Caso Pereira Cristóvão: Carlos Pereira quer intervenientes punidos | Relvado

Caso Pereira Cristóvão: Carlos Pereira quer intervenientes punidos

Presidente do Marítimo defende que tudo tem de "ser averiguado até às últimas consequências".
 

Carlos Pereira falou pela primeira vez sobre o caso que envolve Paulo Pereira Cristóvão, que alegadamente montou uma armadilha ao árbitro assistente José Cardinal, de forma a que ficasse impossibilitado de atuar no Sporting-Marítimo, para a Taça de Portugal, a 22 de dezembro último.

O presidente do Marítimo defendeu, aos microfones da rádio Antena 1, que o caso deve “ser averiguado até às últimas consequências e todos os intervenientes punidos”.

“A ser verdade esta situação, porque depósitos fazem-se muitos, fazem-se na Madeira, no Algarve, no Porto... O segredo de justiça vai com certeza imperar nesta fase, mas a ser verdade, acho que deve ser averiguado e levado até às últimas consequências”, acrescentou o dirigente dos insulares, citado pelo jornal A Bola.

 
Sporting:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Deixem o Porto em paz um

Deixem o Porto em paz um bocadinho pah...

Pois...

...em Lisboa, não, não se fazem depósitos...