A "fruta" à moda de Lisboa... | Relvado

A "fruta" à moda de Lisboa...

 

O 1º caso passou-se em 1984, num jogo entre o Sporting e o Dinamo de Minsk em que os leões viriam a vencer por 2-0. Na noite anterior, afirma King, foi levado a um local "onde se encontravam muitas raparigas das mais belas e bonitas" (citação de King), tendo-lhe sido dada a possibilidade de escolher a que ele desejasse (o que veio a suceder).De regresso a Portugal, em 1992, desta vez para um jogo entre o Benfica e o Sparta de Praga, mais uma vez Mr. King teve a oportunidade de confraternizar com uma jovem, desta vez supostamente encarregada para o efeito pelo clube encarnado e ainda com o bónus de receber prendas que excediam em muito o autorizado pela Uefa.Supondo que estas afirmações são verdadeiras (nunca foram contrariadas pelos clubes envolvidos), a questão que se coloca é se o mesmo não se passava em competições internas, porque se havia o desplante de efectuar este tipo de "operações" em jogos da UEFA, então qual seria o problema em fazê-lo internamente? E já agora, porquê a pouca importância dada a esta entrevista?Infelizmente na altura não havia a panóplia de órgãos de comunicação social que existe actualmente, pois estou em crer, muito mais se ficaria a saber sobre este e outros casos relacionados com estes dois clubes...Dragounhe

diversos:

Comentários [143]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Que lata...

O desplante, o arrojo, a audácia, a cara de pau, a falta de inteligência! O desplante por ser um tripeiro a exigir investigações, que quando a eles lhes toca, boicotam-nas de todas as formas e feitios. Desde pressões a chibadelas a perseguições e pancadaria. E ainda riem... O arrojo e a audácia pq de facto é preciso ter uns "cojones" grandes para se vir dizer imbecilidades a pedir novas entrevistas (lolololololol) ao Sr. King (se é que existe), caíndo (mais uma vez) no rídiculo! A cara de pau que é necessário ter para se vir com dedos acusadores aos outros quando se tem um presidente com o focinho na lama, apanhado em escutas comprometedoras, fugido da justiça para a Galiza, qua mandou espancar vereadores, rameiras e irmã que trazia um bébé na barriga. Um presidente que precise que alguém acenda cigarros ao seu lado para não cheirar mal. Um presidente que depois de ver as tristes figuras que a sua amada esposa, agora odiada puta, fez no Estádio da Luz, ainda foi bater-lhe palmas e mandar beijinhos. A falta de inteligencia, da qual o seu artigo é espelho, porque independentemente de ter havido ou não algum caso com esse Sr. King (seja lá quem ele for), não consegue atingir que UM CRIME NÃO APAGA OUTRO. Ora um obrigado e tenha uma boa tarde... Que com este artigo a minha já está feita, tais as lágrimas que me vieram aos olhos de tanto rir!!!!

Errata...

...o link que comprova a existência de um Howard King é na realidade este: http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_football_referees Mas é bom saber que a vossa memória selectiva não falha..se eu tivesse falado num calheiros qualquer (ou de uma carolina qualquer) não havia de certeza duvidas da sua existência...

Re: Errata...

Já agora... Que parte de "UM CRIME NÃO APAGA OUTRO" não percebeste?

Re: Re: Errata...

Ja agora ...Que parte de um crime que ficou impune nao percebeste?

Re: Re: Re: Errata...

Eu devo falar outra lingua qualquer de certeza... O que é que tem o *u a ver com as calças? Passou impune? Talvez. Então vamos agora deixar que todos passem impunes. Bravo!

Por falar em falta...

...de inteligência e cara de pau aqui vai o link para o árbitro que eu "acabei" de inventar... http://en.wikipedia.org/wiki/Howard_King

Re: Por falar em falta...

Parabéns! Temos progressos! Buscas na Wikipedia... Upa upa!

Porquê...

...para ti não é uma fonte credivel? Naturalmente que para ti não deve ser tão credivel como um "eu, carolina" mas é o que se pode... Também pensei encontrar referências no site da gloriosa sobre este árbitro mas infelizmente não consegui...talvez houvesse um link para "aliciamentos a árbitros europeus"...

Re: Porquê...

A questão não é essa. Nem tão pouco a credibilidade da fonte (Wikipedia) Mesmo que tenham havido crimes por parte de Benfica ou Sporting, tentar justificar eventuais crimes que o actual presidente do Porto pratica/ou com a bujarda do "Ahhh o Benfica e o Sporting também já o fizeram, vejam este artigo do Sr. King", é intelectualmente diminuinte! Porque, e lá voltamos nós ao mesmo, UM CRIME NÃO APAGA OUTRO! Tão só e mais nada!

Re: Re: Porquê...

Se um crime não apaga o outro então os supostos crimes do Pinto da Costa não apagam os crimes que SCP e SLB cometeram com este King! Estamos todos a lidar com suposições e boatos dos dois lados, todos com vista a denegrir o outro. E antes de vires dizer que no caso do Pinto da Costa não são boatos, talvez me podesses explicar porque é que em todos os casos até agora ou foram arquivados ou o PC ou alguém a que lhe apontavam ligações foram considerados inocentes? Vais-me dizer que a justiça também é corrupta?! Por amor de Deus, daqui a bocado vocês benfiquistas e sportinguistas vão dizer que o Sócrates e o Cavaco também são portistas que só se candidataram por ordem do PC para beneficiar o Porto!!

O sr bimbo..

O bimbo é um santo até vai a fátima rezar! Há mudar as opiniões a seu favor, até a filha e a ex mulher dizem que é um santo!!!!Com este artigo fiquei mesmo intrigado, afinal o f.c.p é um clube honrado!!!malditos aqueles clubes de lisboa que só inventam acerca do sr nuno e suas gentes. É tudo uma cabala, coitado do bimbo que só a paz de fátima é que o conforta!!!!!

Desculpa mas se a um orgão...

que parece ter mão pesada e que não olha a clubes é a UEFA. Não achas? Se é a única desculpa que tens! È muito pouco. Toda a gente sabe o que se passou e se passa no futebol português. Trafico de influencias, subornos, etc... Já deve ter sido praticado pelo Benfica e Sporting noutras décadas. Nem sequer discuto isso. Também não discuto os títulos que o Porto já ganhou, porque depois vocês vêm com o Benfica e antigo regime e eu (como não sei nada dessa época) não discuto. Agora que todos sabem que no topo do sistema do futebol português esta o Major e o PC, sabem! Não concordas? Então agora que esta alguém que parece ser uma pessoa anticorrupta e isenta na direcção do Processo só digo uma coisa, vamos deixar avançar o Processo e que justiça seja feita. Cumps

Se consideras a UEFA independente

então como se justifica que o Porto tenha tido, de há muitos anos a esta parte, muito melhores resultados nas provas europeias que o Benfica e o Sporting????? Se não é dos árbitros do que será? Será que o Porto tinha equipas muito melhores que os seus rivais? Será possível? E se tinha melhores equipas, porque raio precisava de comprar tudo e todos para ganhar o campeonato??...

Re: Se consideras a UEFA independente

O Marselha também tinha a melhor equipa de frança. E foi comprar o ultimo classificado antes da final da taça dos campeões. A diferença é que no futebol nem sempre ganha a melhor. Mas senhores como o Tapie e o PC não querem perceber isso. Cumps

deves ter memoria fraquinha,entao nao lembras da

meia equipa de mourinho que jogou todos os jogos do euro 2004 e no mundial 2006? eram todos coxos querem ver

boa tentativa

1 - afinal o jornal a bola nao era o jornal oficial do benfica? 2 - nao ha nomes nenhuns. 3 - nao se ouve ninguem do benfica ou sporting em escutas a aprovar seja o que for. 4 - desvias as atençoes, como se a materia do suborno nos casos augusto duarte e jacinto paixao fossem as prostitutas. isso foram apenas jeitinhos que lhes fizeram. tal como o pinto da costa dizia nas escutas, "pensei que a fruta ja tinha sido dada" ao que o outro responde, "não é essa, é a fruta para dormir". os subornos foram feitos em VALORES. dinheiro, bens, classificaçoes positivas, ajudas na carreira. e disso continuamos a zero relativamente a sporting e benfica. 5 - as palavras do mr. king tem tanto valor como as do arbitro jugoslavo que afirmou ter sido seduzido pelo porto ha uns anos. 6 - jogos para as competiçoes europeias? nao vejo o que tem isso a ver com o apito dourado, nem com a falsificaçao que ocorre nos resultados em portugal desde ha quinze anos, pela mafia dos tres pintos, oliveirescos, araujos, teles, loureiros e etc. boa tentativa de tapar o sol com uma peneira...

Re: boa tentativa

quem moderou este comentário que diz muitas verdades com clubite é alguém que anda com problemas de insonias e que demonstra um grave problema em lidar com os últimos acontecimentos do apito dourado!

Re: A "fruta" à moda de Lisboa...

Parem de dizer isto como se fosse algum mal! Esta mais que provado que o povo português é extremamente hospitalar e que providencia que nunca falta comida e companhia a ninguem! Isso é que é essencial! Grande Abraço E Boas entradas!

pois a mim é que nao me oferecem nada

nao sou arbitro cumps

Re: A "fruta" à moda de Lisboa...

então e nomes? quem é que ofereceu concretamente? O Jorge de Brito? O Jorge Gonçalves?

mais uma, mais um control v

boa moderaçao pró-corrupção (lup51, 1 ponto (Clubite) , Sábado, 30 de Dezembro de 2006 às 12:25) boa tentativa (lup51, 1 ponto (Clubite) , ontem às 14:43) 1 - afinal o jornal a bola nao era o jornal oficial do benfica? 2 - nao ha nomes nenhuns. 3 - nao se ouve ninguem do benfica ou sporting em escutas a aprovar seja o que for. 4 - desvias as atençoes, como se a materia do suborno nos casos augusto duarte e jacinto paixao fossem as prostitutas. isso foram apenas jeitinhos que lhes fizeram. tal como o pinto da costa dizia nas escutas, "pensei que a fruta ja tinha sido dada" ao que o outro responde, "não é essa, é a fruta para dormir". os subornos foram feitos em VALORES. dinheiro, bens, classificaçoes positivas, ajudas na carreira. e disso continuamos a zero relativamente a sporting e benfica. 5 - as palavras do mr. king tem tanto valor como as do arbitro jugoslavo que afirmou ter sido seduzido pelo porto ha uns anos. 6 - jogos para as competiçoes europeias? nao vejo o que tem isso a ver com o apito dourado, nem com a falsificaçao que ocorre nos resultados em portugal desde ha quinze anos, pela mafia dos tres pintos, oliveirescos, araujos, teles, loureiros e etc. boa tentativa de tapar o sol com uma peneira...

Re: A "fruta" à moda de Lisboa...

Re: A "fruta" à moda de Lisboa...

Re: A "fruta" à moda de Lisboa...

Não vás por aí

Não se pode justificar erros com erros anteriores. O que é preciso é questionar o que sugeres: Será que tudo que aparece na comunicação social é verdade? Porque será que há realce diferente em assuntos semelhantes? Há provas concretas? Há condenações?

Re: Não vás por aí

O que difere isso do caso do Pinto da Costa? Até agora não existem provas para condenar o PC, só existem boatos e livros que nada provam. As "provas" que existem como as escutas e jantares também se podem aplicar ao SLB, pois tanto Vieira e Veiga foram apnhados e escolher árbitros e pedir favores ao Major, e também existiram jantaradas entre o Veiga e árbitros assistentes...

Mas quem é...

...que está a tentar justificar erros com erros...? Talvez o mais correcto fosse dizer " não justifiques suposições com suposições"... Admito que parte do artigo é para calar certos hipocritas que para aqui aparecem armados em anjinhos com a história da fruta e da carolina... Mas a questão central é se na opinião das pessoas estes actos também não eram extensiveis às competições interna...na minha opinião dificilmente não seriam...

Fruta à Moda de Lisboa ?

Ainda o Pinto da Costa andava na escola e já havia fruta à Moda de Lisboa. Vamos falar verdade e vamos onde tudo começou, falemos de Calabote… Para os mais distraídos ou para os mais novos perguntar-se-ão afinal quem é esse Calabote de quem tanto se fala aqui no Relvas e que dizem que tudo não passa de um mito. Então é assim… Domingo 22 de Março de 1959, (antigamente os jogos eram sempre ao domingo) em termos de futebol, quer-se dizer. O calendário era outro, e o Campeonato Nacional da I Divisão da época 1958-59 vivia, nesse dia, a sua última jornada. E que jornada! Benfica e Porto, empatados em pontos e nos jogos disputados entre si, eram os únicos candidatos ao título. A separá-los, na corrida, apenas uma diferença de quatro golos favorável aos «azuis e brancos» (78-22 do Porto contra 71-19 do Benfica). Para se tornarem campeões, os «encarnados» teriam de ganhar o último encontro por uma vantagem superior em quatro golos àquela que os portistas conseguissem. Inocêncio João Teixeira Calabote, árbitro da Comissão Distrital de Évora, foi escolhido para apitar o Benfica – CUF. Considerado e premiado pela Comissão Central de Árbitros, «pelo Desporto e a Bem da Nação», como o melhor da época 1952-53, era indicado à FIFA como árbitro internacional na época seguinte (distinção que voltaria a merecer em 1956-57) e apontado um ano depois pelo próprio presidente da Comissão Central, na altura Filipe Gameiro Pereira, como «do melhor que tem passado pelo sector da arbitragem», numa entrevista concedida ao jornal «A Bola» em 26 de Março de 1955. E havia razões de sobra para escolher um juiz com o perfil de «honrado» e de• «independente» como o de Inocêncio Calabote para arbitrar esse Benfica – CUF de 1959. Minutos dramáticos O Estádio da Luz estava à cunha. A equipa de arbitragem - Inocêncio Calabote foi auxiliado por Madeira da Rocha e por Manuel Fortunato - foi a primeira a entrar em campo, uns cinco minutos antes da hora prevista para o início da partida, seguida, nos minutos seguintes, pela turma do Barreiro. Os responsáveis «encarnados» admitem que atrasaram o mais possível a entrada da sua equipa no relvado, de forma a poderem beneficiar do conhecimento do resultado em Torres Vedras. «Faltariam aproximadamente dois minutos para as quinze horas quando entrou a equipa do Benfica», declararia, mais tarde, Manuel Fortunato, Apesar do esforço dos homens do Barreiro, a primeira parte correu de feição para as aspirações do Benfica, que chegou ao intervalo a vencer por 4-0. Aos 58 minutos de jogo, o cufista Quaresma reduziu para 5-1, colocando assim o FC do Porto em vantagem. Mas o Benfica, em tarde inspirada, não tardaria a fazer os 6-1. Os últimos minutos, segundo relata a Imprensa da época, foram «dramáticos» nos dois campos. Primeiro, na Luz, Mendes fazia os 7-1, dando o título ao Benfica. Depois, em Torres, Noé marcava o segundo golo do Porto, empatando de novo a contenda entre os dois grandes. E, a vinte segundos do final desta partida, Teixeira elevava a marca para 3-0, colocando a faixa de campeão ao peito dos «azuis e brancos». Na Luz, os «encarnados» deram tudo por tudo ao longo dos seis derradeiros minutos da partida (dez, com os descontos) mas não conseguiram voltar a marcar. Por um só golo (81-22 contra 78-20), o FC do Porto, na altura treinado por Bela Guttmann sagrava-se campeão nacional. O relatório do jogo, que mandou para a Comissão. Tinha assinalado três penalties e expulsado três jogadores da CUF. Creio que não houve mais nada de especial a registar. Isto pensava ele, na sua inocência de Inocêncio puro, longe ainda de saber, como viria a apurar mais tarde, quantas coincidências nefastas se não podem cruzar no caminho dos inocentes. «Em 58-59, a presidência da Comissão Central de Árbitros, por força da rotatividade do cargo (só para os clubes de Lisboa) foi parar às mãos do Belenenses, então um dos quatro grandes, na pessoa do Dr. Coelho da Fonseca. O presidente anterior foi a Évora avisar: você ponha-se a pau, que a Comissão que entrou vem com intenções de o irradiar. Logo de seguida, depois do tal Benfica - CUF, alegando má-fé no preenchimento do relatório do jogo - que teria começado não sei quantos minutos depois da hora, que teria tido um intervalo maior que o devido e um prolongamento excessivo também -, o Dr. Coelho da Fonseca abriu-lhe um inquérito e não descansou enquanto não conseguiu que me fosse aplicada a pena de irradiação da arbitragem. Foi um clube de Lisboa que ao fim de 20 anos de bons e leais serviços, ao “………” conseguiram pô-lo na rua. Disse ele na altura quatro ou cinco minutos foi o prolongamento. Porque entendi que o devia ter feito e porque foi esse o tempo que o meu relógio realmente marcou. E qual é o relógio que conta? Disse Calabote! Depois de mais de 20 anos dedicados à causa da arbitragem, Inocêncio Calabote viu-se irradiado por um pretenso erro, de meia dúzia de minutos? Nunca ninguém o acusou de suborno, de comprado ou de coisa no género, pois nunca ninguém encontrou matéria para tal. Aplicaram-lhe a pena máxima só porque o seu relógio, pretensamente, não tinha o rigor de um cronómetro? E esta em?!! A todos um Bom 2007 --------------- Dragãoport

Comissão Central de Árbitros

«Em 58-59, a presidência da Comissão Central de Árbitros, por força da rotatividade do cargo (só para os clubes de Lisboa) foi parar às mãos do Belenenses, então um dos quatro grandes, na pessoa do Dr. Coelho da Fonseca. É curioso constatar que a Comissão Central de Árbitros, órgão criado em 1938, nunca teve presidência do Benfica.

Re: Fruta à Moda de Lisboa ?

Julgo também pertinente lembrar o outro jogo decisivo dessa tarde: o "Torreense-F.C.Porto". Segundo rezam os jornais da altura esse sim, foi um jogo polémico: O FC Porto entrou com quatro golos de vantagem sobre o Benfica (na decisiva diferença total de golos) mas, ao intervalo, o Benfica já estava em vantagem: ganhava por 5-0 à Cuf, enquanto o FC Porto vencia em Torres Vedras por 1-0. Entretanto, na Luz o resultado foi fixado em 7-1 quando havia sete minutos para jogar, mas em Torres Vedras, a dois minutos do fim, o FC Porto fazia 2-0 e, a vinte segundos do final, Teixeira marcou o terceiro e decisivo golo. O Benfica jogou ainda dez minutos, mas não conseguiu o golo que lhe faltava. O Torreense, que sofrera o primeiro golo quando tinha um jogador fora de campo, lesionado, jogou com dez jogadores, por expulsão de Manuel Carlos, desde os 20 minutos da segunda parte, e ainda viu ser expulso outro jogador a seguir ao 2-0 (por pontapear a bola para longe depois do golo), sofrendo o 3-0 quando já só tinha nove homens em campo. Casos houve, pois, no jogo Torreense-FC Porto, com a arbitragem de Francisco Guiomar a ser contestada pelos jogadores locais…