Braga venceu Liverpool por 1-0 (CRÓNICA) | Relvado

Braga venceu Liverpool por 1-0 (CRÓNICA)

Alan marcou aos 19 minutos, de penálti. Arsenalistas vulgarizaram ingleses na primeira parte e conse
 

Cumpriu-se o desejo de Domingos Paciência: ganhar sem sofrer golos. O Sp. Braga venceu o Liverpool por 1-0, assegurando vantagem preciosa para a viagem a Anfield.

Alan inaugurou o marcador na Pedreira aos 17 minutos, golo apontado na transformação de uma grande penalidade. O central Skrtel cometeu falta sobre Miguel Garcia e o árbitro não hesitou (e bem!) em apontar para a marca dos 11 metros.

O Estádio Axa, quase cheio, ficou ao rubro! Os adeptos acreditavam que seria possível repetir o triunfo alcançado na fase de grupos frente ao Arsenal, outro gigante inglês.

Só deu Braga na primeira parte

Na primeira parte, o Braga foi a única equipa que procurou o golo. Sem perder o calculismo, a formação de Domingos não deixou de ser ousada e aos 37 minutos poderia ter feito o 2-0. O fantástico remate de Sílvio bateu com estrondo na barra, com o guarda-redes Reina completamente batido.

O Liverpool entrou com outra disposição após o intervalo e Kuyt esteve muito perto de chegar ao empate. Os 'reds' passaram a alinhar com dois pontas-de-lança (o "gigante" Andy Carroll juntou-se a Kuyt) e Domingos reagiu com a entrada de mais um central, Paulão, que rendeu o médio ofensivo Márcio Mossoró.

A pressão do Liverpool intensificou-se e aos 66 minutos valeu a atenção do guarda-redes Artur Moraes, a desviar remate de Kuyt. Na sequência do canto, Andy Carroll atirou por cima da barra. O Braga estava bem menos ameaçador do que na primeira parte, mas Hugo Viana quase fez o 2-0 de canto directo!

Até ao final, os ingleses pressionaram na busca da igualdade, mas os arsealistas souberam defender. Com sorte, mas também com mestria!

As equipas alinharam da seguinte forma:

Braga: Artur Moraes; Miguel Garcia, Rodríguez, Kaká e Sílvio; Salino e Hugo Viana; Alan, Mossoró (Paulão, 69') e Paulo César (Hélder Barbosa, 90'); Lima (Meyong, 75').

Liverpool: Reina; Carragher, Skrtel, Kyrgiakos e Glen Johnson; Poulsen (Andy Carroll, 56') e Lucas; Spearing, Raul Meireles e Joe Cole; Kuyt.

Acção disciplinar: Amarelos a Kaká (26 minutos) e Polsen (38').

Golo: Alan (19 min).

Liga Europa:

Comentários [5]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Meus parabéns

Foi épico.

Parabéns ao Braga!

Parabéns ao Braga! Independentemente do que aconteça para o ano, esta época está a escrever um episódio bonito na sua história!

Fantástico Braga!

Não há palavras! Depois de Celtic de Glasgow, depois de Sevilha, depois de Arsenal, agora o Liverpool. Quem dera a muitos!

Ainda agora estava o comentador da sic a dizer que o Braga no campeonato não tem estado grande coisa...pudera! O desgaste tem sido enorme para eles! O Braga tem feito um enorme esforço a nível europeu e tem enchido de orgulho os Portugueses!

E mesmo assim no campeonato, eu acredito que o vá terminar em crescendo, estando neste momento a meros 2 pontos do 4º lugar!

Para o jogo de Liverpool, o Braga tem que ter um bloco coeso e aguentar a pressão e as bolas bombeadas. E acredito que o Braga possa ter a sua chance de golo num contra ataque! Apesar da vitória de hoje, é bastante difícil jogar em Inglaterra, mas o Braga está completamente descomprometido, não está preso a nada e tem um sonho enorme à sua frente.

Parabéns ao Braga e à cidade de Braga!

Muito bom

Grande Braga ! Parabéns !

Força Braga

Estamos contigo

Boa sorte para o Benfica e claro para o meu Porto

Saudações Relvaticas