O poder dos empresários | Relvado

O poder dos empresários

 

The First

diversos:

Comentários [10]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Não acho...

Acho que quem está realmente refém dos empresários são os clubes. São os empresários que empurram os clubes para contratações de qualidade duvidosa só para garantirem a sua própria comissão e oferecendo também dinheiro a treinadores e dirigentes. E tembém são os empresários que destabilizam os jogadores, que ainda com vários anos de contrato a cumprir, têm problemas de indisciplina, não rendem o esperado e forçam a saída do clube para poderem ganhar (e dar a ganhar!) mais uns trocos. Assim se vê que a questão monetária para os jogadores está a pesar cada vez mais e o aspecto desportivo cada vez menos.

<B>HÁ COISAS, INCRÍVEIS, NÃO HÁ...

Agora se compreende, a disputa entre Jorge Mendes e a Srª que se dizia representante do miúdo que sai do Real Massamá e agora está no M.United, há coisas incríveis, não há?

Acham mesmo...

que Jorge Mendes COLOCOU os dois putos no ManUtd so por se chamar Jorge Mendes? A todos os que pensam isto, fiquem a saber que o ManUtd quando contrata, raras vezes engana-se nas contratações. Ainda mais quando pagam o que pagaram ontem! Fiquem tambem a saber que la não são como aqui, pois não contratam nenhum jogador para a equipa principal so por ter visto o video de um gajo marcar um golo no fim do mundo... Não!!! No ManUtd, antes de contratar um jogador, vão assistir durante largos meses aos jogos onde partipa o alvo, LARGOS MESES! Quando assim é, fica-se mais seguro naquilo em que se vai investir, e sem duvida que foi o caso para Nani e Anderson. Calhou o J. Mendes (deve estar com os cornos) a ser o agente dos 2 prodigios, sorte têm ele! Mas nunca podemos pensar que um simples agente influencie uma maquina como o Manchester! Eles não são imncompetentes como se verifica por estes lados!

Empresários, jogadores, clubes e amor à camisola

Estes últimos eventos em termos de mercado de transferências são a súmula do que o futebol se está a tornar. Ainda n há mais de 10/15 anos atrás, os jogadores permaneciam no mesmo clube durante bastante tempo. Depois veio a febre dos milhões e a corrida aos jogadores de topo, de tal forma que um jogador é uma espécie de mercenário em que numa percentagem já significativa de casos fica num dado clube por um período escasso de meses. O caso do Anderson é paradigmático, ainda mais porque quase metade da época que esteve no Porto passou-a lesionado. Já os jogadores não têm amor à camisola... É o amor a quem paga mais. E depois vêm os empresários por trás tipo sanguessugas. Os jogadores mais novos, putos, não têm astúcia, nem experiência para lidar com a conversa aliciante de alguns empresários e depois como foi dito acima tornam-se reféns. Vai sendo difícil nos dias que correm falar em gerações de futebolistas dentro de clubes, uma vez que uma geração de futebolistas agora dura uma época... É triste... ------------------------ Para os mais revivalistas - Clube do Retro

clube do retro

not found

Re: clube do retro

É um site de revivalismo criado por mim para a malta que nasceu nas décadas de 70 e 80. Não percebo porque é que o URL não deu... Para quem quiser lá ir www.clubedoretro.co.nr

Re: Re: clube do retro

Tens de colocar o "HTTP://" no inicio do URL para que o servidor do relvado.com saiba que é um url absoluto e não relativo... acho eu...

Empresários!!!! Comicionistas!!!! = Parasitas

E se recuarmos mais ainda no tempo, havia Manuel Barbosa, que chegou a ser detentor do passe de mais jogadores, do que alguns clubes tinham nas suas fileiras. Após estas aparições, e do dia para a noite, individu-os até aqui desconhecidos no mundo empresarial, tornam-se autenticos homens de "Affaires", e por sua a vez, os clubes seguem em queda livre, "De Caixão à Cova". Até quando isto irá continuar?

E pior ainda

É quando os empresários são os prórpios pais dos jogadores......... Só saem bacuradas.... Ao nível de certos pais que vão às escolas bater nos professores porque castigaram o seu "filhinho".... Isso dos pais empresários devia ser proibido no minímo.. Cumps a todos

futebol=negócio

Para tristeza minha o futebol cada vez mais é um negócio e menos um desporto. O advento das SAD e os empresários, foram a machadada final na pureza desportiva do futebol. Agora o que interessa é grandes transferências, onde todos se governam. Mas: Futebol é paixão, não é negócio