Vitória encarnada com sabor a Lima | Relvado

Vitória encarnada com sabor a Lima

Benfica vence 3-1 em Arouca e mantém distância para FC Porto.
 
Lima (Benfica) em Arouca

O SL Benfica, com o regresso de Júlio César a titular, foi esta tarde vencer ao terreno do Arouca, num campo dificil pelas dimensões do campo e entrega dos da casa.
E foram os da casa que inauguraram o marcador aos 7 minutos por Iuri Medeiros, num golo de belo efeito ao deixar Eliseu de olhos trocados. O golo foi fruto de um dos vários contra-ataques do Arouca, que o campeão teve dificuldades de parar.

A primeira parte foi sempre mais do mesmo, com o Arouca sempre a demonstrar excelente atitude, e o Benfica sem acerto nos passes e sem conseguir criar muito perigo à baliza de Goicoechea. Pizzi teve alguns livres para criar perigo mas a bola voou sempre para a bancada.

David Simão vê o cartão amarelo aos 22 minutos, com tempo ainda de Nelsinho ver o quinto amarelo da época aos 42' e garantir ausência contra o FC Porto. Artur também viu o amarelo aos 44' após falta sobre Salvio sem bola.

Alarmado pelo resultado e exibição do Benfica, Jorge Jesus lança Talisca para o lugar de Samaris logo no reactar da 2ª parte. E foram precisos 6 minutos de jogo para Jonas empatar a partida, num lance caricato, em que o guarda-redes Goicoechea chuta contra a cabeça de Lima, que de forma involuntária assiste Jonas para o golo sem oposição. Foram precisos apenas mais 5 minutos para Lima colocar o Benfica em vantagem ao fazer o 2-1 num remate já dentro da pequena área.

Aos 59 minutos o Benfica reclama penalti por mão de Balliu dentro da área arouquense, mas o árbitro Vasco Santos manda seguir. Três minutos depois vem a expulsão de Hugo Basto, que agarra Sálvio quando este ía lançado sozinho em direção à baliza. O Arouca vê assim o 3º vermelho direto em 4 jogos. Hugo Basto falha o jogo no Dragão.

Pedro Emanuel resolve mexer, e faz entrar Fokobo para o lugar de Artur aos 68 e André Claro substitui Iuri Medeiros aos 69 minutos. No mesmo minuto, Jonas (Benfica) vê amarelo por falta sobre David Simão.

É a vez de Jesus voltar a mexer, e faz a segunda substituição com Ola John a entrar para o lugar de Gaitán aos 72 minutos.

Pedro Emanuel é forçado a nova alteração, trocando Dabó para o lugar de Balliu, que ressente-se de um torção do tornozelo num lance anterior.

O jogo fica decidido aos 76 minutos com novo golo de Lima, após excelente passe de Ola John, deixando o brasileiro na cara do guarda-redes. O 1-3 final estava concluido.

O jogo não terminaria sem o regresso de Ruben Amorim para substituir Sálvio, que estava em risco para o jogo com o Braga, e da amostragem de amarelo a Talisca, que fica assim fora desse jogo.

Com esta vitória, o Benfica mantém a vantagem de 4 pontos para o segundo, o FC Porto, quando restam 10 jornadas para o final da competição.

Benfica:

Comentários [200]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Estás a cumprir bem com os teus objectivos...

... mas falhaste uns quantos comentários, deixaste-os passar, estavas a dormir.

Já agora devo dizer-te que essa tua atitude muito adulta de andar a tentar responder a todos os meus comentários está a ir muito bem, está a ter um efeito tremendo, pois eu estou muito incomodado.

Parabéns

Milhafre Damiana

saíste do curral orelhudo? Os chifres já mingaram o suficiente para saires da porta? LOL Volta p altar do salazar que tens no curral p agradeceres-lhe mais 3 pontos #apagão2015

Clap clap clap clap clap clap!!!!!!!!

"Cumoprimentos"

Palatsi/Goecochea?!

Este dossier, sabe o DN :

"Vários inspectores da equipa constituída por Maria José Morgado para a investigação do Apito Dourado são referenciados, apurou o DN, pelo relatório entregue na PGR como estando controlados pelo presidente do Benfica, a quem alguns dos inspectores da PJ deveriam favores, nomeadamente o inspector Sérgio Bagulho. Aliás, os autores do dossier informam que Vieira tem desde há muito "homens seus" dentro da PJ.

"Os denunciantes anónimos, alegadamente inspectores da PJ, esclarecem nada ter contra o Benfica, mas apenas enumeram situações em que os aparentes beneficiados foram o clube da Luz ou o Alverca, este ao tempo em que era dirigido pelo actual presidente do Benfica. No Alverca, Luís Filipe Vieira é acusado de ter aliciado o guarda-redes Palatsi, que então defendia a baliza do Beira-Mar, que estava em luta com os ribatejanos pela manutenção."

Bruxo

Eu sei-te dizer que durante o intervalo o GR e o empresário ficaram 5 mins sozinhos numa sala perto do balneário do arouca com um dirigente do benfica e sairam aos abraços

...

É só golos em fora de jogo : )
Siga, para a semana há mais

Cuidado com o Braga...

é que com equipas de qualidade, este ano tem dado para o torto...

Primeiro

vá de roubar penalty ao Braga. Hoje, vá de roubar 2 penalties ao Glorioso. Ou muito me engano ou anda-se a servir bastante café com leite e frutinha de dormir por aí.

Corruptos nojentos.

Porque tu, ao referires o lance do Pardo como penálti, és a

honestidade em pessoa :)

Fala o roto ao nu...

..

"A síndrome “pós-colinho do

"A síndrome “pós-colinho do Benfica” ataca outra vez!

"Às vezes levo amarelo por causa do contato, outras vezes porque corto jogadas em contra-ataque. Mas às vezes passo-me, porque vivo o jogo de uma forma muito especial, falo com o árbitro, fervo muito e isso é algo de menos bom. Mas sou assim desde criança e não é agora que vou mudar. É difícil controlar isto dentro do campo."
Enzo Perez, Mais Futebol

Não é a primeira. Não é segunda. E seguramente não será a última vez.

Nos últimos anos a imprensa afim ao Benfica – uma forma diferente de dizer “toda a imprensa portuguesa” – tem alardeado da grande capacidade vendedora do clube. Muitos desses jogadores, ao que parece, saem por milhões que depois ninguém vê e, supostamente, fazem-se estrelas lá fora apesar de que, na imensa esmagadora maioria dos casos, ninguém lhes presta demasiada atenção. Uma das principais razões para que esses futebolistas sofram tanto é o chamado síndrome “pós-colinho do Benfica” que afecta a defesas, médios, extremos e avançados por igual. É uma doença difícil de tratar, quase sem cura, e cujo o principal sintoma é o de continuar a comportar-se nos campos de futebol como se ainda fossem impunes, pagando as devidas consequências. Muitos dos jogadores que a sofrem nem sequer se apercebem que jogar em Inglaterra, França, Espanha, Itália ou até no Burkina Faso não é o mesmo que jogar em Portugal com o Benfica. Os árbitros são muito mais imparciais e isso complica, e muito, as coisas. É nesse momento que os sintomas se começam a fazer notar e o paciente se dá conta que algo não está bem!

Entre os exemplos mais recentes dessas vitimas do síndrome “pós-colinho do Benfica” podemos encontrar extremos que gostam de se atirar para o chão a simular penalties como Angel Di Maria ou Lazar Markovic, tão habituados a que estavam que alguém fosse imediatamente a correr, de apito na mão, para marcar o que o seu visionário treinador chamaria de “penalte”. Também há os avançados como Oscar Cardozo, habituados a mover-se na área com os cotovelos bem altos, empurrando defesas á vontade, que depois na Turquia descobrem que afinal isso é falta e ás vezes até dá direito a cartão vejam lá bem. Mas claramente é no sector defensivo que a doença se manifesta com maior força. Todos sabemos que uma falta no mundo do futebol não é igual a uma falta com a camisola do Benfica. Nem sequer um amarelo ou um vermelho é aplicado na mesma situação.

É por isso que a Enzo Perez – o tal melhor jogador da liga e arredores – encontrou em Valência os primeiros sintomas da doença. E ainda só saiu há dois meses. Diz o argentino que sofre de impetuosidade e que não está habituado a que lhe marquem tantas faltas ou que os árbitros não o deixem falar. Já leva seis amarelos, um recorde para um jogador incorporado no mercado de Inverno. Há médios que não têm tantos cartões a jogar desde Agosto. Claro que Enzo não entende. Não entende porque lhe marcam uma falta quando ele só está a cortar uma jogada inocentemente como fazia na Luz debaixo dos aplausos do seu treinador visionário que dele diria, seguramente, que é um jogador limpo e honrado. E muito menos entende os cartões – dois deles por protestos – porque quando falava com os árbitros com a camisola vermelha ao peito eles até lhe diziam algo do estilo, “Não se preocupe Sr. Enzo que isto está tudo tratado, não fique nervoso”. Imagine-se, agora exigem-lhe que fale baixinho, com respeito e devagar. Que mundo! Agora já ninguém o trata por senhor, já ninguém acha que as suas entradas são inocentes e já ninguém se surpreende porque leva tantos cartões.

A sua história não é muito diferente da de um David Luiz – que quando chegou à Premier League tornou-se alvo de chacota pelas entradas sem sentido que fazia semana sim, semana também e os amarelos que lhe davam os “dialogantes” árbitros ingleses por palavras – ou de um Matic, que embora tenha um treinador que também o acha “limpo e honrado”, já foi expulso vezes suficientes na Premier para sentir brotar na pele os sintomas mais agudos do síndrome “pós-colinho”. Em Madrid estão cansados - bastar ler os jornais, os sites e as redes sociais - das entradas fora de tempo dos laterais esquerdos dos dois clubes grandes da cidade, um tal de Coentrão e um tal de Siqueira, habitualmente castigados com cartões quando em Lisboa e arredores se teria aplaudido de pé a sua destreza em realizar uma falta táctica inocente.

Á medida que mais jogadores do Benfica chegam a países onde o futebol é respeitado, os árbitros se fazem respeitar e a imprensa não tem porque esconder as misérias dos seus jogadores, mais claro fica que o “colinho” é algo muito sério. É uma pena que a maioria dos jornalistas desportivos internacionais não se preocupe em investigar os sintomas dessa doença para encontrar a fonte da epidemia e se limitem a pensar que Enzo é duro porque é argentino, David Luiz faz faltas porque é idiota ou Di Maria se atira ao chão a pedir penalti em cada jogada porque lhe está na genética sem entender que todos eles levaram anos e anos onde tudo lhes era permitido.

A síndrome “pós-colinho do Benfica” é uma doença grave que não pode ser tratada pelo médico de família nem sequer pelas urgências. Neste momento há vitimas da doença em potência como Luisão ou Maxi Pereira que nunca poderão ser curados tal é o alcance do vírus. Houve outros pacientes no passado como Katsouranis, Binya, Karagounis, Javi Garcia, Witsel que foram ostracizados precisamente porque não se conseguiam livrar do “síndrome” que outros jogadores vindos de Portugal não pareciam manifestar. Dizem que a norte se respira melhor, deve ser isso!

É preciso assumir "partantos" que é uma epidemia e que só se pode estripar desde as suas origens. Mas como com tantas doenças no mundo parece haver interesses superiores em que o brote se mantenha vivo. E lá continuaremos a ver, com o passar dos anos, mais pobres vítimas da síndrome do "pós-colinho".

PS: Estou há espera do dia em que a síndrome “pós-colinho do Benfica” salte do terreno de jogo para o banco de suplentes. No dia em que Jorge Jesus atravessar a fronteira a pensar que é a reencarnação divina de Rinus Michels e Helenio Herrera, teremos a oportunidade de ver como os seus insultos, agressões a agentes da autoridade, empurrões a árbitros e rivais e, sobretudo, o seu total desconhecimento táctico e das leis do jogo funciona em clubes e países um pouco mais exigentes do que aqueles onde se vive o “colinho”."

Ps: De realçar que hoje o tais Sr. Enzo, já levou mais um amarelo, e ainda não acabou o jogo...

Só uma pequena nota ...

... quando fizeres um "copy paste" não te esqueças de citar a fonte, pois senão estás a fazer plágio.

Toda gente aqui a sabe das tuas limitações na elaboração de um discurso, como tal não te fica bem quereres passar por autor do texto da "reflexão portista"

Basta verificar a quantidade de artigos por ti publicados

Cumoprimentos

"cumoprimentos" e já agora

"cumoprimentos" e já agora gosma damiona... Plágio seria se eu retirasse algum lucro com algum artigo de outrém, e como reparaste(ou não) eu aspei o artigo de opinião de outrém, e como tal, posso-te dizer, que neste caso CITEI um artigo e não o plagiei...

Mas explicar isto a alguém com 2 dedos de testa, ainda seria uma tarefa que teria de bom grado, mas no teu caso, é uma pura perda de tempo...

Agora vai descansar e refletir, porque raio voltaste a perder uma oportunidade de te remeteres ao silêncio... Muito gostas de fazer figurinhas tristes...

Estimado auto-proclamado cuzinho de pérola..

... Colocar aspas não é citar, ou seja quando citas estás a mencionar o texto de outrém, logo tens que fazer referência à fonte, algo que não fizeste. E até é injusto para alguém que é do teu clube e que teve o trabalho de elaborar um texto, algo que tu claramente não tens a noção do trabalho que dá.

Não precisas de ficar melindrado e começar a insultar como se não houvesse amanhã, estou simplesmente a ajudar-te pois dá pena ver-te a fazer figurinhas.

Devias tentar ser menos infantil nas tuas reacções.

Cumprimentos

Clap clap clap clap clap clap!!!!!!!!!!!!

"Cumoprimentos"

"... Colocar aspas não é

"... Colocar aspas não é citar, ou seja quando citas estás a mencionar o texto de outrém,"

Gosma damiona, antes de mais "cumoprimentos" e já agora ó minha aventesma, é tudo uma questão de semântica, então colocar aspas não é citar, mas mencionar o texto de outrem... Mas não foi o que eu fiz??? eu não mencionei o texto de outrem??? eu quando coloco aspas, já estou a assumir que o texto/artigo, não é da minha autoria, e quando não coloco o Link/fonte, já o faço de forma intencional, porque não quero que gentalha como tu, ou outros neste espaço da tua estirpe façam uso da "Bluegosfera", com a intenção de avacalhar e/ou sujar os Blogues Azuis...

Mas numa coisa dou-te razão, tu nem sabes o trabalho que dá à "Bluegosfera" fazer artigos de opinião, a denunciar a corrupção vermelha que vai sujando toda a verdade desportiva neste país corrompido até à medula pela "onda vermelha"...

PS: Esta foi a última vez, que te ajudei de uma forma gratuita, a sair de fininho e sem grande alarido, de mais um Auto enxovalho em que te meteste... A partir de agora, voltaste a ser como sempre o meu brinquedo preferido... E realmente é para o que tu serves... Para brincar...

"cumoprimentos" menina histérica...

q estúpido do crlh

não passas de um triste criminoso (plagiar é crime!) com desculpas digna de um adepto assumidamente corrupto!

Crime, é o que o teu corrupto

Crime, é o que o teu corrupto clube anda a fazer ao futebol português, e o escândalo, é de tal ordem, que num espaço de 15 o jornal AS, já publicou 2 vezes a pouca vergonha que é o besfica em Portugal...
.

Aritz Gabilondo

Blog

Blog

Seguir en twitter

Seguir @AS_AGabilondo

8 de marzo de 2015 11:51

Cristian Tello: el guía del Oporto para superar al Benfica
Ampliar

Cristian Tello | MIGUEL RIOPA

Foto de Tello

Ficha

Tello

Artículo

Noticias

Estadísticas

Estadísticas

Escudo/Bandera Oporto

Ficha

Oporto

Artículo

Noticias

Estadísticas

Estadísticas

Cuatro goles en dos partidos. Cuatro goles que al Oporto le han dado seis valiosos puntos ante rivales duros como Sporting y Braga. Así se resume el extraordinario momento de forma que vive Cristian Tello en la primera de sus dos temporadas como cedido en el club del norte de Portugal. El conjunto de Lopetegui se encuentra inmerso en plena pelea por la liga con el Benfica, que le aventaja en un punto aunque hoy puede ampliar esa ventaja a cuatro si vence a domicilio al Arouca (17:00).

Los de Jorge Jesús se han encontrado con la velocidad y el desequilibrio de Tello como principales amenazas para revalidar el título. Eso les está obligando a ganar todos sus encuentros sin posibilidad de tropezar, igual que ocurrirá hoy en Arouca. En lo que va de temporada el Benfica sólo ha caído en dos encuentros de la Liga NOS. Quizá por eso se ha puesto la lupa sobre las decisiones arbitrales que está recibiendo y que en algunos casos le han servido para mantener su distancia en la clasificación.

Favores. Si habitualmente la polémica está servida por este asunto en Portugal, una serie de arbitrajes favorables han disparado las quejas en Oporto. Hay datos sobre los que apoyar esta teoría. El más evidente es que el Benfica ha recibido 9 expulsiones a favor en 23 partidos, 13 en 30 si se cuentan todas las competiciones disputadas.

Pese a ello, el buen momento de Tello y el partido que ambos deben disputar en Da Luz el 26 de abril hace ser optimistas a Lopetegui y los suyos con poder dar la vuelta a la clasificación. Sería una gesta.
http://futbol.as.com/futbol/2015/03/08/internacional/1425811870_297470.html

Crime...

é permitirem que um visível atrasado-mental anda por aqui há anos repetindo as mesmas frases feitas...

Já agora, mete ai uma escuta, já tenho saudades duma...

LOL

lambe peidas, gosto de te ver

lambe peidas, gosto de te ver a justificar o injustificavel...és o máximo

Já agora ó paneleiro...

não foste tu que disseste que nunca mais irias responder ao refilão, e agora surges com essa mão cheia de nada??

Que puto mais ridículo... fdx!

Clap clap clap clap clap clap!!!!!!!!

"Cumoprimentos"

Na vila das Aves, o jogador

Na vila das Aves, o jogador adversário não pode reclamar com o árbitro. Hoje Jonas reclamou efusivamente com o árbitro no lance do penalti não marcado, e nem amarelo levou...berrou, deu socos no chão....devia ter dito:

"marca penalti meu querido!"

Jogam muito! lol

Jogam muito! lol

....

Jogam o suficiente para irem isolados no topo. Só não foi suficiente no dragum porque 2 batatas sem resposta a meu ver soube a pouco....

Foi vergonhosos para o Porto,

Foi vergonhosos para o Porto, admito. Num jogo o benfica marcou tantos golos como em 6 da champions!

Mas...contra aqueles lançamentos laterais...

Por acaso concordo contigo...

jogam o suficiente... nem é preciso jogarem muito...

LOL

Dificilmente o Benfica

Dificilmente o Benfica perderá muitos pontos nos 10 jogos que faltam, o benfica joga tranquilo, ate tem se visto a perder e tem sempre arte e engenho para dar a volta.
Para alem de ser o campeao nacional é a equipa mais experiente desta liga, uma clara vantagem sobre os restantes. Agora a pressão está tremenda, mas nao é uma pressao futebolistica mas sim de frutas e cafes com leite.
Vasco Santos hoje e mais uma vez nao consegue ver penalties que toda a gente nao tem duvidas, e logo DOIS!!!
Enfim, ha que contar com isto até ao fim, para estes habilidosos tentem fazer o que aquela equipa de varios milhoes de euros nao consegue, por isso é preciso estar alerta porque isto nao vai ser um passeio no parque como parecia ha umas jornadas atras.
Com honestidade este campeonato estaria resolvido ja esta jornada, mas nem se vê muito barulho, e isso é preocupante...

A edição do relvado...

deu-lhe para apagar comentários... mas cá vai, e de uma forma educada:

"Com honestidade este campeonato estaria resolvido ja esta jornada, mas nem se vê muito barulho, e isso é preocupante..."

Preocupante é um tipo com trisomia21 poder falar em público...