Mais uma jovem promessa sul-americana a caminho do FC Porto? | Relvado

Mais uma jovem promessa sul-americana a caminho do FC Porto?

Depois do argentino Juan Iturbe, o FC Porto pode apostar no brasileiro Kelvin. Duas jovens promessas
 

Kelvin pode ser incluído nas negociações por Kléber

Kelvin, médio-ofensivo do Paraná, do Brasil, poderá ser reforço do FC Porto para a próxima temporada. A SAD portista já terá um acordo pelo jogador com o emblema brasileiro, ao que adiantam os jornais O Jogo e Record.

Kelvin tem apenas 17 anos e, ao abrigo da Lei Pelé que proíbe a saída do Brasil de jogadores menores de idade, deverá manter-se no Paraná até Julho, altura em que completa 18 anos.

O jogador manteve recentemente um litígio jurídico com o Paraná, contra o qual moveu uma acção no Tribunal do Trabalho. Ganhou o processo, ficando estipulada uma cláusula de rescisão de 2 milhões de euros, valor este que já terá sido pago por um grupo de empresários.

O Atlético de Minas Gerais, além do Palmeiras de Luiz Felipe Scolari e de um clube italiano, estará também interessado em Kelvin e surge o rumor de que o jovem pode ser incluído nas negociações por Kléber. O avançado do Marítimo é uma velha pretensão dos dragões, mas o clube não conseguiu chegar a entendimento com vista à contratação do atleta cujo passe pertence ao Atlético mineiro. Kelvin poderá servir como trunfo neste processo.

Rumores:

Comentários [12]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Começo a ficar preocupado...

Começo a ficar preocupado com este excesso de estrangeiros nos grandes clubes Portugueses, principalmente no meu...

No último jogo de 18 jogadores tinhamos 5!!! Portugueses, só 3 jogaram a titulares, e se tivermos em conta que um deles não é um titular indiscutível(RAFA) não deixa de ser preocupante.

Será que não temos talento cá em Portugal? Claro que temos, os clubes é que parecem mais dispostos a apostar noutras paragens, a questão é será que a qualidade é superior ou outros interesses falam mais alto?

Claro que a qualidade deve ser mais importante que a Nacionalidade mas parece-me estranho que num País tão pequeno e que consegue dar 3 bolas de ouro (Eusébio, Figo e Ronaldo) que consegue sempre ter dos melhores e mais cobiçados jogadores do Mundo, que consegue ter o melhor treinador do Mundo, não haja qualidade...

Cumprimentos

Por acaso acho q essas contas não estão bem...

Embora concorde contigo.
No último jogo o Porto jogou com o Rolando, Rafa, Moutinho e Varela (4).
No banco tinha o Micael e o Beto. (6)

É verdade que são poucos, mas é com medidas como o empréstimo do Castro e do talvez empréstimo do Ukra que os Portugueses se vão afastando...

Cumprimentos

Tens razão 4 a titulares e 2

Tens razão 4 a titulares e 2 no banco :)

mas vai dar ao mesmo, não deixa de ser algo preocupante esta situação, não só no FCP mas no futebol Português em geral.

O Rolando, o Varela e o

O Rolando, o Varela e o Micael são portugueses?!?!?!? :)

Não tem lógica...

Se bastavam cerca de 400 mil euros para desbloquear a transferência de Kléber, independentemente de não ser o Porto a ter de os pagar, a propósito de quê que iríamos gastar uns quantos milhões neste Kelvin para o dar como moeda de troca? Se ele custou 2 Milhões a um grupo de empresários que já é detentor do passe, custará pelo menos 3 ou 4 Milhões ao Porto. Não creio que seja para incluir no negócio Kléber, acredito mais na hipótese "contratação de futuro" (tal qual o Iturbe). O Villas-Boas não passa serões a ver futebol sul-americano mas a verdade é que, coincidência ou não, já estamos em negociações com o segundo puto do outro lado do Atlântico. Isto partindo do princípio que a notícia, já que vem n'O Jogo, corresponde à verdade...

Abraço,
JC

Quanto ao Kléber Arte....

...acho que o Porto, caso neste período de ausência do Falcao, visse a extrema necessiadade de ir ao mercado, teria ido. Correu bem a "substituição" pelo Hulk, senão a estratégia teria sido diferente, disso não duvido, nesta casa não se brinca como sabes bem. Se a opção recairía no Kléber, já tenhio algumas dúvidas, há muitas outras alternativas viáveis, algumas até dentro do nosso campeonato e ao preço da uva mijona.

Mas voltando ao que me fez interpelar-te, penso que nem que 100 contos fossem o necessário para a desbloquear o Kléber, não o deveríamos ter feito. É uma questão de princípio. O Porto não pode andar a assumir compromissos dos outros só porque são apenas 400 mil euros. Quem tem de pagar que pague, já viste o precedente que isso abriría? Nem pensar!

PS: O Varela está a voltar de várias lesões. Deixa-o ganhar ritmo e vais ver o final de época que fará. ;)

Cumps

Concordo contigo na questão

Concordo contigo na questão do precedente em relação ao Kléber, mingos. Nunca tinha pensado as coisas nessa perspectiva, mas acho que tens absoluta razão e isso já justifica o comportamento do Porto no negócio.

Quanto ao Varela é que eu não te dou tanta razão como isso. Gosto muito dele, acredita que gosto, mas aquele estilo playboy a arrastar-se, como quem não se quer cansar muito... não me agrada, é malandrice. Não tarda nada e perde o lugar em definitivo para James...

Não entendo o impasse do negócio do Kléber

Basta pagar 400 mil euros?

Sim, mas é o Atlético que tem

Sim, mas é o Atlético que tem de os pagar ao Marítimo por quebrar o acordo de empréstimo. Isto se vier em Janeiro, no final da época já não se põe esse problema e o Porto pode negociar directamente com o clube brasileiro. Com a necessidade que temos de um ponta-de-lança com as características dele, nunca entendi muito bem porque é que o Porto não pagou 400 mil a mais ao Atlético no início da época e arrumou logo a questão. Pagamos tantas vezes milhões por gajos que não valem um chavo... e este fincamos pé. Não entendo!

As relações estão azedas com o Marítimo

O FC Porto está a jogar, mas poderá foder-se. O Marítimo fica com um bom jogador até Junho, e nós só com 2 avançados.

Radamel já está apto? Será lógico colocá-lo a titular na próxima quarta-feira?

O Falcão já está quase OK. É

O Falcão já está quase OK, mas não foi convocado. Era previsível que estivesse em condições de jogar já em Barcelos, mas só devia ser titular contra o Benfica, mas pelos vistos nem isso. Espero que não vá a "frio" para o clássico, precisamos dele em bom nível...

Quanto ao Kléber, quer-me parecer que o Porto não quis ir nas exigências do Marítimo. As coisas resolviam-se de uma forma muito fácil (cedência de um outro jogador qualquer aos insulares, redução do valor da indemnização para metade desde que o Marítimo tivesse tempo de ir ao mercado, etc), mas o presidente deles deve ter-se mantido irredutível e o Porto afastou-se, entregando a discussão aos dois clubes em conflito. Mas sempre pensei que 400 mil não seriam problema e por isso é que acreditei que o Porto pudesse fazer uma investida de última hora e ele chegasse antes do fecho do mercado em Setembro.

Entendo a posição do presidente do Marítimo. Se há uma cláusula que indemniza o clube em caso de quebra do empréstimo, ele tem de exigir o dinheiro. Mas sendo que o clube que pretendia o Kléber era um dos grandes em Portugal, acho que ele só tinha tido a ganhar se fizesse as coisas com outra ponderação. E ao menos lucrava alguma coisa com isso, o que já não acontecerá no final da época, quando terminar o contrato de empréstimo e o jogador estiver livre para ser negociado pelo Atlético Mineiro e pelo Porto.

Assim, perdem todos. O jogador, porque perde a oportunidade de dar já o salto para um clube grande. O Marítimo, porque fica com um jogador contrariado e em claro sub-rendimento no plantel, para além de perder uma boa oportunidade de negócio por um atleta que nem sequer é deles. E o Porto porque "investiu" em Kléber até à última e ficou privado do 3º ponta-de-lança no plantel. Mas pode ser que ainda haja surpresas até segunda-feira...

Forte abraço

O iturbe é um óptimo jogador no FM lol

Vamos ver se os olheiros do jogo em questão o avaliaram bem.

Cumprimentos,

Not_me