Mundiais natação: o espetáculo na água... | Relvado

Mundiais natação: o espetáculo na água...

Terminaram este domingo os Mundiais de natação, na China. O Relvado preparou para si 111 momentos qu
 
 

Águas abertas, natação, natação sincronizada, polo aquático e saltos para a água: as cinco especialidades nos Mundiais, que terminaram este domingo.

Na competição que decorreu este ano em Xangai, na China, um dos maiores protagonistas foi Ryan Lochte. O nadador norte-americano de 26 anos conquistou cinco medalhas de ouro: nos 400 metros estilos, 200 livres, 200 estilos, 200 costas e estafeta de 4x200 metros livres.

A figura dos Jogos Olímpicos de Pequim, Michael Phelps, conseguiu "apenas" sete medalhas, das quais quatro de ouro, mas perdeu nos duelos diretos com Lochte. Phelps confessou, já este domingo, que estes foram os últimos Mundiais que contaram com a sua presença. O abandono deverá chegar depois de Londres'2012.

O último dia teve como protagonista o chinês Sun Yang, que se sagrou campeão do mundo dos 1500 metros livres, mas não só. Estabeleceu a melhor marca de sempre na distância, fazendo cair o recorde mundial mais antigo da natação, que pertencia ao australiano Grant Hackett desde os Mundiais de 2001, em Fukuoka.

No polo aquático, o título feminino foi pela primeira vez para a Grécia, enquanto a Itália levou a melhor na competição masculina.

Na tabela final de medalhas, os "suspeitos do costume" ocuparam o pódio: EUA em primeiro, seguidos pela China (que conseguiu mais medalhas no total, mas menos de ouro) e terceiro lugar para a Rússia. Ao todo, participaram 2200 atletas de 181 nações.

Os Mundiais de natação chegaram ao fim, mas há imagens que vão ficar para sempre. E como os chineses costumam ser supersticiosos - recordemos os Jogos Olímpicos de Pequim, cuja cerimónia de abertura arrancou às oito horas e oito minutos da noite, do dia oito do mês oito de 2008 - o Relvado preparou para si uma capicua: 111 imagens.

diversos:

Comentários