Guarda-redes Bruno acusado de homicídio e sequestro | Relvado

Guarda-redes Bruno acusado de homicídio e sequestro

 


Guarda-redes Bruno acusado de homicídio e sequestro
O guarda-redes brasileiro Bruno está indiciado pelos crimes de homicídio, sequestro, cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores. Além do jogador do Flamengo, envolvido no caso do desaparecimento de Eliza Samúdio, foram acusadas mais nove pessoas.

A Polícia Civil de Minas Gerais terá já concluído o inquérito, segundo revela a comunicação social brasileira, notando que Bruno foi acusado juntamente com mais nove pessoas, entre as quais a mulher do jogador, Dayane Souza, a sua amante, Fernanda Gomes de Castro, e um primo do atleta, Sérgio Rosa Sales. O ex-policía Marcos Aparecido dos Santos, a quem chamam "Bola", foi indiciado por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver, sendo suspeito de ter sido o elemento que matou Eliza, depois de a mulher ter alegadamente estado sequestrada e sido espancada, tudo supostamente a mando e com a conivência de Bruno.

Dos acusados, apenas a amante de Bruno está em liberdade, estando os restantes detidos, nomeadamente o guarda-redes. O seu advogado, Ércio Quaresma, continua a reafirmar publicamente a inocência do jogador. Numa entrevista a um jornal brasileiro, Ércio Quaresma diz mesmo que Bruno «estará na Copa de 2014», referindo-se ao Mundial do Brasil que se realizará nesse ano. «Sei de alguns contactos que o garantem lá, no Brasil, ou não», frisa o advogado.

Ércio Quaresma também refere que «o Bruno odeia a instituição Flamengo», considerando que «por tudo que fizeram com ele, se sente abandonado». O clube brasileiro suspendeu o contrato do atleta no âmbito do seu envolvimento no caso judicial. O advogado queixa-se de que «enquanto o Bruno foi útil ao Flamengo, eles o defenderam», reparando que não abdicaram dele quando precisavam do seu contributo «para ganhar o hexa», apesar de já ser suspeito no âmbito do desaparecimento de Eliza.

Foto: flamengo.com.br


Internacional:

Comentários [4]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Não era este que o Queirós queria?

Contrate o advogado do Carlos Cruz

Que os cães que comeram a namorada e que ainda vao ser condenados, de sequestro, homicio qualificado e injúrias

Ele é inocente como os da Casa Pia ...

os putos é que baixaram as calças e pediram humildemente que lhes fossem ao cu. No fim , é assim que vai ser. Uma metade fode a outra metade , e quem nao fode ninguem esta fodido. Cambada ...

Re: Guarda-redes Bruno acusado de homicídio e sequestro

Ele é inocente, é tudo uma cabala para se esconder outras coisas. É como na Casa Pia, mas alguém duvida que todos eles estão inocentes? Claro que estão, coitados dos senhores.