Mundial FIFA: Em 2018 na Rússia, em 2022 no Qatar | Relvado

Mundial FIFA: Em 2018 na Rússia, em 2022 no Qatar

 

A Rússia e o Qatar vão estrear-se na organização dos Campeonatos do Mundo em 2018 e 2022, respetivamente, tornando-se nos 15.º e 16.º países a acolher a maior prova de futebol internacional.

A FIFA atribuiu hoje o 21.º Campeonato do Mundo à Rússia, enquanto em 2022 será o Qatar a acolher a 22.ª edição da prova.

A Rússia bateu na escolha as propostas conjuntas de Portugal e Espanha, de Holanda e Bélgica e da Inglaterra.

Já o surpreendente Qatar ganhou às propostas da Austrália, da Coreia do Sul, do Japão e dos Estados Unidos.

Organizadores de Campeonatos do Mundo:

Edição Organizador Campeão

1930 Uruguai Uruguai

1934 Itália Itália

1938 França Itália

1950 Brasil Uruguai

1954 Suíça RFA

1958 Suécia Brasil

1962 Chile Brasil

1966 Inglaterra Inglaterra

1970 México Brasil

1974 RFA RFA

1978 Argentina Argentina

1982 Espanha Itália

1986 México Argentina

1990 Itália RFA

1994 Estados Unidos Brasil

1998 França França

2002 Coreia Sul/Japão Brasil

2006 Alemanha Itália

2010 África do Sul Espanha

2014 Brasil

2018 Rússia

2022 Qatar

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Foto: Lusa

Internacional:

Comentários [22]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

A dura e crua verdade

do Petrodolar no seu melhor...VIVA A NATA DO FUTEBOL,PORTUGAL E ESPANHA PARA SEMPRE...

Para mim,

há assuntos em que antes do patriotismo vem o bairrismo. Portugal não é só duas cidades. É inadmissível que fora desta candidatura ficassem estádios como o do Braga e o do Guimarães, sobretudo o segundo que é simplesmente fantástico. Portugal AINDA não é uma província de Espanha e, por isso, esta candidatura devia ser mais equilibrada, sabendo-se no entanto das diferenças entre os dois países. Concluindo, sou um dos que ficaram satisfeitos com esta decisão.

Rapaz,mais valia

estares calado,desculpa lá mas informa-te melhor primeiro,a lei do estádios de 5 estrelas para o Mundial é clara como agua,ou agora estás a comparar-me Guimaraes e Braga com os estádios milionários do Saragoça e Valencia???

Esses estádios só levam 30000 espectadores.

Para ser um estádio de um mundial tem que levar no minimo 50000. Logo só os que estavam indicados podiam entrar.
Quando não se sabe, o melhor, para não se dizer asneiras, é estar calado.

Por um lado...

...fico contente. A candidatura ibérica colocava Portugal numa atroz posição de subalternização, e mesmo contemplando o pouco investimento que teria de ser feito...era investimento nonetheless.

Em função não da vitória da Rússia (que me parece acertada por um lado), mas sim das vitórias da Rússia e do Quatar...parece-me que a FIFA foi atrás do inevitável.
É pena, pois contraria o próprio espírito do desporto, e coloca, ainda que somente sob a forma de suspeita, uma crescente tendência para a politização e mercantilismo do futebol. O futebol, tendo em conta a sua projecção (e importância) global deveria de se situar num patamar mais elevado.

Aliás, a posição do Primeiro Ministro Russo é deveras reveladora.

Enfim...a ver vamos como é que isto vai correr...

Ah, e faltou acrescentar...

A culpa disto é do Cristiano Ronaldo, obviamente!!

?!

?!

Segundo o

Deve referir-se à notícia de

Deve referir-se à notícia de ontem aqui no pelado ;-))

"Cristiano Ronaldo não apoia a candidatura ibérica em Zurique" no título!!! Depois lá desenvolveram que o rapaz apenas não se deslocava a Zurique para apoiar a candidatura. É o jornalismo pelado no seu melhor. É por isso que users como o Devenish, o Ticoou o Dragão13 se cagaram literalmente para isto. Outros se seguirão...

Realmente..

..foi feio,mas esta edição por vezes gosta de "brincar".Agora tb acho que não é motivo para o pessoal abandonar,mas cada um assume os seus actos.

O que fica na retina é mesmo

O que fica na retina é mesmo o título, toda a gente sabe e a edição do Relvado também...

Tanto andaram, tanto

Tanto andaram, tanto andaram... que conseguiram acabar com a maior parte dos clones!!! E porquê? Porque a maior parte do pessoal porreiro que aqui escrevinhava cagou de alto para isto levando a que a clonagem já não se justificasse.

Mas será que quem de direito não tem olhos na puta da focinheira para ver que o novo figurino do tasco enterrou isto definitivamente??? É natural que dentro de pouco tempo o pessoal que faz comentários que vão contra a linha editorial também seja banida, mas também será natural que novos nicks apareçam para continuar no corte e costura!

Tanto alarido aquando do anúncio das alterações ao fórum para depois sair esta cagada! Ele é um artigo por dia (quando muito), sempre dos mesmos aveiras e cª., notícias sem fundamento umas em cima das outras (a maior parte sem comentários), foi uma eternidade para a malta começar a usar os parágrafos...
Agora, quando alguém pede qualquer esclarecimento, ignoram o pessoal como se de uns badamecos quaiqueres se tratassem.

P.S.- Então aquela coisa da Liga Pelada é qualquer coisa de surreal ;-))

Obviamente, que enquanto

Obviamente, que enquanto português e amante da modalidade, a parcialidade estaria a pender para outro lado. Mas aceito a decisão e considero-a lógica: Em 2018, num grande país como é a Rússia, onde o futebol cresce em termos de representação internacional e onde já não tem lugar uma grande competição deste género desde há muito tempo, ao contrário do pequeno país Portugal, que ainda em 2004 teve aqui o Europeu. Em 2022, num país sem tradições futebolísticas, mas geograficamente importante, para além da rotatividade sempre de salutar.

Não pendeu para o nosso lado, mas acho que pendeu bem, desta vez.

Bolas, mas tu achas que

Bolas, mas tu achas que alguma vez a candidatura portuguesa tinha hipótese? Era ridículo: Alvalade de fora, o estádio do Algarve teria que sofrer obras de ampliação, abertura e fecho em Espanha...

Sim, seria uma posição a

Sim, seria uma posição a roçar o ridículo a de Portugal. Depois de 2018, então, é que o mundo ficava com a ideia já instalada em certos lugares que "Portugal é uma província espanhola"...

Meira

A influência de Fernando Meira e Danny foram determinantes :).

Mas.. mas..

2018?!? Mas o Mundo não acaba em 2012? Cumps

Ganhou a melhor candidatura

142 milhões de habitantes e um dos campeonatos de futebol do mundo com maior crescimento e maior potencial nos últimos anos, mesmo que por vezes à custa de dinheiros de proveniências estranhas. Uma clara aposta da FIFA em fazer crescer o futebol entre Oriente e Ocidente, e, acredito eu, será uma aposta ganha.

Touché...

Um alívio para quem realmente se preocupa com o nosso país. Não poderia estar mais descansado depois desta decisão...

Muito sucintamente, podes

Muito sucintamente, podes justificar a tua opinião? A maioria do investimento já não teria sido realizado em 2004?

Todos os moldes...

...da candidatura apontavam para sermos um parente paupérrimo, sem voz ou qualquer influência de respeito na organização da prova e com os estádios que realmente necessitam de ser rentabilizados a ficarem de fora. Depois, uma percentagem ridícula de jogos a disputar em Portugal com a certeza de que não ficaríamos nem com o jogo de abertura, nem com a final. Adicionalmente, surgem sempre gastos imprevistos. O evento não iria ter um enorme retorno financeiro como se pensou que aconteceria em 2004. E, por fim mas não menos importante, seria só mais um forma de apresentar o nosso país como uma pequena e bela província de Espanha, algo que já é recorrente por esse mundo fora. Só iria agravar tal questão... Qualquer pessoa com 3 dedos de testa e que não se deixe levar pelo entusiasmo de ter um Mundial aqui à porta, no país vizinho, percebe que isto pouco tinha de vantajoso para nós...

Fico muito triste, mas a

Fico muito triste, mas a principal razão da atribuição da vitória à Rússia tem a sua lógica. Precisam de melhores infra-estruturas e têm viabilidade financeira para o fazer, logo, esta é a oportunidade ideal. Gostaria muito que fosse por cá, até porque nos faria rentabilizar um pouco mais o investimento feito em 2004 (além dos 40.000 novos postos de trabalho previstos), mas estas coisas são assim mesmo...

Acho estranho é Vladimir Putin se ter recusado a estar presente porque já sabia que havia 8 júris que não votariam de certeza na Rússia e, de repente... passam a principais favoritos.

Já agora, 2022 é no Qatar.

Abraço,
JC