Árbitro chamado para o Mundial em escândalo de corrupção | Relvado

Árbitro chamado para o Mundial em escândalo de corrupção

 

Citados no âmbito da investigação estão ainda os árbitros Stefano Farina, Marco
Gabriele e Luca Palanca, enquanto Antonio Dattilo e Stefano Cassarà já
foram ouvidos.
Este caso implica ainda o director-geral da Juventus Luciano Moggi, cujo filho,
Alessandro Moggi, dirige a Gea World. A família Moggi surge assim ligada a
pressões ilícitas e recorrendo a meios obscuros em torno de jogadores, mas
também quanto à nomeação de árbitros, surgindo neste momento a hipótese de ser
reaberto o inquérito em torno de supostos favores da arbitragem à Juventus,
processo arquivado no passado Outono.
Chamado como testemunha no decurso do caso foi já o ex-presidente do Ancona
e actual director desportivo do Arezzo, Ermanno
Pieroni, que acusou Luciano Moggi de «controlar, atráves dos seus homens,
oito equipas da Série A e vinte clubes das Séries B e C», alegando que
«através da Gea World, presidida pelo filho, 203 jogadores e
treinadores foram contratados», o que, na sua análise, «condiciona
inimigos e amigos, jogadores, dirigentes e qualquer presidente». Também
o ex-director desportivo da Roma, Franco Baldini, depôs enquanto testemunha
depois de ter dito publicamente que a Gea é «um centro de poder
importante».
Entretanto este processo já ditou a demissão de Antonio Carraro da presidência
da Federação Italiana de Futebol e o dirigente demissionário sai amargurado pelo
rebentamento do caso. «Quando a magistratura faz emergir coisas não correctas
faz um grande favor ao futebol e creio que também ao país», salienta
ironicamente o dirigente. Note-se que o vice-presidente da Federação também
surge citado no processo, por alegadamente ter cedido à influência de Luciano
Moggi na nomeação de árbitros.

Primeira Página:

Comentários [6]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

mundial 2006-bilhetes,portugal,angola,irão

vendo bilhetes mundial 2006,portugal,angola e irão
vendo 2 bilhetes de categoria 1 (central) para 1º jogo portugal vs angola
vendo + 2 bilhetes de categoria 4 (superior) para 2º jogo portugal vs irão
vendo + 4 bilhetes de cat-4 para as 1/2 finais
já tenho os bilhetes disponiveis para entrega
não estão personalisados
entrego á cobrança em correio azul para todo o país
contactos: jgfernandes70@gmail.com
jgfernandes@aeiou.pt
telemovel: 91 2225425

entao mas nao eram os arbitros portugueses

corruptos e por isso que nao ha nenhum arbitro portugues no mundial?

entao os arbitros estrangeiros nao eram todos uns santos?

no mundial 2002 o brasil e a coreia do sul foram levados ao colo e ninguem disse nada se fossem arbitros portugues era 1 escandalo mas como é arbitro estrangeiro nao ha nada sao uns santos

corrupção...

Infelizmente para quem gosta de futebol, estas nunca são notícias agradáveis, pois nunca esperamos este tipo de coisas.
Esperamos sempre que aja seriedade no futebol, que pelos vistos não existe.
Lamento tudo isto.E depois queixam-se que os estádios estão vazios e é preciso dar uns rebuçaditos para animar o pessoal a passar 90 minutos sentados nos estádios só para encherem os bolsos de dinheiro e ainda por cima dinheiro sujo.

cum caraças

criem o caso golden whistle

Tem a palavra o noko..

... o expert de corrupção do Relvado.Com...

Afinal com a sua perspicacia para o fenomeno desportivo e a frequencia de workshops de corrupção na Alemanha (palavras do proprio), o noko terá certamente uma visão e posição sobre este tema bem defenida e que nos podera ilucidar um pouco melhor!

Re:Tem a palavra o noko..

Lol... Parabens!! Em tanta palavra conseguiste escrever ZERO!!