dependência da agricultura e das matérias das colónias. E houve ambiciosos projectos industriais que ficaram no papel. Mas acho que se votou em Salazar sobretudo como uma reacção À degradação crescente da vida política e à falta de crdibilidade da classe, e não tanto por admiração ao ditador. E repare-se que Cunhal ficou em segundo. Quanto a mim, votei em Camões.

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

Não concordo com definir o investimento industrial perpetuado por Salazar como um "pecado económico", neste caso pela óptica da falta de inevstimento. Para todos os efeitos, entre a CUF, a Marinha Grande, a Covilhã, Lisboa, Sines e pequenos outros pólos nas Beiras, Salazar fez pela industrialização em Portugal o que 130 anos anteriores tentaram fazer. Fê-lo, e nesse aspecto estamos de acordo, sempre em inferioridade aquilo que ele definia como uma política autárcica: de subsistência, de auto-sustentabilidade, e aí soube perceber, e bem em humilde opinião, que este é um país de agricultores. Para todos os efeitos, o fechamento da Nação e a tentativa de nos sustentarmos sem amarras de importação de forma generalizada foi um dos grandes chavões de uma política, talvez a única desde 1822, que nos permitiu ter uma economia estável e em crescimento. Quanto aos ambiciosos projectos que ficaram no papel, industriais ou de qualquer outra espécie...qual é o governo que não os tem?

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

Discussão inteligente e que dá algum alento e motivação para quem gosta disto. Quando se fala do que se sabe com discernimento e elevação é de salutar. Estão de parabéns os dois. Grande abraço

Re: Salazar e slb, uma dupla.. em grande!

:) Este é o tipo de discussões que eu gosto, meu caro. Não só entronca na minha área profissional como, e é preciso enltecê-lo, não há muitas pessoas a discutirem este tema. É um estranho tabu, que tem tanto de pertinente como de mal interpretado. Mas depois temos que levar com as bujardas dos portistas que tentam justificar um passado medíocre em função de um sistema político do qual pouco sabem...e que, para todos os efeitos, agora aplaudem. Enfim... Abraço.

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Para evitar as mentiras repetidas muitas vezes: 1- Curiosamente a cor vermelha também era a cor nazi... 2- "2 - O Estado Novo teve início em 1926 e começou a desintegrar-se em 1961 com as crises estudantis e a guerra colonial. Pois foi precisamente na fase decadente do antigo regime que o Benfica emergiu como força dominante do desporto português. " esta frase associada à do ponto 10("Obviamente que Salazar não teve alternativa senão engolir o sapo e colar-se ao êxito do clube, aproveitando-se dele para efeitos políticos.") acho que acaba por dizer muito. Essa da "fase descendente do regime" acaba por soar um bocado a desculpa um bocado esfarrapada. 3- Então quer dizer que os "vicios" desapareceram todos de um ano para o outro, especialmente quando o foco sócio-politico nessa altura era a nova Constituição e não o futebol? 4- "o clube desportivo que mais problemas criou a Salazar, como de resto seria de esperar numa agremiação tão marcadamente popular desde a sua fundação. " e que foi utilizado pelo regime para apaziguar as hostes...não são os Benfiquistas que gostam muito de dizer que quando o Benfica ganha o país pára?O Benfica era pois então a "arma" ideal... "6 - Os poderes públicos apoiavam tanto os “encarnados” que em 1956 escolheram o Sporting – por convite - para participar na primeira edição da Taça dos Campeões Europeus, apesar do campeão da época anterior ter sido o Benfica. " "A Taça dos Clubes Campeões Europeus foi uma idéia do então diretor do diário desportivo francês L'Équipe, Gabriel Hanot. A sua sugestão, em Dezembro de 1954, tendo em vista a criação de uma competição europeia inter-clubes, foi recebida com entusiasmo pela então recém fundada UEFA. O jornal francês L'Equipe e o seu editor, Gabriel Hanot, passaram a desenhar uma competição continental destinada aos clubes. Hanot, em conjunto com o colega Jacques Ferran, projetaram a nova competição que seria disputada nas noites de quarta-feira. O primeiro torneio A competição idealizada pelo L'Equipe, iniciada em setembro de 1955, não obrigava a que os participantes fossem campeões nacionais, funcionava sim por convites aos clubes que geravam maior interesse junto aos torcedores tanto que das 16 equipes, apenas RSC Anderlecht, AGF Arhus, Djurgardens IF FF, Milan AC, Real Madrid CF, Stade de Reims e SC Rot-Weiss Essen eram campeões nacionais. Sporting Lisboa, Partizan Belgrado, MTK Budabest, Servette, Hibernian, Gwardia, Rapid Wien, PSV Eindhoven e Saarbrucken foram as convidadas. Nenhum representante inglês participou da primeira edição; a equipe do Wolverhampton Wanderers FC recusou o convite por se achar a melhor equipe européia da época após jogos amistosos com vitória sobre ao Honvéd e ao Spartak Moscou." in http://www.campeoesdofutebol.com.br/hist_liga_campeoes.html 7- 1864 – The Indian city of Calcutta is almost totally destroyed by a cyclone; 60,000 die. 1869 – A strong hurricane devastates the Bay of Fundy region of Maritime Canada. The storm had been predicted over a year before by a British naval officer. 1914 – World War I first aerial combat resulting in a kill. 1930 – British Airship R101 crashed in France en-route to India on its maiden voyage. Todas estas situações se passaram a 5 de Outubro..." O Benfica não só fez questão de o inaugurar num dia 5 de Outubro,"...será que... "10 - O Benfica foi campeão europeu com jogadores que faziam parte dos movimentos de libertação das colónias, como Santana e Coluna. Obviamente que Salazar não teve alternativa senão engolir o sapo e colar-se ao êxito do clube, aproveitando-se dele para efeitos políticos. " Então mas após tanta coisa acaba por afirmar que de facto o Benfica se tornou o clube do regime? 11 - "Nas comemorações da vitória aliada na segunda guerra mundial, toleradas por Salazar apenas por receio de represálias dos vencedores – sobretudo a tradicional aliada Inglaterra – viram-se nas ruas bandeiras de França, dos Estados Unidos, de Inglaterra e…do Benfica, estas naturalmente substituindo as da URSS, e utilizadas por oposicionistas comunistas. " <<- Epá não temos aqui bandeiras soviéticas, isto pode dar barraca...arranja aí um qualquer trapo vermelho, eles não devem dar por isso...>> Epá e cansei-me...vou já saltar para o fim... O meu objectivo não é associar ou deixar de associar um clube ao regime, no entanto não fico indiferente ao comportamento mesquinho do "nós não fomos, os outros é que eram...". O que lá vai, lá vai e ainda bem no que respeita a esses tempos e os clubes actuais nada têm a ver com esses tempos.

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Quem escreveu isto? Aposto que foi um Benfiquista? Está tudo dito. Já agora, porque razão é que este iluminado quando fala que o Sporting foi apesar do Benfica ter sido campeão nacional o clube convidado para representar Portugal na 1ª edição da Taça dos Campeões Europeus, não o diz porquê. Se não sabe pergunte na Federação que lá explicam o porquê e escusa de mandar tiros para o ar.

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Claro que foi um benfiquista, não é compreensível? Quem tem sido descaracterizado com esta mentira?

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Mas qual mentira? Vai lá à Federação Portuguesa de Futebol e pergunta qual foi a razão que os árbitos Inocêncio Calabote e Inácio de Almeida foram irradiados da arbitagem.Logo terás a resposta e esta não é escrita por nenhum Benfiquista,Sportinguista ou Portista. Mas atenção que eu com isto não estou a dizer que algumas partes do texto não tenham razão assim como alguns ditos aqui contra o Benfica não sejam exagerados só que, isto não tapa a realidade e esta é só uma.Qual? Possivelmente só Deus saberá a resposta. Mas olha que eu te digo uma coisa.Tenho um grande amigo meu da minha criação que vive há 30 anos nos States, há 7/8 anos que não vêm a Portugal e para desgosto meu é um ferrenho (doente) Benfiquista. Posso adiantar que este chaval da minha idade teve como seu avô um alto dirigente do Benfica das décadas de 30 e 40. Este senhor já falecido há muitos anos, contou várias histórias passadas no seu clube durante os anos que lá andou como dirigente assim como sem ser dirigente. Entre estas histórias e segundo eu me recordo neste momento, estão respostas alguns destes pontos que vem no texto, só que eu neste momento não me recordo na perfeição do seu conteúde porque há mais de 30 anos que me foi dito. Apesar de actualmente muito raramente estar em contacto com o meu amigo devido a ter perdido o meu telemovel, logo ele não tem o meu contacto nem eu o dele, logo que seja possivel este contacto, vou-lhe pedir que me envie por escrito toda esta história do Benfica e depois faço um artigo sobre tal. Agora não sei é quando isto vai ser possivel.

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Meu caro polo, tive a fortuna de ter sido vizinho de um familiar do Calabote aqui em Évora...e olha que essa história (a do outro que referes desconheço) está tudo menos bem contada. Cartas e correspondência do coitado do homem existem, e só preciso é de tempo para as recolher como deve de ser. Essa então é que é uma mentira tantas vezes contada que ascende à categora de atroz verdade... Aliás, que se demorar a vir a Évora perceber um pouco disso encontra muita merda sobre arbitragens. O Lusitano andou 14 épocas na primeira divisão e muitos daqueles que na altura dirigiam e jogavam no clube ainda são vivos... Aliás, os jornais da época são bastante elucidativos. Grande abraço.

Re: Off-topic: UMA MENTIRA REPETIDA MUITAS VEZES

Acabaste de abrir uma das "caixas de Pandora" aqui do fórum. Sei de alguém que não vai gostar muito disto, que deste cedo usa isso como escudo protector. Cumps.

Bravo...

Jesualdo não está no 3º ano de Porto, está no 4º. E é TRI-CAMPEÃO NACIONAL pelo FC Porto. O ano passado, por esta altura, muitos eram os que pediam a cabeça do treinador (tu devias ser um deles) e diziam que tinha sido um grande erro a sua renovação. Em Maio, ele calava-vos a boca com a conquista da dobradinha e com mais uma prestação de grande relevo na Champions, onde a Europa nõ ficou indiferente ao modo como chegámos aos quartos-de-final e à forma como nos batemos de igual para igual com o campeão europeu. Haja maior gratidão e respeito por um treinador que, mesmo com os seus erros e mesmo sabendo que nenhum treinador é perfeito, honrou sempre o compromisso de vitória que assumiu com o FC Porto e nunca deixou de nos dar alegrias. Eu também não concordo com ele a 100% mas, pelo menos, tento ser um pouco mais moderado e cauteloso na análise, nunca deixando de tentar perceber o que vai na cabeça dele e porque toma a opção A na vez da B. Convém não esquecer, apenas a título de exemplo e porque mencionas aí alguns jogadores que, de facto, não têm categoria suficiente para estar no Porto, que Jesualdo não é o único a ter no plantel futebolistas de menor valor. Aconteceu com todos os seus antecedentes e, quer queiramos quer não, todos sabemos (ou devíamos saber) que os treinadores em Portugal (excepção feita, em parte, a Mourinho porque se soube impôr) não decidem metade das contratações que os clubes efectuam. Não sou um apreciador babado do futebol que este Porto tem vindo a apresentar nos últimos anos mas respeito as ideias do treinador e entendo aquilo que ele pretende da equipa. Cada treinador tem as suas ideias, ele tem as dele. Mesmo não tendo de concordar com o tipo de futebol que ele pretende e impõe, pelo menos aceita-se que ele tem servido para alcançar os objectivos: ganhar. Este ano temos dois adversários bem mais fortes e vai ser muito mais difícil, mas que isso não sirva para dizer que este treinador só tem vindo a fazer merda. Com isso não posso concordar. De referir que, aconteça o que acontecer este ano, sou da opinião que se mude de treinador para 2010/11, apenas porque 4 anos já será tempo a mais e o Porto precisa de renovação, de ideias novas. Já todos os nossos adversários sabem como jogamos e isso começa a ser complicado... Que venha Villas-Boas ou Domingos Paciência. PS. Só para se ter uma ideia do porquê das opções que os treinadores por vezes tomam, quem teve oportunidade de ir ver o treino do Porto à porta aberta, no dia 1, certamente viu um Mariano que muito raramente aparece nos jogos. Olhando assim de repente para ele, quem não o conhecesse... pensava que ele era um dos craques da equipa. E isto é só um exemplo. Abraço, JC

Re: Bravo...

Só uma achega ao teu comentário. Relembro, se calhar só aos mais desatentos que na época passada se levantou uma vaga de fundo para a renovação do contrato de Jesualdo. Na altura falva-se que o JESUS seria o próximo treinador do FCP, mas muitos adeptos do Porto que iam ao estádio insistiam, através de tarjas e em declarações à TV, com apelos à continuidade do Professor.