Miguel Oliveira é Vice-campeão! | Relvado

Miguel Oliveira é Vice-campeão!

Vitória de Miguel Oliveira e Danny Kent campeão de Moto 3!
 
44-oliveira__gp_valencia.jpg

O Circuito de Valência, marca o final do Campeonato do Mundo de Motociclismo, com o título de Moto 2 já entregue a Johann Zarco, restava o título de Moto 3, onde estava envolvido o piloto português Miguel Oliveira e Danny Kent e o tão aguardado e disputado, também fora da pista, o título de Moto Gp entre dois colegas de equipa, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo, o dia prometia bastante e...cumpriu!

Para ser campeão, Miguel Oliveira tinha de ganhar esta última corrida e o assim fez! Partiu da quarta posição da grelha de partida, mas pouco depois do semáforo se apagar já era primeiro! Nunca perdeu essa posição de vista e o mais “baixo” que esteve, foi em terceiro lugar. As lutas sucediam atrás de si, envolvendo os pilotos Romano Fennati, Efran Vaskez e Nicolló Antonelli, estes que se desentenderam na última volta e caíram, deixando o segundo lugar para Jorge Navarro (que também já tinha passado pela liderança da corrida) e Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC). Danny Kent, depois de travar uma estranha luta com o colega de equipa, Hiroki Ono, terminou em 10º lugar vencendo, assim, o campeonato de Moto 3, com 6 pontos de vantagem sobre o português, Miguel Oliveira. Nas estatísticas finais pode-se dizer que: os dois primeiros tiveram o mesmo número de vitórias (6); para o piloto português, esta foi a terceira vez consecutiva, que subiu ao lugar mais alto do pódio!  

Na categoria de Moto 2, lutava-se pelo vice-campeonato, uma vez que Johann Zarco já era campeão há algum tempo! A corrida começou praticamente com bandeira vermelha, uma vez que, seis pilotos caíram na segunda curva do circuito. A pista foi limpa e a corrida iniciada, mas agora com apenas 18 voltas. Tito Rabat foi o que melhor arrancou e colocou-se na frente para não mais deixar o primeiro lugar, Alex Rins seguiu-o de perto, estes dois que lutavam pelo 2º lugar no campeonato. As posições não se alteraram e Alex Rins, apesar de ser segundo no pódio, ficou em 2º lugar no campeonato, neste seu ano de estreia em Moto 2, ele que foi eleito “Rookie do Ano”. Tom Luthi acompanhou estes dois pilotos no pódio. Johann Zarco terminou em 7º, ele que estaria já a usar o novo chassis, para 2016.

Em Moto Gp, a expectativa era grande, depois de tudo o que se passou na Malásia e nas semanas seguintes. As “lutas” psicológicas entre Marc Marquez, Valentino Rossi e também Jorge Lorenzo. Para quem quisesse calcular, quem seria campeão neste final de corrida, o seu melhor amigo seria uma calculadora, pois as possibilidades eram imensas. Valentino Rossi partia do final da grelha, enquanto Jorge Lorenzo quebrou o record do circuito e partia em primeiro. Rossi fez tudo o que lhe competia, uma recuperação espetacular e terminou em 4º lugar, mas Jorge Lorenzo não deu tréguas na frente e apesar de Marc Marquez ter estado muito perto, nunca ameaçou, realmente, o primeiro lugar do piloto da Yamaha. Dani Pedrosa, que terminou a corrida atrás de Marc Marquez fez uma grande recuperação e mostrou que no próximo ano, poderão contar com ele para a luta pelo título. Jorge Lorenzo, sai de Valência com o seu quinto título mundial (3º em Moto Gp), se os mais de 100 mil espectadores presentes no circuito gostaram? Isso já daria um novo artigo…

Modalidades:

Comentários