Chelsea de Mourinho esteve perto de "ser enterrado" na Suíça | Relvado

Chelsea de Mourinho esteve perto de "ser enterrado" na Suíça

Petr Čech foi decisivo para evitar uma goleada do Basileia sobre a equipa de Londres.
 

O Chelsea apurou-se na noite passada para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões mas só o conseguiu graças ao resultado de outro jogo: o empate a zero entre Steaua Bucareste e o Schalke 04. No seu compromisso os ingleses perderam contra o Basileia, por 1-0. Foi o segundo duelo e a segunda derrota frente aos suíços nesta fase de grupos.

Nesta quarta-feira os jornais ingleses deixam críticas ao desempenho do Chelsea e, ao mesmo tempo, salientam a boa atuação do guarda-redes e quase "salvador" Petr Čech.

"Se não fosse Petr Čech teriam sido enterrados antes do intervalo", escreve o 'The Guardian', que viu o conjunto londrino a "coxear durante a derrota".

O 'Express' considera que o Chelsea "esteve horrível antes e após o intervalo, com apenas a excelência do guardião Čech a manter o equilíbrio".

Num registo diferente surge a análise do 'Daily Star', que destaca: "O Chelsea esteve horrível, especialmente no primeiro tempo e Mourinho caminhou quase 50 metros, rumo ao balneário, desgostoso, ainda antes do árbitro Stéphane Lannoy apitar para o intervalo".

"Apesar do seu novo corte de cabelo ultra-curto, ao intervalo, a palestra de Mourinho foi, presumivelmente, do estilo secador de cabelo!", lê-se no jornal britânico.

Liga dos Campeões:

Comentários [3]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Está visto

O Chelsea não se dá bem com o Basileia.

O Basileia...

... Está para o "chersia", como o Gerês está para a Ucrânia... lolol

Eu acho que será...

do equipamento parecido com o do Barcelona, dá-lhes arrepios.