Em defesa dos árbitros! | Relvado

Em defesa dos árbitros!

 

Creio sinceramente que a esmagadora maioria dos árbitros, em Portugal como no estrangeiro, é honesta! As queixas que todas as semanas caiem sobre eles, vindas num dia de um clube e no seguinte do oponente, mostram a falaciosidade de quem quer explicar os seus insucessos com a perseguição das arbitragens!Mas, se tudo o resto evoluiu no futebol, houve uma excepção, qual aldeia dos irredutíveis gauleses: a arbitragem! Fruto do tonto e cego conservadorismo da FIFA e do International Board, a arbitragem está igual ao que era há 50 anos atrás! Pior até!Juntou-se um 4º árbitro às equipas que tem uma função ridícula e desnecessária! Ajudas tecnológicas que poderiam decidir determinados lances ou aumentar o número de árbitros para aumentar os ângulos de visão nos lances complicados, nada! A FIFA ainda deu um outro presente envenenado na forma dos cartões! Estes, supostamente criados para melhorar a disciplina, não só não o conseguiram como criaram uma nova forma de decidir jogos através das expulsões por duplo amarelo! Manteve-se a regra ridícula e anti-desportiva de penalizar duplamente algumas equipas, fazendo com que joguem parte substancial de um jogo reduzidas em número!O futebol, conservador até ao tutano, reage com receio ao aumento do número de árbitros! Porquê, se nos outros desportos isso foi resolvido com a maior facilidade! Os dois árbitros de baliza, podem ser uma boa ajuda, mas eu preferia três árbitros com igual poder dentro do campo! O que acham os relvas que se pode fazer para ajudar os árbitros?dragao13

diversos:

Comentários [77]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Re: Lolada!!!

Caro Dragão...essa de que o Duarte Gomes ???provavelmente??? errou (ainda não tens a certeza - foi punido pelo erro?...pois...)é de ir ás lagrimas. Duarte Gomes foi tudo menos humilde. Foi malcriado e deselegante (para ser suave nas palavras)...estava numa casa que não é a sua, apeteceu-lhe passar pela frente da baliza durante o aquecimento do R. Patricio...foi grosso, agressivo e violento...chamas a isso imparcialidade???Acorda...não acredito que sejas assim tão ingenuo...Ah!!!E ficou sem punição, aliás até teve uma prenda ao poder vingar-se no classico FCP-SCP...brilhante não achas?. Fizeste-me chorar e agora fazes-me rir... Pelo menos és um ex-arbitro de futebol divertido. Errar todos nós humanos erramos. Relativamente á tua frase: " ...não temos nem sequer metade dos penalties, ao longo dos anos..." é muito bem conseguida sim senhor ...esqueces-te provavelmente que só vês azul e que ao longo de muitos anos a esta parte, a equipa (dos 3 grandes) mais prejudicada é por unanimidade (tanto por parte dos especialistas como dos adeptos em geral)é o Sporting. Se passamos a viva a queixarmo-nos dos arbitros...já pensaste que podemos ter razões para isso? E muitas... Outra frase brilhante da tua parte: "...Seria o mesmo que dizer que os adeptos do futebol são uns selvagens porque os membros da Juve Leo ou dos Super Dragões ou dos No Name Boys fizeram actos condenáveis!..."...Lembraste recentemente do campeonato de juniores que os lampiões venceram? FOI ATRIBUÍDO O CAMPEONATO DE JUNIORES AO benfica...não houve selvajaria dos adeptos, principalmente do benfica? Quem é que beneficiou dos selvagens benfiquistas? Olha agora que já não és arbitro tenta ver as coisas de outra forma. Desde sempre que eu aprendi que se queres respeito dá-te ao respeito...por isso se os arbitros (mesmo errando) querem respeito façam-se respeitar. Um conselho...acorda prá vida. Saudações

Re: Lolada!!!

Não é árbito mas trata-lhes da saude.

OFF-TOPIC CLONE DETECTADO VI

YOUR SHADOW É JONASTHERN

Em defesa de quem??

Sinceramente, não concordo nada com o cariz de vítima incutido aos árbitros, mas concordo com o teor do artigo. É preciso fazer algo e mudar a actual situação da arbitragem!! Boa questão levantada, que eu próprio já me fartei de formular: se nos outros desportos, a figura do(s) árbitro(s) evolui constantemente, porque é que logo no mais popular de todos ela continua igual à original e é a única a não sofrer melhoramentos ou adaptações, ficando cada vez mais ridiculamente atrasada e rudimentar em relação aos outros aspectos do jogo?? Como não somos ingénuos e muitos de nós já cá andamos há demasiado tempo, resta concluir que há interesse das instâncias superiores em que se mantenha a situação actual, quiçá cientes de que, avançando para um novo quadro, os árbitros passariam a ter responsabilidades acrescidas e, como consequência, exigiriam outras contrapartidas financeiras. Na verdade, ninguém (nem sequer os "chorões" sportinguistas ou o malévolo Paulo Bento) pode exigir seja o que for dos coitadinhos dos árbitros, uma vez que eles não são pagos para não errar, mas apenas para tentar fazê-lo o menos possível. Mas será que eles próprios estão descontentes com a sua situação? Sinceramente, não me parece, ou não fugiriam às novas tecnologias como o diabo da cruz ou a sete pés de qualquer discussão que os envolva!! Ora, se recorrentemente assistimos às latosas de Vítores Pereiras e outros que tais a dizer que a arbitragem está uma maravilha e erra cada vez menos e a nomear "à sorte e à morte", fazendo lembrar os tempos do sorteio puro, o que concluir novamente?... Daí aconselhar uma reformulação deste artigo, que chega ao cúmulo de encarar as câmaras televisivas como um "inimigo implacável" dos pobrezinhos dos homens de negro, e não como uma ajuda preciosa para aprender a não cometer o mesmo erro duas vezes... O que fazer quando alguém que precisa de ajuda recusa a ser ajudado?

Acho que todos sabemos..

...Como os árbitos se movem perante a actual realidade democrática, agradeço seu alerta, mas no entanto prefiro destacar o amoralismo condutor pelo qual os árbitros se orientam nas últimas duas décadas.. Fica o registo de sua almejante utopia. Sugiro uma estadia numa qualquer instituição prisional, que acrescente punição e que sirva de aprendizagem para os árbitros novatos..Seria um bom julgamento, mesmo para alguns dos árbitros reformados. Saudações

Preferências

Tal como já se fez noutros desportos, a incompetência ou desonestidade dos árbitros pode (e deve) ser combatida com todos os meios que houver. É como no ciclismo, não queremos nenhum corredor a correr com doping, fazem-se vários testes com aparelhos cada vez mais sofisticados, o mesmo se devia aplicar ao futebol, ou seja, introduzir dispositivos tecnológicos para garantir a verdade desportiva. Isto parece-me obvio, alias será bastante obvio para toda e qualquer pessoa que queira selar pela verdade desportiva. No entanto esta medida iria tirar força a muita gente no futebol mundial, começando pela UEFA, (veja-se os jogos do Sporting com a Fiorentina, veja-se o Chelsea - Barcelona da ultima época), continuando por exemplo no futebol inglês onde o Man Utd é constantemente protegido pelas arbitragens, e em Portugal, onde a justiça não pode actuar, actuava a tecnologia de modo a permitir que o arbitro não influenciasse negativamente o espectáculo. Assim escusava-se pagar a observadores, escusava-se envelopes, fruta, viagens para o Brasil e aconselhamentos familiares, porque não se pode corromper a verdade que as tecnologias nos apresentam. Resta saber o que interessa às pessoas que gerem e mandam no futebol, se preferem ter a força de decidir se o Barcelona ou Chelsea vão a uma final da Champions, ou se preferem ter uma verdade desportiva em cada encontro. Poder ou verdade, é apenas esta a questão, e o Sr. Platini tem mostrado a sua preferencia, porque a introdução de 2 arbitros de baliza pelo que tenho visto na Liga Europa, tem sido um fracasso.

Ninguém melhor que um portista...

para defender essa classe tão fustigada como foi a família Riina na Sicília! Até dá pena! O que me conforta, é que dentro destes homens sérios há apelidos como Martins, Costa, Paraty, Duarte, Calheiros conseguirão auto regenerar e os filhos, netos e enteados conseguirão manter esta seriedade como o dragão13 acredita! Saudações Leoninas

Defendo intransigentemente esta classe arbitral,

não é que os coitadinhos são perseguidos desde os tempos do sr. presidente do conselho ``que metia o cardeal das cerejas ao barulho´´, que metia cunhas de igual modo, como os da 2ª república que cunhas metem aos homens, que gostam de café com leite e fruta da época. ``Neste site cada vez mais pobre, mas continua manhoso, com gente em grande depressão, com uns larápios (de pontos) à mistura, e cada vez mais inundado de mentirosos e obviamente cada vez mais mal frequentado. Anda por aí uma onda sobre sistemas informáticos novas tecnologias no futebol, que dariam mais segurança e independência aos ajuizamentos arbitrais.´´ Comenta-se que o presidente dos árbitros o ``Vitorino Apereirado´´, até já falou com o Cristo Redentor, para que não desça à terra, que para crucificado já cá está ele. Anda preocupado com a vidinha dos árbitros e com o dinheiro que ganham, coitadinhos dos senhores meros peões do deus dos árbitros, andam por lá tenentes-coronéis e majores e todos ``amocham perante sua sumidade arbitral´´´. Tem o dito pena, que a fome chegue aos senhores da arbitragem e que tenham de recorrer às sopas do Sidónio seria o Pais, que criou a dita dos pobres. E no meio deste arraial dos árbitros, com tanta figura patética a tentarem esconder a realidade. Siga o regabofe..., com árbitros tipo : José Pratas, Antónios Rolas e demais seguidores do patrão António Garrido que os treinou e os defende um dos últimos o Olegário é um ``Must´´!!! E num país que consta na lista dos mais corruptos do planeta, esta é a verdade que nos querem impingir (defender os árbitros), parece música pimba para entreter saloios. De A.R.F com meras nuances

ChegueiCagueiEFui-me..Bem vindo.

Qualquer semelhança é pura COINCIDÊNCIA.Para quando a SAGA cronológica do novo testamento: "Viscondes de Bolso Roto". E NAO ADIANTA REAPARECER COM O MESMO NICK, LOL. O mesmo tipo de escrevinhado em baixo: (ChegueiCagueiEFui-me, 1 ponto (Despropositado) , Quinta 1, às 23:23) este nick, (mas como o referiste no teu artigo), serve para pedir que reconsideres não ligues a dollys e clonados que por aqui pastam, tu és novinho mas não fazes parte dos 99.999999% de MERDA que por aqui pasta!!! Não se ganha nada neste Site para o MARADO (tirando umas torradeiras e tostadeiras quiçá uns esquenta(dores)mentos que nos oferecem no Casino de Espinho e a coroação como os RELVÁTICOS mais PORCOS do ANO e dão-lhe uma "CARAÇA/MÁSCARA" de RELVINHA/BIMBO do «»... «TRI-LOLADA», para ti também caríssimo USER, ri-te rapazeco que isto é só para mandar uns BITAITES, só que anda por aqui uma brigada do REUMÁTICO, que se acha com mais DORES que os outros e toca de se armarem em (se me recordo a última era o SENADO do RELVADO, desculpem agora em vez do RISO, CAGUEI-ME... A BEM CAGAR)...???!!! Não dês mais PÉROLAS A PORCOS, pois como escreveu aqui um user hoje são da raça... Excelente o comentário (era sobre a fronha/tromba do Pinto da Costa). Faz o que a tua consciência te mandar, «ninguém manda em ninguém, até os apostólicos/católicos/romanos, admitem que existe o livre ARBÍTRIO...(Aqui cmeçou O Inquisidor) Abraço rapazeco, escolhe bem. Jadscl

Aqui no convento, com a idade vai-se aprendendo,

com quem cá anda dentro do antro do Site Marado UMA MULHER DE 98 ANOS. NÃO TEM INIMIGOS. UMA ESTÓRIA DE ELEVADO INTERESSE HUMANO! TODOS OS SERES HUMANOS DEVERIAM VIVER COMO ESTA BOA E ADORÁVEL MULHER! QUASE AO FINAL DA PRÁTICA DOMINICAL PERGUNTEI AOS FIEIS, NA IGREJA: "QUANTOS DE VOCÊS CONSEGUIRAM PERDOAR SEUS INIMIGOS?" A MAIORIA LEVANTOU A MÃO. VOLTEI A REPETIR A MESMA PERGUNTA E ENTÃO TODOS LEVANTARAM A MÃO MENOS UMA PEQUENA E FRÁGIL VELHINHA. "SENHORA MARIAZINHA? A SENHORA NÃO ESTÁ DISPOSTA A PERDOAR AOS SEUS INIMIGOS?" "EU NÃO TENHO INIMIGOS!" RESPONDEU ELA, DOCEMENTE. "SENHORA MARIAZINHA, ISTO É MUITO RARO!" DISSE O SACERDOTE. E PERGUNTOU: "QUANTOS ANOS TEM A SENHORA? E ELA RESPONDEU: "98 ANOS!" O PÚBLICO PRESENTE NA IGREJA SE LEVANTOU-SE E APLAUDIU A IDOSA, ENTUSIASTICAMENTE. "SENHORA MARIAZINHA, CONTE PARA TODOS NÓS COMO SE VIVE 98 ANOS E NÃO SE TEM INIMIGOS?" A DOCE VELHINHA SE DIRIGE AO ALTAR E DIZ EM TOM SOLENE, OLHANDO PARA O PÚBLICO EMOCIONADO: "PORQUE TODOS OS FILHOS DA PUTA JÁ MORRERAM!" Isto é que é uma SENHORA!!!

Re: Em defesa dos árbitros!

acho que so um clube se preocupou com os arbtiros, e ate se dispos a ajuda-los nos seus problemas particulares. e sendo um profissao de grande stress ate arranjou mulheres para aliviar a tensao. esse foi o unico clube que fez algo em prol do clube.

Conversa de tomar no cu...

Re: Em defesa dos árbitros!

E qual é o mal? Acho muito digno do Grande Timoneiro!

Este, B.... até me mete asco, mas aqui até ajuizou

Segunda-feira passada, a meio da tarde, faço a A-6, em direcção a Espanha e na companhia de uma amiga estrangeira; quarta-feira de manhã, refaço o mesmo percurso, em sentido inverso, rumo a Lisboa. Tanto para lá como para cá, é uma auto-estrada luxuosa e fantasma. Em contrapartida, numa breve incursão pela estrada nacional, entre Arraiolos e Borba, vamos encontrar um trânsito cerrado, composto esmagadoramente por camiões de mercadorias espanhóis. Vinda de um país onde as auto-estradas estão sempre cheias, ela está espantada com o que vê: - É sempre assim, esta auto-estrada? - Assim, como? - Deserta, magnífica, sem trânsito? - É, é sempre assim. - Todos os dias? - Todos, menos ao domingo, que sempre tem mais gente. - Mas, se não há trânsito, porque a fizeram? - Porque havia dinheiro para gastar dos Fundos Europeus, e porque diziam que o desenvolvimento era isto. - E têm mais auto-estradas destas? - Várias e ainda temos outras em construção: só de Lisboa para o Porto, vamos ficar com três. Entre S. Paulo e o Rio de Janeiro, por exemplo, não há nenhuma: só uns quilómetros à saída de S. Paulo e outros à chegada ao Rio. Nós vamos ter três entre o Porto e Lisboa: é a aposta no automóvel, na poupança de energia, nos acordos de Quioto, etc. - respondi, rindo-me. - E, já agora, porque é que a auto-estrada está deserta e a estrada nacional está cheia de camiões? - Porque assim não pagam portagem. - E porque são quase todos espanhóis? - Vêm trazer-nos comida. - Mas vocês não têm agricultura? - Não: a Europa paga-nos para não ter. E os nossos agricultores dizem que produzir não é rentável. - Mas para os espanhóis é? - Pelos vistos... Ela ficou a pensar um pouco e voltou à carga: - Mas porque não investem antes no comboio? - Investimos, mas não resultou. - Não resultou, como? - Houve aí uns experts que gastaram uma fortuna a modernizar a linha Lisboa-Porto, com comboios pendulares e tudo, mas não resultou. - Mas porquê? - Olha, é assim: a maior parte do tempo, o comboio não 'pendula'; e, quando 'pendula', enjoa de morte. Não há sinal de telemóvel nem Internet, não há restaurante, há apenas um bar infecto e, de facto, o único sinal de 'modernidade' foi proibirem de fumar em qualquer espaço do comboio. Por isso, as pessoas preferem ir de carro e a companhia ferroviária do Estado perde centenas de milhões todos os anos. - E gastaram nisso uma fortuna? - Gastámos. E a única coisa que se conseguiu foi tirar 25 minutos às três horas e meia que demorava a viagem há cinquenta anos... - Estás a brincar comigo! - Não, estou a falar a sério! - E o que fizeram a esses incompetentes? - Nada. Ou melhor, agora vão dar-lhes uma nova oportunidade, que é encherem o país de TGV: Porto-Lisboa, Porto-Vigo, Madrid-Lisboa... e ainda há umas ameaças de fazerem outro no Algarve e outro no Centro. - Mas que tamanho tem Portugal, de cima a baixo? - Do ponto mais a norte ao ponto mais a sul, 561 km. Ela ficou a olhar para mim, sem saber se era para acreditar ou não. - Mas, ao menos, o TGV vai directo de Lisboa ao Porto? - Não, pára em várias estações: de cima para baixo e se a memória não me falha, pára em Aveiro, para os compensar por não arrancarmos já com o TGV deles para Salamanca; depois, pára em Coimbra para não ofender o prof. Vital Moreira, que é muito importante lá; a seguir, pára numa aldeia chamada Ota, para os compensar por não terem feito lá o novo aeroporto de Lisboa; depois, pára em Alcochete, a sul de Lisboa, onde ficará o futuro aeroporto; e, finalmente, pára em Lisboa, em duas estações. - Como: então o TGV vem do Norte, ultrapassa Lisboa pelo sul, e depois volta para trás e entra em Lisboa? - Isso mesmo. - E como entra em Lisboa? - Por uma nova ponte que vão fazer. - Uma ponte ferroviária? - E rodoviária também: vai trazer mais uns vinte ou trinta mil carros todos os dias para Lisboa. - Mas isso é o caos, Lisboa já está congestionada de carros! - Pois é. - E, então? - Então, nada. São os especialistas que decidiram assim. Ela ficou pensativa outra vez. Manifestamente, o assunto estava a fasciná-la. - E, desculpa lá, esse TGV para Madrid vai ter passageiros? Se a auto-estrada está deserta... - Não, não vai ter. - Não vai? Então, vai ser uma ruína! - Não, é preciso distinguir: para as empresas que o vão construir e para os bancos que o vão capitalizar, vai ser um negócio fantástico! A exploração é que vai ser uma ruína - aliás, já admitida pelo Governo - porque, de facto, nem os especialistas conseguem encontrar passageiros que cheguem para o justificar. - E quem paga os prejuízos da exploração: as empresas construtoras? - Naaaão! Quem paga são os contribuintes! Aqui a regra é essa! - E vocês não despedem o Governo? - Talvez, mas não serve de muito: quem assinou os acordos para o TGV com Espanha foi a oposição, quando eragoverno... - Que país o vosso! Mas qual é o argumento dos governos para fazerem um TGV que já sabem que vai perder dinheiro? - Dizem que não podemos ficar fora da Rede Europeia de Alta Velocidade. - O que é isso? Ir em TGV de Lisboa a Helsínquia? - A Helsínquia, não, porque os países escandinavos não têm TGV. - Como? Então, os países mais evoluídos da Europa não têm TGV e vocês têm de ter? - É, dizem que assim entramos mais depressa na modernidade. Fizemos mais uns quilómetros de deserto rodoviário de luxo, até que ela pareceu lembrar-se de qualquer coisa que tinha ficado para trás: - E esse novo aeroporto de que falaste, é o quê? - O novo aeroporto internacional de Lisboa, do lado de lá do rio e a uns 50 quilómetros de Lisboa. - Mas vocês vão fechar este aeroporto que é um luxo, quase no centro da cidade, e fazer um novo? - É isso mesmo. Dizem que este está saturado. - Não me pareceu nada... - Porque não está: cada vez tem menos voos e só este ano a TAP vai cancelar cerca de 20.000. O que está a crescer sãoos voos das low-cost, que, aliás, estão a liquidar a TAP. - Mas, então, porque não fazem como se faz em todo o lado, que é deixar as companhias de linha no aeroporto principal e chutar as low-cost para um pequeno aeroporto de periferia? Não têm nenhum disponível? - Temos vários. Mas os especialistas dizem que o novo aeroporto vai ser um hub ibérico, fazendo a trasfega de todos os voos da América do Sul para a Europa: um sucesso garantido. - E tu acreditas nisso? - Eu acredito em tudo e não acredito em nada. Olha ali ao fundo: sabes o que é aquilo? - Um lago enorme! Extraordinário! - Não: é a barragem de Alqueva, a maior da Europa. - Ena! Deve produzir energia para meio país! - Praticamente zero. - A sério? Mas, ao menos, não vos faltará água para beber! - A água não é potável: já vem contaminada de Espanha. - Já não sei se estás a gozar comigo ou não, mas, se não serve para beber, serve para regar - ou nem isso? - Servir, serve, mas vai demorar vinte ou mais anos até instalarem o perímetro de rega, porque, como te disse, aqui acredita-se que a agricultura não tem futuro: antes, porque não havia água; agora, porque há água a mais. - Estás a dizer-me que fizeram a maior barragem da Europa e não serve para nada? - Vai servir para regar campos de golfe e urbanizações turísticas, que é o que nós fazemos mais e melhor. Apesar do sol de frente, impiedoso, ela tirou os óculos escuros e virou-se para me olhar bem de frente: - Desculpa lá a última pergunta: vocês são doidos ou são ricos? - Antes, éramos só doidos e fizemos algumas coisas notáveis por esse mundo fora; depois, disseram-nos que afinal éramos ricos e desatámos a fazer todas as asneiras possíveis cá dentro; em breve, voltaremos a ser pobres e enlouqueceremos de vez. Ela voltou a colocar os óculos de sol e a recostar-se para trás no assento. E suspirou: - Bem, uma coisa posso dizer: há poucos países tão agradáveis para viajar como Portugal! Olha-me só para esta autoestrada sem ninguém! Sabem de quem é o escrevinhado.

Re: Este, B.... até me mete asco, mas aqui até ajuizou

Vamos todos esperar que rapidamente seja concluída a ligação Porto-Vigo.....vai ser o máximo...

Re: Este, B.... até me mete asco, mas aqui até ajuizou

Quem escreveu? Está fixe. :-)

Não é por nada, caro user Tom lá do Rio Missisipi,

aqui no convento, temos tempo e lemos jornais o que nos faz saber mais que os demais. O gajo é ``adbogado´´ não sei se inscrito e escreve umas ``coisas´´ ente elas o Equador.

Re: Não é por nada, caro user Tom lá do Rio Missisipi,

É dessa personagem?!! Essa é boa. Está fixe o texto.

Defesa dos árbitros?

Defender quem é corrupto e incompetente? A culpa, apesar de ser deles, é ainda mais de quem os lá mete, que a maioria das vezes faz de ponte para ofertas dirigentes/árbitros. Uma limpeza total no sector da arbitragem em Portugal é exigível desde há já muito tempo para cá.

Acho extremamente parolo....

...este falso moralismo.Enfim...

Re: Acho extremamente parolo....

Falso moralismo? Então porquê?

Sim, talvez á 70 anos, não?

Re: Sim, talvez á 70 anos, não?

Então? Serviu-te a carapuça? Não me lembro de há 70 anos haver jantares em casa de presidentes de clubes entre os mesmos e os árbitros para resolver "problemas do foro familiar" do dito árbitro.

Re: Sim, talvez á 70 anos, não?

Não te lembras, pois não. É admissível, ainda não havia escutas esclarecedoras como aquelas que levaram á detenção/encarceramento/fuzilamento do pré-condenado Pinto da Costa. Será que o Oliveirinha, muito vosso amigo por sinal, lhes oferecia uns santinhos com orações?

Re: Sim, talvez á 70 anos, não?

É giro é giro. Também posso dizer que és um ladrão de primeira sem ninguém, inclusive eu, ainda te ter visto a roubar. Só porque sim. Aprende-se muito para aqui.

Re: Sim, talvez á 70 anos, não?

A protecção do Regime, ou sistema, como queiras, é um facto inegável. A forma como está documentado não teve a benção divina de ter um fétido ser potência de pinheiro como argumentista mas sim uma narração histórica aliada numa conjuntura que tanto vos serve de desculpa como á Srª do fado...

Re: Sim, talvez á 70 anos, não?

Inegável? E podes-me dizer porquê?

O INJUSTO

Caro amigo o seu artigo é de uma injustiça de bramar os céus para aqueles que são vitimas das pessoas que está a defender. sérios somos todos , de uma forma ou de outra todos alteramos o que devia ser mais justo e leal, para protéção ou conveniencia , do nosso emprego,da nossa entidade patronal, do nosso negócio, do partido , do clube , e eles árbitros da sua apaf. o srº não deve saber as formas de favorecer seja em que área for , só por se ser amigo do amigo , e eu comprei a fulano, és meu amigo váis da minha parte, ou alguem da familia , ou empréstimo bancário , ou pagamento de andar com spréd baixo,se fores a tal lado gozar férias a casa não é minha mas podes usar estás á vontade, olha usa o carro, restaurante familiar, familia come toda e a conta está paga o dono não é da bola mas é irmão ou tio do tal. meu amigo para se ser subernado não é preciso receber directo ou ficar impressões digitáis, é preciso é saber que o mundo é uma bola, e não precisamos de estar a ver quem é quem , porque se sabe quem pagou o quê e isso é sempre um favor ..... e nesta vida todos os favores se pagam, infelizmente é assim

umas das razões

para eu ter desistido do ex-glorioso foi ter visto as arbitragens de 2005, CHEGA DE ROUBAR À DESCARADA, PORRA! e ainda por cima traficavam droga dentro do estádio com a bênção do pápa da droga! CHEGA DE TRAFICAR DROGA ÀS NOSSAS CRIANÇAS NAS ESCOLAS DE LISBOA!

Re: umas das razões

É o LFV e o PC o meu Grande Timoneiro que trata dos problemas familiares de certos árbitros! São os dois a mesma merda... Nojentos!!