Vieira: Benfica precisa de crescer como uma criança | Relvado

Vieira: Benfica precisa de crescer como uma criança

 


Vieira: Benfica precisa de crescer como uma criança
Luís Filipe Vieira garante que vai cumprir «o mandato até ao fim» e que não deixará o Benfica. Depois da eliminação do clube da Luz da Taça UEFA frente ao Getafe, com um resultado agregado desfavorável de 3-1, o presidente das águias prefere sublinhar o êxito «em termos financeiros» da sua gestão e no âmbito desportivo promete que o Benfica «vai ganhar muitas vezes». Mas antes disso, pede «tempo» aos adeptos, sublinhando que o emblema «precisa de saber crescer como uma criança».



Após a segunda derrota nos oitavos-de-final da Taça UEFA frente ao Getafe, o presidente da Luz assume que «talvez tenha cometido alguns erros», referindo que um deles terá sido o facto de «andar muito depressa com o projecto de colocar o clube mais forte». Vieira sublinha contudo que sob a sua direcção o Benfica «cresceu em termos financeiros e de capital humano». Agora é preciso que aconteça o mesmo em termos de títulos e o dirigente afiança que o emblema «vai ganhar muitas vezes», mas antes precisa de «saber crescer», diz.

Numa altura em que a sua gestão é contestada por alguns, Vieira refere que «é fácil existirem pessoas oportunistas» e releva que o Benfica é actualmente um clube «muito apetitoso» por causa da sua intervenção e que por isso o seu lugar «é bastante cobiçado». Mas o presidente deixa o alerta. «Vou cumprir o meu mandato até ao fim, não vou deixar o Benfica», assegura.

O encontro no reduto do Getafe significou o adeus encarnado às provas europeias e foi também o último jogo da carreira de Rui Costa nas competições da UEFA. Uma despedida inglória para o "maestro" que se revela «triste» com esse facto, mas também «pela derrota e pela eliminação da Taça UEFA».


Após o 1-0 sofrido em solo espanhol, Rui Costa admitiu pela primeira vez com claridade que vai assumir um papel de dirigente na Luz no fim da época e salientou que terá uma palavra a dizer na escolha do futuro treinador se esta «for tomada no final da época». O jogador aproveita ainda para se queixar do que diz serem «críticas infundadas» pela demissão de Camacho, assegurando que não teve nada a ver com o facto e que foi uma «decisão tomada pelo senhor Camacho».

Rui Costa critica a circunstância de o abraço que deu ao treinador num jogo do campeonato português ter sido classificado na imprensa desportiva como «o beijo da morte», salientando que escrever isso é «faltarem-[lhe] ao respeito». «Perguntem ao senhor Camacho se alguma vez o traí», acrescenta, relevando que as suas «exibições em campo» provam que nunca teve a pretensão de "queimar" o técnico espanhol.


Fotos: Lusa


Benfica:

Comentários [52]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Uma verdade

«Mas antes disso, pede «tempo» aos adeptos, sublinhando que o emblema «precisa de saber crescer como uma criança». O problema é mesmo este, todos pensam que o emblema do benfica é que joga, mas realmente quem joga são os jogadores, e neste momento não estão a faze-lo!!! LFV acordou e viu que realmente o emblema não joga e que esse mesmo emblema precisa de crescer para realmente ganhar alguma coisa, ou seja tem que mudar a equipa, porque este ano voces tem individualidades mas não equipa que é o oposto do meu GRANDE Vitoria de Guimaraes!!! Espero que não levem isto como uma ofensa mas sim como uma critica construtiva!!!

Re: Vieira: Benfica precisa de crescer como uma criança

deixa o futebol para quem percebe e dedica-te aos tostões e ao apito dourado. um presidente tem que estar um patamar acima.

Ó Vieira

Esqueceste-te de falar que que tinham o melhor Atletismo/Futsal Português!!

Re: Ó Vieira

o melhor atletismo é do Sporting, não nos tirem esse mérito ao menos!

LOL

É que sinceramente não consigo perceber como é que os benfiquistas não se sentem ofendidos cada vez que este senhor fala! Ouço ataques de Pinto da Costa, ouço ataques de pessoas relacionadas com o próprio clube e de outros clubes, mas este Presidente benfiquista(?) consegue ofender mais os seus próprios adeptos que todos os outros juntos. Mas o homem pensa que é tudo um bando de idiotas??? Está tão preocupado com o Apito Dourado, que quando este chegar ao fim já nem Benfica vai existir para aproveitar a descida de divisão do Porto... Enfim, é só mais um a mais no futebol português, até aqui nada de novo.

é preciso ganhar domingo

nada mais interessa...a taça é só daqui a um mês... domingo é que é preciso ganhar

Mau de mais

Perder contra o Getafe ja era humilhante ,agora perder com a EQUIPA B do GETAFE LLLLLLLOOOOOOOLLLLLLLL.Ai meus Deus ,mas o que foi aquilo ,jogadores sem rasgo nenhum ,jogadores a ver os putos do Getafe a jogar ao meio,parecia um treino conjunto em que os de vermelho eram os não titulares.Triste imagem do futebol Português foram tipos mostrar a Madrid. P.S-Tenho pena por dois ou trés relvas benfiquistas o resto é muito bem feita ,esta vergonha que o vosso clube vós fez passar.

Re: Mau de mais

Não preciso que tenhas pena de mim!! ;-)

Re: Mau de mais

Por acaso ontem enquanto saboreava uma bela coxa de perú e regava com um bom vinho verde de Castelo de Paiva,por momentos pensei um dos gajos que não merecia esta humilhação era o J_ ,mas pronto depois lá continuei o meu belo manjar,lol.

Re: Mau de mais

Como o J e o Same há poucos por aqui, mas não acredito que o mau momento do Benfica lhes tire o sono, porque para além do futebol, há outras coisas mais belas para fazer. Cumps.

Re: Mau de mais

È o que eu penso quando olho para a classificação do campeonato... Há Sportinguistas que não mereciam e dos outros tenho pena... Ano terrivel para os adeptos da 2ª circular. Ninguem se ri de ninguem!

Finalmente...

Um discurso realista, utilizar termos como crescer e precisar de tempo. Cumprimentos

"Joguem a Bola Palhaços..."

Lembram-se? Pois é... era assim... Então sr Presidente o SL Benfica precisa de crescer como uma criança... ok! E a Benfica SAD? Vai-lhe permitir? Eh pá deixem-se de ilusoes se é pra crescer e não pra ganhar campeonatos ponham a canalha a jogar mas os portugueses porque os que tem a p*t* da mania podem ir dar uma curva ao parque eduardo VII... Enfim... Conta-me historias... Dream team LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Não resisto.

Por norma não comento presidentes de clubes que não o meu. Mas, "precisa de saber crescer como uma criança"? - então não ia ser um dos gigantes Europeus dentro de 3 anos? Não foi esta frase dita há 2 ou 3 anos atrás? E os benfiquistas ainda comem disto?

Só pode ! ...

... deve estar a falar dele!

O titulo mais adequando seria

Vieira precisa de crescer como uma criança.

a criança tem de estudar

Parece que o "pequeno genial" não tem o curso de 4º nível que o habilita a treinar equipas da Liga! Está um pouco à imagem do presidente, que nem a 4ª classe deve ter, depois pensa que fazer uma grande equipa de futebol é como vender pneus: "comprem mais uns kits que depois recebem uma equipa demolidora, imparável....e outros atributos que nem sei!" Eu não o suporto, mas a saída do Veiga fez um grande favor ao Porto... favor que o meu Sporting não aproveitou, já que tem uns "doutores" que também nada percebem de futebol!

Re: Vieira: Benfica precisa de crescer como uma criança

http://www.rr.pt/BolaBrancaDetalhe.aspx?AreaId=12&SubAreaId=24&SubSubAreaId=73&ContentId=240074

Prendas em cristal???

Obrigado Nokinho por nos ter ajudado a descobrir que o teu clube CORRUPTO anda a brindar arbitros com valiosas prendas em cristal à revelia dos regulamentos disciplinares da liga!!! O teu clube corrupto tem necessariamente de perder os três pontos deste jogo!!!

Ó noko és mesmo um cromo...

...colocas um link para uma noticia sobre a Carolina Salgado mas saiu-te é a da oferta do teu clube... Quero ver agora a tua coerência... Com cuidado que a peça é de cristal, ok...

OFF; Uma crónica diferente e marcante

Gostaria de deixar aqui uma crónica diferente e marcante, publicada no blog Reflexão Portista, que é particularmente tocante para qualquer Portista, ou todo aquele que saiba reconhecer a dedicação a um clube. Os gloriosos malucos azuis e brancos O FCP segue imparável no campeonato, com 14 pontos de avanço. Ser melhor, em Portugal, não é notícia. Os êxitos do FCP são tão indiscutíveis que há alguma tendência para provocar junto de alguns sócios e adeptos uma onda de triunfalismo e euforia, que não “admite” qualquer crítica em presença da enormidade do sucesso, comportamento em tudo semelhante, embora de sinal contrário, relativamente aos consócios que após uma derrota vêem tudo negro e atiram acusações a torto e a direito, como se o mundo tivesse acabado de desabar aos seus pés. O futebol admite esses extremos e, provavelmente, de ambos os lados veremos a paixão a comandar, mais que a razão. Mas, de vez em quando convém racionalizar. Não há organizações perfeitas, nem acredito nos homens providenciais. Sou contra o unanimismo dominante, mas nem isso impede que seja moderado. Manter-me-ei na trincheira onde se quedam os eternamente sócios, sem cargos e notoriedade, nem outra mordomia que não seja o direito a partilhar as vitórias e a chorar as derrotas. Junto-me a tanto outros desconhecidos que ajudaram a fazer crescer o FCP, sempre no anonimato. Gloriosos malucos que acompanhavam o FCP a todo o lado, apesar das inúmeras beiças que sobravam desses desatinos. Quando era miúdo, ia frequentemente com os meus Pais ou o meu Padrinho. O meu Pai era muito calado, mas a minha Mãe fazia as honras da casa. O meu Padrinho era pior: num célebre jogo no campo da Amorosa em Guimarães, no tempo de Bella Gutmman, em que ganhámos por seis a zero, com uma exibição deslumbrante, não resistiu a festejar efusivamente os golos, apesar de estarmos no meio de vimaranenses, muito pouco simpáticos. E a cada golo que entrava, mais efusivo era o festejo. Da pouca simpatia, os vimaranenses passaram a ameaçadores e recordo bem o meu Padrinho com o guarda-chuva, em posição de defesa, a espadeirar de tal maneira que se fez um pequeno círculo à nossa volta. Foram momentos de tensão, mas tudo acabou em bem, porque a guarda republicana interveio e um deles ficou junto de nós, até final do jogo. Noutro jogo – no Estádio do Mar – perdemos põe 3-1, com uma arbitragem miserável. Pavão e Rolando foram expulsos e, porque houve arremessos de objectos para o campo, a GNR investiu a cavalo e foi um pânico tremendo. Fugimos e saímos, sem ser molestados. Tivemos sorte, mas do susto não nos livrámos. A minha Mãe acompanhava, quase sempre, o meu Pai que se mantinha muito calado, vestido com o fato da sorte. Enganava o nervosismo, fumando cigarros atrás de cigarros. A minha Mãe batia palmas, gritava, exortava os jogadores e “explicava” como devia ser, para a coisa correr melhor. Ninguém ficava sem resposta, quando interpelada ou provocada. Certa vez no Jamor, num jogo com o Belenenses, no tempo de Yustrich, que empatámos 1-1, depois de mais uma arbitragem miserável, fomos vaiados pelos sócios do Belenenses, mas minha Mãe não se ficou e respondeu-lhes furiosa, qualquer coisa como: “Este ano vamos ser campeões. Nem estes roubos nem os vossos insultos o vão impedir”. Há (raros) momentos na história, em que tudo se conjuga para que a mudança não seja uma mera promessa. A parceria entre PdC e José Maria Pedroto à frente do FCP, fez com que o destino não mais nos virasse as costas. Deixámos de ser os eternos filhos de um deus menor e num instantinho, passámos a ser temidos: vencemos entre muros e conquistámos a Europa. Devemos estar (eternamente) gratos aos artífices desses êxitos, mas não se pode esquecer a comunidade de portistas que durante anos alimentaram o sonho, sem quebras. Quando se tem gente assim, tinha que aparecer alguém - no momento certo - que havia de levar o clube a patamares nunca antes atingidos. Lamento que o FCP (os seus dirigentes) não tenham uma política de proximidade junto da massa associativa, que não seja quase exclusivamente ditada por acções de índole comercial. Por isso, em nome dessa comunidade que tenho a honra de pertencer, homenageio todos esses sócios que são o alicerce do FCP, na pessoa da minha Mãe, sócia nº 20, a mais antiga do FCP, segundo julgo saber.

Re: OFF; Uma crónica diferente e marcante

Bonito sem dúvida,uma das grandes forças do F.C.Porto é sem dúvida os seus adeptos.

Re: OFF; Uma crónica diferente e marcante

Bem escrito ...

Nao percebi

Nao percebi o porquê do sr luis filipe vieira se comparar ao vale e azevedo, podia ter-se comparado a um Borges Coutinho ou a um Fernando Martins, mas nao, optou por se comparar aos maus, porque será? Em relaçao ao benfica ser uma criança, eu até concordo, agora acho que ele devia perceber que se quer uma criança forte e inteligente, devia mudar rapidamente de educador, os bons educadores fazem os bons adultos.

Vieira e os seus ditos

Oxalá que a criança não tenha nascido já com defeito com um pai como o Vieira!

Com sou um gajo educado

E não insulto sem ser na cara, não vou escrever mais nada porque me podia sair um chorrilho de asneiras daquelas grossas.

Não há milagres

A equipa é muito má, completamente banal e sem qualidade, ainda por cima fisicamente está de rastos, como é possivel aspirar-se a ganhar qualquer coisa com esta equipa? Quim - Esteve inseguro, tem sido o melhor esta época mas ultimamente tem estado inseguro, o que é normal tendo em vista os companheiros de equipa. Nélson - fez praticamente todo o corredor direito sozinho, foi dos melhorzinhos, mas pode fazer bem melhor. Edcarlos - Provou mais uma vez que é o central mais fraco do Benfica, muito fraquinho. Katsouranis - o melhor da defesa, não sendo central faz muito melhor o papel que o Edcarlos, fez falta a meio-campo. Léo - Fisicamente debilitado, pouco atacou, limitou-se a cumprir defensivamente. Maxi Pereira - o espelho desta equipa, mais banal que este jogador é dificil, não tem velocidade, não tem técnica, como é possivel jogar a extremo? Petit - Dá o que tem mas o que tem actualmente é muito pouco, durou 25 minutos, está preso por arames. Rodriguez - Está completamente de rastos fisicamente, ontem resolveu não passar a bola a ninguém perdendo invariavelmente a bola. Rui Costa - Esteve desinspirado, sobretudo porque fisicamente está de rastos o que é perfeitamente normal, mesmo assim é o único capaz de fazer alguma coisa no ataque quando tem a bola. Nuno Gomes - Uma nulidade, acho que até um infantil do Getafe o anularia por completo, não ganhou uma bola, não consegue correr pois não tem condição fisica, enfim o Nuno Gomes dos últimos tempos. Makukula - Com aquela envergadura fisica só ganhou um lance aos centrais que deu um bom remate do Rui Costa, de resto uma nulidade também, conseguiu falhar um golo a um metro da baliza sem o GR, a bola bate-lhe nos pés vai parar 30 metros á frente tal a sua qualidade técnica. Foi mais um jogo mediocre para juntar a tantos outros esta época, de referir que o Getafe tinha o seu melhor jogador a jogar a central e os avançados do Benfica mesmo assim não foram capazes de lhe ganharem uma bola.

Se o Benfica é uma criança...

... então o Luís Filipe Vieira é um pedófilo.

+1

Re: Se o Benfica é uma criança...

olha que n sei. ele, às vezes, n parece gostar muito da criança benfica.