Pais, um péssimo exemplo | Relvado

Pais, um péssimo exemplo

 

O jogo que se vê no vídeo tem uma moldura humana impressionante e faz inveja à assistência de muitos jogos profissionais e os espectadores não ficam atrás... É alhos e bugalhos para aqui, é filhos de meretrizes para ali, é faltas de educação gritantes! Não sei se estavam desatentos a ver o vídeo, mas o jogo é dos juvenis, ou seja, de miúdos com 14 e 15 anos. Como é que se compreende que os pais insultem assim as crianças?! Que exemplo é este que os mais velhos dão? E reparem que muitos já têm cabelos brancos... Será que o futebol tem mesmo que ser assim, de baixo nível?Aqui, no relvado, isso também é recorrente. Há determinados indivíduos, e não são poucos, que ao lerem uma opinião adversa saltam logo para o insulto baixo. Mas há necessidade disso? O que é que o homem leva para casa?! Um saco de batatas podres?! Não seria bem mais interessante uma troca de ideais que acabasse numa conversa filosófica? Sim, porque na minha opinião essa é a única forma de realização humana. Por algum motivo é que o grau mais alto de escolaridade obtida por mérito próprio no estudo passa exactamente por um PhD, Doctor of Philosophy.Mas para não fugir muito ao tema, retorno à minha preocupação, já que infelizmente os adeptos vitorianos não são a excepção à regra. Eles são iguais a quaisquer outros adeptos portugueses e apenas tiveram o azar de ter um video elucidativo da realidade portuguesa. É igual no Seixal, em Alcochete e em Gaia. É igual na Madeira, no Algarve e nos Açores. É igual aqui e ali. É igual em todo o lado. É igual em todos nós para grande pena minha...CaMuFLadO

diversos:

Comentários [42]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Espero não ser mal interpretado.

O que observei e escutei no video,não me surpreende nem choca..(até tem o seu humor..) Identifico esse comportamento, como uma cultura, ``a do Norte´´e da maioria dos ``adeptos´´de futebol uma (mescla),uns mais efusivos do que outros mas algo genético,que se deve manter pois trás riqueza e distinção cultural.. Acabaria por sugerir,um livro de Ruth Benedict``Padrões de cultura´´,e para quem não é um leitor uma música Típica das gentes do Norte: http://www.youtube.com/watch?v=8qjc-9j8GLY&feature=related Saudações

Re: Espero não ser mal interpretado.

é a versão campónia das disputas de hip hop :)

Chega a ser incomodativo...Mas pior...

É mesmo a falsidade,a corrupção(tambem extra-futebol) a devassidão e a sensação de superioridade e devassidão de algumas pessoas bem e outras,que se julgam maiores que a vida,pelo que tanta afronta a Deus não pode terminar bem...Quanto ás palavras consideradas impróprias pelos "novos-portugueses" aceito e compreendo,pelo que também não as uso frequentemente,mas sei que são muito mais antigas,do tempo dos nossos antepassdos,como Vasco da Gama,que eram visionários,não corruptos incopetentes,talvez queira dizer que o país nessa altura tinha gente de valor a comandar os seus destinos e os portugueses eram mais simples mais frontais,mais honestos,em suma...Mais pessoas!

Acho que devias estar

Mais preocupado com o que se passa na tua casa camuflas, é muito bonito estar aqui a mostrar videos do que se passa aqui, mas condenar todos os actos iguais a este que se passam em todos os campos de futebol quer seja em jogos seniores ou nas camadas jovens isso nao te vejo a fazer. Acho que devias estar mais preocupado com filosofia de anti-jogo que é incutida aos jogadores das camadas jovenss do benfas como se verficou este fim de semana aqui em guimaraes, bem como a falta de educaçao do vosso numero 7, depois nao se queixem dos improperios que se ouvem nesses videos. Quanto ao curva sul e os seus comentarios.... nem falo, nao passa de esmegma.

Re: Acho que devias estar

Eu no meu artigo disse isto: "já que infelizmente os adeptos vitorianos não são a excepção à regra . Eles são iguais a quaisquer outros adeptos portugueses e apenas tiveram o azar de ter um video elucidativo da realidade portuguesa . É igual no Seixal, em Alcochete e em Gaia. É igual na Madeira, no Algarve e nos Açores. É igual aqui e ali. É igual em todo o lado. É igual em todos nós para grande pena minha..." Ou seja, deixei bem claro que é assim em todo o lado e não apenas em Guimarães. Fiz este comentário a pensar especialmente nos vitorianos e mesmo assim alguns não leram lol

Re: Acho que devias estar

Camuflas eu vi bem que colocaste isso, mas foi preciso esperar por esse video (que somente por casualidade foi aqui)para comentares o mau exemplo dos pais?? Foi nesse sentido que falei.

Re: Acho que devias estar

Foi. Foi porque só após este video é que me lembrei de escrever este artigo :P

Re: Acho que devias estar

Pois... só me das razao, casos desses existem em todo o lado, e ja aconteceram bem antes desse caso do video, mas pronto, costas largas ja sabemos que temos ;)

Re: Acho que devias estar

Portanto, é mais relevante para ti o facto de serem pessoas do Vitória do que o que estão a dizer.

Re: Acho que devias estar

Meu caro, desenhos nao faço, le o primeiro post se tens duvidas

Re: Pais, um péssimo exemplo

Em Guimarães é perfeitamente normal esta modura humana. Para quem acompanha as camadas jovens, está complectamente familiarizado com este ambiente. Quanto aos insultos, não são pais, são adeptos, porque quem estava a jogar não era o Diogo, o Lucas, ou o Dinis, era o VITORIA, e quando assim é.... Concordo com o excesso de linguagem destravada, mas quem é que não a tem num jogo de futebol? Os putos de hoje em dia sabem mais que nós... e têm de se habituar à grande pressão se querem ser profissionais. Num clube especial tem de haver tratamento especial.

Em Guimarães isso é Normal

Já há alguns anos num jogo de iniciados contra o FCP,foi das coisas mais nojentas que já assisti.Não percebo como se vai para um jogo de putos,para insultar!! Referir tb uma coisa importantissima,normalmente estas equipas de jovens são acompanhadas pelos seus pais,imaginem as coisas que podem passar pela cabeça de um pai. ps-O autor do artigo,por vezes gosta de dar uma de superioridade,tu lá sabes as tuas razões.

Re: Em Guimarães isso é Normal

Tu consideras insultos na bancada a coisa mais nojenta. Já eu considero mais nojento, que em jogos de camadas jovens se vejam equipas a irem ganhar aos 17 e 18 a zero para conseguirem passar à fase seguinte, muitas vezes com 4 e 5 golos marcados com mais de 5 minutos para lá dos descontos dados. Mas isso sou eu que acho isso mal. Para outros o que interessa é ganhar a todo o custo... Isso já não é nojento...

Re: Em Guimarães isso é Normal

Deves-te ter esquecido de tomar o comprimido!

Re: Em Guimarães isso é Normal

Qual é que é o teu problema com o autor do artigo? Tu gostas muito de provocar e apesar de aparentares uma boa destreza mental, a hipocrisia devia pagar imposto! E sabes porquê? Porque faz mal à ecologia e ambiente. E dou-te um exemplo simples de um comentário teu que acabei de ler sobre o problema dentário do Cisshoko, e isto independentemente dele passar ou não numa segunda observação. O Ludovic disse: (Ludovic, 1 ponto , hoje às 15:41) Mas alguém acredita que um dente vai impedir um jogador de jogar a 100% ???! Por amor de Deus. Isso é um detalhe. Um hora no dentista e já esta resolvido. Não se trata de uma lesão nos ligamentos do joelho grave e que o impede de jogar. Enfim, mais um artigo de merda. Tu ficaste exuberante e respondeste: Re: BIG LOL (CurvaSul, 1 ponto , hoje às 16:08) Incrivel como a parolada ficou histérica,lol.Realmente a falta de titulos,provoca a decadência dos clubes e dos seus adeptos.È um facto! E eu subscrevo o meu comentário a esse artigo: Para quem não sabe... (CaMuFLadO, 2 pontos , hoje às 18:09) ... Uma disfunção temporo-mandibular numa criança pode ser responsável por atrasos no desenvolvimento cognitivo e consequente insucesso escolar. Porque motivo acham que depois do cheque dentista para as grávidas (visto que estas se tornam extremamente susceptíveis a infecções durante o período de gestação) foi criado o cheque dentista para estudantes? No primeiro caso temos o acréscimo da segregação do ácido láctico e no segundo temos algo muito mais complexo. Segundo li por aqui, muitos portistas criticam este contratempo dentário e menosprezam o diagnóstico médico italiano adicionando que ninguém deixa de contractar um jogador de futebol por problemas dentários. Pois bem, é caso para dizer que dá Deus maça a quem não tem dentes porque no corpo humano os sistemas não se encontram isolados. Não. Todo o metabolismo é um único sistema que está em permanente relação. Já agora, sabem quem são os melhores alunos nas escolas? Aqueles que têm uma melhor alimentação e um melhor trabalho intestinal. A alimentação todos percebem mas os intestinos já não faz tanto sentido pois não? Exacto. É que as pessoas ignoram que o cérebro e os intestinos são gerados quase em uníssono na fase embrionária, sendo o primeiro um prolongamento e evolução do segundo. Mas há mais. Não é possível falar de dentes ignorando o estômago, não é possível falar em estômago sem falar em absorção dos alimentos (nutrientes), não é possível falar em nutriente sem pensar em sangue e por fim não é possível pensar em sangue sem pensar em músculos. E posso continuar. É impossível pensar em dentes sem pensar em cálcio, é impossível pensar em cálcio sem pensar em ossos, é impossível pensar em ossos sem pensar nos Rins, é impossível pensar nos Rins sem pensar em urina e sangue, é impossível pensar em urina e sangue e não pensar em insulina, é impossível não pensar em insulina e não pensar no Pâncreas, é impossível pensar no Pâncreas e não pensar no Fígado, é impossível no Fígado e não pensar no sangue, e aqui já todos sabemos onde podemos chegar... E aposto que repararam que nos Rins já podiamos ter chegado aos músculos sem passar pelo Fígado e Pâncreas... P.S.: Espero que também tenham reparado nos ossos - essencial para um desportista - e que não se esqueçam que também podemos chegar ao sistema respiratório ou nervoso, por exemplo. Ou seja, parti do acaso e descobri com vocês que o corpo humano é linear e tudo é relevante. E não, os médicos do Milan não são estupidos ou estão a gozar com o Porto. Eles lá têm os seus motivos e sabem perfeitamente o que têm que fazer para proteger o seu património. Tão simples quanto isto. Sabes qual é a moral da história? É que eu não sou teu pai para te dar lições de moral mas sou homem suficiente para te aconselhar a não gozar com tudo e com todos porque muitas das vezes quando pensas que estás a tentar ridicularizar outrém, quem está a fazer figura de rídiculo és tu. Quando não se sabe, cala-se e jamais se ousa gozar. Por isso te digo, se tu não me conheces pessoalmente, não ouses dizer que eu me tento superiorizar a quem quer que seja porque se há alguém que eu luto todos os dias para superar é a mim mesmo e mais ninguém. Nunca me olhaste nos olhos, nunca viste como me movo ou me expresso, nunca viste se o meu sorriso é sincero ou oportunista. É tudo e bem hajas.

Re: Em Guimarães isso é Normal

Tu que és um gajo sensato,podias nesse tópico ter respondido tão simples quanto isto:"mas em Itália não existem dentistas?". Fica bem.

Re: Em Guimarães isso é Normal

E continuas... Eu não sei o estado da boca dele, mas num caso grave podem desconfiar de uma falência renal ainda por revelar. E aí não há dentista que lhe valha. Mas pronto, falei para a parede.

Re: Em Guimarães isso é Normal

Ainda perdes tempo com esse imbecil? Tivesse eu pontos e levavas com um Bem Escrito.

Infelizmente

É um hábito que os adeptos ganham com o tempo, mesmo que muitas das vezes esatas expressões não tenham o intuito de serem ofensivas. Com excepção para o famoso «filho da p###», obviamente. Cumprimentos, fgss

Já diz o ditado ..

..de pequenino é que se torce o pepino.. Não me choca em nada, o futebol vivido nas bancadas é isso mesmo, sejam jogadores com 14..15..ou 35 anos, o futebol é vivido intensamente e as emoções sempre à flor da pele, eu já tive muitas vezes numa bancada e os constantes 'mimos' são algo que não vem só de homens já adultos e pais de família.. esses jovens que estavam no campo provavelmente se tiverem numa bancada talvez tivessem o mesmo comportamento..a culpa? Talvez seja mesmo um problema da sociedade..

Re: Já diz o ditado ..

Pronto já lá não tinha de ser as habituais e vagas expressões do tipo a culpa é da sociedade... Que significam exactamente o mesmo que a culpa é do estado... A culpa é de algures, a culpa é de alguém, a culpa é de alguidares menos dos próprios!!! Nunca é culpa do mesmo... é sempre assim.. Há isso foi a sociedade que o tornou assim, as pessoas não são maiores e vacinadas, não se sabem controlar nem comportar... por isso a culpa é da sociedade... Ora tanto a Sociedade como o Estado, somos todos nós e eu não me revejo no comportamento que um grupo restrito de mentecaptos tem em campo, e muito menos estou disposto a aceitar quota parte de responsabilidade naquele tipo de atitudes... Quiçá eu tenha sido um privilegiado na minha educação pois levava sova quando dizia asneira... Cumps

Re: Já diz o ditado ..

+1 mereces uma estatua

Re: Já diz o ditado ..

Essas expressões resumem situações como esta: 1º Em Portugal, DESDE SEMPRE, a educação não é igual para todos. (Ou achas q a malta que esteve em Tancos antes de ir para o Ultramar ser empatorrado de drogas pa combater o que sabia (que não era nada) e o que não sabia (que era tudo pois não lhe deram nem educação pessoal nem militar), teve uma boa educação com a certeza de que um dia seria pai? Se as excepções confirmam esta regra, a nossa sociedade atesta-o de forma incrível.) 2º No norte, vê-se a descrença nessa mesma educação, e uma apetência incrível para o ilegal, não são as gentes do norte, são os que souberam que lá se conseguiam safar, conseguindo com isso tornar o povo do norte o mais explorado, e naturalmente mais revoltado deste país. 3º Os regionalismos também têm de ser respeitados, claro que alguém ouve "Ah filha puta q de fodo se marcas essa merda" e fica muito ofendido, mas este alguém sou eu que imagino à imagem dos padrões da minha educação, porque se tivesses vivido no norte sabias diferenciar o Filho da Puta e caralho que se diz a torto e a direito. E isto não é dizer que está bem nem mal, é um regionalismo.

Re: Já diz o ditado ..

Perfeitamente!!! Daí que generalizar é demonstrar uma ignorância enorme nas especificidades das diferentes regiões, populações e etnias... Não existem casos iguais e eu por ser de uma região diferente não me identifico tanto nas atitudes como nos comportamentos daquelas gentes... A agressividade na linguagem e a sua verbalização através de ofensas... Demonstra desde muito uma incapacidade de traduzir uma luta por acções e convicções, traduzindo-se meramente e apenas numa breve libertação passageira do ódio!!! Assim e pela sua inacção através de movimentos cívicos, o poder do voto e a liberdade de expressão... os mais atormentados pelo sistema governativo nacional revelam as suas frustrações de vida no futebol... vociferando palavrões num desporto que devia ser de alegria e festa. Cumps

Re: Já diz o ditado ..

Compreendo perfeitamente a tua perspectiva, permite-me orgulhar que compreendas a minha, aliás que partilhes 2 pensamentos sobre este assunto. A "Culpa" é nossa, sistema ou estado só existem como tal porque nós o permitimos. E ignorância traduzida em manifestações de ódio. Neste caso limitamo nos a analisar o futebol...

nem mais, concordo!

filho da póta

lololol matou

Re: filho da póta

Essa é mesmo com a boca cheia... Há uns tempo ouvi um gajo a chamar isso a uma mulher no trânsito, tudo porque a dita não lhe tava a facilitar a passagem(a coitada nem o tinha visto!)... Tinha a música alta no carro mas até me assustei com o senhor a gritar a plenos pulmões...FILHA DA PÓTA!!!LOL

na estrada no futebol na escola no trabalho

faz parte os nomes que as pessoas se chamam umas às outras... claro que o mundo era mais bonito sem eles mas é mesmo assim a vida... e não é a criar tópicos estilo "eu tive um sonho... eu tive um sonho no qual os jogadores não davam caneladas uns aos outros se não eram castigados o resto da época e respeitavam-se nunca chamariam nomes uns aos outros" que algo vai mudar para positivo.

Re: na estrada no futebol na escola no trabalho

É por pensar assim que as pessoas mandam as beatas para o chão. E outras irresponsabilidades mais...