Benfica sobe de rendimento | Relvado

Benfica sobe de rendimento

O Benfica assume-se como um forte candidato a conquistar o campeonato.
 
Jorge Jesus conversa em treino no Benfica (2013)
slbenfica.pt

Apesar de o Benfica ter iniciado o campeonato aquém das expectativas (uma derrota na jornada inaugural frente ao Marítimo e uma vitória arrancada a ferros frente ao Gil Vicente na Luz por 2-1), o clube da "águia" dobrou a primeira parte do campeonato na liderança, tendo agora mais dois pontos que o arquirrival Sporting e mais três pontos que o FC Porto.

Tal facto ocorre, e avivando mais uma vez a memória, depois do Benfica chegar a ter menos cinco pontos que o líder, que na altura era o FC Porto. Ou seja, feitas as contas, o Benfica alcançou mais oito pontos que o FC Porto em seis jornadas (desde a 11ª jornada até à 15ª jornada), altura em que o FC Porto empatou em casa frente ao Nacional e perdeu fora de portas frente à Académica, contabilizando, ainda, a derrota no desfecho do campeonato de inverno frente ao Benfica.

O Benfica assume-se, desse modo, como um forte candidato a conquistar o campeonato, porque não só já deu provas disso, como tem um plantel muito vasto, tanto em qualidade como em quantidade. A grande mácula do Benfica foi mesmo a não qualificação para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, competição que, embora seja muito difícil de conquistar, tendo em conta o círculo de candidatos como o Bayern Munique, Real Madrid e FC Barcelona, tem a particularidade de a final deste ano se disputar no Estádio da Luz. Contudo, os jogadores do Benfica terão de ser otimistas quanto ao futuro e pensar nas competições que ainda poderão conquistar (campeonato nacional, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa).

Nesta primeira metade de campeonato, o Benfica demonstrou ter uma boa equipa, tendo várias opções para cada posição e em todas elas os jogadores estão quase ao mesmo nível. E acima de tudo demonstrou que está a apostar forte na formação, como são os casos de jogadores como Rúben Amorim, André Almeida, Ivan Cavaleiro e André Gomes. E não se deve esquecer que o Benfica consegue valorizar jogadores e vendê-los por boas quantias, como foi o caso do recém-vendido Matic, não esquecendo jogadores como o David Luiz, Ramires, Javi Garcia, Witsel e o Fábio Coentrão. E convém referir ainda que o Benfica tem mais jogadores de qualidade prontos para serem vendidos, como são os casos de Garay e Enzo Pérez.

O que eu acabei de referir faz jus à recente expressão de Jorge Jesus, quando disse que "se não jogar o Matic, joga o Manel". É um dado adquirido de que a falta do Matic irá fazer-se sentir, porque, convenhamos, é um dos melhores médios defensivos da atualidade, mas o treinador do Benfica terá de conseguir suprir a falta do Matic apostando desde já na formação, porque, como é sabido, o Benfica não tem muito dinheiro à sua disposição para contratar jogadores com a qualidade do sérvio.

Benfica:

Comentários [12]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Há razões para que o Benfica

Há razões para que o Benfica esteja a fazer uma época interna positiva, contundo, não partilho da opinião que esteja a fazer uma grande temporada, mesmo que venha a ser campeão nacional.
É importante notar que o Benfica tem uma equipa estabilizada há cinco temporadas, renovada anualmente de forma cirurgica, mantendo a mesma estrutura directiva e técnica. E só por isso já leva vantagem sobre o Sporting, clube sobre o qual tem "apenas" mais dois pontos. É verdade que o Sporting não está em provas europeias e isso gera menos desgaste a um plantel limitado em número e qualidade de opções, todavia, é importante notar o alto investimento que o Benfica fez nos últimos cinco anos - redobrado esta temporada - sem que seja acompanhado de sucesso desportivo.
Para ser campeão em Portugal não é preciso muito, como provam Boavista, Sp.Braga e este Sporting. Seguramente que o investimento que o Benfica fez para esta temporada - não deixou sair nenhum jogador nuclear e reforçou várias posições na equipa - tem que ter um retorno muito além do plano interno. Por isso, não se pode dizer, como tu dizes, de forma leviana "o Benfica só pecou em não chegar aos 8vos de final da Champions". Nos últimos 5 anos, perante grupos acessíveis e investimentos avultados na equipa (que geram valor de mercado ao nível dos melhores da Europa) o Benfica não tem sido competente e apenas por uma vez logrou passar à fase seguinte. E este ano nem como cabeça-de-série conseguiu inverter essa tendência.
Claro que perante o investimento feito, com opções em quantidade e qualidade para todas as posições, o Benfica só podia partir para este campeonato como o principal favorito, até porque o FC Porto perdeu a sua espinha dorsal do meio-campo (Moutinho e James) e mudou de treinador, isto, claro, para não falar de um Sporting, moribundo na pretérita temporada e que este ano se renovou de cima a baixo (direcção, treinador e jogadores).
Ser líder, assim, não é pois um feito extraordinário, é, antes, uma obrigação, tendo em conta o nível competitivo do nosso campeonato, o investimento e estabilidade do Benfica, e as condições em que se encontram os principais concorrentes directos. E, convenhamos, a diferença pontual e sobretudo qualitativa face à concorrência não traduz a diferença que teoricamente deveria existir. A ideia que passa da liderança de Vieira e das equipas de Jesus, é que é preciso construir uma equipa de mais de 80 milhões de euros, com um valor de mercado acima dos 200 milhões, para conseguir suplantar Sporting e FC Porto, no confronto directo, e ser mais regular que Arouca, Gil Vicente, Setubal e afins. Claro que, a falta de cultura de vitória do Benfica e a falta de títulos nos últimos anos (menos até que o Sporting) geram uma euforia e uma ilusão de "grande época" que Vieira tem sabido alimentar habilmente ao longo dos anos. Porque, no plano externo, o valor de Benfica, como está provado e comprovado é de Liga Europa

Tu Manel, o substituto

Tu Manel, o substituto legitimo de Matic, e que escreves entrelinhas que o Sérvio foi muito bem vendido, pois, consta que o irmão o Uros Matic, ou o Matic II vai para um Clube da Holanda. Manel, saberás tu se o Matic II foi também bem vendido pela clausula, tal como o irmão Nemanja?

Se assim for, nao tenho qq duvida, o "nosso" Bieira é o Steve Jobs da bola, um negociador implacavel!

Este artigo deve ter sido escrito...

Este artigo deve ter sido escrito pelo Pedro Guerra, ups, Fernando Santos. É pura propaganda Vieirista. Só o facto de se vender o melhor jogador a meio da época diz tudo.

Já não enganas ninguém pá!! AHAHAHAHA

Como é que vão essas propagandas e esses engraxar de botas???

Manel, entregaste a carta a Garcia...

Manel, podes consultar qualquer bola de cristal e gratuitamente. Concentra-te nas cores, mentaliza-te e já terás a resposta, os cristais trarão respostas que alguns teimam em ignorar!

Lê atentamente os cristais vão dar a resposta:

Campeonato 2011/12, à entrada da 20ª Jornada o Benfica tinha 48 pontos, e o Porto no 2º lugar estava com 43 pontos, menos 5 pontos, e tinha ainda o Porto de se deslocar à Luz. Pois bem, á 30 ª Jornada o Porto era Campeão com 75 pontos, e o Benfica Vice com 69 pontos, e 6 pontos de atraso!

Campeonato 2012/13, à entrada da 28ª Jornada, o Benfica era líder com 73 pontos, e o Porto era 2º com 69 pontos, o Porto estava com 4 pontos de atraso, Pois no Final do Campeonato, o Porto foi Campeão com 78 pontos, e o Benfica Vice com 77 pontos.

Mas, se perguntares à bola de cristal, se nesses 2 Campeonatos, e se o Porto fosse líder à 19ª Jornada, e no ano seguinte líder também à 28ª Jornada, e com larga vantagem perderia ambos os Campeonatos?

A bola de cristal com certeza irá responder que em ambos os casos, com o Porto treinado pelo Jesus, pelo Prof Neca, pelo Azenha, ou por outro azelha qq, jamais o Porto morreria na praia, ou com o Estoril-Praia!

Explicações para as respostas da tal bola de cristal?

Talvez essa coisa abstrata que alguns chamam Estrutura, ou modelar organizaçao Porto. Podem sair jogadores, podem sair Treinadores, mas essa Estrutura é intransferível, é sólida, eficaz. Chega um Treinador novo ao Porto, e terá de encaixar nessa Estrutura rotinada, oleada e mecanizada, esse Treinador é uma mera pedra desse puzzle.

Qual é a Estrutura do Benfica? Existe? Ou será que essa suposta Estrutura tem de encaixar no Treinador Jesus? E o Benfica insiste e persiste em ficar refem de um mero Treinador? Vender o jogador mais importante a meio da temporada? Será esta uma politica desportiva ajustada aos objectivos desportivos? Andar pela Europa em leilões para gerar encaixes, e quando o Campeonato atinge uma fase fundamental? Gestão Amadora? Não me parece que este desvario possa causar fracturas, e se acontecerem, também sabemos que os culpados nunca serão os "Proenças" da SAD do Benfica!

E agora pergunto eu:

A - Jesus renovou com o Benfica pelos resultados desportivos!

B - Jesus ficou no Benfica sobretudo para potenciar e gerar mais valias (e se os títulos são desprezíveis, porque não colocar Jesus a treinar a equipa B e a potenciar jovens?)

C Jesus ficou no Benfica, pelo pavor, pânico e medo que ele fosse para o Porto, e naturalmente iria ganhar títulos, e tal facto colocaria a nu a incompetencia que reina na Admnistração do Benfica!

Ó Bruxo, ainda não te apercebeste...

que temos o infiltrado Pedro Guerra. É que só pode por este artigo. LOL

Ó lambe cús, essa do "temos"

Ó lambe cús, essa do "temos" foi uma escorregadela infantil...enfim, nada que ninguem aqui soubesse o que tu eras e quem és.
Agora chega de argumentos banais, porque todos já sabemos quem tu és e qual o teu clube do coração.

Vou-me explicar melhor:

Temos o infiltrado do Pedro Guerra a comentar neste site. Este site é tanto meu como de qualquer outro gajo que comente aqui regularmente.

Bom artigo ...

... deu gosto ler!

Classificação do artigo: Bom!

Para um gajo que se arma em superior aos outros...

deixa que te diga que o teu conteúdo é deprimente.

Concordo que o Benfica é o mais sério candidato ao título

aliás, penso que poderá ser campeão antes do Dragão... mas, o Benfica apostar na formação, meu caro, isso não consigo perceber... num ano, em que compra não sei quantos jogadores que tapam o mais forte candidato a ser A que é o Ivan Cavaleiro, com André Gomes parado, Rubén Amorim é um jogador adquirido que já foi emprestado, ok fez a formação no Benfica, mas foi mais ele que se tornou aposta do que tenha sido o Benfica a apostar nele... André Almeida que estava a jogar muito bem, não calça há não sei quanto tempo... o que é... é... mas, o que não é... não é...

De resto, acho que o Benfica continua a ter o melhor plantel porque o treinador também faz parte do plantel na minha opinião, no meu Porto existe muito talento por explorar e um treinador a acabar com jogadores feitos... quanto mais fazer os que precisam de ser feitos...

+1

+1

100% de acordo

mas para mim o problema crónico do Benfica nos últimos anos tem sido o ultimo terço das épocas, é constante ver-se bom futebol a meio da época e uma equipa que parece ter a maturidade suficiente para manter a forma física e mental, mas á medida que o fim da época se aproxima o Porto vai buscar forças provavelmente no mesmo sitio onde o Benfica as perde, na alma.

Para mim o grande problema do Benfica é não existir uma verdadeira rotatividade do plantel, há soluções boas no banco e na equipa b mas, sem ritmo de primeira liga (não é com 2 minutos dados ao andré gomes que ele se vai encaixar no sistema da equipa) chegamos ao final com jogadores no limite da condição física e com os seus potenciais substitutos sem o ritmo competitivo necessário para serem alternativa (ver o triste exemplo do Aimar e André Gomes no final da época passada, ou do Saviola na época anterior).