Águia merecia mais perante Man. United em poupanças (crónica) | Relvado

Águia merecia mais perante Man. United em poupanças (crónica)

Benfica teve mais oportunidades de golo diante de um rival com vários habituais titulares de fora.
 
Wilsel no Benfica-Manchester United
Lusa

Benfica e Manchester United empataram a uma bola, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Um resultado que não escandaliza, mas a haver um vencedor deveria claramente ter sido o Benfica. 

Jorge Jesus tinha dito antes do jogo que a atual equipa do Manchester United é a mais forte que já viu jogar na história do clube inglês. Por isso, terá ficado certamente aliviado quando percebeu que Alex Ferguson poupou mais de meia equipa, possivelmente a pensar no encontro de domingo com o Chelsea.
De Gea, Phil Jones, Anderson, Ashley Young, Nani e Chicharito, seis habituais titulares, ficaram no banco. Isto para já não falar em Vidic e Rio Ferdinand, lesionados.

Ferguson, de resto, não parece ser um grande conhecedor deste Benfica. Se o fosse, não teria certamente dito que Enzo Pérez, jogador que praticamente não jogou em partidas oficiais esta época, é uma peça muito importante na equipa da Luz...

Mas Jesus não se fiou e optou por mais cautelas do que habitualmente. A dúvida parecia ser entre Bruno César e Nolito. Pois bem, jogou... Ruben Amorim, com Gaitán a alinhar como extremo esquerdo. Na frente, Cardozo foi o único ponta de lança.
Javi Garcia cumpriu o jogo 100 com a camisola do Benfica e Luisão igualou Veloso como futebolista dos encarnados com mais encontros disputados nas competições europeias (77).

As duas equipas começaram de forma muito cautelosa, optando por jogar pelo seguro. Uma grande arrancada de Valência, resolvida com boa saída dos postes de Artur Moraes e um remate com relativo perigo de Gaitán foram os únicos momentos com alguma emoção no primeiro quarto de hora.

O Benfica "pegou" então no jogo e foi o mesmo Gaitán a ter nos pés o primeiro lance de verdadeiro perigo, com belo remate em trivela aos 17', que não passou muito longe do poste esquerdo da baliza de Lindegaarde. O argentino a querer mostrar-se a Alex Ferguson, não sendo surpresa para ninguém que está a ser observado há algum tempo pelos 'red devils'... Logo a seguir, Cardozo teve boa ocasião, mas o guardião dinamarquês estava atento.

O "Tacuara" não perdoou aos 24', inaugurando o marcador com jogada fantástica, à ponta de lança, depois de assistência perfeita de Gaitán. Enfim, foi mais uma obra prima de Cardozo, tantas vezes alvo de assobios inacreditáveis dos próprios adeptos do Benfica... Martin Ferguson, irmão de Alex Ferguson e observador do Manchester United, bem tinha avisado que o principal perigo das águias era o ponta de lança paraguaio.

O Benfica partiu então para um período de total domínio, com o meio-campo 'red devil' a não ter "pernas" para acompanhar jogadores como Gaitán, Witsel e Aimar, que corre como um miúdo de 20 anos.

E quando nada o fazia prever o "velhote" Ryan Giggs apareceu em cena, com um golão de fora da área. Estavam decorridos 42'. O resultado ao intervalo era bastante injusto...

Mais Manchester mas Benfica não vai ao chão

A segunda parte começou com boa oportunidade para Valência, bem defendida por Artur Moraes, na primeira vez em que o guarda-redes se teve de aplicar verdadeiramente. Foi o primeiro sinal de um Manchester United bem mais pressionante do que na primeira parte.

Aimar respondeu aos 54' com bom remate de fora da área e logo a seguir, Jorge Jesus deu a indicação aos seus jogadores que queria arriscar e tentar ganhar o jogo, lançando Nolito no lugar de Ruben Amorim.

Mas o Manchester United estava mesmo muito melhor do que na etapa inicial e o jogo passou a desenrolar-se mais no meio-campo dos encarnados. Aos 64', o "senhor Giggs" voltou a aparecer em jogo, não fazendo o 1-2 por um triz, depois de brilhante jogada individual.

Mas não se pense que o Benfica se remetia a um papel secundário. É que logo na resposta, Nolito esteve à beira do 2-1, mas o guardião dos visitantes realizou defesa soberba. Era a melhor fase da partida!

Nolito agitou claramente as águas, voltando a colocar o Benfica na discussão do jogo. O extremo espanhol pode ser acusado de indisciplina tática e até de algum egoísmo, mas não será um desperdício ficar no banco?

Aos 69', Ferguson lançou Nani e Chicharito, dois dos maiores desequilibradores do seu plantel. A intenção era clara: dar a "machadada" final num Benfica que parecia acusar algum cansaço. Mas o português e o mexicano pouco se viram

Com o final do jogo a aproximar-se, começou a perceber-se que os jogadores do Benfica davam-se satisfeitos pelo empate. Isso era visível na eternidade com que Gaitán marcou dois cantos. E os ingleses também pareciam contentes com o ponto conquistado naquele que, em teoria, é o seu jogo mais difícil nesta fase de grupos.

Aos 75' Jorge Jesus lançou Matic para o lugar do esgotadíssimo Aimar, que já não podia com "uma gata pelo rabo". Quem continuava com a "corda toda" era Gaitán: aos 77', voltou a piscar o olho a Alex Ferguson, com um remate fantástico do meio da rua, travado por Lindegaarde.

Nos instantes finais, Nolito teve nos pés a vitória, mas o remate saiu às malhas laterais.

Em termos individuais, Luisão e Gaitán foram os melhores no Benfica e Nolito entrou muito bem. Já Witsel não esteve tão em jogo como habitualmente.

Benfica:

Comentários [334]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

:)

...o maior palhaço cá do sítio tem o dom da ubiquidade (só mais um entre tantos outros). Conseguiu a proeza de ver dois jogos que passaram ao mesmo tempo e com igual atenção dedicado a ambos.

Que espectáculo...dás lições ou é conhecimento que te é reservado a ti?

P.S: Este mesmo Manchester, com praticamente os mesmos jogadores, deu 8 ao Arsenal.

P.S1: O clube do teu amante sexagenário só lá foi após uma expulsão...mas deduzo que na tua cabeça tenha feito um jogo fora de série...

Pronto

Eu que sou o fanático...Leia uns comentários mais recentes e veja,que 7 (SIM 7) destes jogadores foram titulares na final da champions!!Logo alguma coisa quer dizer.E quando entraram Nani e Chicharrito,o Benfica criou as melhores oportunidades.Se ficas revoltado pois esperavas uma goleada dos ingleses,temos pena.

Por fim,tu chamas-me de fanatico e hoolinga e eu é que te insultei..Está bem está!

P.S-4 Remates a partida toda do MU,contra 14 do Benfica.Não te diz nada tambem?Já sei,não o MU é que merecia e tal e coiso.

Domingo

Man United - Chelsea

Cumps

bom jogo, mas prefiro ver o

bom jogo, mas prefiro ver o derby minhoto, Guimaraes X Braga