Autoridades confiscam 45 mil euros a mãe de Cristiano Ronaldo | Relvado

Autoridades confiscam 45 mil euros a mãe de Cristiano Ronaldo

Dolores Aveiro apanhada a sair de Espanha com mais dinheiro do que o permitido.
 
Dolores, Kátia e Elma Aveiro na gala FIFA 2014

Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo, passou por uma situação embaraçosa no aeroporto de Barajas, em Madrid. Segundo o jornal El Mundo, foi apanhada com 55 mil euros na mala, muito mais do que é permitido pela lei espanhola.

A legislação espanhola não permite que alguém saia do país com mais de 10 mil euros em dinheiro. Mas em maio as autoridades detetaram 55 mil euros na mala de Dolores Aveiro.

Acresce que Dolores Aveiro não explicou aos agentes porque viajava com tanto dinheiro, nem qual era a proveniência da quantia. Assim, as autoridades foram obrigadas a confiscar 45 mil euros à mãe de Cristiano Ronaldo. O montante só lhe será devolvido depois de ela explicar a sua origem.

Segundo a imprensa espanhola, Dolores Aveiro não cometeu qualquer crime, mas sim uma irregularidade administrativa, razão pela qual não foi detida e pôde seguir viagem.

Cristiano Ronaldo:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

E para onde ela ía?

Se para Portugal ou outro pais da UE não podia ser revistada e portanto como é que os espanhois souberam da guita na carteira?

Cabrões

dos espanhóis que embirram com tudo o que é português.