Ferguson vs Wenger: qual o melhor? | Relvado

Ferguson vs Wenger: qual o melhor?

Dois excelentes treinadores, com mentalidades de jogo diferentes.
 

São dois excelentes treinadores, com mentalidades de jogo diferentes, com meios diferentes, mas a quem o futebol agradeceu a sua ação. Porém, um deles ganhou a reputação de "o melhor de sempre", tornou-se uma espécie de U2 do futebol. Mesmo quem não percebe muito de futebol, sabe que é seguro ter aquele treinador como preferido, tal como quem não sabia muito de música sabia que não iria ser apelidado de iletrado nas artes musicais se referisse esta banda. O outro não...

Como gosto de questionar os melhores, e devo confessar que Ferguson não é um dos meus treinadores preferidos, contesto o endeusamento dele e o ostracismo votado nestas discussões a Wenger. Como tal, cá vai uma opinião fundamentada. Só irei comparar os feitos de cada um após a chegada ao futebol inglês.

Ferguson pega no Manchester United e demora, depois de altos, mas também baixos, ou seja, com classificações variáveis entre 2.º lugar num ano e menos nobres classificações em anos posteriores, 5 anos a ser campeão, tendo conseguido esse feito às custas do roubo ao campeão da altura do seu melhor jogador... Cantona. Depois disso, tem uma história de grandes sucessos, nunca acompanhados por sucesso europeu.

Não retirando o valor a Sir Alex, ele tem este handicap, na minha opinião fatal para ser considerado o melhor dos melhores, de ter conquistado em 26 anos apenas duas Champions por um clube que tinha a facilidade de comprar jogadores aos seus rivais e os melhores do seu campeonato. Lembro que no mesmo período o FC Porto ganhou duas Champions e não tem qualquer comparação a dimensão e o poderio dos dois clubes. Tem ainda contra si o facto de ter tido durante anos maiores fundos que todos os outros, e posteriormente, com os proprietários, teve o mesmo e honra lhe seja feita que continuou a ganhar.

Ao invés, Wenger chegou ao Arsenal em 1996, não precisou de muito tempo para ganhar, no ano de 1997/98 festejou o seu primeiro título. Seguiram-se 2001-02 e 2003/04, ou seja, conseguiu equilibrar forças com a potência dominante do futebol inglês que era na altura Ferguson. Para aqueles que dizem que Wenger joga bonito mas não ganha, estes 3 títulos, sem gastar fortunas e procurando sempre jovens promessas, contraria essa sua conotação ao falhanço. Ainda para mais, com o olho que sempre teve para grandes jogadores, como Henry, vindo de um falhanço colossal da Juventus, e sempre vendendo alguns dos seus melhores jogadores, como Anelka, depois de ser o melhor marcador do campeonato.

E eis que o estádio do Arsenal é feito e tudo muda. Neste período, que ajudou à perceção dos adeptos de que ele não era um treinador vencedor, Wenger fez jogadores para todos os seus rivais internos e alguns externos. Cá vai uma pequena lista de memória feita: Cole, Clichy, Nasri, Touré, Van Persie, para os seus rivais; para fora, ainda enviou Song, Fábregas, Henry e Vieira (este último talvez o menos grave, já numa fase descendente da sua carreira)... e o dinheiro em vez de ser reinvestido, foi assimilado pelo clube para pagar as suas despesas... Resultado, nunca o Arsenal neste período economicista falhou uma Liga dos Campeões, Wenger teve o condão de conseguir sempre suprir as falhas de jogadores-chave, e isso também são títulos, aliás, os únicos possíveis lutando com estas armas contra Chelsea e Manchester United e mais tarde o City.

Claro que também tem defeitos. A sua paixão pelo futebol espetáculo prejudica-o diversas vezes.

Em conclusão, são dois grandes treinadores, um com a reputação na minha opinião excessiva, mas até talvez justa, e outro com reputação a pecar por defeito. E para os que me irão acusar como se estivesse a pisar terreno sagrado com botas sujas, pergunto: o que faria Ferguson nos últimos anos, se lhe vendessem Evra, Carrick, Vidic, Ferdinand e Rooney para os seus rivais, e o dinheiro fosse para pagar estádios em vez de ser canalizado para reforçar a sua equipa?

Internacional:

Comentários [20]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Não sei qual o melhor

olhando para o palmarés facilmente se diz Ferguson...
Mas Wenger foi o treinador da equipa que vi jogar melhor futebol. O Arsenal de Pires, henry, Bergkamp- entre outros- era um regalo para quem gosta deste desporto

Eu já nem falo do estido de jogo, mas em termos de resultados

já viste que com o desinvestimento que o Arsenal promoveu desde 2004 nunca falhou uma LC, todos os anos tinha que começar do 0, perdendo sempre 1/2 jogadores... só num ano, foram Nasri, Clichy, no outro Van Pierse, ou seja, sempre a começar do 0, e sempre a acabar as épocas nos 4 primeiros lugares...

Sir Alex sempre o melhor...

Sir Alex sempre o melhor... Incomparável a qualquer outro, o melhor dos melhores.
É aquele onde qualquer um sonha chegar, forma jogadores, o futebol dele é fantástico, gere o clube de uma ponta à outra e mais do que um clube fez do Man United um projecto fantástico.

Nunca Wenger em tempo algum lhe pisará os artelhos...

Se vendessem todos esses a Ferguson ele continuaria a ganhar como sempre fez, mesmo depois de Perder Beckham, Ronaldo, Tevez, Scholes para a reforma e outros... Por muito bom que Wenger seja pode-mos comparar Wenger a Ferguson quando for campeão com o Aberdeen e ganhar uma Cup Winners Cup ao Real Madrid...
E também quando ganhar 48 titulos... Cheira-me que só passando dos 100 anos ele lá pode chegar...

Como já te disse, penso que foi a ti

na altura, foi dessa discussão que tive a ideia de fazer o artigo até, se não estou em erro... Fergusson perde esses jogadores, e gasta, 32M€ em Andersson, vai buscar a jóia da coroa do Arsenal por 29, vai buscar Nani por 25, vai buscar Rooney por 40, vai buscar Carrick numa altura em que ainda não eram banais as contratações por 30M€ e dá-os, vai buscar Ferdinand por uma verba recorde que pensoq ue ainda hoje o é na Inglaterra de 40M€, vai buscar Berbatov por 35M€, e a lista é infindável, como tal, como penso que te disse na altura, não existe qualquer comparação em termos de ferramentas dadas, até porque taticamente Fergusson nunca foi da nata da nata, era excelente a comandar, a motivar... Wenger ano após ano, mostrou que sabe fazer equipas com menos dinheiro, e mesmo que não ganhe este ano, porque não podemos comparar anos de investimento com anos de desinvestimento e agora um ano apenas de investimento, a equipa que ele tem, o facto de se estar a bater como está atesta bem a sua qualidade...

Mas, como disse no início do artigo, só estou a dar uma opinião contrária à banal, que até poderá estar correcta, mas esta também merece ser dita referida e defendida...

Cpts.

Há claramente uma diferença

Há claramente uma diferença entre Fergie e qualquer um dos outros, tacticamente admito que nunca foi um treinador muito moldável. Mas não 48 como disse mas sim 49 titulos, ma ninha opinião falam por si. Ele pegou numa equipa em decadência e transformou-a na mais rica do mundo, melhor património, clube mais bem gerido e tantas outras coisas. Na minha opinião não existe nenhum que se possa sequer comparar a ele, pois para mim a história do futebol faz o julgamento nesse aspecto. Por muito que Wenger nunca tenha feito essas transferências milionárias e tenha perdido alguns jogadores importantes, o que é certo é que nunca teve de levantar um clube quase do 0... Para além disso muita gente só olha para Sir Alex no Man United, mas há muito mais do que isso, Aberdeen e St Mirren foram dois grandes sucessos dele. Por esssas razões, por o estilo de jogo practicado, pelo facto de ter atingido o que atingiu ele para mim será sempre incomparável. Eu lembro-me que até disse que Wenger era reles, eu não o acho reles, claramente mas para mim não é um treinador de topo, por muito que possas falar em falta de investimento e muitas vendas importantes, o palmarés de Wenger em Inglaterra é muito curto para fazeres uma cmparação com o treinador mais titulado da história. Embora de facto digo que o artigo é interessante, eu não concordo se disseres que Wenger é melhor mas respeito.
Não leve o meu comentário como provocante, não foi esse o objectivo...

Claro que não, aliás, da nossa discussão é que me surgiu a ideia

de fazer este artigo, achei-a tão interessante que porque não estendê-la a mais gente?

Cpts.

sim é verdade... Mas sem

sim é verdade...
Mas sem hipotese... Por acaso numa altura próxima do Man United vs Arsenal... agora sem Fergie...

Já agora, eu não gosto de U2

se te tiveres a interrogar, mas gosto de Fergusson, foi só a melhor analogia que consegui encontrar :) falta de talento é lixada...

Na minha opinião tenho hipóteses :)

é como eu te digo, ano passado quem é que foi o melhor treinador da 1ª Liga portuguesa? Fonseca ou Pereira... a maior parte das pessoas dir-te-ia pelo menos ano passado Fonseca, e estariam correctas, porque ficar em 3º lugar com o Paços é um feito mais complicado que ficar em 1º com o Porto...

O mesmo te digo, em Inglaterra, numa altura em que cada vez mais, quem tem o talento é que tem os feitos, achas que se pode comparar, uma equipa que vende Van Pierse ao MU à equipa que compra o Van Pierse ao Arsenal... é que uma equipa para ser grande precisa de manter a sua estrutura base durante alguns anos intacata, claro que aqui e ali perde um ou outro jogador para a reforma ou mesmo por outras causas, mas ninguém hoje em dia ganha campeonatos no 1º mundo a vender na mesma época o dfesa esquerdo e o 10, que por acaso eram dos 4/5 melhores jogadores da equipa, a estrela da equipa, o defesa central e muitas vezes para os seus rivais, se analisares, neste momento o Arsenal tem colocados jogadores titulares de todos os seus rivais formados por si... ou seja, pedires o mesmo currículo a Wenger do que Ferngusson, era o mesmo que dizeres que Domingos e Jardim, foram piores treinadores no Braga do que Jesualdo ou Villas Boas o foram no Porto, é que se fores ver os títulos, o currículo não existem dúvidas, mas depois se analisarmos bem, chegar a uma final euroepia com o Braga equivale em termos comparativos ao Porto ganhar uma Champions...

eu compreendo a sua o que

eu compreendo a sua o que quer dizer, simplesmente acho que Fergie se perdesse a mesma quantidade de jogadores influente continuaria a ganhar na mesma, só isso. Pois também perdeu alguns.
Por acaso U2 também não é o meu forte... U2 fica pa Wenger, deixo os AC DC com Fergie...

AC DC já nem me lembrava disso

quando era puto, tipo 12/13 anos andava sempre a escrever isso em todos os cadernos com o raio no meio... aquilo é rock um bocado para o parolo, mas que tinha ritmo tinha :)

Em termos de música colocaria Wenger como Nick Cave, é bom, mas como não é comercial não é muito falado... Fergusson, colocaria como uma espécie de Rolling Stones, ou seja, tem qualidade, e toda a gente gosta... e no final, eu gosto muito mais de Nick Cave do que de Rolling Stones :) A farpa não podia falhar...

Cpts.

AC DC rock parolo?? já tinha

AC DC rock parolo?? já tinha uma vaga ideia que gostava pouco de futebol, mas nunca pensei que também não gostasse de música... Se Wenger é o Nick Cave o Fergie é para ai o Fredy Mercury, mas no bom sentido da palavra ou o Bon Scott... não sou fã de Nick Cave e por acaso gosto dos Stones... Em comparações à portuguesa, um é o Zé Cabra o outro o Tony Carreira...

Já traduziu alguma letra de AC DC... traduza e depois diga-me se

não é rock parolo :)... mas, percebeu mal, eu gostava disso, e ainda hoje se passar na rádio até ouço e gosto...

Agora não percebi, onde é que tirou a ilação de eu não gostar de futebol... mas, ok sem problema, é a sua opinião.

tava a brincar consigo... não

tava a brincar consigo... não leve a mal... foi outra pequena farpa.
Acredito que se não gostasse de bola não estava a «discutir» este assunto.
AC DC traduzido é parolo, mas isso acho que quase toda a estrangeirada metida em Português é parola... AC DC é daquelas bandas que eu pessoalmente nunca deixei de ouvir.
Mas voltando ao Wenger e ao Sir Alex, ontem o Moyes coçou-lhe o pêlo.

Saudações e não leve a mal...

Eu raramente levo a mal alguma coisa

a não ser quando o pessoal não sabe dimensionar as coisas... e mesmo aí, começo a gozar...

Já agora quanto é que ficou o MU Arsenal?

1-0 po United, golo do Van

1-0 po United, golo do Van Persie... que acabou or festejar...
Apenas houve um incidente no fim do jogo... o Phil Jones foi transportado para a esquadra por levar cerca de 50 milhões de Euros roubados no bolso... falo do Ozil que ontem foi uma sombra, tal como o Arsenal.

Moyes começa a dar créditos e começo a pensar que vai ser campeão...

Lá está, golo de quem...

:) mas em termos de Ozil eu sou talvez o seu pior critico aqui no relvado, ainda não vi ninguém a dizer tão mal de Ozil como eu... atenção acho um talento do outro mundo, mas também acho que lhe falta pernas, intensidade mental e fisica, e que uma equipa que o tenha tem que se adaptar a ele...

Ps. os 50M€ foram este ano, ano em que o Arsenal começa a ser novamente investidor, mas não queiras comparar uma equipa que investe anos e anos a fio, e outra que só agora passa a investidor liquido...

Quem vaiganhar o campeonato, não sei, como sabes não vejo muita bola inglesa este ano :)

golo do Van Persie... mas com

golo do Van Persie... mas com um canto muito bem marcado de Rooney, que foi a par de Jones o melhor em campo.

Ozil joga bem mas neste jogo nem vê-lo...

Tinha de Festejar Kittaz,

Tinha de Festejar Kittaz, estava a jogar em Manchester perante os adeptos do Arsenal...E nao fez uma festa assim tao grande...Se fosse em Londres, acredito que nao festejava novamente.

LOL essa do Ozil esta boa...Nao acredito que o Moyes seja campeao...e ninguem em Manchester esta a espera disso...Este ano vai mesmo para o Arsenal...

Ele disse a comunicação

Ele disse a comunicação social que festejou precisamente por o ano passado em Londres o terem assobiado...
O Man United vai ser campeão... cada vez mais me convenço que aquela equipa está talhada para dar a volta a qualquer situação...