Trocariam Villas-Boas por Mourinho? | Relvado

Trocariam Villas-Boas por Mourinho?

Portista nenhum hesitaria se lhe perguntassem até Maio passado se gostaria de voltar a ser treinado
 

Desde que José Mourinho abandonou o FC Porto, em Maio de 2004, que um técnico não reunia tanto consenso entre os adeptos azuis-e-brancos como reúne atualmente André Villas-Boas.

Com 4 títulos conquistados de forma absolutamente brilhante em 2010/11, incluindo a reconquista do palco europeu, o atual treinador portista fez regressar ao Dragão a confiança, o entusiasmo e até alguma da magia que só com o Special One se havia sentido nos últimos anos.

Tanto é que portista nenhum hesitaria se lhe perguntassem até Maio passado se gostaria de voltar a ser treinado por Mourinho. Hoje, não será bem assim...

Luigi del Neri, Victor Fernandez e José Couceiro estiveram na atribulada época de 2004/05, Co Adriaanse sucedeu-lhes em 2005/06 e Jesualdo Ferreira foi o líder na caminhada de 4 anos até chegarmos ao início da época que agora termina.

Nenhum deles foi consensual. Nenhum deles conseguiu, sequer, agradar à maioria. E todos eles estiveram muito longe de alcançar a transcendência exibicional e o reconhecimento internacional que Villas-Boas conseguiu em tão pouco tempo. Com tão poucas mexidas no plantel. Convenceu até os mais céticos, que nada viam de especial nesta equipa durante a primeira metade da época.

Mais: em 10 meses apenas, Villas-Boas criou um modelo de jogo fortíssimo, uma identidade que poderá e deverá ser aperfeiçoada e criar escola no clube. Um "jogar" de princípios muito bem definidos, que está em plena comunhão com a tradição do FC Porto e as características do jogador e do futebol português. Um "jogar" criativo, de ataque, de prioridade ao toque e à posse de bola, de circulação e movimentação. De espetáculo, de encantamento, de ode à criação de oportunidades de golo.

Um futebol equilibrado, inteligente, coeso, total. Onde todos atacam e todos defendem. Um "jogar" de luxo, que obriga os jogadores a estarem constantemente a pensar e que se pode tornar num futebol total com mais alguns meses de trabalho.

Mourinho deixava aquela magia no ar como mais ninguém o fez até hoje. Pela forma de estar, pelas palavras escolhidas, pela defesa da causa Porto mas, acima de tudo, pela genialidade que a equipa apresentava. Simplesmente sabíamos que o Porto ia ganhar. Qualquer que fosse a adversidade, qualquer que fosse o obstáculo, o Porto ganharia. Era uma fé inexplicável que nos envolvia a todos.

Sei que Villas-Boas ainda não alcançou esse patamar endeusado que um dia Mourinho pisou, mas tenho a plena consciência de que nunca alguém esteve tão perto disso como agora.

Passaram apenas 7 anos e, incrivelmente, já estamos de novo no topo. Fortíssimos. Quase imbatíveis. Admirados por toda a gente. Felizes com aquilo que o nosso clube é capaz de fazer aqui e lá fora. Confesso que pensei que nunca mais seria possível atingir essa magia, mas estamos cada vez mais perto dela.

Por isso, e é a primeira vez que uma pergunta destas faz sentido: Se pudessem escolher, quereriam Mourinho como treinador do Porto em 2011/12 ou rejeitariam a hipótese e manteriam André Villas-Boas no comando?

E, em sequência deste tema, acreditam ser possível que o FC Porto volte a ser campeão europeu na próxima época?

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

FC Porto:

Comentários [28]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

A Realidade dos Factos...

Questão a meu ver impossível. Todos os treinadores têm as suas eras ou momentos. A relação Mourinho/FCP de 2002/04 foi um momento onde um treinador revolucionário e predestinado encontrou uma estrutura e um grupo de jogadores que tornaram o êxito possível. Com AVB será idêntico, dentro de poucas (1 ou 2) épocas também partirá. Tudo se resume à visibilidade da nossa liga, à (in)capacidade económica dos nossos clubes e logicamente às prespectivas de carreira de qualquer profissional. Como em todas as outras actividades profissionais os melhores são forçados a emigrar. Deste modo é impossível mesmo assegurar uma rotatividade de treinadores e jogadores de elite na nossa liga. Portugal lança promessas jovens ou p.ex. sul-americanos que depois terão de partir em bons negócios... mas esta é ou tem de ser a estratégia dos nossos clubes. O FCP há muito assimilou esta idéia... e daí não há saudades de Lisandro, Lucho, Deco, Ricardo Carvalho, Pepe e, neste caso Mourinho. A Estrutura funciona de tal forma que os craques da bola ou da prancheta servem o clube a atingir os seus objectivos desportivos e financeiros (OBJECTIVOS REALISTAS diga-se...). Em suma não trocaria assim como não trocarei o futuro técnico do FCP por AVB. Como nota de rodapé e que também pode dizer muito sobre a questão. Mourinho jamais voltará ao FCP. Pelas condições da saída e pelos factos deploráveis que a antecederam criaram-se alguns anti-corpos difíceis de ultrapassar que farão Pinto da Costa a não querer Mourinho nem Mourinho a querer voltar.

off. video do FC Porto

Produzi e coloquei + um video no youtube, desta x em jeito de homenagem às finais e conquistas europeias do FC Porto, tendo como banda sonora a versão "soul" d'O Porto está na rua de Ricardo Oliveira.

De Basileia até Dublin:

http://www.youtube.com/watch?v=4we5ZIofzI0&feature=channel_video_title

eis a questão

Antes de mais muitos parabéns pelo excelente artigo. Andava pensar num artigo que pudesse enaltecer o grande trabalho de AVB no FC Porto mas depois deste...

AVB sempre pretendeu demarcar-se das comparações com Mourinho, mas inevitavelmente elas têm que ser feitas, pois o grande nível do FCP este ano apenas se compara aos 2 anos e meio de Mourinho.

Como já alguém disse em cima, Mourinho é melhor treinador mas neste momento não trocava AVB por ninguém. Desde logo porque é um tipo de futebol que depois de 4 anos com Jesualdo, (indiscutivelmente um bom treinador mas que nunca me entusiasmou a mim nem à maior parte dos portistas devido ao seu modelo de jogo) me conseguiu novamente devolver a alegria de ver jogar o meu clube. Praticamos um futebol alegre, atraente e capaz de potencializar ao máximo os jogadores que temos. Nota-se que os jogadores entram em campo com uma enorme vontade de dar espectáculo aos adeptos que pagam para isso. E podia estar aqui a dizer muitas mais razões para neste momento ser AVB o escolhido, mas penso que ser portista resume tudo, principalmente porque transmite isso aos jogadores e adeptos.

Mas Mourinho foi o treinador que me levou a sonhar com um FCP de nível mundial, foi um treinador que dum ano para o outro modificou um pouco a nossa forma de jogar levando-nos à conquista da champions quando se julgava impossível uma equipa portuguesa poder sequer chegar à final. E depois disso foi para Inglaterra e prosseguiu o seu trajecto incrivelmente vitorioso que o levou a experimentar Itália mais uma vez vencendo e convencendo. Por tudo isto Mourinho é o melhor, mas sempre se notou que queria ser maior que o clube. E no FCP nem o nosso presidente é maior que o clube. A humildade de AVB enche-me as medidas portanto neste momento ainda sonho em tê-lo longos anos à frente do clube... Coisa que com Mourinho era impossível.

Um abraço e saudações desportivas a todos os relvas

Não!

Não esqueço as cenas de Mou em Gelsenkirchen.

Pois não devias esquecer,

mas também devias questionar-te das motivações de Mourinho naquela ocasião! É muito fácil criticar José Mourinho ignorando tudo o que esteve por detráz, que eu verdadeiramente desconheço.

bom ponto de vista.

.

Ninguem é maior...

..que o Futebol Clube do Porto.

Abraço.

1pt

e resumes tudo numa frase
Abraço

+1 pró Curva, foi-se o Rei

+1 pró Curva, foi-se o Rei Artur, foi-se Ivic, foi Robson, foi Mourinho, irá AVB, mas o nosso FCP continua sempre a ganhar!

Estas um mãos largas ;).

Um clube Mágico.

+1 para o pipoqueiro

+1 para o pipoqueiro

Por acaso esteve bem

mas o coentrão esteve melhor! :D

será

que são a mesma pessoa?????

Cruzes credo!

Coitado....

Hum, não sei o Curva também é

Hum, não sei o Curva também é da pipoca desde piqueno...

Um dia destes...

..vou-te mostrar umas pipocas do melhor :).

PS-Então o benfas quer levar a equipa toda do basket prá luz???

A inveja é uma coisa feia,

A inveja é uma coisa feia, não conseguem é levar isto para lado nenhum:
http://www.youtube.com/watch?v=P4JsMb3npmA

;)

Daqui a duas semanas vem dizer

que é dos Maltesers desde piqueno...

José Mourinho oui Villas Boas? Ainda Mourinho!

Quando se comparam duas pessoas, dois treinadores de futebol, duas personalidades diferentes, como são José Mourinho e André Villas Boas, é preciso olhar para muitos e diferentes aspectos para se tomar uma opção correcta e fundamentada. Pensando em tudo o que me ocorre, ainda escolho Mourinho, e sublinho a palavra ainda pois creio que Villas Boas tem evoluído bastante pelo que dentro de algum tempo (pouco) a minha resposta poderia ser bem diferente.
Creio que há dois aspectos muito importantes em que considero que Mourinho leva acentuada vantagem: na formação dum plantel, com a capacidade de escolher os jogadores que lhe fazem falta mesmo sendo desconhecidos, e na forma como intervém nos jogos, rápido e incisivo, corrigindo aspectos que, na preparação dos mesmos, pareciam merecer outras soluções. Todos se lembrarão como Mourinho foi buscar jogadores desconhecidos para construir um grande plantel e muitos será capazes também de recordar como o Special One era capaz de promover substituições logo aos 15 min quando se verificava que uma determinada solução não estava a funcionar, enquanto Villas Boas é muito tardio nas substituições e, geralmente, pouco eficaz.
A forma de gerir o plantel é semelhante nos dois treinadores, procurando ter todos os jogadores motivados e a saber o que fazer quando entram, mas Mourinho era mais capaz de apostar nos jovens da casa que Villas Boas, sendo este aspecto, a não existência de "jogadores da casa" o que mais me entristece no técnico actual.
Interessante é pensar no tipo de futebol apresentado: Mourinho construiu uma formação que era excepcional em termos de polivalência táctica, capaz de passar sem problemas do 4-3-3 ao 4-4-2, ambos os esquemas com diversas variantes até incluindo a de jogar com menos um, e essa capacidade, que foi sendo aprimorada, tonou o Porto, vencedor da Champions, uma equipa que conseguia sempre evitar que o adversário jogasse! André Villas Boas é muito mais fiel a um esquema único, o 4-3-3 com uma variante 4-1-4-1 a defender, mas formou um grupo que consegue impôr os seus princípios de jogo e consegue que o adversário se submeta a jogar como quer. Não consigo ter uma preferência clara por um ou outro!
Tenho curiosidade de ver como o Porto se vai portar diante do Barcelona no Mónaco, e talvez que aí eu mude a minha preferência, e de ver como vai jogar a Champions. São os grandes desafios que fazem grandes os treinadores e esses são de alto gabarito! Neste momento, ainda prefiro José Mourinho que, como pessoa, me parece estar bem longe de Villas Boas!

Cum carago!!

Que dizer? Que não queremos o melhor treinador do mundo? Mas a realidade é mesmo essa, os adeptos e sócios do FCP adoram AVB, e não, não trocaríamos.

Isto não significa que achemos todos (eu pelo menos não acho) que vamos ser campeões europeus e ganhar "quinje ajero" todos os jogos, isso não é connosco. Vai ser um ano muito complicado, a equipa terá que ser ainda mais guerreira, os nossos adversários vão estar super-motivados. Ainda para mais, ao que parece, os rivais parece que encontraram uma fonte inesgotável de dinheiro e estão a investir muito forte.

Caramba

Caramba Art, isto parece os benfiquistas no final da época passada a dizerem que Jesus era melhor que Mourinho, o mestre da táctica, etc! Não se podem fazer comparações destas, Mourinho é o melhor do mundo, AVB está a começar, sendo certo que teve um começo soberbo. Entre os dois não podem existir comparações, pelo menos por enquanto.
Relativamente ao FCP, é óbvio que neste momento não se trocaria AVB por Mourinho e seria um disparate faze-lo, mas o Barcelona também não trocava Guardiola por Mourinho, o Manchester Ferguson, o Milan, o Dortmund, o Rangers, etc, simplesmente porque ganharam e em equipa que ganha em regra não se mexe.
Voltando ao inicio e às comparações Mourinho versus AVB elas são totalmente precipitadas e ninguém isento pode hoje afirmar que AVB é superior a Mourinho!

Interessante ponto de vista

Mereces mais um que vou dar!

Isto só prova que na vida não

Isto só prova que na vida não há ninguém insubstituível e tende sempre a aparecer melhor, fruto do desenvolvimento das técnicas do Coaching e outras associadas, que tão bem estes dois protagonistas colocam em prática.

O Porto não

mas o Real se calhar até trocava.

Bela questão..

AVB fez um ano fantástico, um dos mais memoráveis da História do clube e do panorama nacional, que ultrapassou em muito até as próprias expectativas de AVB. Ninguém esperava tal sucesso..

Podemos dizer que correu tudo bem e que a entrada de AVB no FCP, foi amor à primeira vista..

Contudo considero que se devem baixar as expectaivas para a próxima época para toda a equipa. Ao FCP cabe a responsabilidade de ganhar o campeonato nacional, taça e lutar por uma carreira honrosa na LC.
Isto é para dizer que AVB e a equipa não podem ter tamanha pressão em cima dos seus ombros, já que isso pode condicionar a performamnce de toda a estrutura.

Especialmente porque AVB, apesar de toda o seu génio, é ainda um jovem treinador que ainda carece de uma maior maturidade. Não se pode esperar que qualquer treinador aos 33 anos tenha atinguido todo o seu potencial.. Existe um caminho a percorrer.. Como a toda a gente, AVB terá que lidar com o insucesso..

Mourinho, actualmente, é um treinador incomparavelmente mais experiente e com matreirice.. Mourinho tem provado, equipa atrás de equipa, que consegue tomar o controlo e colocar essa equipa a jogar à sua maneira e isso é sinal indesmentivel da sua fabulosa categoria.

AVB ou Mourinho?
O FCP da primeira época de Mourinho, é muito diferente da 2ª época de Mourinho, porquê? Porque Mourinho percebeu muito bem que jogar uma LC era muito diferente de disputar uma LE e por isso adaptou a equipa. Conhecia as limitações da equipa e fez o que considerou necessário para as minimizar. E foi um vencedor..

AVB terá que efectuar este caminho inevitávelmente. O actual FCP tem as suas limitações e AVB terá que as minimizar ainda mais..

Qual apresentou o futebol mais espectacular? Bem, nem sei bem dizer..

Mourinho ou AVB? Escolho AVB por ser um portista de coração.. Mas Mourinho é magnifico..

Um ano atrás

Um ano atrás nem me passaria pela cabeça ser possível dizer isto: não, não trocaria.
Villas-Boas pela primeira vez fez-me sentir aquilo que o artigo muito bem realça: quando via o Porto simplesmente sabia que íamos ganhar, qualquer que fosse a adversidade ou as dificuldades que se deparassem.
Já não me lembrava de ver futebol tão descansado e somente atento ao fruir do jogo como no tempo do Mourinho.
E Villas-Boas trouxe isso de volta. É verdade que para o ano a Liga dos Campeões é um grande desafio, mas quem melhor que AVB para conduzir este grupo de jogadores.
Perder ou ganhar ver-se-á jogo a jogo. Com a certeza porém que vou continuar a ver futebol tirando todo o prazer do jogo. Isto é o que caracteriza uma grande equipa: poder proporcionar esses momentos únicos de prazer aos seus adeptos. E o Porto é uma equipa assim.

isso não se faz Art!

Mourinho fez história no FC Porto, é e será sempre para mim o "filho do dragão", é o treinador que mais me marcou desde que me lembro de ser sócio portista, já lá vão mais de 20 anos. É o melhor treinador de sempre e é um treinador que se faz grande, que se fez "special" no FC Porto.

Mas a verdade é que a história não se repete e as figuras do clubes são únicas e incomparáveis. Cada uma no seu tempo.

E neste caso este é o tempo do André Villas-Boas. É o tempo do treinador que nos fez voltar a sonhar, que nos fez voltar a sentir uma empatia total, com a sua personalidade, com os seus métodos, com as suas ambições. É o treinador que nos fez conquistar Portugal e a Europa! E André Villas-Boas é o treinador do momento no FC Porto e é o treinador que todos queremos no nosso clube em 2010/11.

Se perguntasses quem é o melhor treinador, diria de imediato José Mourinho. Agora trocar AVB nem pensar. Nem por Mourinho, nem por Guardiola, nem por nenhum treinador do mundo!

Não trocaria AVB por este Mourinho...

Mas por "aquele" Mourinho de 2003/2004...