Chelsea perde a jogar com nove | Relvado

Chelsea perde a jogar com nove

Arbitragem infeliz na derrota de Villas-Boas frente ao Queens Park Rangers.
 
André Villas-Boas no Manchester United-Chelsea
Lusa

O Chelsea perdeu a oportunidade de alcançar a vice-liderança da Liga Inglesa em futebol, ao ser derrotado pelo Queens Park Rangers, num jogo em que o árbitro Chris Foy foi o protagonista pela negativa.

A equipa de André Villas Boas já perdia por 1-0 antes do intervalo, e o técnico português vira Bosingwa, injustamente, e Drogba serem expulsos e ser assinalada uma grande penalidade duvidosa, que permitiu a Helguson fazer o golo aos dez minutos.

A grande penalidade surgiu num lance em que o ex-benfiquista David Luiz se encostou no adversário, mas em que não deu ideia de ter havido carga para castigo máximo.

A situação para os blues agravou-se com a expulsão de Bosingwa, primeiro, num lance em que o defesa português faz falta, mas sem a gravidade que justificasse um cartão vermelho (aos 33 minutos), e depois de Drogba, com uma entrada a pés juntos (41).

Na segunda parte, Villas-Boas ainda tentou remendar a equipa – Raul Meireles saiu aos 73 minutos –, mas sem resultados perante um adversário em vantagem numérica.

O Chelsea, a jogar com nove, ficou à partida condicionado e na parte final do jogo viu David Luiz ser agarrado pela cintura num lance de ataque, quando se marcava um canto, e com o árbitro Foy a mandar seguir.

A derrota deixou a equipa no terceiro lugar (19 pontos) e sem a possibilidade de ultrapassar nesta jornada o Manchester United (20 pontos), enquanto o Manchester City descolou na liderança (25 pontos).

Internacional:

Comentários