Ucrânia: selecionador denuncia "envenenamento" dos jogadores | Relvado

Ucrânia: selecionador denuncia "envenenamento" dos jogadores

Oleg Blokhin diz que intoxicação alimentar "não foi acidental". Voronin confirmou estranheza da situ
 
Oleg Blokhin, treinador
ALEXANDER KLEIN/AFP/GettyImages

Oleg Blokhin, selecionador da Ucrânia, denunciou uma tentativa de envenenamento dos seus jogadores na Alemanha. Tudo terá acontecido antes do último jogo de preparação, uma derrota com a Turquia, em Ingolstadt, na Baviera, na terça-feira.

"Os nossos jogadores foram envenenados na Alemanha! Dez jogadores foram vítimas de intoxicação alimentar!", acusou ao jornal alemão Bild o antigo internacional da União Soviética.

Andriy Voronin, uma das estrelas da Ucrânia, confirmou ao Bild que a situação é estranha: "Foi flagrante. Eu senti-me muito mal e vomitei no intervalo do jogo. Não faço ideia se era um vírus ou de se deveu a alimentos. Mas é curioso, porque comemos todos coisas diferentes ".

Já antes, Blokhin tinha dito à imprensa do seu país que a intoxicação teria sido “premeditada”. “Não pode ter sido acidental, todos ingeriram comidas diferentes”, disse.

A equipa da Ucrânia ficou instalada num hotel de 5 estrelas. O diretor da unidade hoteleira defendeu-se perante o Bild. “A Ucrânia levou dois chefs particulares e, especificamente, um italiano que cozinhou macarrão. Portanto, a responsabilidade não foi nossa. Não houve reclamações. Além disso, todos os nossos outros clientes estão bem", afirmou.

A Ucrânia, uma das anfitriãs do Europeu, estreia-se na segunda-feira, frente à Suécia.

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Internacional:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

a culpa é do manel

em portugal ja se sabe quem envenenou... foi o manuel jose. coitadinhos dos nossos meninos

E os animais...

Mas ninguem fala do massacre que os animais de rua sofreram, desde tiro ao alvo, colocados em camiões de gás, e até queimados vivos... Cães e Gatos da Ucrania, tiveram este triste fim, com requinte macabro, por causa de não se verem animais de rua nas cidades do euro. E ainda criticam o Hitler! afinal de contas os animais não tem direito á vida!!! que direito tem o ser humano de matar a seu belo prazer animais... As Federações de futebol presentes no euro, deviam e tinham a obrigação de prostestar contra essa matança, a matança e o massacre nasceu e foi executada por causa do evento de futebol. Uma triste atitude e um crime, por causa de um desporto, em que inocentemente sofreram centenas de animais. O ser humano é mesmo um nojo.