Bilhetes de futebol vão pagar 23% de IVA | Relvado

Bilhetes de futebol vão pagar 23% de IVA

Ingressos para espetáculos e provas desportivas passam da taxa mínima (6%) para a máxima, segundo o
 
Bilheteira, Estádio da Luz

Os bilhetes de futebol vão sofrer um agravamento de preço em 2012, com o IVA a passar de seis para 23 por cento.

Segundo a proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2012 (OE2012), a que a Lusa teve acesso, os bilhetes são alguns dos produtos incluídos nesta subida da taxa mínima para a máxima, a par do leite com chocolate, da Coca-Cola e da água engarrafada, entre outros.

As alterações às taxas do IVA inserem-se numa obrigação que o Governo assumiu no memorando de entendimento com a ‘troika’ e que prevê uma racionalização das taxas deste imposto de forma a conseguir uma receita extra de 410 milhões de euros.

Na comunicação que fez ao País na quinta-feira à noite, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, já tinha anunciado: "No caso do IVA, teremos de obter mais receitas do que o que estava desenhado no Memorando de Entendimento". Para esse efeito, o primeiro-ministro garantiu que "o orçamento para 2012 reduz consideravelmente o âmbito de bens da taxa intermédia do IVA, embora assegure a sua manutenção para um conjunto limitado de bens cruciais para sectores de produção nacional, como a vinicultura, a agricultura e as pescas".

O que o primeiro-ministro não disse é que, segundo uma proposta preliminar do Orçamento, há também produtos actualmente na taxa reduzida do IVA que vão passar para a taxa máxima. Segundo essa proposta, entre esses produtos estão os "leites chocolatados, aromatizados, vitaminados ou enriquecidos", as "bebidas e sobremesas lácteas", a "batata fresca descascada, inteira ou cortada, pré-frita, refrigerada, congelada, seca ou desidratada, ainda que em puré ou preparada por meio de cozedura ou fritura".

Além destes, também os "refrigerantes, sumos e néctares de frutos ou de produtos hortícolas, incluindo os xaropes de sumos, as bebidas concentradas de sumos e os produtos concentrados de sumos", onde se inclui a Coca-Cola, deverão passar de uma taxa de seis por cento para 23 por cento.

E há ainda os "espetáculos, provas e manifestações desportivas e outros divertimentos públicos" onde se incluem os bilhetes de futebol e outros desportos.

diversos:

Comentários [57]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

dongdong

20151219dongdong

michael kors handbags

ralph lauren

air jordan pas cher

canada gooses outlet

michael kors outlet

air jordans

jordan 4

tiffany and co

louis vuitton handbags

nike air max 90

michael kors outlet

mcm handbags

coach factory outlet

coach factory outlet

michael kors outlet

nike trainers

fitflop uk

michael kors outlet

coach outlet

coach factory outlet

coach canada outlet

gucci belt

jordan 13

gucci borse

new balance outlet

cheap jordan shoes

coach outlet

ghd straighteners

michael kors handbags

adidas superstars

ralph lauren outlet

prada outlet

coach factory outlet

air jordan 13

louis vuitton handbags

air max

rolex replica watches

mizuno running shoes

ed hardy uk

micahel kors

coach outlet

jeremy scott shoes

ugg boots

uggs on sale

canada goose jackets

ghd hair straighteners

nike air jordan

longchamp bags

louboutin pas cher

nike roshe runs

nike uk

ralph lauren uk

nike outlet

sac longchamp pliage

jordan 3

michael kors

sac longchamp

louis vuitton handbags

coach outlet

true religion jeans

soccer jerseys

longchamp outlet

ed hardy outlet

jordan 6

coach factory outlet

cheap jordans

fitflops

oakley sunglasses

caoch outlet

michael kors handbags

north face outlet

nike store

louis vuitton bags

mcm

christian louboutin shoes

jordan 8

oakley sunglasses

christian louboutin

canada gooses jackets

coach outlet

nike free runs

coach outlet store online

ralph lauren pas cher

chaussure louboutin

louis vuitton

pandora jewelry

michael kors handbags

nike blazers

jordan retro 3

polo ralph lauren

michael kors outlet

cheap jordans

basketball shoes

louboutin

louis vuitton

canada goose uk

kate spade outlet

snapbacks wholesale

cheap jordans

nike store uk

ugg boots

michael kors

tiffany jewelry

coach factory outlet

louis vuitton outlet

oakley sunglasses

canada gooses

michael kors outlet

michael kors

coach outlet

michael kors outlet

jordan 4 toro

juicy couture

coach outlet

michael kors outlet

michael kors

toms outlet

ray ban sunglasses

hermes uk

mulberry bags

toms outlet

michael kors handbags

louis vuitton outlet

ugg boots

louis vuitton outlet

ugg boots sale

michael kors outlet

true religion outlet

michael kors outlet

christian louboutin shoes

ray ban sunglasses

kate spade uk

ghd

adidas originals

tory burch outlet

moncler outlet

michael kors outlet

louis vuitton handbags

louis vuitton uk

christian louboutin uk

michael kors uk

michael kors outlet online

air force 1

ray bans

cheap oakley sunglasses

sac longchamp pas cher

nike roshe run women

timberland boots

air max 95

canada goose jacket

true religion outlet

moncler jackets

cheap ugg boots

michael kors

fitflops clearance

michael kors handbags

coach factorty outlet

sac longchamp

michael kors outlet

gucci outlet

true religion outlet

kate spade outlet

hermes belt

jordans shoes

louis vuitton handbags

coach factory outlet

michael kors uk

nike air max

cheap ugg boots

coach factory outlet

louis vuitton pas cher

coach outlet

coach outlet

michael kors handbags

louis vuitton outlet

gucci outlet

michael kors outlet

oakley vault

kate spade

gucci outlet

burberry outlet online

louis vuitton outlet

true religion jeans

canada goose outlet

longchamp handbags

cheap uggs on sale

nike air max uk

burberry outlet

adidas uk

coach factory outlet online

nike tn

jordan shoes

instyler max

north face jackets

ugg boots

adidas shoes uk

cheap toms

coach outlet

ray ban sunglasses

cheap uggs boots

michael kors uk

pandora charms

nike sb

air jordan 8

cheap uggs

nike cortez

coach outlet

ugg outlet

toms outlet store

barbour uk

nike outlet

kate spade handbags

louis vuitton borse

nike blazer

michael kors handbags

nike air max

jordan pas cher

michael kors outlet

michael kors uk

coach factory outlet

louis vuitton handbags

true religion

moncler jackets

toms outlet

nike huarache

adidas shoes

nike outlet store

louis vuitton outlet

michael kors

michael kors outlet online

ray bans

running shoes

air jordans

fake oakley sunglasses

mont blanc pens

nike uk

cheap ugg boots

adidas trainers

toms wedges

burberry outlet

ugg boots

burberry scarf

tommy hilfiger outlet

nike trainers

christian louboutin outlet

christian louboutin outlet

ugg sale

ray ban sunglasses

jordan 3 white cenment

adidas gazelle

nike sb shoes

Só não emigra...

quem não quer!
Cumps

TDT pessoal!!!

Eu também gosto de ir ao estádio,está claro mas vem aí a televisão do futuro e vamos poder ficar sentadinhos no sofá a ver a bola,que se dane o estádio,em casa temos repetição do golo no estádio não e os jogadores ganham o mesmo se formos ou não ao estádio por isso...
Ir ao estádio para pagar o ordenado a jogadores e muitos mais comilões do futebol?
Eu também gosto de jogar com plateia mas com estes preços que se avizinham,casa,tv,sofá,cerveja irá tirar muitos titulares do estádio para a sala de estar em casa..
Futebol nos estádios neste momento é para os ricos e não para um país roto como o nosso..

João Quadros:

«imagino que o OE 2012 seja apresentado pelo ministro com uma meia de senhora na cabeça e gravado como se fosse um vídeo da Al-Qaeda.»

in Jornal de Negócios

é pá porque um tipo também não pode...

...andar a torrar a mioleira todos os santos dias, um amigo deu-me um conselho:

"...a partir de agora deixa de dar leite com chocolate aos putos (iva a 23%) e passa a dar vinho (iva a 6 ou lá o que é)..."

Ora nem mais, a "Maria" é que não lhe ía achar piada...

PS: Quanto à medida em causa no artigo, acho muito bem.

Cumps

Acho bem o vinho não aumentar....

..o pessoal precisa de beber,para esquecer :).

O leite com chocolate,vai manter nos 6%.
Abraço.

Bom se o dizes...

...menos mal. Não há mais pinga prós putos, mais fica que bem vou precisar perante a coisa como está.

Mas a tabela de IVA tem ali com cada parvoíce... Golfe a 6%? F******e!!!

Cumps

Aqui entre nós....

.......Passos Coelho é SD.

Xiu.

Eu nem estou contra o Passos...

...acho que tem de se ter coragem política para tomar medidas desagradáveis se isso é necessário. Mas, se nos lixa a torto e a direito, tem de cortar também nas mordomias do Estado e são muitas, por exemplo: 30 motoristas e carros de luxo só num ministério? Vão se ****r!!! Assim, não.

Quero lá saber se é SD ou não... primeiro é político e isso para mim é gente que não interessa a ninguém.

Cumps

Estamos todos chateados...

..o gajo é SD,por causa das bolas de golfe :).

Sinto-me burro :(

...eh eh eh... Trabalho+relvado não combinam, por hoje já chega de...trabalho...

Cumps

Pôx...

Pôx...

Acho que a ideia é mesmo

Acho que a ideia é mesmo essa, embebedar o pessoal para ninguém se queixar... :)

Nem sei se ria ou chore

Acho bem esta medida. Tal como aumento do IVA nas bebidas alcoolicas e afins. Quem não tem dinheiro não tem vicios. Depois vemos os clubes gastar milhões em transferências e pagar ordenados que chegavam para pagar o ordenado minimo a 50 portugueses.
Infelizmente somos um povo muito tolerante, e mesmo com novas medidas de austeridade aposto que os estádios continuam a ter enchentes...depois quando acabar o pilim passam fome.

Em tempos de Crise...

Concordo, apesar de insatisfeito...Mas que haja corencia naquilo a que se chama de espetaculos...Quero ver o que o Governo vai fazer em relação aos bilhetes de Teatro, de Touradas, de cinema e outros espetaculos dito culturais....

Também não consigo discordar

Também não consigo discordar desta medida, até porque assistir a um jogo de futebol não é algo essencial, mas como a maioria do pessoal aqui também fico insatisfeito por ter de pagar mais para ver o meu clube... Suponho que isto também se reflita no preço dos lugares anuais....
Sobre os concertos, teatro e principalmente touradas e etc também concordo...

mesmo com os bilhetes a este preço ainda

vai haver papalvos, que se calhar preferem ver um jogo de futebol de 90 minutos, do que ter comida na mesa durante o mês...

Em boa hora...

... comprei bilhete de época...

se soubesse

tinha já comprado para a década inteira
:)

Sem dúvida....

...uma boa jogada :).

Benfica!!

you'll never walk alone!!!

Ainda estou em choque....

..nunca pensei ver o meu país neste ponto.

Enfim.

E isto Curva é só o começo...

...suspeito que estas medidas de austeridade não cheguem.

Cumps

Para o ano...

...avança a privatização da EDP, bem como a redução salarial dos funcionários de categoria mais elevada, após a reestruturação da função pública e fusão de Câmaras e Juntas de Freguesia.

Vai uma aposta? E estas medidas "temporárias" irão passar a efectivas e permanentes.
Enquanto isso, iremos continuar a ser assolados de asiáticos que não deixam cá graveto nenhum, que obrigam as nossas empresas e produtos a perder competitividade, e vamos lá a ver como é que vão gerir o IVA sobre as nossas principais exportações.

É raro, mas concordo plenamente com o Sartor: vive-se melhor na Bósnia.

Como é que é possível?

Se ficarmos por aí nem parece muito mau...

...apesar de serem medidas muito gravosas para todos nós. Sem ser pessimista, acho que tudo se vai complicar e que vêm aí orçamentos rectificativos uns atrás dos outros e cada um com medidas mais terríveis que o outro.

Andaram durante anos a esconder a cabeça na areia e de repente somos todos atingidos de forma brutal no nosso poder de compra e consequentemente no nosso já pobre estilo de vida.

Temos de cortar em tudo. Não sei em que mais cortar...

Cumps

Eis uma lista de opcoes

Nenhum governante fala em:

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.)

2. Redução do número de deputados da Assembleia da República para 80, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode.

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego.

4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euro/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? e se não são verificados como podem ser auditados?

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma do Mouzinho da Silveira, em 1821.

7. Redução drástica das Juntas de Freguesia. Acabar com o pagamento de 200 euros por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75 euros nas Juntas de Freguesia.

8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas actividades.

9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;.

10. Acabar com os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes...

11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado e entes públicos menores, mas maiores nos dispêndios públicos.

12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.

13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes que vivem em tugúrios inabitáveis.

14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total. HÁ QUADROS (directores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES, QUE NÃO NOS DÁ COISA PÚBLICA.

15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCIPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder.

16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar.

17. Acabar com as várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.

18. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP.

19. Perseguir os milhões desviados por Rendeiros, Loureiros e Quejandos, onde quer que estejam e por aí fora.

20. Acabar com os salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos.

21. Acabar com os lugares de amigos e de partidos na RTP que custam milhões ao erário público.

22. Acabar com os ordenados de milionários da TAP, com milhares de funcionários e empresas fantasmas que cobram milhares e que pertencem a quadros do Partido Único (PS + PSD).

23. Assim e desta forma, Sr. Ministro das Finanças, recuperaremos depressa a nossa posição e sobretudo, a credibilidade tão abalada pela corrupção que grassa e pelo desvario dos dinheiros do Estado.

24. Acabar com o regabofe da pantomina das PPP (Parcerias Público Privado), que mais não são do que formas habilidosas de uns poucos patifes se locupletarem com fortunas à custa dos papalvos dos contribuintes, fugindo ao controle seja de que organismo independente for e fazendo a "obra" pelo preço que "entendem".

25. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimónios de forma indevida e à custa do País, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controlo, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efectivamente dela precisam;

26. Controlar rigorosamente toda a actividade bancária por forma a que, daqui a mais uns anitos, não tenhamos que estar, novamente, a pagar "outra crise".

27. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efectivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida.

28. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu património antes e depois.

30. Pôr os Bancos a pagar impostos.

Em que mais cortar?!

Boa pergunta...mesmo muito boa pergunta...mas ainda vou ter que coçar a cabeça durante mais uns tempos e sentar-me com a esposa, um bloco de notas e uma calculadora, mais uma vez.

Dass...

Hoje já ouvi...

...que para os portugueses se habituar á ideia de ganhar 12 meses.

Triste,muito triste.......cambada de fdputas que nos meteram nesta situação.

O corte nos subsídios...

...não pode ser assim tão linear.

Creio que, a partir de 2012, iremos ter um corte progressivo, com base no ordenado de cada um, existindo um tecto máximo de 1000 euros.
Se não for algo do género, há base jurídica para impugnar este governo...já para não falar de que propicia, perigosamente, à formação de uma economia paralela neste país, já para não falar da monumental fuga aos impostos que vai desencadear...

Os filhos da puta, por muito que nos custe, somos todos nós. Como é óbvio, não estou a particularizar o quer que seja, mas deixámos efectivamente que o país caísse em vícios patetas e descentrados da sua realidade política e socio-económica.

Não posso é concordar com esta monstruosidade permanente de que por todos os pecadores, irão pagar igualmente os santos.
Já chega de cortes, reformas e orçamentos rectificativos (concordo com o mingos...mas quero acreditar que este governo não vai cair na insegurança de lançar 30 mil documentos e produzir incontáveis rectificações por ano para a mesma merda...quanto mais não seja por estar a ser muito bem monitorizado) que não vão ao bolso daqueles que mais podem pagar e sustentar este momento.

A mim o que me fode não são os cortes, não é o aumento das horas de trabalho, não é a redução dos feriados nem nada dessa porra. Mas a falta de equidade...em tudo. Desde o IVA ao tratamento e ao proteccionismo que se concede a quem mais nos pode tirar desta crise.

Isso a mim é que me fode!!!! Aliás, fico doido com esta merda.

O cabrão do Soares e o Eanes ainda têm uma reforma cumulativa do Estado, guarda permanente à porta de casa, carro e motorista privado...tudo pago por nós!!! Para quê. caralho??!? E quem diz estes, diz uma franja enorme de ex-políticos e membros de anteriores governos...

Para já é até 2013....

...de resto,perfeito.

Vou tentar aguentar o barco.