Brasil agradece a Neymar, à barra e é campeão olímpico | Relvado

Brasil agradece a Neymar, à barra e é campeão olímpico

Alemanha poderia ter goleado na primeira parte. Perdeu nas grandes penalidades.
 
Neymar festeja nos Jogos Olímpicos 2016
CBF

Neymar fundamental duas vezes

O Brasil é campeão olímpico de futebol. Pela primeira vez, quer seja no torneio masculino ou feminino. Depois dos vários títulos mundiais e continentais, a medalha de ouro chegou em 2016. E em casa, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na final prolongada deste sábado, os brasileiros já se esqueceram dos 7-1 e derrotaram a Alemanha nas grandes penalidades (5-4), após empate a uma bola.

Neymar abriu o marcador com uma obra de arte, através de um livre direto:

O único golo da primeira parte foi brasileiro mas foi a Alemanha a seleção mais perigosa. Os brasileiros agradeceram à barra, que impediu golos de Brandt, de Meyer e de Bender. O ferro foi o entrave em três situações claras de golo para os alemães, todas antes do descanso. Antes da final, Pelé tinha pedido: "Que Deus abençoe o meu país"...

No início da segunda parte o golo alemão apareceu. Depois de tanta ameaça, Max Meyer igualou o resultado perto do quarto de hora. O ritmo foi abrandando até aos 90 minutos, seguiu-se o prolongamento, também sem golos, e depois vieram as grandes penalidades.

Aí só Nils Petersen falhou. Neymar esteve na grande penalidade decisiva, parou, pensou, olhou para o guarda-redes e para a baliza e marcou um golo histórico no futebol brasileiro. E chorou.

Internacional:

Comentários [3]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.