A oportunidade perdida por Paulo Bento | Relvado

A oportunidade perdida por Paulo Bento

O espetáculo degradante, catalogado como um jogo de futebol, entre as Seleções principais do Gabão e
 

Já são antigas, as queixas que muitos clubes apresentam na questão da utilização dos seus atletas no âmbito das Seleções Nacionais, agora e cada vez mais identificados como “ativos”, especialmente com o advento da multiplicação das sociedades anónimas desportivas.

Se é em parte, e na minha opinião, uma justa revindicação, porque esses “ativos” são hoje bastantes dispendiosos e a sua participação nesses jogos acarreta sempre riscos para a sua integridade física, além de outras implicações como é o caso dos castigos, do desgaste das deslocações ou mesmo da sua pura subtração aos normais trabalhos no seu clube, não deixa também de ser verdade que os clubes ganham com essa participação, dado que na maioria das vezes esses mesmos jogos acabam por ser fatores de valorização desses jogadores, com evidentes benefícios para os clubes que os têm de ceder à nossa Seleção.

A nossa Seleção principal disputa dois tipos de jogos, uns são referentes a participações em fases finais e respetivo apuramento, sendo que os outros são os chamados particulares. Em relação aos primeiros, e atendendo aos altos valores que se prendem com uma representação Nacional, os protestos dos clubes não se manifestam de forma tão vincada, até porque seria algo mesquinho misturar puros interesses de índole económica com outros valores que se relacionam muitas vezes com uma manifestação desportiva da nossa identidade enquanto povo, com tudo o que de positivo e negativo essa realidade comporta.

Em relação aos chamados jogos particulares, a história é um pouco diferente, mas enquanto estes ainda se vão destinando a apurar a forma desportiva da Seleção com vista aos embates oficiais, a situação ainda se vai mantendo, com um recatado queixume por parte dos clubes. Por último, temos um jogo particular que pouco ou nada acrescentou em termos desportivos, que em termos de valorização de jogadores se aproximou do zero e em que o seu quase único e manifesto propósito era, segundo os próprios responsáveis da FPF, meramente financeiro.

Estou a referir-me obviamente ao último espetáculo degradante, catalogado como um jogo de futebol entre as Seleções principais do Gabão e de Portugal. Em relação a este “jogo de futebol”, penso que Pinto da Costa tem razão, e a resposta de Paulo Bento, ao tentar entrar em comparações entre este mesmo jogo e um Brasil-Colômbia, de pura preparação para o próximo Mundial, um jogo até com algumas nuances históricas que não existiram de todo no Gabão-Portugal e que ainda por cima redundou num excelente espetáculo que valorizou os seus intervenientes, é sinónimo de que o nosso Selecionador Nacional perdeu uma boa oportunidade para estar calado.

FC Porto:

Comentários [19]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Quem pior ficou na foto,

foi o presidente do porto com mais uma intervenção infeliz. Ele que sempre que pode, trata a seleção "como uma puta ", vem agora queixar-se que ela não quis ir para a cama com ele -.-'

Pois, pois. nada acontece por

Pois, pois. nada acontece por acaso... Brevemente veremos qual o alcance dessa intervenção, que foi ajustada, repito!

GVF

Obrigado pelo comentário, e sim a forma como a Selecção é usada e abusada dava pano para mangas.

Previsão para Junho

O próximo Treinador será Português e será entre o que foi corrido da Grécia - melhor opção -, ou este, caso não consiga colocar Portugal no Brasil 2014.
Já o actual ficará em banho maria a treinar um Levante/Granada/Sporting de Gijón até a queda de Vitor Pereira. Parece-me é que ficará por mais umas épocas para infelicidade do Catedrático.

A FPF não beneficiou os jogadores a actuar em Portugal, muito menos os seus clubes.
Tanto Porto, Benfica, Braga e Sporting terão jogos durante esta semana e estes são preponderantes para a definição da restante época, como das compras em Janeiro, p.ex.
A boca tão elogiada pelos Media vinda de Paulo Bento é tão ridícula que nem merece ser argumentada, mas:
A Federação Colombiana terá que se preocupar com os Clubes Portugueses? Clubes Espanhóis? Ou Clubes Colombianos?

Aquele penteado de risco ao meio, retira-lhe alguns neurónios após ser penteado.

Só para ler

e mais nada. O jogo estava agendado desde Outubro. Se havia criticas a fazer e honestidade intelectual assim como real preocupação, ela teria que ser feita logo na altura da marcação e não após o jogo. A critica de Pinto da Costa nada teve a ver com a " importancia do jogo ou do adcersário", mas sim com a utilização de dois jogadores da seleção nacional que pertencem aos quadros do Porto. Como infelizmente, ou felizmente, para mim, não havia lá nenhum jogador do Benfica passou a ser caso de policia. Sobre o facto de James e Jakson, dois dos mais influentes jogadores do Porto, a par de Moutinho terem feito viagens mais longas, cansativas e impeditivas e tendo os memsos jogado, respetivamente 85 e 90 minutos, nada disse o " preocupado" Presidente do Porto. Puro show off, sem interesse, sem rsazão absolutamente nenhuma e com um qualquer propósito, que acabaremos por entender, lá mais para a frente. Longe vão os tempos em que Deco fazia chantagem com a colaboração de alguma imprensa desportiva que não iria á seleção se fosse castigado e a promoção de alguns jogadores em alturas em que era preciso dar nas vistas, potenciar e consequentemente vender, já vão longe, realmente esses tempos. E se todos os clubes, numa ou noutra altura, tentaram essa promoção, já as criticas tão "veladas, diretas e graves" a um selecionador, não será apanágio para todos. Uma vez mais, um grupo de seguidistas jornaleiros de segunda e alguns fanáticos de ocasião que respondem sempre sim a tudo o que o senhor diz, seja bom , mau ou mais ou menos, disseram presente para dar essa "razão" da treta ao presidente. Siga a rusga. Sempre dar para escrever artigos e dizer alguma coisa. Substancia= zero.

lol mentiras e outras melhores

1. Tens de explicar como é que uma viagem Portugal - new jersey é mais longa e cansativa do que uma viagem Portugal - Gabão?? Achas que Jackson e James foram a nadar??

2. Achas que não ha razao de falar... Quem é que pode estar satisfeito com um jogo com o 52° classificado no ranking uefa, quando a França por exemplo, jogou frente a Italia e o proximo adversario é a Alemanha...

3. A critica de Pinto da Costa foi feito depois do jogo, e fê-lo bem. Ainda teve mais argumentos : campo em muito mau estado, faltaram muitos titulares, equipa sem motivação, arbitragem a desejar, resultado fraco e com consequência forte no ranking de portugal...

4. Depois criticou a utilisação de J.Moutinho e Varela, pois foram mais utilizados e usados que outros jogadores... Mas claro que o seleccionador é que escolhe...

Que argumentação mais ...

... estúpida.

Imperador de 40 anos...

Se era para ler e mais nada, não entendo bem o resto. De qualquer forma obrigado pela resposta.

Para ler e mais nada

.... porque não leva anada de especial nem altera o rumo das coisas:)

Excelente artigo...

..a selecção nacional virou "puta",nada contra,mas seria desejável que o seleccionador fosse coerente. Não se percebe o tratamento dado aos jogadores do Real Madrid em comparação aos do FC Porto.

Um seleccionador mediocre,que não ganha há 3 jogos,mas isso parece pouco interessar...a uma imprensa subserviente,desejosa de o ver no Glorioso.

...

...quando um jogador da selecção (os tais que ganham prémios de jogo milionários - e ainda mandam bocas relativamente aos descontos -, e ficam hospedados em resorts de 5 estrelas cada vez que vão representar Portugal numa competição internacional - isso paga-se, ó Manel!) vier mandar bocas ao Paulo Bento e/ou a FPF no que concerne à utilização/desgaste/viagem/saturação/cansaço (utiliza o que quiseres) de um jogo destes, temos matéria para avançar nesta discussão.

Até lá, o escrevinhado acima colocado é paleio para boi dormir...motivado única e exclusivamente pelo traque oral que o velhinho mandou.
Eles que joguem e que piem fininho, seja em Wembley, seja num batatal qualquer em Jamestown.
Ponto final parágrafo!!!

O comentário do PdC

teve fundamento. Assunto a não comentar aqui, mas conto-te pessoalmente, e tem razão desta vez.... :)

...

...??

Fiquei curioso, confesso...
Fico à espera... :)

Abraço.

já te enviei

por msg
abraço

só é pena

não ter feito qualquer tipo de comentário sobre os 90minutos de utilização do James e 85minutos do Jackson...

Maltese

aqui discordo totalmente desse argumento, a Federação Portuguesa não só tem que lutar pelos interesses da própria seleção como também tem que fazer em relação aos clubes portugueses.... A seleção colombiana não tem que se preocupar com os clubes estrangeiros...

tretas kiko

O problema aqui é apenas a utilização dos jogadores do porto, porque nete momento, por questão de alianças, não interessava tanto como tê-los relaxados numa poltrona.

Tivesse o Benfica 4 gajos na seleção e a conversa seria totalmente diferente.

Tivesse o porto interesse em promover um jogador na seleção e a conversa seria totalmente diferente.

Enquanto a seleção for olhada como mero veículo de promoção dos activos dos clubes, nunca será a seleção de todos nós...

Claro que o discurso sempre muda conforme convem

aqui não há duvida, quantas vezes todos nós discutimos por o jogador A, B ou C ir ou não à seleção, e quantas vezes- como agora- quereriamos que eles nem fossem...

Será sempre uma (das) eternas discussões, mas o pdC-antesd de mais- tem que olhar pelo FCP, tal ocmo PB pela seleção

Sim, e a Federação da

Sim, e a Federação da Colombia e Seleccionador, tem o dever de zelar pelo Futebol Português?

A FPF e Paulo Bento, terão o dever de zelar pelas boas representações dos Clubes nas provas da UEFA?

A FPF que organiza a Taça de Portugal, defendeu essa prova?

Moutinho e Varela, fizeram em 15 dias 5 jogos de grau de dificuldade elevado, o Seleccionador zelou pela integridade fisica desses jogadores? Ou defendeu sim os jogadores do Real?