Cunha Leal: Liga de Clubes a perder credibilidade | Relvado

Cunha Leal: Liga de Clubes a perder credibilidade

 


Cunha Leal: Liga de Clubes a perder credibilidade
Cunha Leal considera que a demissão de Adriano Afonso da presidência da Mesa da Assembleia-Geral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFF) é o reflexo mais visível de que a estrutura está irremediavelmente "doente". O ex-director executivo da entidade que organiza o futebol profissional português entende na Agência Lusa que a LPFP «está cada vez mais fragilizada e a perder credibilidade por culpa própria». Cunha Leal volta a defender que Valentim Loureiro deve demitir-se «para o bem da Liga», acusando-o de misturar o exercício das funções de presidente da LPFP com «interesses pessoais».

Laurentino Dias: coisas caminham para a normalização

Ainda na Agência Lusa Cunha Leal diz que há uma «censura paralela» nos bastidores da estrutura sustentando que «quando Adriano Afonso apresenta a demissão por questões de dignidade e ética de magistrado, é porque existem na Liga condutas que atentam à sua dignidade».
Posição divergente tem Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, que considera na Rádio TSF que as coisas correm no «sentido da normalização». O governante destaca que se deve aguardar «para breve» a decisão do Tribunal sobre a tomada de posse dos novos Órgãos Sociais eleitos a 10 de Agosto. Embora saliente que está «sempre preocupado» com o evoluir dos campeonatos profissionais, o secretário de Estado frisa que continua a «trabalhar com os dirgentes desportivos responsáveis directos para encontrar as melhores soluções».
Comentando as declarações de Ribeiro e Castro, que assumiu uma posição muita crítica para com a actuação de Laurentino Dias nos problemas do futebol português, o secretário de Estado aconselha na dita Rádio o líder do CDS/PP a «saber do que fala». O ex-dirigente do Benfica acusou o governante de primar pela pura ausência nas recentes problemáticas do desporto-rei luso, nomeadamente o "Caso Mateus" e o "Apito Dourado". «Intervenho permanentemente, claramente e diariamente no uso das competências de que disponho», assegura contudo Laurentino Dias, sugerindo a Ribeiro e Castro que «quando vem a Portugal que se informe do que cá se passa e não valorize os problemas de visibilidade que possa ter, eu felizmente não tenho problemas de visibilidade», conclui o secretário de Estado.

Foto: Agência Lusa

Primeira Página:

Comentários [10]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Juizinho sr. CUnha "Leal"

Mas o que quer este palhaço? Foi ele que, com a sua incompetência deixou cair a liga no estado que ela está e agora vem armar em santinho. Tenha vergonha sr. CUnha Leal, mas vergonha é coisa que não tem esteja caladinho. Isto há cada um é mesmo lata, vir dizer que a liga perdeu credibilidade. A liga perdeu credibilidade quando andou a fazer as merdas que fez. Atchim………. Santinho!!! Deve ser gripe, foi das férias prolongadas, que o senhor teve para fugir ás responsabilidades Tenha juízo e……..CALASSE …..Que é o que faz melhor!!! Saudações (des) portistas

O Fogo e as Cinzas

Como está a LPFP não pode continuar. A turbulência criada por tantas ondas e deslocação de ar ainda fazem este, agora biplano, cair, a liga parece o Titanic. Faltam credibilidade e sobretudo bom senso. Para alguns está tudo bem; para outros tudo mal. Para mim isto ainda pode piorar... Nem é a imagem criada lá fora que me preocupa; o que me preocupa é a auto estima dos adeptos de futebol em Portugal. Tanta gente a pedir a demissão deverá querer dizer qualquer coisa. Algo está mal e não é no Reino da Dinamarca, é mesmo por cá.

Já tu..

...perdeste a tua à muito tempo. "Liga de Clubes a perder credibilidade"

o cunha desleal devia ter vergonha na cara

quando estava na liga estava caladinho porque estava a ajudar o slb agora que saiu da liga comeca a criticar tudo e todos,porque sera?

Papagaio...

...leal este, hein!!!

É verdade, desde que ele lá entrou...

... pois foi nessa altura que o LFV disse que era mais importante ter lugares na LIGA. Nessa altura e devido a esta declaração irresponsável a credibilidade da Liga caiu bastante. É preciso ter lata para o Leal Cunha vir dizer isto quando foi ele que em Janeiro não fez o caso "Mateus" chegar à CD, para só em Maio o caso ter sido julgado a pedido do Belenenses. Também foi ele que resolveu prolongar as férias quando sabia que era preciso resolver o caso Mateus numa atitude de "resolvam vocês isso que eu não quero ter trabalho". O Leal Cunha deve pensar que os portugueses são todos burros e acreditam cegamente naquilo que diz...

é o tipico tuga que quando esta la no poder so

faz merrdas,neste caso so ajudou o slb,depois sai do poder e critica tudo e todos os politicos portugueses tambem sao assim.

Tem toda a razao

Valentim Loureiro e seus comparsas perderam toda a credibilidade, se é que alguma vez a tiveram. Pessoas desse género nao podem continuar no futebol, andam nesse desporto para se servirem e estenderem a sua influência de figuroes à portuguesa. O problema é que os politicos têm medo deste pessoal, ou antes, das paixoes que a modalidade desencadeia e fazem de conta que nao se passa nada. O Dr. Laurentino Dias é outro que se poe de cócoras, nao tem coragem e as suas explicaçoes sao um arrazoado de bacoquices.

Chama-lhe, filha...

Chama-lhe, filha, chama-lhe puta antes que ela to chame a ti!

A ideia é macabra...

... mas quando penso no estado "desta Liga" vem-me à lembrança aquele video com os "mortos-vivos" a saírem das suas tumbas... Que deprimente!