Lealdade | Relvado

Lealdade

 

Há muitos adeptos, dentro dos quais me destaco, que dizem que são do seu clube até morrer! De facto, tenho que admitir que não sou leal de todo, porque hoje sou benfiquista, mas quando nasci era portista. Quero perguntar aos relvas se são realmente leais ao seu clube e nunca o vão largar ou se já tiveram outro clube como eu?

diversos:

Comentários [69]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

SEMPER FIDELIS

E digo-te mais... Nasci no seio de uma família ultra-portista, o meu pai veio com a minha mãe a apitar da aldeia até ao Porto só para eu nascer na Invicta. E... guess what... Saiu de lá um sportinguista dos sete costados!! Cada vez sinto mais o Sporting, e o facto de estar rodeado de portistas e de alguns benfiquistas no meu dia-a-dia só espicaça mais a minha "clubite". Não nasci sportinguista, mas posso-te assegurar que assim morrerei!! ;)

Re: Lealdade

Uma vez um primo meu disse: tu um dia tb vais ser sportinguista, é o que acontece a todos os benfiquistas e foi o que me aconteceu. Graçlas a deus livrei-me desse mau olhado... A memória mais distante q eu tenho em relação ao benfica é a do penalty falhado pelo veloso para a liga dos campeões... lembro-me o que sofri e o que chorei com a minha irmã: Era paixão. Mas tb me lembro do orgulho, da alegria, do velho estádio da luz a rebentar pelas costuras.Quando era criança pensava: ainda bem que nasci em portugal e tenho a oportunidade de ser do benfica. Simplesmente, parecia-me ser impossível sentir a mesma paixão por outro clube qq.

Ja agora

Podias ter dito quais foram as razoes que te levaram a torcar de clube. Cumps

Ui

Ainda foste a tempo aimar. Olha, eu ainda espero hoje em dia que o meu irmão Sportinguista se venha a tornar Benfiquista. Mas pelo menos não é Corrupto!

OFF-TOPIC: YES. WE. CAN.

It was a creed written into the founding documents that declared the destiny of a nation. Yes we can. It was whispered by slaves and abolitionists as they blazed a trail toward freedom. Yes we can. It was sung by immigrants as they struck out from distant shores and pioneers who pushed westward against an unforgiving wilderness. Yes we can. It was the call of workers who organized; women who reached for the ballots; a President who chose the moon as our new frontier; and a King who took us to the mountaintop and pointed the way to the Promised Land. Yes we can to justice and equality. Yes we can to opportunity and prosperity. Yes we can heal this nation. Yes we can repair this world. Yes we can. We know the battle ahead will be long, but always remember that no matter what obstacles stand in our way, nothing can stand in the way of the power of millions of voices calling for change. We have been told we cannot do this by a chorus of cynics...they will only grow louder and more dissonant ........... We've been asked to pause for a reality check. We've been warned against offering the people of this nation false hope. But in the unlikely story that is America, there has never been anything false about hope. Now the hopes of the little girl who goes to a crumbling school in Dillon are the same as the dreams of the boy who learns on the streets of LA; we will remember that there is something happening in America; that we are not as divided as our politics suggests; that we are one people; we are one nation; and together, we will begin the next great chapter in the American story with three words that will ring from coast to coast; from sea to shining sea -- Yes. We. Can. by Obama 10G Falta isto em Portugal!

Falta referir o co-autor

Jon Favreau, editor de 27 anos. Esse sim, um dos mais importantes responsáveis da vitória de Obama, co-autor de discursos como este... É quase como elogiar o Rui Faria sem tirar mérito ao Mourinho!

Re: OFF-TOPIC: YES. WE. CAN.

podes traduzir esta porra em miudos

Re: OFF-TOPIC: YES. WE. CAN.

Mais ou menos isto. Foi um dos fundadores credo escrito em documentos que declararam o destino de uma nação. Sim, pode. Foi sussurrado pelos escravos e abolicionistas, pois blazed uma trilha em direção a liberdade. Sim, pode. Era cantada pelos imigrantes, uma vez que atingiu as costas de distantes e pioneiros que empurrou oeste contra um imperdoável deserto. Sim, pode. Foi a chamada dos trabalhadores organizados, as mulheres que chegaram à cédulas; um presidente que escolheu a lua como nossa nova fronteira, e um rei que nos levou ao mountaintop e apontou o caminho para a Terra Prometida. Sim, podemos a justiça ea igualdade. Sim, podemos a oportunidade ea prosperidade. Sim nós podemos curar esta nação. Sim, podemos consertar este mundo. Sim, pode. Sabemos que a batalha à frente será longa, mas sempre lembrar que não importa o que os obstáculos estão em nosso caminho, nada pode ficar na forma de o poder de milhões de vozes pedindo mudança. Foi-nos dito que não podemos fazer isso por um coro de cínicos ... eles só crescem mais alto e mais dissonantes ........... Fomos convidados a pausa para a realidade. Fomos advertiu contra oferecendo ao povo desta nação falsa esperança. Mas na improvável história que é a América, nunca houve qualquer coisa falsa sobre a esperança. Agora, as esperanças de que a menina vai para uma escola de Dillon desmoronando são os mesmos que os sonhos do menino que aprende nas ruas de LA; vamos lembrar que há algo acontecendo na América, que não estamos tão divididos como nossa política sugere; que somos um povo, somos uma nação, e juntos, vamos começar o próximo grande capítulo na história americana, com três palavras que irá tocar a partir de costa a costa, do mar ao brilhante mar -- Sim. Nós. Poder. por Obama

Tradução no google...

... eu pensei em fazer o mesmo. Até fiz-lo mas na altura de "postar" aqui no relvado preferi a versão original, pois a do google tinha algumas incongruências e o discurso era grande demais para fazer uma tradução fiel e com o mesmo impacto. De qualquer maneira, obrigado. ;D 10G

Re: OFF-TOPIC: YES. WE. CAN.

O melhor discurso depois de Martin Luther King. O dom da oratória tem. O resto virá a seeguir. Simplesmente arrepiante. Se será bem como Obama diz, cá estaremos para julgar. Cumprimentos

Re: OFF-TOPIC: YES. WE. CAN.

Nem duvides. O povo Americano eh muito unido e em vez de andar a chorar, viram-se de unhas e dentes ao trabalho. Hoje foi um dia historico e no meu emprego paramos por 1 hora para ver a tomada de posse. Go Obama.

Concordo contigo!

Eles são uns lutadores por excelência! Já reparaste que aqui em Portugal e na Europa em geral, parece que estávamos à espera que os "United States of America" tomassem uma posição de mudança?! Não houve nenhuma nação ou grupo de nações que nos últimos 5 a 10 anos quisesse fazer o que os americanos têm andado a fazer: liderar o mundo em muitas áreas! Falou-se muito no ambiente na Europa nos últimos 5 a 10 anos, mas em termos concretos ainda fizemos poucas coisas... faltou mais união à União Europeia... Enfim... politiquices... 10G

temos pena

tiveste azar, podia-te dar para teres um virus contagioso ou teres dado em drogado, e foste logo dar em benfiquista :(

Re: temos pena

Curioso o tal nick que sustentas. Baía, confessou numa entrevista ao "O Jogo" no final da sua carreira que foi Benfiquista até aos 15 anos. Mudou apenas pois foi para as escolas do Porto e depois ai fez a sua carreira.

nasceste portista!!!!!!!!!!!

depois caiste do berço e ficaste benfiquista!!!!!!!!!!! há coisas que mudam a nossa vida em segundos...........

off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

Li ou ouvi há alguns anos, não sei se o M.Moore ou alguém parecido, muito antes de se sequer imaginar que Obama seria presidente "americano", que nos EUA um preto poderia um dia vir a ser presidente, uma mulher poderia tb vir a ser presidente americana, uma lésbica, um gay, um deficiente, um latino, poderiam todos eles sonhar com a Casa Branca. Mas quem nunca mas mesmo nunca poderia ter as mesmas ambições, seria um ateu. Hoje a ouvir o Obama jurar sobre a bíblia e a terminar o juramento com as palavras (já traduzidas): «deus me ajude», dei por mim a recordar-me do que tinha ouvido e a pensar como esse país que se diz hipocritamente da "liberdade e democracia" continua a revelar em determinados pormenores todo o seu conservadorismo, que chega a roçar mesmo o atraso, como por exemplo na questão do criacionismo que tem um lobby fortíssimo a seu favor e continua a ser normalmente estudado em muitas escolas como se de uma verdade fosse. É rídiculo que num país como os eua a palavra deus continue a ter o significado que tem e a misturar-se com a política, justiça (juramento nos tribunais) e educação. Acredito por isso que a resposta à pergunta feita por mim seja mesmo negativa! E vocês que pensam?

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

É uma tradição, não é uma obrigação. Obama não viu problema nenhum em continuá-la e assim o fez. Historinhas de que este ou aquele nunca lá conseguirão chegar são constantemente desmentidas neste país (USA), como se viu agora com Obama. Também não percebo a relação entre as crenças de um povo e a sua inteligência. Se esta tem alguma relação é com a tolerância desse mesmo povo, algo que o povo português tem muito pouco mandando tudo e todos abaixo muitas vezes apenas pela aparência, mostrando assim a sua pouca inteligência.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

O que é que o conservadorismo tem de impeditivo à liberdade e à democracia? A ideia do progresso contínuo e de que a ciência tudo deve dominar - uma espécie de fá chamada cientismo" - e não admite reprimenda não trouxe nada de bom. Nos EUa não há o preconceito de que a palavra "Deus" e a religião não têm lugar na vida pública, talvez porque nunca tenha havido lutas religiosas. Na Europa, ou mais precisamente em países como a França e Portugal, é que parece que se quer esquecer as bases culturais e civilizacionais, que remontam inevitavelmente ao cristianismo.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

é por essas e por outras que a Holanda quando se libertou de todos esses dogmas religiosos castradores no século XVI, evoluiu o que evoluiu, com as nova correntes filosóficas direccionadas para o conhecimento, mesmo sendo metade do nosso país em termos geográficos...

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

Na Holanda nunca se proclamaram ateus, derivaram mas é para o protestantismo. Isso permitiu alguma tolerância por uma lado para povos como os judeus, por razões comerciais e económicas. Mas nunca perderam uma boa dose de racismo e desprezo encapotado pelo estrangeiro. Agora, com uma grande e fechada comunidade de muçulmanos, já viram o bico ao prego. E como complemento, muito depois do iluminismo e do positivismo mais radicais, a fundação da Comunidade Europeia obedeceu aos princípios cristãos dos seus fundadores (Schuman, Adenauer, de Gasperi, etc), que viam ali a reconciliação europeia há muito esperada e um acto de perdão à alemanha pela guerra.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

sim, eu não disse que se tornaram ateus, apenas cortaram ligações com o catolicismo, no tempo em que o catolicismo mais se confundiu com o fanatismo religioso. As gentes do povo mais humildes e ignorantes, tornaram-se seguidores fanáticos desse dogma; os mais conhecedores, calculistas e letrados, manietaram os 1ºs a seu bel prazer e serviram-se da fé para os controlar. Portugal continua profundamente marcado pela igreja católica e pelas piores razões, na questão da visão fechada e quadrada, infelizmente.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

Ñão acho que a Igreka seja um controlador do povo. Mais depressa vejo uma visão dogmática aos herdeiros do PREC do que à igreja, que soube adaptar-se logo ao regime pós-25 de Abril (não houve questões religiosas, por exemplo, excepto o caso da Renescença, mas porque era um orgão de CS). a Igreja é uma instituição iportante que acompanha a história de Portugal desde os primórdios, e que teve muita importância em certos momentos como os Descobrimentos (as colónias de jesuítas no Brasil, por exemplo). Deve, e isso já percebeu, é estar afastada da política, porque a religião é uma coisa diferente. Não pode é deixar de ser uma voz importante na sociedade, e não apenas em habituais questões de caridade.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

E ainda bem!

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

A constituição americana é das mais liberais e anti-confessionais que conheço, a liberdade religiosa o não ter religião é um direito que está lá desde George Washington. A frase que citaste é mais uma tradição que uma obrigação mas nunca digas nunca a nada, nem Martin Luther King acreditou algum dia que um afro-americano chegasse um dia à Presidência dos EUA, Roma e Pavia não se fizeram num dia - os ateístas convictos e verdadeiros não têm a pretensão de fechar templos e proibir o culto como fizeram os comunistas (ou "ditos") na ex.URSS, China,etc. Esse foi um erro histórico como foi na nossa 1ªRépublica a perseguição aos crentes e que esteve na origem do Estado Novo. Sempre haverá na humanidade quem acredite no Divino e quem não acredite aliás sempre houve desde sempre. Agora quem foi eleito Presidente dos EUA foi um cristão logo aquele acto foi normal e estar a propor mudanças radicais no protocolo quando a maioria da população o acha normal seria um nonsense.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

mas Deven, essa frase da lenga lenga que o Obama teve que proferir do "in God I trust" ou lá o que é, vai no mesmo sentido em que as escolas portuguesas se viram forçadas a retirar a cruz católica das paredes quando se começou a questionar a igualdade religiosa dos símbolos, como que em Portugal se estivesse a impôr o cristianismo e isso não seria liberdade... Como é que um gajo, que pode não ser católico, tem que levantar a mão e dizer "In God I trust" por obrigação?

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

Não se trata disso amigo Sartor! Primeiro a divisa "In God we trust" (em Deus nós confiamos!) até nas notas do banco aparece! Depois, a presença de Deus (GOD) nos actos simples da vida nada tem de opressivo mas é apenas o reconhecimento de que esse facto é importante para a esmagadora maioria dos americanos! É um pouco como se num estádio de futebol, aparecer alguém que não goste do desporto! Não se vai deixar de jogar apenas por respeito por essa pessoa sem ter em atenção que milhares de outros têm a idéia eminentemente contrária! A Constituição dos EUA, como muito bem disse o Devenish, é extremamente liberal e mesmo não confessional! Mas a idéia de Deus, de um Deus que pode ser o Deus dos cristãos, dos muçulmanos, dos judeus ou de outro grupo qualquer está sempre presente! Não para excluir mas para incluir todos, pelo menos os que não são ateus!

Uma citação de Abraham Lincoln

"Acho impossivel que um indivíduo contemplando o céu possa dizer que não existe um criador" Para além da discussão filosófica que esta frase pode levar o importante aqui é mostrar que mesmo no seu tempo ele lidou com gente que não acreditava no criador - esta frase leva a essa conclusão. Que eu saiba Abraham Lincoln nunca perseguiu nenhum americano por não ser crente e segundo os registos era tolerante com tudo menos com a escravatura. A evolução humana levará o homem para patamares diferentes no futuro mas ninguém pense que isso se faz num século ou dois. Se Abraham LIncoln pudesse voltar a este mundo hoje teria uma grande surpresa mas diria que valeu a pena, tentar apagar tradições de séculos na América de um momento para o outro só criaria mais radicalismo e voltariamos aos tempos tenebrosos do passado.

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

E nos tribunais americanos tb é "tradição" jurar "por deus" que se vai dizer toda a verdade?...

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

E se jurar pela sua honra vai dizer toda a verdade?!

Re: off.topic: um ateu nunca será presidente do EUA?

E católico também. Acho que até hoje só foram o Kennedy e o Clinton(apesar de já ter ouvido falar que mudou de religião ehehehe)! Pá mas é a herança religiosa deles! Faltou-lhes os princípios básicos do laicismo da revolução francesa apesar de se terem adiantado na inovadora constituição pseudo democrática deles. E também não te percebo essa perturbação em relação aos 50 e tal por cento de americanos que acredita no criacionismo. Basta eu puxar à conversa esta nossa teoria Darwin(ista) aí para os lados de Guimarães que quase nos comem vivos! ehehehehe! Mas sinceramente acredito que mais tarde ou mais cedo, os States irão entrar numa espiral tão grande de descobertas médico-cientificas que a mentalidade mudará e se deixará de acreditar em Deus como o conhecemos que passaremos a ser nós a divinizar o homem e a cerimónia de investidura será ao som da banda sonora do Star Wars. cumps